4 Razões Porque os Seus Anúncios no Facebook Não Convertem (E Como Corrigir)

facebook

Os anúncios no Facebook são uma das opções de publicidade mais populares entre quem está começando no marketing online.

No entanto, apesar de 92% dos profissionais de marketing declararem que usam os anúncios no Facebook, ainda há muitas pessoas que os experimentam e não conseguem resultados.

Neste post, vamos ver alguns dos erros mais comuns cometidos em campanhas de anúncios no Facebook.

Veremos porque a maioria das campanhas tende a fracassar e o que se pode fazer para consertar uma campanha que não está dando resultado.

Ao final deste post, você terá uma visão clara do que precisa ser feito caso queira melhorar seus anúncios no Facebook.

Vamos começar!

Segmentação inadequada

Uma das principais razões pelas quais especialistas em marketing fracassam com os anúncios no Facebook é a segmentação inadequada.

Mais de 1,09 bilhão de pessoas usam o Facebook todos os dias – e portanto, fica difícil dizer que os anúncios não estão funcionando porque seu público-alvo não usa o site.

A maior vantagem do Facebook é que eles te dão a possibilidade de segmentar seus anúncios para que sejam exibidos para um público bem específico, que ficará curioso sobre a sua oferta.

É por isso que o número de anunciantes nessa plataforma cresceu 50% entre 2015 e 2016.

Por outro lado, se os seus anúncios estiverem mal segmentados, serão exibidos para pessoas que não se interessam nada por eles.

Ou seja: é importante saber como segmentar seus anúncios.

Afinal, você pode até acertar todos os outros detalhes, mas se a segmentação não for boa, nada vai funcionar.

Do que adianta ter um anúncio incrível se ele for exibido para consumidores que não se interessam por ele?

Pense nisso – se você não está interessado em comprar ração para cães, mas vê um anúncio mal segmentado promovendo uma marca de ração, você não vai mudar de ideia só porque o anúncio é incrível.

Baixe este material prático para ver se suas campanhas de anúncios no Facebook têm algum problema.

Talvez você até clique no anúncio, por curiosidade.

Mas para um profissional de marketing, esse é um dos piores resultados.

Os ‘cliques por curiosidade’ trazem apenas em pessoas que não estão interessadas em comprar, mas clicam no anúncio e por isso custam dinheiro.

Sabendo tudo isso, o que é possível fazer para segmentar anúncios de forma eficaz?

Se você quer segmentar os seus anúncios corretamente, precisa primeiro ver quem é o seu consumidor.

Conhecer os traços e características do seu consumidor ideal vai te dar a oportunidade de configurar seus anúncios para que sejam exibidos para as pessoas certas.

Considere investir algum tempo na criação de uma persona de comprador.

Uma persona de comprador será um ‘avatar,’ baseado nos traços, características e dados demográficos de seu consumidor perfeito.

De preferência, você deve definir os seguintes dados para a sua persona de comprador:

  • Idade e gênero
  • Localização
  • Quem/o que o influência
  • Idioma
  • Interesses/hobbies

Na imagem abaixo, você verá as opções de segmentação oferecidas pelo Facebook.

Preencher essas seções é o requisito mínimo que você deve cumprir para fazer a segmentação.

image05

Em alguns casos, você não conhece o seu consumidor tão bem quanto gostaria.

Felizmente, o Facebook oferece uma ferramenta que você pode usar para pesquisar seu consumidor ideal.

Essa ferramenta é o informações do público.

Ao visitar o informações do público, você verá a seguinte janela:

image09

Se você está começando a usar os anúncios no Facebook agora, selecione a opção ‘Todos no Facebook’.

Observação: Se você tem uma página no Facebook que represente o seu público-alvo, pode selecionar a opção ‘Pessoas conectadas à sua Página.’

Lembre-se, neste post vamos focar no que pode ser feito por usuários que estão começando com anúncios no Facebook.

Na coluna do lado esquerdo, insira a localização do seu cliente ideal e um interesse relevante.

Selecionei Estados Unidos para a localização e como interesses ‘Facebook Ads’ (anúncios no Facebook).

image07

Se você sabe mais sobre seus consumidores, pode inserir informações adicionais na seção ‘Avançado’.

image04

Após inserir uma localização e um interesse, veremos alguns dados que representam os traços, dados demográficos e interesses de nosso cliente ideal.

Abaixo você verá as informações sobre Idade e Gênero que visualizei, baseadas nos dados que eu inseri.

image08

Após examinar essas informações, podemos concluir que é melhor excluir as faixas etárias 18-24/55-64/65+.

Isso porque a maior parte do público que desejamos se encaixa em outras faixas etárias.

A imagem abaixo mostra as páginas que seu público-alvo curtiu. Esses dados vêm da aba Curtidas na Página.

image02

Em outras palavras, essa parte nos mostra alguns dos “Interesses” do nosso público-alvo.

image01

Após examinar as informações nessa página, saberemos o que inserir na caixa “Interesses” na hora de criar nossos anúncios.

Adicionalmente, a imagem abaixo (que aparece na mesma página) indica quais páginas seriam as melhores para segmentar a fim de alcançar seu público-alvo.

image00

Essa seção nos mostra as ‘Páginas no Facebook que tendem a ser as mais relevantes’ para o nosso público-alvo.

Para segmentar seus anúncios de forma precisa, tente selecionar as páginas que têm mais afinidade com a sua.

Até agora, vimos como segmentar seus anúncios de forma mais eficaz. Faça isso bem e talvez você consiga um retorno sobre o investimento de 14 vezes, como fez Chronext.

Agora, vejamos o que mais pode ser feito para consertar anúncios no Facebook que não estão funcionando bem.

Selecionando a melhor opção de lance e investindo o valor certo

Outra razão que pode levar os anúncios no Facebook a não funcionar bem para profissionais de marketing é a falta de conhecimento sobre como fazer lances corretamente.

Se você constatar que seus anúncios não estão gerando impressões ou cliques suficientes, talvez a parte de lances precise de alguns ajustes.

Na hora de criar os anúncios, a seção que mostra a configuração dos lances pode ser um pouco complicada demais para principiantes.

image06

Aqui, você só precisa se concentrar em algumas seções específicas.

A primeira delas é o ‘Valor de orçamento’.

Se você selecionou a opção ‘Automático’ anteriormente, mas não obteve resultados, agora você deve optar por ‘Manual’.

Ao clicar na opção Manual, você poderá decidir quando quer pagar por clique.

Normalmente, você verá uma sugestão de lance mínimo e lance máximo.

No entanto, se você utilizar os lances sugeridos e perceber que mesmo assim seu anúncio não está gerando impressões, esse será o momento de investir um pouco mais. 

Claro, isso depende do quanto você pode gastar. Assim, é útil calcular o valor do tempo de vida do cliente, para manter seu negócio lucrativo.

Se depois de fazer um lance mais alto, você constatar que seus anúncios continuam gerando poucas impressões, talvez seja a hora de examinar sua segmentação. É possível que ela seja estreita demais.

A segunda seção que você precisa ver é a ‘Quando você for cobrado’.

Como você pode ver, existem as opções de pagar por clique no link ou por impressão.

Se você descobrir que sua campanha não está gerando cliques suficientes, talvez valha a pena experimentar a cobrança por impressão.

Mas se seus anúncios continuarem a gerar cliques insuficientes após essas alterações, é possível que você tenha que voltar à segmentação e mudar algumas coisas.

Também é possível que o anúncio em não atraia muitos cliques – um conceito que vamos discutir a seguir.

Observação: Se você tem uma campanha bem segmentada e que está gerando muitos cliques e resultados, considere optar pela cobrança por impressões. Isso pode reduzir o custo de uma campanha.

Crie anúncios que atraiam cliques

Se você já cuidou dos detalhes que discutimos até agora, mas seus anúncios ainda parecem precisar de ajustes, talvez seja a hora de ver como você pode ajustar a aparência do seu anúncio.

Muitas vezes, você sabe que seu publicitário não está trabalhando bem porque o seu anúncio tem uma taxa de cliques muito baixa.

A taxa de cliques média no Facebook é de 0,9%.

No entanto, se você tiver um anúncio de feed de notícias, deve esperar uma taxa de cliques acima de 5%, e se utilizar um anúncio na barra lateral direita, acima de 1%.

O Facebook é uma plataforma muito visual, e você precisa se assegurar de que seus anúncios são bons em chamar a atenção do seu público-alvo.

Se você não tem muita experiência criando anúncios no Facebook, talvez queira estudar o que outros anunciantes estão fazendo.

Manter um portifólio é uma boa forma de ter um registro de anúncios que te deixaram impressionado.

Você pode usar uma ferramenta como o Evernote para fazer capturas de tela com qualquer anúncio que tenha te interessado ou te levado a ação.

Se lembre que você pode também estudar anunciantes fora do seu segmento.

Isso porque, caso você encontre alguma coisa que funcione bem em outro segmento, é bem provável que essa ideia possa ser transferida para o seu segmento.

Ver um anúncio mais incomum também pode ser interessante e mais atraente para as pessoas que você quer alcançar.

Em alguns casos, você pode tornar seu anúncio mais atraente para cliques ao acrescentar um call-to-action dentro da imagem.

Se você vai utilizar texto em uma imagem, isso também pode impactar o alcance do seu anúncio.

Utilizar muito texto pode reduzir as chances de sucesso do seu anúncio, como mostrado abaixo.

image03

Como acontece com vários tipos de marketing online, é essencial criar textos persuasivos. Isso é importante porque você precisa convencer as pessoas a clicarem no seu anúncio.

Você pode criar textos publicitários melhores ao entender o que seus consumidores desejam e o que eles temem. Também é útil saber quais objeções eles podem ter a uma oferta como a sua.

Quando você tiver essas informações, será capaz de escrever textos que falam diretamente com os consumidores, e ao mesmo tempo confirmam que vale a pena ver a sua oferta.

É crucial sempre incluir um call-to-action em seus textos publicitários, para que as pessoas saibam o que fazer a seguir.

Experimentação

A experimentação é uma parte importante do processo de consertar uma campanha de anúncios no Facebook que não está dando resultados.

Muitos dos melhores especialistas em tráfego pago em todo o mundo não conseguem produzir anúncios bem-sucedidos na primeira tentativa.

Vários deles precisam passar por um processo de experimentação para encontrar um anúncio que vai trazer melhores resultados.

Considere criar múltiplas variações do mesmo anúncio para as suas campanhas.

Abaixo está um exemplo de como você pode fazer testes A/B com uma campanha.

image10

Você deve ativar as variações do anúncio por uns dias e aí verificar os dados.

Você provavelmente descobrirá que um anúncio tem um desempenho melhor do que o outro.

As imagens não são o único elemento de um anúncio que você pode testar. Também é possível fazer experiências com a segmentação e com o texto publicitário de um anúncio.

Há até a opção de ver o que acontece quando você usa diferentes formatos de anúncios, como anúncios do Instagram, ou anúncios na barra lateral direita.

Ao executar testes A/B, é essencial que você experimente fazer algumas mudanças radicais em seu anúncio.

A razão para isso é que grandes alterações têm mais probabilidade de trazer em uma melhoria dramática nos resultados do que pequenos ajustes.

Conclusão

Os anúncios no Facebook podem ser uma excelente maneira de aumentar o tráfego de seu site.

No entanto, se você ainda não recebeu um retorno sobre investimento razoável, é possível que esteja cometendo alguns erros comuns.

Neste post, vimos algumas soluções simples que você pode adotar caso queira consertar uma campanha de anúncios no Facebook que não está funcionando bem.

Vimos como você pode fazer alterações na segmentação e no texto publicitário. Falamos também da importância de testar variações de um mesmo anúncio para encontrar o mais bem sucedido.

Coloque em prática o que você aprendeu aqui e veja se você é capaz de aperfeiçoar algumas das suas campanhas de anúncios no Facebook que estão dando um baixo ROI.

Você tem alguma dica sobre como melhorar uma campanha de anúncios no Facebook que não está gerando bons resultados? Conte para gente nos comentários abaixo!

Share