8 Erros em Comentários de Blog Que Você Precisa Evitar

comment mistakes

Quais erros de comentários em blog você está cometendo?

Em 2015, eu compartilhei 25 formas de conseguir mais comentários em blog.  Até agora, o post gerou mais de 100 comentários e centenas de compartilhamentos nas redes sociais.

Existem alguns temas que inspiram os leitores a tomar iniciativa. “Comentários em blog” é um deles. No entanto, é fácil cometer erros, se você não tiver cuidado.

Primeiro, se você não está usando os comentários para alavancar o crescimento do seu blog, então está se prestando um grande desserviço. Deixar comentários em blogs relevantes não é uma opção, mas uma necessidade. Mas não deixe comentários “spam” e espere conseguir grandes resultados.

A maioria dos comentários na web são spam. A Akismet, uma ferramenta que ajuda a impedir comentários “spammers”, pega mais de 7,5 milhões de comentários “spam” por hora.

Você sabia que grandes marcas frequentemente ganham força através de comentários? Você pode não estar sabendo disso – talvez porque você não verá o nome dos influenciadores na seção de comentários em blogs populares desses ramos.

Isto é o que algumas dessas pessoas bem-sucedidas fazem: elas contratam assistentes virtuais e outros redatores para ajudá-las a escrever comentários úteis em posts de blogs. Sim, comentários de blog podem ser terceirizados da mesma maneira que a redação de artigos através de escritores freelancers. 

Faça o download deste material e descubra 8 erros de comentários em blog que você precisa evitar a qualquer custo.

Marcus Sheridan, fundador do “TheSalesLion”, gasta normalmente de 5 a 6 horas por semana, lendo e comentando nos posts de outros blogs. Ele faz isso porque quer direcionar mais atenção ao seu negócio e atrair mais leitores.

Você já sabe que a maioria do seu público-alvo provavelmente lê outros blogs diariamente. Deixando comentários nesses outros blogs de seu ramo, você certamente conseguirá atrair mais tráfego para seu site.

image22

No entanto, nem todo comentário irá direcionar força e credibilidade para seu site e marca.

Simplesmente deixar de comentar ainda é melhor que comentar de forma errada. Não importa quem você é; se seu comentário não acrescentar valor ao conteúdo já trazido, você provavelmente foi vítima de um dos erros que irei compartilhar com você neste artigo.

Há não muito tempo, eu deixei 249 comentários em sites e converti $25.000. Eu acredito fortemente que eu poderia ganhar mais, caso tivesse evitado os erros de comentários em blog abaixo e estou confiante de que você verá resultados dramáticos com seus comentários também.

Estes são os 8 erros para se evitar quando escrever comentários em blogs:

1. Super-otimizar com sua palavra-chave na seção “nome”.

Tenho certeza de que você viu comentários super-otimizados com palavras-chave na seção “nome”. É chato, não é?

Vamos ver um exemplo. Embora o comentário abaixo acrescente valor, é um erro – ele está com uma palavra-chave exatamente combinada na seção de nome, em vez do nome de uma pessoa real.

image14

Blogueiros profissionais compreendem que as contribuições dos leitores na forma de comentários, compartilhamentos nas redes sociais, backlinks e menções de marcas podem disseminar suas mensagens para muito longe.

Ao mesmo tempo, nem todo comentário acrescenta valor ao post do blog. O comentário abaixo é relevante, valioso e oportuno — e usa o nome completo de quem está comentando.

image00

Se você tem feito otimização de mecanismos de busca (SEO) já há algum tempo, deve saber então que links de comentários costumavam passar valor para a página.

Antes da atualização “Google Penguin”, era mais fácil de construir rapidamente o perfil de um link deixando comentários nos blogs corretos. Você talvez tenha deixado comentários em blogs que usam atributos “dofollow” com a esperança de melhorar suas classificações de busca.

Mas, hoje em dia, links de comentários em blog não são tão poderosos como já foram.

No passado, links de comentários em blog realmente ajudavam a construir autoridade em seu website. Em 2007, a SEJ recomendou o uso de comentários em blogs para a construção de links, já que eram mais fáceis de serem percebidos e não exigem muito tempo.

image18

O Blackhat em otimização de mecanismos de busca (SEO) dominava e os profissionais de otimização (SEOs) criaram programas que deixavam comentários “spam” automaticamente em diferentes posts de blogs. Esses programas ou scripts foram construídos para colocar palavras-chave super-otimizadas na seção “nome”, em vez do nome de uma pessoa.

Em vez disso, use seu nome quando colocar comentários em blogs. Comentar em blogs, por si só, não é uma prática ruim, a menos que você esteja fazendo isso com o único propósito de manipular suas classificações nas buscas.

A Google não é contra comentários em blog. Matt Cutts normalmente escreve comentários em posts sobre certos tópicos relacionados à busca. Em suas próprias palavras:

Eu deixo comentários relevantes em sites relevantes toda hora. Então, se alguém posta uma teoria da conspiração contra o SEO, eu respondo falando algo tipo, ‘Não, isso não está certo,’ e deixo então um comentário que diz, ‘Eu tenho uma observação que mostra que isso que você disse não está correto,’ ou, ‘Aqui está a informação oficial sobre esse assunto,’ ou algo do tipo. E eu vou simplesmente deixar um comentário com meu nome e direcionar para o meu blog em vez do blog do Google, pois eu estou representando a mim mesmo. Então muitas pessoas fazem isso toda hora e não tem o menor problema.

Então, para reiterar, não use comentários em blog para melhorar seu perfil de backlink de nenhuma maneira.

E, quando deixar um comentário em blogs do ramo, tenha certeza de que esteja dentro do tema/seja relevante e possua seu nome completo.

2. Não usar o nome e sobrenome nos seus comentários

Redatores e blogueiros ficam sempre animados quando recebem um comentário de alguém que usa seu nome completo. E eles irão, quase sempre, investir um tempo para respondê-los. Brian Dean faz isso frequentemente.

image23

Escrever comentários valiosos para esses blogs é, na verdade, uma tática de marketing de conteúdo, porque isso pode enviar leads qualificados e clientes a você.  

Infelizmente, muitas pessoas cometem um grande erro quando comentam em posts – elas não usam seus nomes completos.

Quando você comparece a uma conferência ou workshop, alguma vez se aproxima de alguém e começa a vender seu produto/serviço sem mesmo se apresentar?

Claro que não. Isso seria absurdo, para não dizer rude.

Em vez disso, você começa por se apresentar com seu nome completo. O novo contato faz o mesmo e a conversa segue em frente. Isso pode parecer simples, mas muitas pessoas negligenciam essas mesmas regras online.

Não usar seu nome completo é perder uma oportunidade de promover sua marca pessoal, já que sua marca começa pelo seu nome.

image21

Depois que um blogueiro publicar um post, ele espera que as pessoas o leiam, deixem um comentário e compartilhem – mas mais importante, eles esperam que os leitores se sintam próximos do escritor.

Como você pode se aproximar do escritor sem fazer uma apresentação apropriada? Tudo começa quando você usa seu nome completo.

Toda vez que eu deixo um comentário, não uso somente meu primeiro nome e deixo o sobrenome de fora. Eu me asseguro de que o dono do blog, ou o autor, leia meu nome completo primeiro, antes do meu comentário.

Isso também acontece quando respondo a comentários no meu blog. Você sempre verá meu nome completo.

image26

O marketing de conteúdo eficaz depende da “regra de ouro”: faça com os outros como gostaria que fizessem com você.

Em outras palavras, se você não gostaria que as pessoas deixassem comentários nos posts deu seu blog sem seus nomes completos, você não deveria fazê-lo também.

Se colocar no lugar do escritor e ajudar a ampliar o alcance do conteúdo através dos seus comentários é a maneira mais rápida de estabelecer uma harmonia de conteúdo que entrega resultados dramáticos.

image30

Claro que, mesmo sendo sempre bom usar seu nome e sobrenome, você deve garantir que seu comentário não seja apenas útil, mas também interessante.

Marketing de conteúdo diz respeito a instigar energia, entusiasmo e até ansiedade, de forma que o público-alvo fique motivado para tomar iniciativa. Então, se por exemplo, você publicou um artigo hoje, espera-se que as pessoas irão ler, se entusiasmar sobre seu trabalho e…

  • deixar um comentário
  • compartilhar o conteúdo
  • assinar sua lista
  • comprar seu produto
  • baixar seu ebook
  • se inscrever para testar seu software
  • e assim por diante…

O quanto você conseguir, não use apenas seu primeiro nome quando escrever comentários em blogs. Isso não ajuda o blogueiro e não acrescenta valor ao comentário ou ao conteúdo.

Na realidade, se você falhar em usar seu nome completo, as chances do administrador do blog aprovar seu comentário diminuem. 

Lembre-se de que uma das razões para apenas 30% dos profissionais de marketing acreditarem na eficácia do marketing de conteúdo, é porque eles aprenderam como criar o conteúdo correto, desenvolver uma estratégia de promoção de conteúdo e se conectar com influenciadores que possam ampliar o alcance do conteúdo.

É melhor deixar comentários em blogs com seu nome real e acrescentar um enorme valor do que apenas usar seu primeiro nome e não dar a mínima para o escritor ou para o conteúdo.

Nunca subestime o poder dos comentários. Taplin Ramsay, fundador do BlogTyrant, normalmente interage com seus leitores (também conhecidos como “Tyrants”) na seção de comentários do blog. Os resultados têm sido espetaculares. Mais leitores voltam para escrever comentários úteis e para compartilhar o post.

image06

Como blogueiros, às vezes nós passamos por um bloqueio criativo. Você pode, na verdade, se voltar para os comentários do blog para pegar ideias, insights e questões desafiadoras que possam remediar a situação. 

Muitas vezes, encontrei ótimos temas para escrever sobre, apenas lendo os comentários do posts de meu blog. Meus leitores são incríveis (eu sou grato a cada um de vocês). Seus comentários não são apenas esclarecedores e desafiadores, mas são abordados adequadamente também.

Bom para mim, estou começando a reconhecer meus comentadores mais frequentes por seus nomes completos.

Vez ou outra eu visito seus blogs, leio seus posts e deixo um comentário útil (com meu nome completo, é claro) e entrego um feedback honesto sobre como eles podem obter o máximo do marketing de conteúdo.

3. Usar um endereço de email inativo ou falso

Outro erro fatal de comentários em blog é utilizar um endereço de email falso ou inativo nos seus comentários.

Se você fez isso por engano ou deliberadamente, o efeito é sempre péssimo. Um endereço de email falso quebra a avenida principal de comunicação entre o autor e a pessoa que está comentando. 

image37

Se estiver com medo de receber mensagens não solicitadas depois de usar seu endereço de email real para comentar, isto é o que eu recomendo a você: registre um novo endereço de email. Você pode ter de 2 a 5 endereços de email, cada um voltado para uma tarefa específica… 

  • Um endereço de email para comentários de blog
  • Outro para mandar e receber emails de divulgação do blog
  • Um endereço de email único para se comunicar com seus clientes
  • Se possível, utilize um endereço de email diferente para suas respostas automáticas

Como alguém que comanda 5 empresas de software bem-sucedidas, todas potencializadas através de blog, estou sempre curioso sobre as transformações nas tendências do marketing de conteúdo.

Você sabe que é possível usar um pseudônimo ou apelido em seu blog se não quiser parecer real. Mas por que você iria querer isso?

Em 2010 – 2012, muitas pessoas pensavam que a fundadora do menwithpens.ca era um homem. Claro, o nome do domínio começava com a palavra “men” (homens) e, além disso, a fundadora, James Chartrand, não usava suas fotos reais na época.

image32

Menwithpens.ca foi um dos blogs mais populares sobre web design que eu lia em 2011. Ele era repleto de posts úteis, aprofundados e bem estruturados.

Então, um dia, James Chartrand decidiu revelar sua verdadeira identidade em um post no blog, dizendo a todos que ela era uma mulher e não um homem, como todos presumiam.

Por que uma blogueira e desenvolvedora web julgou necessário revelar sua verdadeira identidade? Bem, o motivo é simples: Para ganhar a confiança de seu público-alvo.

Da mesma forma, quando você escrever comentários em blogs do ramo, não cometa o erro de usar um endereço de email falso.

Relações comerciais podem ser iniciadas na seção de comentários. Se você é um blogueiro e notou que um leitor em particular sempre lê seus posts e deixa comentários valiosos, você pode contatá-lo facilmente através de seu endereço de email.

Imagine o quão frustrado não ficaria o blogueiro ao descobrir que o seu endereço de email não está funcionando adequadamente.

Sempre cheque duas vezes seu endereço de email.

image04

4. Usar um endereço de email que não esteja conectado a um Gravatar

Dan Norris, do Fizzle.co, compartilhou 12 estratégias de tráfego que funcionaram para ele, incluindo fazer comentários em blogs da forma correta. Dan enfatizou de que maneira você deve abordar a estratégia de comentários em blogs:  

image09

Se você comentar descuidadamente, não deveria se surpreender, caso não consiga obter resultados significativos. Usar um endereço de email que não esteja conectado a um Gravatar é um erro terrível que você precisa evitar.

O Gravatar é uma aplicação web desenvolvida pela Automattic, a mesma companhia proprietária do WordPress, JetPack, Akismet, WooCommerce, dentre outros. 

image13

Se você estiver levando a sério sobre usar comentários em blog para direcionar visitantes para sua página, gerar leads, conseguir inscrições de email e mais vendas, você precisa conectar seu endereço de email a um Gravatar primeiro.

De acordo com o site:

Seu Gravatar é uma imagem que te segue de site em site aparecendo ao lado do seu nome quando você faz coisas como comentar em posts de blog. Avatars ajudam a identificar seus posts nos blogs e nos fóruns da web. Então, por que não fazer isso também nos sites?

Um exemplo típico da imagem de um Gravatar é: 

image29

Sua imagem Gravatar diz muito sobre você. Em um instante, você pode observar que o Gravatar do Ramsay é realmente sua foto.

Muitos blogs hoje em dia acessam o sistema de Gravatar. Assim, quando você escreve comentários no post de um blog ou no de um fórum, o ícone próximo ao seu comentário é o da imagem que você escolheu, não apenas um ícone genérico e aleatório que não representa sua marca pessoal.

A maioria das pessoas provavelmente não atribuiria nenhum sucesso ao comentário no blog por sua imagem de Gravatar, mas eu posso lhe dizer que isso definitivamente ajuda a modelar uma experiência muito mais personalizada na web para você e para os outros.

Algumas pessoas criaram seu Gravatar anos ou meses atrás e não deram mais atenção.

Agora é a hora de arrumar isso. Você precisa logar de volta em sua conta e atualizar sua foto. O ideal é que você use uma foto mais pessoal, que defina o que você está representando.

Em um post recente, a Gravatar disse que “se você estiver usando uma imagem em baixa resolução de si mesmo, que cortou da foto do Facebook de um amigo, dois anos atrás, então é hora de uma atualização.” 

A Gravatar tem sido atualizada para suportar imagens de até 2048px, então você pode escolher imagens de alta resolução. Você não quer que a imagem do seu avatar apareça “pixelizada”, como se tivesse sido retirada de um jogo de 8 bits do Super Mario Bros.

É sempre uma escolha sábia apresentar-se profissionalmente, independentemente de qual serviço você ofereça ou qual produto venda. Uma foto profissional provavelmente irá acrescentar seu valor a ser percebido.  

Se você não possuir um smartphone com uma câmera de alta resolução para tirar fotografias, irá conseguir um ótimo retrato com um fotógrafo profissional.

Aqui vão algumas razões a mais sobre o motivo pelo qual a imagem do seu avatar é tão importante:

i).    Ela é parte do seu branding: Branding é a totalidade do seu negócio. De acordo com a Bop Design, “45% da imagem de uma marca pode ser atribuída ao que ela fala e como fala.”

Não cometa o erro de pensar que o seu branding é apenas o seu logo. Longe disso!

image10

Não escreva apenas comentários úteis e largue-os ali. Dê um passo adiante e faça com que as pessoas saibam quem, na verdade, está ali comentando e representando sua marca.

ii).    Ela melhora a autoridade: Ser notado é importante. Mas conseguir atenção e influenciar pessoas a participar de sua lista e comprar seu produto só é possível quando você possui autoridade.

Até que você consiga influenciar pessoas, você ainda não é realmente uma figura de autoridade. Autoridade, normalmente é construída e fortalecida quando você não está se escondendo por trás das cortinas.

Deixar comentários com sua foto real ao lado pode ter um efeito multiplicador em sua autoridade. Você se tornará influente e as pessoas irão considerá-lo como um expert de seu nicho. Credibilidade normalmente dá luz à autoridade.

iii).    Motiva clientes potenciais: Como você deixa prospects (potenciais clientes) empolgados sobre seus serviços e produtos se sua imagem do Gravatar parece um desenho ou um objeto inanimado?

image03

Lembre-se de que clientes em potencial normalmente entram nos mesmos blogs que você lê e comenta todos os dias. Se você parecer real, eles ficarão mais motivados a considerar sua oferta.

Uma das coisas que você deve fazer, se quiser que seu comentário seja notado, é usar uma imagem de Gravatar com um fundo distintivo de uma só cor. 

Pat Flynn usa a cor preta no fundo de sua imagem de Gravatar para que ela se ressalte sobre as outras. Isso contribui para a confiança e “vibe” profissional como um todo – conjuntamente com o valor entregue por seu comentário.

image27

Este é mais um Gravatar profissional. Mesmo que o comentário não tenha usado o nome completo, a imagem do Gravatar ajuda seu comentário a aparecer.

image25

Para conectar seu endereço de email ao Gravatar, siga estes passos simples:

i).    Primeiro passo: Vá ao Gravatar.com. Então clique no botão “Sign In” (Inscreva-se):

image02

ii).    Segundo passo: Adicione uma nova imagem. Escolha uma imagem pessoal sua em seu computador.

image11

Depois é só seguir as instruções passo a passo e você estará pronta em poucos minutos. A próxima vez que você deixar um comentário usando um endereço de email que estiver conectado ao Gravatar, seu comentário aparecerá assim:

image20

Uma nota rápida: Não há uma regra que diz que você não pode usar sua logomarca como imagem do Gravatar. Por uma série de razões, você talvez prefira promover sua marca ao seu público-alvo usando um logo ou um ícone.

Atenção: o fato, por si só, de que a maioria das pessoas usem suas fotos reais como imagem do Gravatar, não significa que elas serão transparentes ou verdadeiras com suas audiências. A questão é “Como você pode se assegurar de que a imagem de Gravatar que você viu é de fato do blogueiro ou do influenciador?” 

Glen Allsopp usa o logo do seu blog como imagem de Gravatar. Algumas pessoas associam melhor desta forma, já que sabem que o logo pertence ao Glen e apenas a ele.

image31

5. Deixando comentários em blogs de fora de seu ramo

Se lembra do post sobre como eu consegui $25.000 a partir de 249 comentários? Desses comentários, cerca de 3.973 visitantes clicaram em meu link e entraram em meu blog. Eu fui capaz de converter 6 leads para consultoria e transformei um deles em uma palestra de $25.000.

O que talvez você não saiba é que eu não estava somente jogando meus comentários em quaisquer blogs que eu encontrava. Pelo contrário, eu fui muito seletivo.

Eu tenho que admitir que 25 dos meus comentários foram básicos. Eu apenas escrevi uma ou duas frases e não trouxe muito valor ao artigo.

E eu tive pouco resultado. Eu não poderia esperar coisa melhor. Um exemplo perfeito de comentário básico é este:

image08

Não, eu não acrescentei valor à conversa. Mas, com o tempo, eu melhorei meus comentários consideravelmente

image05

A moral desse estudo de caso é que nem todos os blogs são criados iguais. Realmente importa quais os blogs que você lê e deixa comentários.

Eu fui capaz de gerar um tráfego decente para o meu site e aumentar minha receita, porque dos 224 comentários que foram realmente úteis, 100 deles foram em blogs do meu ramo, enquanto que 52 foram em blogs mainstream, como o Huffington Post, Mashable, etc.

image17

A verdade, de fato, é que, se você está deixando comentários somente em blogs de fora do seu ramo, você não vai direcionar muito tráfego para o seu blog, porque as pessoas que irão ler seus comentários não são alvo de suas ofertas.

Por exemplo, vamos supor que você seja um expert de otimização dos mecanismos de busca (SEO) e a sua landing page fala sobre otimização para palavras-chave de cauda longa.

Se você deixar um comentário no Huffington Post, a maioria dos leitores não estará interessada em SEO e talvez não compreenda sobre o que sua landing page está tratando quando chegar a ela.

image19

Sob uma perspectiva de branding, ter seus comentários em blogs relacionados ao seu ramo, fortalecerá sua marca e irá expor você aqueles que está tentando alcançar. Algumas pessoas me disseram que viram o meu nome aparecendo em diversos blogs.

Não há dúvida de que se você dedicar tempo suficiente para escrever comentários e respondê-los, especialmente em blogs do ramo, você vai gerar leads melhores, não apenas meros visitantes.

Para descobrir blogs de seu ramo que irão direcionar visitantes-alvo e leads para o seu blog, vindos de seus comentários valiosos, siga estes passos simples:

i).   Primeiro passo: Vá ao SEMrush.com – Na página principal, insira a URL (endereço) de seu blog (ex.: quicksprout.com). Clique no botão “search” (procurar):

image24

ii).    Segundo passo: Analise sua concorrência – Na página de resultados, desça e você encontrará os seus principais concorrentes orgânicos (“main organic competitors”). Estes são os blogs do ramo nos quais você deveria começar a deixar comentários úteis.

image28

6. Escrever comentários que não sejam relevantes ao tema

O seu comentário é relevante?

Muitas vezes nós queremos deixar nossos comentários em um blog popular sem considerar o tema que está sendo coberto.

É claro, não há nada de errado em escrever um comentário em um blog de fora do ramo, porque você ainda vai conseguir algum tráfego para o seu blog, mesmo que talvez esses visitantes não se convertam em leads.

Mas nunca cometa o erro de escrever comentários que não sejam relacionados ao tema. O principal motivo pelo qual a maioria das marcas não ativa o sistema de comentários em seus blogs ou não comenta ativamente em outros blogs, é por causa de comentários como este…

image36

Uma coisa é certa: Se seu comentário não é relacionado de nenhuma forma ao tema, é spam. E você sabe aonde normalmente comentários de spam terminam – no lixo.

Quando eu leio alguns comentários, começo a me perguntar o que a pessoa que comentou estava pensando no momento. Confie em mim, nada chateia mais um redator de conteúdo ou blogueiro que um comentário não relacionado.

Quando você lê histórias de sucesso de pessoas que usaram comentários de blog para crescer seu negócio, você deveria estudar a fundo para saber como eles conseguiram.

Sujan Patel gerou 513 leads para sua startup apenas comentando em blogs. Não qualquer tipo de comentário, mas comentários valiosos, ricos e relevantes.

Em outras palavras, se ele lê um artigo sobre “growth hacking”, seus comentários serão relacionados a growth hacking e não blogging. Claro, ele ainda pode falar sobre mídias sociais quando o tópico não for relacionado a isso, mas “ligar os pontos” é o que faz a diferença.

É assim que Sujan direciona leads através de comentários de blog:

i).    Primeiro passo: Ele procura por artigos relevantes. Qual seu objetivo? Antes de deixar um comentário em qualquer blog, pergunte-se “O que vou ganhar com isso?”

Nas palavras de Sujan

Como o objetivo dessa estratégia era ganhar leads por meio de uma ferramenta de marketing de conteúdo, eu comecei a pesquisar por termos no Google tais como ‘ferramentas de marketing de conteúdo’ e ‘recursos de marketing de conteúdo.’

Se você está tentando atrair tráfego-alvo para o seu site ou landing page através de comentários de blog, você precisa procurar por artigos relevantes. Você pode adicionar operadores de busca, como Sujan fez quando ele acrescentou um operador de busca avançado “inurl:blog.”

Quando ele procurou com o operador conjuntamente com as palavras-chave, resultados irrelevantes foram filtrados e apenas resultados de busca de blogs ou artigos que podiam ser comentados foram apresentados.

Ele deliberadamente escolheu onde comentar. Você deveria fazer o mesmo. Não comente em um blog só porque ele está entre os seus concorrentes. Se o tópico específico não é relacionado a sua oferta, landing page ou propósito, você não é obrigado a deixar um comentário.

image12

ii).    Segundo passo: Escolher onde comentar – Quando você faz uma busca no Google por artigos e post de blogs para comentar, você provavelmente irá encontrar vários deles. Fazer uma escolha neste ponto é crítico.

É importante visitar o site e analisar a autoridade dele, tráfego, estimativa de visualizações de página e sua influência nas mídias sociais. Os posts deste blog são compartilhados?

image15

Sujan Patel usou uma grande estratégia. Ele percebeu que os artigos da primeira página do Google para seus termos de pesquisa eram uma boa escolha, já que eram muito bem classificados. Isso também significava que eles eram propensos a receber tráfego regularmente.

Dica rápida: Se assegure de sair do Google e entrar no “modo de navegação privada” (se estiver usando o Chrome, pelo menos).

image16

A janela de navegação privada é muito poderosa.  Ela irá prevenir que os mecanismos de personalização de busca distorçam os resultados que você vê para que se alinhem com as páginas que você visitou recentemente ou visita frequentemente.

Você pode ler o estudo de caso completo de como Sujan Patel conseguiu 513 leads de comentários de blog e aprender a como fazer isso também.

7. Fazer perguntas em vez de contribuir e vice versa

Você sabia que 85% das metas empresariais para marketing de conteúdo voltado para B2B são sobre geração de leads?

image35

Eu compartilhei com você uma série de formas de como comentários em blogs corretos, feitos da maneira correta, podem aumentar suas chances de adquirir leads melhores. 

Entretanto, algumas pessoas passam um pouco do ponto ao deixar comentários em blogs de seus ramos. Sim, o blogueiro quer e valoriza comentários. Mas o conteúdo, ou a substância, do comentário também é muito importante.

O que você diz no seu comentário? Você deveria fazer uma pergunta ou dar seu palpite a respeito?

Bom, isso tudo depende do que você quer. Por exemplo, se você lê um post sobre um tema em que não é um expert, não seria sábio defender sua opinião ali como um fato.

Nessa situação, você deveria apenas deixar uma pergunta. Então o blogueiro poderá iluminar melhor essas seções complexas ou complicadas.  

Recentemente eu tive um questionamento importante de um leitor que decidiu deixar um comentário. Dê uma olhada:

image34

Enquanto isso, eis mais um exemplo onde o leitor fez uma recomendação em um comentário. Ele vai além e ainda nos explica o porquê ele escolheu a Klear.com em vez de outras ferramentas.
image33

Em poucas palavras, se você for um conhecedor do assunto, então contribua (por ex.: faça uma sugestão, recomende uma ferramenta, um recurso). Mas se você for um iniciante, não se sinta tímido em fazer uma pergunta. 

8. Escrever um comentário “spam”

A palavra “spam” é, de certo modo, vaga. Ela vai além do que robôs espalham através da web. Mesmo humanos bem intencionados podem, algumas vezes, discordar sobre o que exatamente constitui spam.

Seja email, links, páginas da web or comentários, há spam por todo lado. Na verdade, é estimado que 80% do tráfego global de email seja spam

image01

Então qual a definição precisa de “spam”?

Vamos deixar que o Google nos traga uma resposta de seu índice:

image07

Quando se trata de comentários em blog, você deve fazer seu melhor para eliminar comentários “spam”. Se você for contribuir, faça uma pergunta ou acrescente sua opinião, faça isso como um ser humano real que se importa.

  • Use seu nome real
  • Use seu nome completo
  • Use um endereço de email válido
  • Use um Gravatar atualizado
  • Faça um link para uma página que seja relevante (isso é opcional)
  • Dirija-se ao autor ou blogueiro por seu primeiro nome antes de deixar seu comentário
  • Não escreva um comentário de uma só frase (por ex.: ótimo post, Neil) 
  • Não copie e cole um artigo e utilize-o como sendo seu comentário
  • Fixe-se ao tema
  • Comente mais frequentemente em blogs de seu ramo
  • Não ignore blogs mainstream (por ex.: Mashable, Forbes)

Comentar em blogs seguindo as diretrizes do site é uma ótima maneira de direcionar tráfego por referência, indicadores sociais e leads para o seu negócio.

Se você não tiver tempo, deveria contratar alguém que o faça para você, porque cada ferramenta ou canal de marketing é parte integral de sua estratégia de conteúdo

Conclusão

Juntamente com blogging, comentar em blogs é verdadeiramente uma forma única de começar a direcionar visitantes para o seu blog. Pessoas que não têm visto resultados, provavelmente não o estão fazendo do modo correto. 

As regras não são tão rígidas, mas isso não significa que você pode jogar em qualquer lugar e esperar que as pessoas venham ao seu site.

Novamente, se você quiser que seus comentários se sobressaiam, deve começar a fazer tudo o que tiver ao seu alcance para comentar o mais cedo possível no ciclo de vida de um post de blog. Inscreva-se nos melhores blogs do ramo e fique atento. Sempre que receber um email de uma nova postagem, seja o primeiro a escrever um comentário de alto valor.

Outros comentários irão ficar abaixo do seu e você direcionará mais visitantes-alvo, leads e clientes para o seu negócio.

Quais outros erros de comentários em blog você observa que as pessoas cometem diariamente?

Share