10 Ferramentas de Marketing e SEO Para Usar Antes de Terminar o Ano

seo tools

Como você analisa a performance da sua estratégia de SEO nos primeiros oito meses de 2016?

Com o ano rapidamente chegando ao fim, em breve você estará analisando o bom e o ruim dos últimos 12 meses. Assim como eu, tenho certeza de que você quer reavaliar a sua performance em 2016 e irá perceber que obteve um progresso de verdade.

Felizmente, mesmo que tenha ficado para trás, sempre há tempo para recuperar e fazer as coisas da forma correta.

Você pode começar lendo o meu guia passo a passo de SEO. Também, você pode revisar o meu guia de SEO off page e marketing de conteúdo.

Então, você poderá aplicar algumas ferramentas-chave que podem dar um gás na sua estratégia de marketing pelos próximos quatro meses do ano.

Neste post, vou compartilhar 10 ferramentas de SEO e marketing que você precisa considerar antes de 2016 acabar. Elas não só o colocarão em uma trajetória melhor para o resto do ano, como irão posicioná-lo para o sucesso na virada do próximo ano.

Agora é hora de levar a sério. Aqui vão as 10 ferramentas que você precisa utilizar.

1. Google Analytics

Por que você deveria usar essa ferramenta gratuita?

A resposta é simples: porque você precisa entender tudo sobre as pessoas que visitam o seu site.

Com o Google Analytics instalado, você pode rastrear dados dentro de uma variedade de categorias:

  • Tempo-Real
  • Audiência
  • Aquisição
  • Comportamento
  • Conversões

Por exemplo, a aba de aquisição lhe dá acesso a todo tipo de dados de tráfego. Sugiro que analise o seu tráfego baseado em canais. Você verá algo do gênero:

 

image03

Com esses dados, você entenderá melhor de onde vem seu tráfego. Assim, você poderá ajustar a sua estratégia de marketing para aproveitar totalmente os seus canais mais usados pelos usuários.

Nesse exemplo, o site está recebendo bastante tráfego. Enquanto isso é ótimo, seria bom diversificar um pouco, talvez dedicando mais tempo para buscas orgânicas e redes sociais.

Quando você instalar o Google Analytics, a ferramenta fará todo o seu trabalho. Aguarde um tempo para que colete dados suficientes e comece a analisar os resultados diariamente.

2. Moz Check My Listing

Você está confiante de que seus clientes estão conseguindo encontrar você online?

Se não puder dizer sim sem hesitação, algo está errado. Felizmente, você pode lidar com isso com ajuda da ferramenta Moz Check My Listing.

Ela foi feita para mostrar como o seu negócio está listado online. Mais especificamente, você pode checar sua listagem no Google, no Bing, e em outros motores de busca locais.

Começar a usá-la é tão fácil quanto colocar suas informações nesta caixa:

image02

Ao colocar as informações, os resultados são gerados e você decide o que fazer em seguida. Veja, como exemplo, os resultados da página  Petals & Stems Florist em Dallas, Texas:

image06

A sua pontuação atual (current score) é importante, ela mostra o quanto está próximo de 100%. A ferramenta tem mais funcionalidades. Ao rolar a página para baixo, você encontra quatro abas:

  • Completa
  • Incompleta
  • Inconsistente
  • Duplicado

Além de revisar o resultado completo, você precisa verificar o que está incompleto. Esses são os resultados que precisam ser corrigidos imediatamente. Você verá algo assim:

image10

Melhor ainda, há um link para “update listing” ou “create listing.” Isso simplifica e acelera a solução do problema.

Com um negócio local, você enfrenta bastante concorrência. Se você superar os seus concorrentes com SEO e marketing, você melhora as suas chances de liderar o seu setor. Deixe o Moz Check My Listing lhe dar uma mãozinha extra.

3. Google PageSpeed Insights

A velocidade da sua página importa quando o assunto é SEO e rankings?

Nos primeiros dias do SEO, a resposta era não. Hoje em dia a história é outra. O Google deixou claro que a velocidade do site é usada no ranking de buscas.

Use o Google PageSpeed Insights para garantir que o seu site não está ficando para trás nessa área.

Ao colocar a sua URL, a página de resultados gera uma variedade de informações:

  • Velocidade
  • Experiência do Usuário
  • Coisas para consertar

O resultado de velocidade é assim:

image04

Você precisa estar o mais próximo possível de 100. Se estiver abaixo disso, siga as instruções abaixo do título  “consider fixing”.

Dica profissional: não se esqueça de checar a velocidade em dispositivos desktop e móveis também. Você precisa ter uma boa pontuação para os dois.

4. SimilarWeb

Você quer saber como o seu site está de acordo com várias métricas diferentes? Você gostaria de bisbilhotar a sua concorrência?

SimilarWeb não é somente uma ferramenta gratuita que faz essas duas coisas, mas é também uma das mais fáceis de usar. Além disso, os dados são mostrados em um formato fácil de ler.

Uma busca por NeilPatel.com gera informações e dados de tráfego de todos os tipos.

image00

Há muita informação para digerir, não se apresse para analisar. Revise cada seção cuidadosamente anotando qualquer dado que poderá usar para melhorar o seu SEO e seu plano de marketing no futuro.

Por exemplo, recomendo que você faça uma análise detalhada dos dados de pesquisa (search). Neles você aprende o quanto do tráfego vem de buscas, as melhores palavras-chave, palavras-chave pagas, e outros.

image11

Provavelmente você não usará o SimilarWeb todos os dias, mas com certeza é uma das melhores ferramentas para ficar de olho na saúde do seu site enquanto também vigia os seus concorrentes.

5. SEO SiteCheckup

Você é daqueles que acham que SEO é um processo complexo e avançado que nunca pode ser resolvido?

Eu entendo você. Eu já estive na mesma posição, mas com experiência e a utilização das melhores ferramentas de SEO as coisas começaram a ficar mais fáceis.

Outra ferramenta que recomendo é o SEO SiteCheckup. Tem muitas funcionalidades, incluindo as listadas abaixo, mas não se limitando a estas:

  • Análises de problemas de SEO
  • Monitoramento de SEO
  • Monitoramento da concorrência
  • Habilidade de criar relatórios de SEO

Se quiser ter uma ideia do que essa ferramenta é capaz, comece com uma busca gratuita. É tão simples quanto colocar a sua URL na caixa da home page. Os resultados são apresentados para uma fácil revisão.

image15

Se tiver sorte, o seu site receberá uma pontuação perfeita. O que quer dizer que você está fazendo tudo certo quando o assunto é SEO.

Obviamente, você não deve esperar uma pontuação perfeita. É muito provável que você encontre alguns ajustes para serem feitos, como o “headings status” (status do título), por exemplo.

Dica profissional: fazer um check up do site é apenas o primeiro passo. Se apresentar um problema, clique no botão “how to fix” para saber como resolver o problema.

Com essa ferramenta, você sempre saberá como está o seu site sob a ótica do SEO. Se você seguir as recomendações, você conseguirá se livrar de problemas que o impedem de disputar as melhores posições nos resultados de busca.

6. Google Search Console

Você está usando essa poderosa e gratuita ferramenta de SEO?

Não sei dizer quantas vezes eu perguntei às pessoas se estavam usando o Google Search Console, apenas para ser surpreendido por suas respostas: não!

Mais uma ferramenta gratuita do Google, e ela lhe dará uma ideia clara de como está a performance do seu site.

O seu painel lhe dá uma visão geral da saúde do seu site:

image07

Esse é um bom ponto de partida, mas você precisa ir mais a fundo. A aba de tráfego de pesquisas, por exemplo, pode lhe dar informações sobre:

  • Análises das pesquisas
  • Links para o seu site
  • Links internos
  • Ações manuais
  • Targeting internacional
  • Usabilidade dos dispositivos Mobile

Análises das pesquisas é uma das minhas favoritas, porque permite “analisar sua performance nas pesquisas do Google.” Você pode buscar dados de muitas maneiras:

image08

É claro que, o Google Search Console é uma das melhores e mais certeiras formas de rastrear links para o seu site. Como você sabe, isso é muito importante para ranquear bem nos motores de busca. Certifique-se de não só rastrear o número de links, mas também de como os seus dados estão referenciados e quais páginas possuem mais links.

Com o Google Search Console, quanto mais você procurar mais encontrará. E lembre-se disto: seus dados são atualizados rapidamente, assim não hesite em rever o seu painel diariamente.

7. SpyFu

Você já ouviu o ditado: “Mantenha os amigos próximos, e os inimigos ainda mais?”

Não quero sugerir que seus concorrentes seja seus inimigos, mas apenas explicar que é bom saber o que eles estão fazendo em relação ao Marketing e ao SEO.

Enquanto há muito que você pode fazer sozinho, você sempre terá uma limitação de tempo para rastrear e acompanhar o que os seus maiores concorrentes estão fazendo. Por isso, você deve se apoiar em ferramentas como o SpyFu.

Com ele na sua caixa de ferramentas, você pode ver rapidamente o que os seus concorrentes estão fazendo.

Vá até a homepage da ferramenta e digite a URL de qualquer site.

image12

Então, faça a pesquisa e aguarde a informação aparecer (o que levará apenas alguns segundos).

Se você quisesse saber mais sobre o meu site, uma pesquisa mostraria um relatório assim:

image09

Mas isso é apenas o começo. Você pode continuar a analisar o relatório e coletar dados relacionados a:

  • Palavras-chave compartilhadas
  • Melhores palavras-chave
  • Histórico de Ranking
  • Links inbound

Mas de que adianta saber o que os concorrentes estão fazendo? 

Não há dúvidas de que você deve investir mais tempo no seu negócio do que analisando a concorrência, mas isso não quer dizer que você deve ignorá-los.

Com a ajuda do SpyFu você pode fazer coisas como:

  • Descobrir novas palavras-chave para tentar ranquear.
  • Determinar se o concorrente está melhor em uma palavra-chave específica ou mais.
  • Aprender mais sobre o perfil de links do seu concorrente, e assim ter a oportunidade de conseguir os mesmos links.

Comece com dois dos seus concorrentes e depois analise outros. Em breve, você saberá quem são as suas maiores ameaças quando se trata do ranking do seu site.

8. Cyfe

Qual método você usa para rastrear todos os dados relacionados ao seu negócio? 

Como muitas pessoas, talvez você não tenha a resposta para essa pergunta. Em vez disso, você pula de uma ferramenta para a outra para coletar dados e analisar os números.

Se estiver cansado de gastar tempo com isso, é hora de conhecer o Cyfe. Com essa solução fácil em painel de negócios, você pode começar a entender e utilizá-la rapidamente. E já que é grátis, por que não começar a usá-la?

O Cyfe é vendido como uma ferramenta que une todas as métricas do seu negócio em um só lugar. Você não precisa logar em cada aplicação para acompanhar os seus dados. Isso seria a forma antiga de se fazer as coisas.

A principal razão pela qual eu gosto do Cyfe é o fato de ter umas das maiores bibliotecas de integrações de todos os serviços de dashboard. Ele se conecta com as seguintes aplicações:

  • Twitter
  • Facebook
  • YouTube
  • Google Analytics
  • Stripe
  • Pinterest
  • Zendesk
  • Salesforce
  • Shopify

E isso é apenas o começo. Se você está extraindo dados de alguma fonte, eles podem ser integrados ao seu painel no Cyfe. E se eles não tiverem o widget que você gostaria, é bem simples de criar o seu.

Se você pensa com eu penso, você gosta de rastrear e comparar dados com frequência mas não gosta de gastar horas fazendo isso. E por isso, você deveria criar um painel no Cyfe antes mesmo do fim do ano.

image14

cyfe_dashboard

9. Social Mention

Quando se trata de mídias sociais e SEO, existem algumas coisas que você precisa saber. É difícil saber o impacto exato de uma boa estratégia social nos motores de busca, mas é melhor prevenir do que remediar.

Ainda que sua estratégia social não afete diretamente a sua posição de busca, ela ajudará a fortalecer a sua marca. Como resultado disso, sua estratégia provavelmente se pagará.

Social Mention oferece “pesquisa e análise de mídias sociais em tempo real”. É umas das ferramentas mais básicas nessa lista, mas ainda assim tem o seu valor.

Além de poder clicar em uma das muitas tendências abaixo da caixa de pesquisas, você também pode fazer uma pesquisa individual com qualquer palavra-chave.

Após fazer isso, você verá uma lista de menções recentes. Virá acompanhada por uma caixa de dados como esta:

image01

Você também tem acesso a outras informações como fontes, hashtags mais usadas, melhores palavras-chave.

Você pode usar essa ferramenta de várias formas. Por exemplo, você pode usar para rastrear menções de marca. Quando se deparar com as menções, você poderá explorar oportunidades de engajamento com o seu público.

Ou talvez você queira usar o Social Mention para acompanhar os seus concorrentes, assim você poderá aprender mais sobre eles para ultrapassá-los em um futuro próximo.

Você pode descobrir muita coisa nas mídias sociais sem a ajuda de ferramentas poderosas. No entanto, isso pode ser algo que toma muito tempo que não apresenta nenhum dado concreto.

Se quiser rastrear dados sociais sem gastar tempo, não há muitas ferramentas que ofereçam mais qualidade ou dados mais aprofundados.

10. Panejador de palavras-chave do Google

Onde você pode encontrar ideias para palavras-chave?

Há muitas respostas para essa pergunta, mas a última coisa que quero que você faça é tentar adivinhar a resposta. Se você tentar adivinhar, você corre o risco de ir em busca de tráfego usando as palavras-chave erradas.

Para eliminar as tentativas de adivinhação e garantir que está tomando boas decisões de palavras-chave, é melhor deixar a ferramenta de planejamento de palavras-chaves do Google te ajudar. Essa ferramenta é gratuita, e é operada pelo próprio Google. Você sabe que os dados são mais confiáveis do que qualquer outra fonte.

Tudo começa ao colocar os dados apropriados neste formulário:

image05

Um exemplo de frase a ser usada seria “marketing de conteúdo”. Digite isso na caixa e clique no botão “receber ideias”.

Além de olhar o volume de tendências por mês, preste atenção nos pontos abaixo:

  • Lista de termos de pesquisa
  • Média das pesquisas mensais
  • Concorrência

Você verá que, haverá mais palavras do que as primárias que você pesquisou. Haverá outras ideias, e todas elas poderão ser usadas no seu plano de marketing.

image13

Sugiro que comece a usar o Planejador de palavras-chave do Google antes de lançar o seu site. Você também pode usar a ferramenta para criar conteúdo novo. Ela te ajuda a escolher palavras com alto volume de buscas para cada post que você escreve.

Conclusão

Ninguém sabe o que o futuro do SEO tem guardado, mas uma coisa é certa: nunca será ruim ter o seu site no topo do ranking para as suas palavras-chave.

A melhor coisa sobre essas 10 ferramentas é que você não vai gastar um real para utilizá-las. Cada uma delas é poderosa, cheia de funcionalidades e gratuitas. Não há motivos para não usar todas elas até o fim deste ano.

Você já experimentou algumas das ferramentas desse post? No futuro, elas irão se tornar importantes para o que você faz? Comente e diga o que pensa na seção abaixo.

 

Share