13 Dicas Para Melhorar a Taxa de Rejeição ou Bounce Rate e Aumentar Suas Conversões

Bounce Rate - Taxa de Rejeição

Se você tem tido dificuldades em aumentar o tráfego do seu site, melhorar a quantidade de assinaturas de email, obter mais leads, e adquirir mais clientes, é possível que seu bouce rate (ou taxa de rejeição) esteja alta demais.

Em outras palavras, visitantes e clientes que visitam sua página de captura saem antes mesmo de te dar uma chance de convertê-los.

Uma maneira de aumentar sua taxa de conversão é tendo mais landing pages. Um estudo feito em 2013 conduzido pela HubSpot e compartilhado pela Ion Interactive revelou que as empresas com 40 ou mais landing pages obtêm 12 vezes mais leads do que aquelas com 5 ou menos landing pages.

De acordo com Navneet Kaushal, quando você se depara com uma alta taxa de rejeição em suas landing pages, é um sinal de que seu site e sua estratégia de marketing de conteúdo precisam de uma reformulação urgente.

Reduzir o bounce rate ou taxa de rejeição ajuda a impulsionar sua taxa de conversão. Quando você entende a arquitetura da conversão, é possível desenvolver uma estratégia clara de conteúdo que irá crescer o seu negócio.

image72

Eu vou mostrar tudo para você neste artigo bem detalhado. Vou mostrar também o que bons profissionais de marketing estão fazendo para aumentar a taxa de conversão deles e construir um site de sucesso que gera tráfego de busca de forma consistente.

Faça o download desta planilha para reduzir a taxa de rejeição e aumentar as taxas de conversão.

O Que É Bounce Rate ou Taxa de Rejeição?

Quando você está trabalhando duro para aumentar a performance de busca do seu site, uma das coisas que você deveria fazer é reduzir a taxa de rejeição. Em outras palavras, alta taxa de rejeição é um sintoma que alguma coisa anda errada com sua estratégia – você não está atraindo as pessoas certas para suas páginas.

Então o que é bounce rate ou taxa de rejeição exatamente? Confira a explicação abaixo:

image53

Quando um usuário (ex: cliente, prospect ou leitor) visita seu site em uma página qualquer (conhecida como página de entrada) e sai sem visitar outras páginas do mesmo domínio, isso é rejeição. Sua taxa de rejeição é o percentual de todos os usuários que entram e saem da mesma página, sem clicar para outras páginas do seu site.

Abaixo estão 13 maneiras comprovadas de reduzir a taxa de rejeição e melhorar as conversões para o seu blog:

1. Melhore a Legibilidade do Seu Conteúdo

Uma razão por que as pessoas deixam seu site é a ausência de legibilidade. A experiência do usuário começa quando seu conteúdo é legível e tem uma boa leitura. Especificamente, grandes pedaços de texto assustam os leitores, então evite isso.

image34

Recentemente eu comecei a ver muitos blogs de empresas com ótimos conteúdos, mas pouca formatação.

image78

Consequentemente, os clientes nem sequer chegam na parte principal do conteúdo.

Se você der uma olhada em alguns dos meus posts, você verá como eu os organizo em um formato fácil de ler.

image89

Mesmo quando estou explicando sobre as práticas de SEO, ainda assim eu quebro os posts e escrevo como se estivesse falando.

Primeiro, o título – grande e em negrito. Então eu uso subtítulos e marcadores para tornar o artigo fácil de ler.

image38

Aqui estão algumas dicas para te ajudar a formatar seu conteúdo e fazer com que ele seja de fácil leitura:

  • Use subtítulos para jogar mais luz ao seu assunto.
  • Use marcadores para explicar os benefícios ou pontos para alguma nota.
  • Use muitos gráficos, imagens, prints e citações de especialistas do segmento, quando apropriado.
  • Coloque as palavras-chave em negrito algumas vezes (não exagere).
  • Faça muitas perguntas em seu conteúdo para convidar os leitores a participarem, em vez de apenas lerem.
  • Termine seu conteúdo com um subtítulo chamado “conclusão.” Ele leva o usuário a ler as últimas palavras do texto rapidamente e então tomar alguma decisão. Faça uma conclusão prática.

Você pode testar o quão legível seu site é no www.read-able.com.

2. Evite Popups – Não Perturbe o Usuário

Em 2013, 70% dos usuários disseram que encontraram popups irrelevantes e chatos. Isso provavelmente não mudou – a maioria das pessoas ainda odeia popups. Entre donos de site e profissionais de marketing, esse é um tema intensamente debatido: usar popups ou evitá-los.

image00

Eu não uso popups porque eles incomodam os usuários. Eu sei que quando eu visito um site e um popup atrapalha minha leitura, eu decido sair. Alguns profissionais de marketing até usam linguagem agressiva em seus popups, o que faz com que minha saída seja ainda mais provável. E eu acho que não estou sozinho nessa.

image14

Por outro lado, popups funcionam. Não se pode negar o fato que eles podem crescer sua lista de email mais rapidamente.

Se é esse o caminho que você quer adotar, tudo bem. Mas se você quer construir um site a longo prazo que gera muitas visitas orgânicas, considere limitar ou evitar os popups, ou pelo menos fazer com que eles sejam pouco intrusivos e irritantes.

De acordo com estatísticas, somente 14% dos consumidores responderão um anúncio em popup, comparado a 51% que respondem positivamente a ofertas de email.

image42

Alguns popups são muito bem feitos para converter visitantes em leitores a longo prazo, o que é parte da melhora das taxas de conversão. Mas quando estamos falando de tráfego dos mecanismos de busca e o que faz os usuários felizes, é uma boa experiência para o usuário.

image59

3. Crie um Call to Action Atrativo

De acordo com Go-Globe, “47% dos websites tem um botão de call to action que leva apenas 3 segundos ou menos para serem vistos pelos usuários.” Seu site é um deles?

Depois de ter atraído visitantes com seu título, e construído interesse com conteúdo, não os perca com um CTA fraco.

image45

Um estudo da SmallBizTrends descobriu que 70% dos pequenos sites de negócios B2B carecem de um call to action e é esse o motivo deles terem uma grande taxa de rejeição e uma baixa taxa de conversão.

image01

O que quer que você faça, certifique-se de que seu CTA seja atrativo. Ele deveria atrair usuários a clicarem e verem o que está do outro lado.

Ao otimizar o CTA, cada elemento importa. Mesmo algo tão aparentemente pequeno como alterar o texto de um botão, pode fazer uma grande diferença. Especificamente, ele pode envolver os usuários e levá-los para uma determinada página ou site, reduzindo então a taxa de rejeição.

Por exemplo, um site de e-commerce dinamarquês que vende produtos para carro, aumentou suas conversões de vendas em 17.18% apenas adicionando um texto de CTA com um link para uma página de produtos.

image88

Sprout Social, uma empresa de software de gestão em mídia social, entende que, dar aos usuários um período de testes gratuito e educá-los ao longo do tempo, é uma maneira infalível para converter usuários em clientes.

Se você está no negócio da SaaS, oferecer um período de testes gratuito realmente funciona. Isso deve ser dito claramente em seu CTA.

image29

Lembre-se que um bom call to action irá aumentar a usabilidade e, quando isso acontecer, seus clientes ideais irão permanecer em seu site. Cada segundo gasto em seu site devido a um bom CTA irá aumentar sua taxa de conversão e diminuir a taxa de rejeição.

4. Melhore Sua Marca Com Storytelling

Storytelling irá cativar a mente do seu público-alvo. Mas você tem que saber usá-lo. Lembre-se que seus clientes estão prontos para lembrar e responder a boas histórias.

E de acordo com Adam Toren da Forbes, storytelling pode dar vida a sua marca.

Você tem que reconhecer como as pessoas leem conteúdo. Elas estão principalmente escaneando a página, procurando por alguma coisa que se destaque. Poderia ser um subtítulo, uma palavra, um termo ou uma imagem. Storytelling pode conectar esses elementos atraentes com o resto do seu conteúdo.

image83

É claro, você precisa de clareza em seu conteúdo. Mas o storytelling ajuda seu conteúdo a ter um apelo para os usuários de uma maneira mais dinâmica e emotiva. Como resultado, eles irão começar a confiar mais em você.

Então como você deveria incorporar o storytelling dentro do seu conteúdo, se seu objetivo é construir uma audiência fiel que irá ler suas publicações, responder as suas ofertas e embarcar junto com você nessa aventura?

i). Faça do cliente um herói: Ann Handley disse que se você quer que sua história seja memorável e realmente conduza para um crescimento do seu negócio, então “faça o cliente ser o herói da história.” Isso se resume a colocá-lo em primeiro lugar e oferecer conteúdo de alta qualidade digno de ser compartilhado. E o compartilhamento demonstra um nível de confiança.

Copyblogger conta boas histórias. Brian Clark construiu o Copyblogger Media contando boas histórias de marketing e criando uma enorme quantidade de conteúdo de alta qualidade.

image28

Hoje a empresa cresceu e vale cerca de $7 milhões. O projeto deles, Rainmaker.fm, um podcast de marketing digital, também está prosperando devido ao bom storytelling. Eles estão colocando sua audiência em primeiro – e fazendo dos seus clientes os heróis das suas histórias. E quem não quer ser visto como herói?

image81

ii). Seja confiável: Um bom storytelling nasce de uma crença apaixonada pela verdade.

Por exemplo, se você acredita em ajudar clientes a encontrarem o conteúdo certo em seu segmento, então não tema em compartilhar sua história de fracasso. Lembre-se que a história de fracasso é geralmente a história que sua audiência quer ouvir.

Você tem que se colocar no lugar deles e ver as coisas a partir de outra perspectiva. O que quer que você faça, não minta para eles, mesmo com as melhores das intenções. Isso irá ferir sua credibilidade e os seus leitores, que irão deixar seu site se suspeitarem que você não está sendo honesto.

No storytelling, você tem que evitar qualquer coisa que possa comprometer sua credibilidade. Então seja honesto em seu storytelling. Pense como o Jon Morrow, que compartilhou uma história triste de como ele foi hospitalizado por meses, perdeu o emprego e ainda faliu.

image20

Poucos anos depois ele construiu um dos maiores blogs de marketing de conteúdo e ganha mais de $500.000 atualmente. Jon foi totalmente honesto e não se importou com o que as pessoas iam falar ou pensar. Ele valorizou a transparência mais do que qualquer outra coisa.

Outro exemplo é Marcus Sheridan. Ele era um “cara que vendia piscina”. Mas compartilhando sua história e realmente ouvindo seus clientes, ele abraçou o marketing de conteúdo e transformou seu negócio da River Pools and Spas em uma empresa multimilionária.

image62

Sheridan entende como criar conteúdo que gera vendas. Um dos seus posts gerou $2 milhões em vendas.

5. Mantenha Seu Blog Atualizado Com o Conteúdo Certo

Manter seu blog sempre atualizado irá sempre render um melhor ROI, ainda mais quando você mede o retorno.

image79

De acordo com a HubSpot, negócios que atualizam seus blogs regularmente geram 126% mais leads do que os que não o fazem. Entretanto, é importante diferenciar um conteúdo poderoso de um conteúdo correto.

image24

Um conteúdo poderoso pode evocar uma reação “uau” dos seus leitores, mas ele pode não resolver seus problemas. Por outro lado, o conteúdo certo irá fazê-los vibrar e também dará a eles dicas práticas para implementar e produzir resultados positivos.

Antes que o Google adicionou o site responsivo como fator de classificação, a taxa de rejeição do mobile era em torno de 60%. Mas agora que os sites estão se adaptando para os smartphones, tablets e outros aparelhos móveis, a taxa de rejeição irá melhorar (isto é, cair).

image86

Adicionando novos conteúdos constantemente, você irá estabelecer confiança. Lembre-se que os leitores são muito inteligentes e podem perceber táticas enganosas e manipuladoras. Mas eles também se lembrarão de todos os passos que você der e de cada palavra que usar. Eles vão começar a confiar em você.

E isso significa que seus visitantes recorrentes irão superar os novos visitantes, o que começa a aumentar seu tráfego de conversão. Você pode gerar mais receita de visitantes recorrentes porque eles já tem um nível de confiança em você.

image27

6. Palavras-chave Direcionadas ao Tráfego de Alto Valor

Palavras-chave podem ajudar ou atrapalhar a sua campanha de marketing de conteúdo. Se você quer melhorar sua performance de busca, comece a direcionar palavras-chave de alto valor, porque é aí que o tráfego de alto valor está.

De acordo com o LinchPin SEO, uma palavra-chave de alto valor passa pela intercessão de quatro métricas importantes:

  • Tráfego de valor
  • Conversão de valor
  • Persona de valor
  • Marca de valor

image17

Você sabia que 97% da receita do Google é com anúncio? A maior parte de sua receita vem da segmentação de palavras-chave caras.

Nenhuma palavra-chave é criada igualmente. Algumas vão trazer tráfego de valor, enquanto outras vão apenas te deixar esperando do outro lado da estrada pelo próximo taxi.

image03

Simplesmente escrever conteúdo para seu blog não irá reduzir adequadamente a taxa de rejeição ou melhorar as conversões. Você também tem que direcionar as palavras-chave com alto valor de tráfego, o que por sua vez irá enviar clientes de alto valor para você.

Quais são essas palavras-chave? Como você já sabe, palavra-chave comercial e informativa são as maiores categorias e todo termo de busca cai dentro de um ou outro.

image71

Palavras-chave informativas são usadas para gerar consciência, enquanto as comerciais criam um forte desejo por um produto em específico e resulta em vendas diretas.

image09

Quando eu digo palavras-chave de alto valor, estou falando daquelas que fazem parte de um conteúdo detalhado e poderoso que os usuários irão gastar mais tempo lendo.

Lembre-se que, quanto mais tempo eles gastarem em seu site, mais propensos eles são para ler mais, aumentando a confiança em você. Isso irá cortar sua taxa de rejeição pela metade ou até mais.

Algumas palavras-chave servem apenas para tráfegos de “visitantes”. Sim, eles podem estar pesquisando por aquelas palavras-chave, mas eles não querem se comprometer a ler todo conteúdo que é enviado a eles.

image61

Entretanto, outras palavras-chave são altamente direcionadas às necessidades presentes do consumidor. Se o autor do texto cria um conteúdo persuasivo direcionando aquela palavra-chave, ela pode cativar tanto o seu público que ele terá prazer em ler e compartilhar suas publicações com outras pessoas.

image82

Palavras-chave de alto valor são poderosas. Elas não somente melhoram seu tráfego, engajamento e taxa de conversão – elas melhoram a autoridade e a reputação online.

Tendo visto o potencial de palavras-chave de alto valor em enviar tráfego de qualidade para seu site, como você encontra as palavras-chave corretas?

É tão fácil quanto você imagina. Siga estes passos:

Passo #1: Vá para o Google AdWords Keyword Planner. Certifique-se que você esteja logado com sua conta do Gmail. Coloque sua palavra-chave primária + um adjetivo dentro da caixa de pesquisa e clique em “Obter ideias.” Vamos usar estratégia de design para website como exemplo.

As palavras-chave de alto valor na lista são:

  • freelance de web designers
  • preços de web design

Qual é a intenção por trás dessas palavras-chave? Pegue freelance de web designers: a pessoa está procurando por uma lista de web designers que trabalham com freelance. Se você é um web designer e quer atrair esse tipo de cliente, você tem que entender o ciclo de compra.

Pessoas pesquisando por essas palavras-chave ainda não estão prontas para comprar. Elas estão apenas tentando encontrar qual é o melhor serviço antes de tomarem uma decisão.

Outra razão pela qual a palavra chave é de alto valor é porque você pode criar uma série de artigos ou repaginar seu conteúdo e levar o consumidor de uma página para outra, reduzindo assim a taxa de rejeição. Cada página poderia, por exemplo, mostrar a empresa ou o profissional, seus valores, agenda de trabalho e termos de compra.

Pegue o exemplo da Made for Mums. O site apresenta 20 refeições para o período da gestação em uma apresentação de slide – cada slide é uma página separada.

Quando os leitores se movem para outras páginas, eles estão aumentando o valor da página e reduzindo a taxa de rejeição, tudo sem perceber que eles estão visitando 20 páginas diferentes.

image18

Passo #2: Se aprofunde em palavras-chave de alto valor para a marca, que o usuário usa para descobrir os vários modelos do produto de uma marca em particular, por exemplo.

image46

Isso pode funcionar bem em SEO e-commerce. Ms se você for esperto, você pode também usar palavras-chave de produtos relacionados à marca em seu segmento. Por exemplo, software CRM.

Ainda usando o keyword planner, digite a palavra-chave da sua marca para encontrar variações (ex: tênis de treino da nike).

image41

Você pode transformar cada uma dessas palavras-chave de alto valor em títulos que irão atrair cliques orgânicos e compartilhamentos sociais.

As palavras-chave são:

  • tênis da nike barato para treino
  • tênis da nike para baseball
  • novos tênis da nike para treinos

Títulos novos, clicáveis e bem direcionados:

  • 20 Tênis da Nike Baratos Abaixo de $70
  • Os 9 Melhores Tênis de Basquete da Nike Que Você Deveria Ver
  • Novo Tênis de Treino da Nike: Onde Comprar Tênis de Treino Estilosos

Em suma, siga as dicas a seguir ao procurar por tráfego de alto valor:

  • Direcione palavras-chave de alto valor que irão conduzir o consumidor de um Ponto A para um Ponto B.
  • Direcione palavras-chave onde a intenção do usuário não esteja limitada pela palavra-chave em si.
  • Escreva o melhor e mais bem detalhado conteúdo que puder – e não se iniba em fazer algo emotivo e relevante para seus clientes.
  • Não exagere nas palavras-chave – você poderia ser penalizado. Em vez disso, direcione palavras-chave LSI para conduzir os visitantes extras.

7. Atrair Visitas Certas Para o Blog

Em seu livro Estratégia de Conteúdo para a Web, Christina Halvorson escreveu que o “melhor conteúdo significa melhores negócios para você.” É por isso que 58% dos profissionais de marketing planejam aumentar o orçamento – eles tem visto o impacto do conteúdo certo para o público-alvo.

image43

Se sua estratégia de conteúdo não está produzindo os visitantes certos e aumentando suas vendas, é hora de melhorar. Não existe nada tão poderoso do que publicar conteúdo personalizado que é “adequado” para seu mercado, usando estratégia de conteúdo que leva em consideração cada estágio do ciclo de compra.

image80

Brian Dean impulsionou suas conversões em 785% em um dia sem teste A/B, pois ele reconheceu que a oferta de um ebook tradicional não é mais eficaz para construir uma lista de massa. Ele criou a estratégia do “upgrade de conteúdo”, que se tornou agora um chavão no marketing.

image60

De acordo com o relatório de Inbound Marketing da HubSpot em 2012, 90% dos profissionais de marketing de conteúdo tem um impacto positivo nas reações do público-alvo e fortes relacionamentos com os clientes, quando entregam algum serviço incrível.

image85

O erro que muitos cometem é atribuir a alta taxa de rejeição à ausência de conteúdo de qualidade. Mas o termo “qualidade” é relativo. Sua definição de “qualidade” pode não ser a mesma da minha.

Por exemplo, no mundo do marketing da internet, artigos mais longos (geralmente com mais de 2.000 palavras) são considerados de alta qualidade porque eles tendem a tratar cada pergunta ou preocupação da audiência pertencente aquele assunto.

image21

Por outro lado, isso pode não ser verdade em segmentos não relacionados à internet, como saúde, entretenimento e finanças. Nesses segmentos, conteúdos mais curtos e artigos informativos tendem a ter melhor performance nas plataformas de mídia social.

image26

Não importa qual o segmento você esteja, você precisa continuamente alcançar sua audiência utilizando o canal correto. Por exemplo, LeadPages lançaram o LeadDigits e seus usuários começaram a implementá-lo tanto no desktop quando no mobile. Esses usuários estão vendo uma média de 91% nas taxas de conversão.

image51

LeadDigits está convertendo altamente porque eles direcionaram de forma inteligente para o público certo.

image50

Essa é uma lição para você quando for criar uma campanha ou um conteúdo: Sempre mire nos visitantes certos. Se você está usando campanha de Ads no Facebook, segmente a campanha para as pessoas certas.

O valor de uma audiência certa não pode ser subestimado. Em uma entrevista para a Forbes, Robert Kiyosaki disse que a chave para o sucesso em construir uma marca multimilionária de educação financeira é a “simplicidade.”

image07

Isso é muito impressionante, porque eu sempre defendi a importância do conceito KISS (keep it simple stupid).

É a mesma ideia por trás do KISSmetrics, uma ferramenta que te ajuda a rastrear, analisar e monitorar sua performance de marketing digital no mobile e desktop.

image32

É como uma reação em cadeia. Quando você cria o conteúdo certo e usa os canais corretos para distribuí-lo, você irá alcançar a audiência certa que está interessada naquilo que você tem para oferecer.

Esse é o caminho mais fácil para fazer o marketing funcionar para você. Por exemplo, se você vende produtos de informação (tais como ebooks ou software) e serviços, você irá dobrar ou triplicar sua taxa de conversão de vendas apenas atraindo os consumidores certos.

image76

E mais, dados da HubSpot nos mostram que 50% do tempo do consumidor na web são geralmente gastos interagindo com conteúdo personalizado que é adaptado para eles.

8. Escreva Meta Descrições Atrativas Para os Usuários de Busca

Muitas empresas não otimizam suas meta descrições para os usuários de busca. Como resultado disso, a taxa de cliques continua caindo.

image30

Talvez eles não achem que isso seja importante – mas é. Quando usuários digitam uma palavra-chave na pesquisa do Google, qualquer palavra que combine com o termo de busca fica em negrito, para diferenciá-la do resto e para mostrar ao usuário que considere esse resultado.

image75

Meta descrições são atributos de HTML que descrevem sobre do que se trata determinada página. Os mecanismos de busca usam a meta descrição para exibir um trecho da sua página, de maneira que os usuários possam determinar se o resultado está adequado, apenas lendo a descrição.

image33

O comprimento ideal para uma meta descrição é de 155 caracteres. Se uma descrição é longa demais, o que ultrapassar não será exibido nos resultados de busca. Você verá reticências (…) no final.

image52

Antes de escrever uma meta descrição atrativa, você precisa compreender a anatomia de um resultado de busca e onde a meta tag está.

image37

Uma das táticas que eu empreguei para crescer o tráfego do Gawker Media para 5.000.000 de visitantes foi criar uma meta descrição única para cada página, em vez de permitir que o Google a criasse automaticamente, utilizando um slogan ou um fragmento qualquer do texto.

SEO Boy aumentou em 43% as classificações de busca para muitas palavras-chave lucrativas, em parte por ter escrito uma meta descrição para cada página.

image58

Então como você escreve uma meta descrição atrativa?

Se você tem o pacote All In One SEO instalado em seu blog WordPress, isso é fácil de fazer. Para cada post que você publica (cada um representa uma página separada do seu site), você pode escrever uma única meta descrição. Use estas dicas:

i). Inclua a palavra-chave direcionada: Uma vez que a meta descrição é basicamente direcionada para os usuários de busca, certifique-se que a palavra-chave que eles estão pesquisando esteja presente na sua descrição. No entanto, isso não significa que você deveria exagerar nas palavras-chave. Pelo contrário, você deveria continuar escrevendo naturalmente.

Por exemplo, vamos dizer que sua palavra-chave principal seja melhor encanador em NY. Veja como incluir sua descrição naturalmente:

image54

Você pode ver que eu mencionei a palavra-chave apenas uma vez na descrição – não mais. Perceba também como a palavra-chave flui naturalmente com o resto do conteúdo, de maneira que ela não aparente ser manipuladora.

image55

ii). Use um call to action: Usuários de busca – todos os usuários, na verdade – precisam que você os diga o que fazer em seguida.

Ainda utilizando a palavra-chave acima (melhor encanador em NY) como nosso estudo de caso, veja como utilizar um call to action em sua meta descrição:

image08

Usar um call to action na meta descrição funciona? Com certeza! Roel Manarang aumentou o tráfego de busca de um cliente em 69% por meio da otimização da mega tag. Apenas escrevendo uma meta descrição clara e prática, seu cliente também conseguiu um aumento de 412,50% nas conversões.

image02

9. Crie Múltiplas Landing Pages Para um Alto Volume de Palavras-chave

Como mencionei no começo deste artigo, quanto mais landing pages você tiver, melhor. Você irá criar uma experiência rica para seus usuários, também.

Criar mais landing pages também melhora sua taxa de cliques. No que diz respeito a isso, é um jogo com os números.

Uma das métricas analisadas pelo Google Analytics é a página de saída. Se você der uma olhada no seu painel, você vai perceber provavelmente que muitas pessoas estão saindo do seu site pela homepage. A taxa pela qual os usuários saem da sua homepage geralmente é relacionada a uma alta taxa de rejeição.

image39

Para resolver esse problema, crie mais landing pages baseadas em palavras-chave de alto valor e que sejam pesquisadas pelas pessoas em seu nicho. Eu mostrei mais cedo como descobrir palavras-chave valiosas que aumentarão o engajamento do seu blog.

Uma vez que você tenha mais landing pages, primeiro certifique-se que elas sejam fáceis de navegar, então faça um link para elas da sua homepage. Você pode também criar um link para landing pages no seu menu de navegação.

Algumas empresas que tem aumentado o número das landing pages de 10 para 15 tem visto um aumento de 55% na captação de leads.

image06

Quanto mais landing pages otimizadas você tiver, menor será sua taxa de rejeição. Isso irá aumentar suas conversões também.

image87

Então por que muitos negócios não criam mais páginas de captura? De acordo com o livro Landing Pages (2ª edição) do MarketingSherpa, é porque eles não sabem como fazer.

Felizmente, criar uma landing page de alta conversão é agora mais fácil do que nunca. Você poderia usar templates pré-prontos da Unbounce, Instapage ou Onepagelove.

image77

10. Aumentar a Velocidade do Carregamento da Página

O quão importante é a velocidade para os usuários? Bem, os consumidores esperam que a página carregue em 2 segundos ou menos. Depois de 3 segundos, eles não irão esperar – e vão para a página do concorrente.

image48

Quanto mais suas páginas de captura demorarem para carregar, maior será a taxa de rejeição. E o Google também está preocupado com a velocidade do site – você pode acabar deslizando nas classificações se o seu site demora muito para carregar.

A questão é que um site devagar pode destruir seu negócio e desencorajar clientes potenciais a comprarem de você. Estas estatísticas do comportamento do consumidor podem te dar um melhor entendimento:

image68

Se isso não foi suficiente para te convencer, outra estatística recente da Smart Insights diz que páginas que carregam mais rápido tem uma maior taxa de conversão.

image31

Então qual é a velocidade atual do seu site? Descubra usando a ferramenta de teste de velocidade do Pingdom. Na homepage, digite sua URL (ex: quicksprout.com). Clique em “test now”.

image65

Depois, analise sua velocidade.

image16

Como você pode ver o quicksprout levou 3,33 segundos para carregar. O seu site pode ser mais rápido ou não, mas a não ser que o tempo seja de 2 segundos ou menos, você precisará otimizar a velocidade do seu site.

image56

Ian Lurie estava certo quando ele disse que sites lentos estão atingindo a receita de todos. Na essência, ele está dizendo que, quando você diminui o tempo de carregamento, você vai ganhar mais dinheiro.

Então como você aumenta a velocidade e diminui sua taxa de rejeição?

image36

Foodmom melhorou a sua velocidade para 1,17 segundos.

image10

Algumas das estratégias que a Foodmom usou para aumentar a velocidade do site foram:

  • Remover sequências de consulta de páginas estáticas para melhorar a performance
  • Otimizar imagens com plugins do WordPress
  • Ajustar o arquivo .htaccess

Roman Randall também melhorou a velocidade do seu site em 90,03%, com mudanças pequenas e grandes também:

image22

Veja também: Como Tornar Seu Site Incrivelmente Rápido

11. Configurar Links Externos Para Abrirem Em Outra Janela

Desenhar o site tendo o usuário em mente é a parte crucial pra qualquer estratégia bem-sucedida na web. De acordo com o UXMovement, “quando você coloca os links externos para abrirem em uma mesma aba, você cria a fadiga do botão de retorno para os usuários.”

image04

O que isso significa é que, cada vez que um usuário clica em uma página externa, ele tem que clicar no botão “voltar” e retornar para a sua página (presumindo que ele queira visitá-la novamente – ele pode se distrair com o novo site). Isso irá diminuir a sua quantidade de pageviews.

Se eles visitarem quatro diferentes links externos a partir do seu site, eles irão clicar quatro vezes no botão de retorno. Isso é demorado, irritante e também aumenta a taxa de saída e rejeição.

image12

Se você usa o WordPress, você pode fazer o download e instalar o plugin WP external links. Ele irá automaticamente configurar todos seus links externos para abrir em uma nova aba ou janela.

12. Faça Seu Site Adaptado Para o Mobile

Seu site é responsivo? Quando os prospects visitam seu site pelo iPhone, iPad, tablets e outros aparelhos móveis, ele será exibido perfeitamente?

É hora de levar sua marca para o mobile, pois seus consumidores levam os aparelhos com eles para qualquer lugar.

image63

Nós estamos vivendo na era mobile. Quase 95% dos seus clientes estão no mobile, então seu site precisa ser otimizado para ele.

Se você não está convencido disso, aqui estão algumas razões rápidas:

image25

AlphaRooms reduziu a taxa de rejeição dos visitantes mobile em 35%, dobrou suas conversões e melhorou a performance geral do seu site. Você pode fazer a mesma coisa dando ao seu site um toque mobile. Lembre-se, o Google e seus usuários estão ambos desesperados pedindo por uma experiência amigável.

image70

Lembre-se que o Google segue usuários. A melhor maneira que o Google recebe informações precisas é monitorando as atividades do seu site, a partir do desktop e aparelhos móveis dos usuários.

Na verdade, site adaptado para o mobile agora é um fator de classificação. Isso significa que, se seu site não é amigável, não importa o quão útil seja seu conteúdo, ele não irá ranquear bem nos resultados do Google.

Em primeiro lugar, teste seu site seguindo estes passos:

Passo #1: Vá para a ferramenta de teste mobile friendly do Google. Coloque a URL do seu site (ex: qualaroo.com). Clique em “ANALISAR”:

image74

Espere a página processar.

Passo #2: Confira seu resultado. Se seu site for adaptado para o mobile, você verá isso:

image35

Se ele não for, verá isso:

image51

Muitos negócios não tinham um site responsivo (isto é, amigável). Consequentemente, depois que o Google ajustou seu algoritmo, esses sites viram uma queda nas classificações de busca e tráfego. Os mais espertos otimizaram suas páginas.

Menos de 14 dias depois de lançar um site adaptado para dispositivos móveis, NAS Cosmetics aumentou sua taxa de conversão no checkout em 54% (24% para tablets). Eles também cortaram a taxa de rejeição pela metade.

image13

Se você é um usuário do WordPress, é muito fácil fazer seu site responsivo. Tudo que você tem que fazer é instalar o plugin JetPack e ativar o tema mobile. Você pode usar também o plugin WPTouch.

Se você não está usando WordPress e não é técnico, você pode pedir para um profissional te ajudar.

Veja também: 3 Passos Para Aumentar Sua Classificação de Busca com a Atualização do Mobile Friendly do Google

13. Mostre Credibilidade

A palavra “credibilidade” é a habilidade de inspirar uma crença ou confiança em outra pessoa. Da mesma forma que a reputação, credibilidade não é o que você diz a seu respeito, mas como as outras pessoas te percebem. Credibilidade importa – não a ignore.

image05

O que quer que você faça online, reconheça que não se pode resumir tudo a fazer um dinheirinho rápido às custas da sua reputação e dos seus princípios. Em vez disso, use toda oportunidade possível para ajudar os outros.

Eu não posso te dar uma lista de coisas que você tem que fazer para aumentar sua credibilidade pessoal. Ninguém pode, na verdade. Mas com o passar dos anos, ser transparente e oferecer vários recursos valiosos e de graça, tem sido os fundamentos para o meu sucesso.

image47

Felizmente, quanto mais credibilidade você tiver, mais dinheiro você poderá fazer. Uma pesquisa da Consumer Web Watch descobriu que 4 de 5 usuários dizem que ser cabaz de confiar no que leem em um site é muito importante.

Em poucas palavras, você não compra de pessoas que não confia, compra?

image64

Um site com credibilidade:

  • Faz as pessoas confiarem e acreditarem no que ele (o conteúdo) diz
  • Dá às pessoas a garantia de que suas informações pessoais estarão seguras
  • Inspira confiança nas pessoas que gastam seu dinheiro tão suado
  • Elimina o dilema de compra (ex: eu deveria comprar ou não)

Peep Laja, fundador do ConversionXL, compartilha algumas maneiras para fazer com que seu site gere muita credibilidade aos seus usuários:

image19

Os clientes online se sentem animados a comprar de marcas como Apple, Amazon, e Zappos, pois em suas mentes, essas marcas tem credibilidade.

image73

Conclusão

Neste artigo eu mostrei diversas maneiras de reduzir o bounce rate ou taxa de rejeição e impulsionar a taxa de conversão. Mas sem conteúdo de alta qualidade, mesmo se você tiver sucesso em cortar sua taxa de rejeição pela metade, seu risco de aumentá-la novamente será alto.

Para evitar isso, trace uma estratégia de conteúdo e um calendário editorial. Você está lendo este blog hoje porque eu pensei em você em primeiro lugar, criando um conteúdo bem detalhado que lhe fosse útil.

Eu vou me surpreender se minha taxa de rejeição passar dos 50%, pois grande parte dos leitores gasta uma boa parte do tempo lendo este site. É por isso que todo proprietário de site tem que trabalhar no sentido de – gradualmente aumentar o tempo que os usuários gastam em seus conteúdos.

De tudo, guarde isso e permaneça consistente. Eu sei que algumas das estratégias aqui poderiam produzir resultados bastante rápidos, mas não espere por isso. Continue crescendo a audiência do seu site. Ao satisfazer seus usuários, eles ficarão contentes e te indicarão para outras pessoas – aumentando assim seu tráfego de busca, links inbound e geração de leads.

Você achou algumas dessas 14 dicas para reduzir a taxa de rejeição úteis? Compartilhe sua experiência abaixo.

Share