Como Gerar Leads: 6 Estratégias Que Vão Aumentar Seus Leads Em 113%

coin stacks

Sem saber como gerar leads, seu negócio seguramente irá falir.

O Que é Lead?

Lead é o cliente potencial qualificado que pode se tornar cliente e embaixador da sua marca, se você fizer seu trabalho direito. Claro, uma empresa pode ter vários objetivos importantes, mas 66% das metas organizacionais se concentram em gerar leads.

Profissionais de marketing, especialmente os profissionais B2C, dependem de vários canais para gerar leads para seus negócios.

Mas muitas vezes, esses canais não produzem os resultados para suas empresas crescerem. Se você já gastou muito tempo criando conteúdos na esperança de atrair os leads certos, mas você ainda não está obtendo resultados, isso pode ser desanimador. Mas acredite: você não está sozinho.

Em um momento na minha carreira de marketing de conteúdo, eu não conseguia gerar leads. Gerar leads era um assunto completamente diferente.

Hoje, eu quero te mostrar atalhos comprovados que vão te ajudar a crescer seu número de leads em 113%.

O que seus clientes querem? Se você for capaz de responder essa pergunta e levá-los a uma landing page de alta conversão, você vai gerar leads. Crescer seus leads sempre será mais fácil se a maior parte de sua atenção estiver focada em sincronizar sua landing page com os seus outros canais de marketing.

image35

Não importa o canal que você esteja usando, as estatísticas da HubSpot descobriram que 54% a mais de leads são gerados por táticas de inbound marketing do que o marketing pago tradicional. Isso também significa que você tem que dar a máxima prioridade à criação do conteúdo certo.

Sofrendo com o seu processo para gerar leads? Aplique estes 6 atalhos para crescer seus leads significativamente.

Uma vez que você se comprometer com essa mentalidade e abordagem, implemente estes seis atalhos para gerar leads e crescer seus números mais rapidamente

Atalho 1: Gerar leads começa em casa – revise a mensagem da sua homepage

Para a maioria dos profissionais de marketing, a sua página inicial (homepage) recebe o maior número de visitas. A Tandberg (desde que foi adquirida pela Cisco), uma líder no campo de teleconferências, aumentou a sua geração de leads em 50% a partir de um simples CTA (call to action) na homepage misturado com outros elementos, como o título, o subtítulo, imagens, etc.

Se você estiver promovendo ativamente seu site, sua página estará recebendo visitantes de sites de referência, mídias sociais, motores de busca, e outras fontes.

image36

Nick Eubanks gerou mais de 100 mil visitantes por mês, e a maioria desse tráfego foi direto para sua homepage.

image12

Stuart J. Davidson também contou como ele alcançou 140.753 visualizações de página (page views) no prazo de doze meses, desde que ele relançou seu blog em novembro de 2013. Como a homepage recebe uma enorme quantidade de tráfego, você não acha que rever a mensagem da sua homepage irá ajudar a gerar leads?

Estou confiante de que isso funciona. Por exemplo, Alex Chris, fundador do Digital Marketing Pro, disse que uma das áreas que ele revisou, que levou a mais de 400.000 visitantes por mês para o seu site, foi a homepage. Isso levou a milhares de leads também.

Ele inseriu cinco posts atrativos na home, juntamente com uma lista dos últimos posts. Ele também adicionou uma seção de leitura obrigatória em sua barra lateral, que é importante se você quer que as pessoas encontrem seu melhor conteúdo no momento em que chegarem à sua página inicial do blog. A imagem abaixo é como a homepage do Chris está, enquanto eu escrevo este artigo:

image32

Embora a barra lateral geralmente apareça em todas as páginas na maioria dos temas de WordPress por padrão, você pode configurá-la de forma permanente apenas para sua homepage.

Por outro lado, se você tem uma oferta (por exemplo, um e-book, um relatório, software) na sua landing page, você tem que garantir que sua mensagem e oferta estejam em sincronia.

Deve haver uma concordância para que os visitantes não sejam confundidos quando chegarem à sua homepage.

Basta dar uma olhada no Backlinko.com. O título e o call to action da homepage tem como alvo a mesma palavra-chave: “tráfego.” Quando as pessoas visitam essa homepage, elas vão ver imediatamente o tema do site e que o Brian Dean pode ajudá-los com esse assunto:

image39

Outro exemplo de uma página que tem uma mensagem consistente é a Big Brand System. Esse blog fala sobre branding e nada mais.

image46

Nota: O propósito desta seção é ajudar a misturar a mensagem da sua homepage com o objetivo de todo o seu negócio. Isso significa que, se o seu negócio é de reparos em carros, a homepage e a oferta que seus clientes potenciais vão visualizar deve ser sobre reparos em carros ou ter o mesmo conceito.

A Unbounce mostra qual é a mensagem dela na homepage. É sobre a construção de uma landing page, edição, teste e otimização dela para gerar leads da melhor forma possível.

image07

Atalho #2: Gerar leads com link para seus webinários diretamente do seu conteúdo

Um webinário é uma maneira relativamente barata de levar a sua mensagem para o seu público-alvo, o público que realmente se inscreveu para ele.

Uma pequena empresa de consultoria utilizou webinários para gerar mais de 100 novos leads qualificados e resultou em seis reuniões de oportunidade de negócios, o que por sua vez levaram a US$ 50.000 em serviços que estão sendo negociados.

E 52% dos profissionais de marketing acreditam que webinários e seminários são os métodos mais eficazes para gerar leads qualificados.

image34

Se você pode realizar um webinário e criar links para ele diretamente do seu conteúdo, seus leads vão te levar mais a sério, porque você forneceu valor a eles antes de pedir para se registrarem.

Isto é muito diferente de uma landing page de webinário que não oferece muito valor para o usuário.

Por exemplo, a imagem abaixo mostra como a Quality Matters faz links para a sua página de registo do webinário dentro dos seus cases de sucesso (um post no blog).

image43

O desafio que a maioria das pessoas têm ao realizar webinários é levar pessoas o suficiente para registrarem nele. Mas você pode gerar muitos registros para o webinário criando links diretamente para ele. A Uberflip sabe como convidar os leitores do blog para se registrarem para os próximos webinários dentro dos posts. Aqui está um exemplo:  

image03

Se você não estiver usando webinários para gerar leads para o seu negócio, você tem que começar hoje. – Lewis Howes

Quando as pessoas estão envolvidas, uma mágica pode acontecer no local certo.

Engajamento é a única finalidade de realizar um webinário. De acordo com a Adobe, a duração média de presença para um webinário de 60 minutos é 54 minutos. O tempo (duração) de permanência é influenciado pela facilidade de entrar no webinário, o assunto e se os participantes estão engajados o suficiente para permanecerem até a parte de perguntas e respostas.

image38

Se você quiser gerar leads cada vez mais, você tem que criar um webinário. Profissionais de marketing digital bem-sucedidos sabem o poder por trás de um webinário bem planejado.

Você pode gerar leads, nutri-los e construir um negócio próspero somente com webinários. De acordo com uma pesquisa recente realizada pela ReadyTalk, 30% a 40% dos participantes de um webinário são transformados em leads.

Os webinários têm sido a minha estratégia número um para o crescimento do número de visitantes do KISSmetrics para 518.399 e 16.394 leads vindos de 77 webinários.

image23

Não há dúvida de que trazer as pessoas certas em uma plataforma virtual aumenta a confiança, leads e vendas. E não importa qual é o seu mercado, você tem que reconhecer que as pessoas querem participar de algo.

As pessoas querem aprender com os especialistas.

E você não tem que ser um influenciador para criar um webnário de sucesso.

O fator mais importante no aumento do envolvimento dos usuários é o quão útil o seu webinário é.

image08

Na verdade, 38% dos participantes vão permanecer no webnário se o seu tema for interessante. O que você está compartilhando com eles irá produzir resultados significativos em seus negócios e na vida.

Se você é um profissional de marketing B2B, uma das maneiras mais eficazes para gerar leads qualificados, além do tradicional boca a boca, são webinários. Quando você reunir pessoas com o único propósito de educá-las, você vai gerar leads interessantes.

image19

No entanto, você precisa fazer do seu webinário uma parte do seu conteúdo. Naturalmente, os leitores do seu blog, assinantes de e-mail e os clientes podem ter desenvolvido uma ligação emocional com o seu conteúdo. Quando eles estão lendo o seu post, o que eles querem é que você resolva os problemas deles.

Trabalhar com blog é uma ótima maneira de construir a confiança. Se você quiser que mais pessoas se inscrevam, reservem seus lugares e participem de seu webinário, então você tem que estabelecer um nível de confiança com elas. Aí é quando o blog entra em jogo.

papel dos webinários no processo de vendas não pode ser ignorado, porque a maioria das empresas tem conseguido aumentar as vendas quando é criado um webinário.

image31

Quanto mais úteis e interessantes são seus posts, melhor. Consequentemente, quando você criar links para o seu webinário dentro do seu conteúdo, é um sinal que você quer oferecer mais valor para os seus leitores, sem parecer que você está querendo vender alguma coisa para eles.

Quando você tem a atenção e confiança dos seus participantes, você pode recomendar um produto ou serviço que vai ajudá-los. Você tem a responsabilidade de qualificar seus leads e mapear a jornada de compra dos seus clientes potenciais. Cada etapa do processo de compra do cliente é importante durante o webinário.

image13

Sim, você pode vender, mas há uma maneira inteligente de fazer isso, especialmente quando você está consciente de sua marca e reputação. Você não vai querer nada que possa ferir a sua imagem ou te separar do seu público.

Veja exatamente como vender durante o webinário:

i) Perguntas de boas-vindas: Para cada webinário que nós realizamos, tanto no KISSmetrics e no QuickSprout, nós geralmente deixamos até 30 minutos para perguntas.

Sem dúvida, essa é uma maneira de dizer aos participantes que nós nos preocupamos com eles, e não com o seu dinheiro. Isso cria um vínculo forte que leva a vendas e clientes mais qualificados no longo prazo.

ii) Dar valor antes de pedir qualquer coisa: Se você está realizando um webinário, escrevendo um post de blog, ou palestrando em um evento, você tem que oferecer ajuda concreta antes de vender, ou qualquer outra coisa que exija que os participantes saiam da sua zona de conforto (por exemplo, comprar o seu produto).

Eduque-os. Use narrativas interessantes (metodologia do storytelling) para envolvê-los, enquanto você aborda as questões que estão ocupando a mente deles. Em seguida, você pode falar sobre a sua oferta, porque você realmente acredita que ela pode ajudá-los ainda mais.

iii) Desenvolva uma enquete: Enquetes podem aumentar o engajamento e melhorar a satisfação do cliente. As pesquisas são questionários simples que se parecem com isto:

image18

Por exemplo, através de uma enquete, Tomoson descobriu que quase 60% dos profissionais de marketing planejam aumentar os orçamentos do marketing de influência.

image44

Da mesma forma, você deve usar enquetes durante o seu webinário. No decorrer do webinário, nós geralmente solicitamos que os participantes respondam a uma enquete/pesquisa. A nossa pergunta mais comum na enquete é:

  • Você está interessado em nossa demonstração do produto?

Como nós usamos o GoToWebinar, é fácil ver o relatório do participante que indica o seu interesse principal. Você pode então enviar o relatório para sua página de vendas e ajustar a oferta, copiar, e inserir um call to action para maximizar as vendas.

iv) Pergunte às pessoas se elas gostariam de experimentar o seu produto durante a inscrição: No KISSmetrics, descobrimos que nossas maiores vendas vêm quando as pessoas estão se registrando para os nossos webinários. Antes da inscrição ser concluída, nós geralmente perguntamos:

  • Você quer uma demonstração do nosso produto?

Oferecendo uma demonstração nós geramos 10% mais conversões do que a versão gratuita.

v) Faça uma oferta irresistível: Se você quiser fazer mais vendas ou gerar leads melhores, você tem que oferecer a seus participantes o que eles não podem resistir. Se a sua oferta é boa e oportuna você verá um aumento de conversão em vendas que varia de 5% a 60%.

image14Lembre-se que quando você vender ou recomendar uma oferta durante o webinário, você precisa marcar os seus slides. Em outras palavras, o logotipo da empresa, cores e ícones devem ser usados de forma coerente no design da apresentação.

Quando você faz isso, sua marca vai ficar sempre fresca na mente dos participantes. E essa é uma maneira bem eficiente de começar a venda antes de começar a falar sobre seu produto.

vi) Conteúdo Premium: Outra forma comprovada de vender durante o webinário é oferecer conteúdo premium. Poderia ser seus novos vídeos de treinamento que você não lançou no YouTube ou alguns capítulos de seu próximo livro.

Para crescer o seu negócio e nutrir um público e clientes apaixonados que vão resistir ao teste do tempo, você tem que alimentá-los com conteúdo premium.

Esse é o tipo de conteúdo que oferece um tremendo valor e escassez.

Isso significa que os usuários não podem encontrá-lo em outro lugar, nem mesmo em uma pesquisa no Google. Realizar um webinário e criar links para ele dentro dos seus posts é uma das dez maneiras mais eficazes para promover o seu conteúdo premium.

image20

Um webinário é bastante diferente de um post de blog, vídeo ou podcast. De acordo com a Ascend 2:

Quando você compara todas as táticas de gerar leads, os webinários são a segunda forma mais eficaz de conteúdo premium para profissionais de marketing digital.

Sim, você tem que ter uma página dedicada ao webinário no seu site, mas sempre faça links para os seus webinários antigos e novos dentro do seu conteúdo. Nossa página dedicada agora responde por mais de 20% dos nossos leads vindos de webinários a cada mês.

Não se esqueça o propósito disso. Não se trata de realizar um webinário, mas fazer link para os seus webinários passados e futuros dentro do seu conteúdo, porque você quer estabelecer contato com os visitantes na primeira vez que eles visitam o seu blog e semear a relação que você tem com seus clientes.

Como Ivan Gaye pontua:

Ao entregar continuamente um valor incrível aos seus participantes e preencher o seu pipeline com leads qualificados, algo mágico vai acontecer — as vendas irão aumentar e sua empresa se transformará em algo significativo.

image47

Finalmente, se você quiser que mais pessoas se inscrevam no seu webinário, de modo que você possa obter mais leads para o seu negócio, você tem que estabelecer uma parceria com blogueiros influentes e alavancar sua homepage (que sempre atrai a maioria das visualizações).

Você também precisa escrever posts sobre o seu webinário e criar links para a landing page dentro dos seus posts e compartilhar seu webinário nas mídias sociais. Além disso, não tenha medo de mídia paga e de promover o seu webinário através de grandes palestrantes.

Linkar ou citar um webinário de alto valor dentro do seu conteúdo, irá te posicionar como um especialista em seu mercado que se preocupa com as pessoas. Vários profissionais de marketing que aplicaram essa técnica foram muito bem-sucedidos ao gerar leads. Por exemplo, a Kamila Gornia gerou 1.500 leads qualificados e 100 clientes em duas semanas, sem anúncios.

Veja também:

Atalho 3: Use o Google como seu login

Você deve usar o Google como seu login, porque você pode personalizar seus esforços. O marketing eficaz pode ser eficientemente implementado quando você tratar seus clientes não como um grupo, mas como indivíduos. É por isso que o SugarCRM e o Trello acreditam em se conectar com os indivíduos.

image21

O Flickr tem mais de 112 milhões de usuários, porque eles permitem que os usuários se inscrevam utilizando sua conta do Yahoo!. Sim, apenas o endereço de e-mail é necessário. Dê uma olhada:

image28

A maioria das empresas digitais não tem usado esse truque para gerar leads. A verdade é que o Google é popular, e a maioria dos blogueiros, profissionais de marketing de conteúdo e empresários digitais têm uma conta no Google.

O mundo social nos trouxe conveniência em toda a internet. Os nossos nomes completos, endereços residenciais, números de telefone, entre outros, agora são armazenados em sites confiáveis, como Facebook, Google, LinkedIn e Twitter. Isso tornou possível que os profissionais de marketing criem um fluxo de inscrição flexível e simples.

Você pode adquirir mais clientes para o seu negócio, limitando a quantidade de informações que eles precisam inserir nos formulários. É assim que as empresas bem-sucedidas são construídas. Isso pode funcionar para você, também.

Atualmente, você não precisa pedir muita informação dos seus clientes potenciais antes que eles possam se tornar leads qualificados. Melhor ainda, você não precisa que eles preencham um formulário longo antes que você possa entrar contato com eles.

Desde que eles possuam todos os seus detalhes pessoais em sites confiáveis, como o Facebook e o Google, você pode simplesmente solicitar que os usuários se inscrevam usando esses sites. Por exemplo, você pode se inscrever com o Facebook, se você quiser entrar no Pinterest.

image25

Desde que o Pinterest começou a utilizar essa estratégia, eles aumentaram seus usuários. O Pinterest tem agora mais de 50 bilhões de pins e milhões de usuários leais e ativos.

Vimeo, uma plataforma de mídia social para compartilhamento de vídeos, também permite aos usuários que se inscrevam com o Facebook. A sua informação pessoal é puxada de suas contas do Facebook, simplificando enormemente o processo de inscrição.

image45

Usar o Google para fazer login tem sido um dos meus atalhos para gerar leads responsivos. Por exemplo, há alguns meses atrás, eu usei a técnica em minha página inicial do QuickSprout.

Eu só solicitei que os usuários façam login com o Google. Isso me ajudou tremendamente a gerar leads em maior escala. Meu botão de CTA parecia exatamente como este há alguns meses:

image15

Nota: Uma das razões pelas quais o Google tem bilhões de usuários de busca é porque com uma conta Google (Gmail), você pode entrar no Google Analytics, YouTube, Google Drive, Google Docs, Blogger e muito mais.

No mesmo sentido, outras empresas digitais que permitem que seu público-alvo faça login usando o Google, Facebook, ou outra plataforma de mídia social popular, através de uma API, provavelmente irá gerar leads.

Atalho 4: Especialização: Separe sua equipe que trabalha para gerar leads da sua equipe de vendas

Se você quiser converter os visitantes que vêm para suas landing pages, você tem que testar continuamente os elementos da sua landing page, tais como título, subtítulos, bullet points, CTAs, e muito mais.

Um estudo mostrou que 57% das empresas tinham problemas em encontrar as habilidades para otimizar o texto de vendas em suas páginas. Você tem que permanecer testando antes que você possa fazer isso direito. Testes A/B não são negociáveis.

Mas há um aspecto da sua estratégia de marketing de conteúdo que você tem que definir limites. É sobre quem está no comando de gerar leads e quem administra as vendas.

Para crescer seus leads em 113% ou mais, você tem que “se especializar.”

image01

O que isso significa?

Em seu livro clássico, é sábio se especializar?, o autor John O’Sullivan compartilha a poderosa influência da especialização em uma criança, e como especialização precoce nos esportes pode ter um efeito sobre o desempenho atlético de uma criança.

O’Sullivan reconheceu que estamos sempre tentados a fazer mais. A própria vida vai nos empurrar para além dos nossos limites, mas temos que aprender a nos especializarmos. Procure seu nicho e identifique quais são as áreas onde você se destaca da maioria.

Abrace sua força e trabalhe no aperfeiçoamento de suas fraquezas.

image26

Quando se trata de nutrição de leads, que é um aspecto muito importante na gestão de um negócio bem-sucedido online, você tem que separar a sua equipe que trabalha para gerar leads da sua equipe de vendas.

De acordo com a Marketo, no que diz respeito a gerar leads, o processo do marketing deve estimular e captar o interesse em um produto ou serviço, com a finalidade de desenvolver um processo de vendas.

Por outro lado, a equipe de vendas está preocupada principalmente com a troca de bens e serviços por dinheiro; é a ação de vender algo.

Como você pode ver a partir das duas definições, gerar de leads não é somente vender. As vendas também não tem relação com estimular o interesse, porque esse aspecto está sendo coordenado pela equipe responsável pela geração de leads.

Depois de vender a um cliente, a equipe de vendas também tem a responsabilidade de iniciar uma grande experiência do cliente que leva a uma alta taxa de retenção de clientes.

Manter os clientes é importante se a empresa quiser prosperar. De acordo com Bain & Company, aumentar a taxa de retenção de clientes em 5% aumenta o lucro em 25% a 95%.

Não basta estar preocupado com a aquisição de clientes; retenção é ainda mais importante.

image48

Cada prática de marketing exige uma mentalidade diferente. Por exemplo, a equipe responsável por gerar leads cria a consciência para um produto.

Eles também inspiram, educam e convencem os prospects a agirem. Mas a equipe de vendas é responsável por aumentar a receita da organização.

Se você é um profissional de marketing B2B e sua empresa quer ficar à frente da concorrência, você pode acelerar a aquisição e retenção de clientes. Por exemplo, a Fulcrum ajudou um de seus clientes, um dos principais fabricantes de monitores de glicose no sangue, a adquirir 6,5 milhões de clientes ativos, que também levaram a US$ 40 milhões a mais no lucro anual.

Grandes marcas como a Cineworld, tem uma equipe separada para cada atividade de marketing. Quando a Cineworld queria aumentar a retenção de clientes e admissões do cinema, eles decidiram rever o seu sistema de cartões de afiliados ilimitados.

Trabalhando com a Atos, a Cineworld tem agora uma solução completa para o gerenciamento de clientes atuais, aquisição de novos, lançamento de produtos de cartão de afiliados e geração novos fluxos de receita.

image40

Em poucas palavras, há um alto nível de especialização na Cineworld. Facebook, AT & T, Airbnb, e várias outras marcas operam dessa forma. Portanto, elas são capazes de adicionar milhares de novos clientes para o seu negócio diariamente.

A Limelight Departament sabe como se especializar. Essa tem sido a principal razão pela qual seus clientes estão satisfeitos.

Por um lado, a Limelight ajudou a aumentar a taxa de conversão da American Concealed da noite para o dia em 9% . A Americana Concealed usou o mesmo orçamento para publicidade e marketing, mas os resultados foram muito mais significativos porque eles se especializaram.

image22

Lembre-se que o objetivo de ter uma equipe separada que irá trabalhar para gerar leads e vendas, é para melhorar a satisfação do cliente.

É aí onde o lucro realmente está.

Se seus clientes estiverem insatisfeitos, eles vão para a concorrência. Por outro lado, a Salesforce descobriu que 91% dos clientes altamente satisfeitos irão indicar um amigo para o seu negócio.
image42

Atalho 5: Use verbos fortes para escrever títulos poderosos que chamam a atenção

Um verbo é uma palavra de “ação”.

Se você quiser criar uma forte impressão em sua escrita, você tem que chamar a atenção com os verbos. Mas, primeiro, responda a esta pergunta:

O que faz um título poderoso?

Bem, a estrutura, palavras-chave utilizadas, comprimento, assunto, e, mais importante, a palavra de ação (verbo) que aparece em um determinado título são os fatores que evocam a curiosidade e convencem as pessoas a clicarem.

image16

Se você der a devida atenção ao elaborar o seu título, você não só vai gerar leads qualificados, mas há uma possibilidade de que seus rankings de busca irão melhorar drasticamente.

Escritores de todo o mundo conhecem o poder por trás de um título bem trabalhado. É a mesma razão pela qual Ted Nicholas acredita que 73% das decisões de compra são feitas quando o cliente lê o título. E oito em cada dez pessoas vão clicar no título se ele chama a atenção. Então, o que você vai fazer com relação aos seus títulos?

image10

Não importa a plataforma – o seu blog, redes sociais, outros blogs (quando você escrever um guest post), ou quando você criar qualquer tipo de conteúdo que irá gerar leads – você tem que se certificar de que o título contenha verbos fortes. De acordo com Wikieducator, você tem que colocar músculos na sua escrita, usando verbos fortes.

Um verbo forte é um verbo específico e descritivo. Verbos fortes são usados para transmitir uma mensagem direta. Você sempre deve ter em mente que vivemos em um mundo acelerado.

Pense nisso. Estamos vivendo a era da internet rápida, sites rápidos, comida rápida (fast food); queremos tudo agora. Não há tempo para esperar. Agora, imagine o quão impaciente seu público-alvo será se a sua escrita não é direta ao ponto ou não oferece qualquer recompensa imediata.

Então, como verbos fortes podem melhorar a sua escrita?

image29

Quando você usa verbos fortes em seu título, primeiro ele vai torná-lo um escritor melhor, e sua escrita será concisa e descritiva. É exatamente isso que seus clientes querem.

Aqui está um exemplo de um verbo fraco nesta frase:

  • Ela está indo para a escola

Embora a frase esteja correta, ela é fraca. Nós podemos omitir o “está indo” e substituí-lo com um verbo forte. Você precisa se perguntar como é que ela vai à escola? Será que ela vai rastejar, pular, andar, correr, andar de bicicleta, etc.?

Vamos criar uma sentença melhor através da inclusão de um verbo forte:

  • Ela caminha para a escola
  • Ela dirige para a escola
  • Ela corre para a escola

Na mesma linha, em vez de usar os verbos fracos em seus títulos, você deve substituir com um verbo forte. Dessa forma, você vai transmitir a sua mensagem ou ideia de forma mais concisa e cativante.

Exemplos de verbos fortes são:

  • Nutrir
  • Terminar
  • Melhorar
  • Aumentar
  • Reviver
  • Alterar
  • Expandir
  • Impulsionar
  • Atacar
  • Focar
  • Escrever
  • Dirigir
  • Engajar

Eu uso verbos fortes nos títulos do meu blog o tempo todo. Dê uma olhada no meu post recente:

image24

Mas eu não sou o único que entende o poder por trás dos verbos fortes. Profissionais de marketing de conteúdo de autoridade como o Brian Clark e toda a equipe da Copyblogger Media usam verbos fortes para criar títulos que você não pode ignorar. Dê uma olhada:

image06

Seth Godin, o renomado autor de mais de quinze livros best sellers, também usa verbos fortes para escrever seus posts cativantes. Dê uma olhada:

image00

Nota: Verbos fortes em seu título não vão aumentar os leads em 113% por si mesmos. Mas eles podem adicionar o sabor, ou seja, forte convicção e clareza no seu título para que seus leitores e potenciais clientes se relacionem com a sua mensagem.

Ter verbos fortes no título da sua landing page vai aumentar suas conversões, especialmente quando você testá-los.

Por exemplo, em um momento, a CityCliq, uma empresa que fornece serviços de SEO de baixo custo para empresas, realizou um teste A/B. Eles usaram o software VWO para testar quatro versões diferentes do título da sua landing page:

  • Empresas crescem mais rápido online!
  • Publicidade online que funciona!
  • Seja encontrado mais rápido!
  • Crie uma página web para o seu negócio

No final do teste A/B, a quarta versão do título, que envia uma mensagem mais descritiva, direta, relevante, clara e concisa, superou os outros. Isso gerou um aumento de 90% na taxa de conversão.

image30

Além de usar verbos fortes em seus títulos, você também tem que se concentrar no comprimento do título. Títulos que são muito longos tendem a ser facilmente esquecidos ou ignorados.

De acordo com um recente relatório do The Guardian, uma agência internacional de notícias que vem criando títulos e manchetes por décadas, descobriu que títulos com apenas oito palavras geraram uma taxa de cliques 21% maior do que os títulos mais longos.

Mas se você não consegue ainda criar títulos com exatamente oito palavras, um estudo da Nielsen Norman Group revelou que títulos entre cinco e nove palavras parecem ter maiores taxas de cliques, também. 

Então, da próxima vez que você escrever um título, certifique-se que você integrou verbos fortes e se preocupou com a quantidade de palavras.

Isso vai melhorar a sua escritaevocar a curiosidade nos seus leitores.

Atalho #6: Crie uma oferta irresistível e distribua entre as comunidades do blog

Afinal, você quer levar as pessoas a dizerem “sim” para a sua oferta. Como profissionais de marketing, é exatamente isso que queremos.

O Dean Rieck compartilhou as seis maneiras de levar as pessoas a dizerem “sim,” e tudo se resume a criar uma oferta de alto nível e alto valor. Esta fórmula simples explica melhor:

Oferta de alto valor + persuasão = irresistível

image09

Se você estiver com dificuldades para gerar leads, pode ser que sua oferta não seja convincente. Não seja irresistível.

image17

Como você vê uma oferta irresistível? Chris Guillebeau compartilhou uma perspectiva única sobre isso:

A oferta irresistível é como um gole de água no deserto. É um pedido de casamento do cara ou da garota que você estava esperando por toda a sua vida. Uma oferta que você não pode recusar é como os US$ 20.000 da Bonderman Fellowship oferecidos todos os anos para os formandos na Universidade de Washington.

Você quer que eles digam sim para fazer o download do seu ebook mais recente, sim aos seus formulários de e-mail, sim para o seu webinário, sim para o seu produto físico na Amazon e muito mais.

Uma oferta irresistível irá ajudá-lo a atrair clientes e mantê-los. Para fazer isso, siga as regras para uma oferta irresistível estabelecidas por Jonathan Mead, fundador do Paid to Exist.

image05

Lembre-se que quando sua oferta é escassa, relevante, em alta demanda e exclusiva, ela se torna desejável.

As pessoas vão responder de forma positiva naturalmente.

Por exemplo, em 2004, quando o Google lançou uma versão beta privada do seu serviço de e-mail gratuito (Gmail), apenas 1.000 líderes foram convidados a compartilhar as suas opiniões honestas. Esses líderes também foram autorizados a convidar seus fãs, amigos e família para testar o serviço de email gratuito.

Adivinhe o que aconteceu durante a fase beta inicial do Gmail? A procura foi elevada, porque era exclusiva a um grupo de pessoas – não para o mundo todo.

Em um ponto, o Google começou a vender o serviço Gmail. Na verdade, seus convites do eBay foram vendidos a US$ 150 e outras contas específicas vendidas por milhares de dólares.

Não é engraçado que um serviço de e-mail gratuito possa ser vendido por US$ 150 ou mais, apenas porque era exclusivo, robusto e elogiado por líderes do mercado? Esse é o poder de uma oferta irresistível. Quando você oferece uma, seus clientes potenciais verão a diferença entre os problemas deles e as suas soluções.

image27Se você está procurando uma ideia para criar uma oferta irresistível para o seu público, deixe-me dar um exemplo. Vamos supor que você criou um relatório que irá ajudar as pessoas a economizarem dinheiro em passagens de avião.

As pessoas leem, aplicam as dicas, e compartilham suas histórias de sucesso sobre como elas economizaram US$ 200, US$ 380 ou US$ 350. Muitos outros podem testemunhar a facilidade de se obter as passagens a um custo reduzido.

Como você pode ver, o conteúdo é atraente e oferece alguns conselhos práticos que funcionam. Nesse caso, o comprimento do conteúdo não tem importância. Mesmo que sejam apenas vinte páginas, é uma oferta irresistível, porque quem quer economizar em passagens de avião será atraído para o conteúdo.

Pizza Domino’s tem uma oferta irresistível. Tom Monaghan estava à beira da falência quando ele refletiu sobre como levar sua empresa para um nível acima. Era um risco, mas uma única ideia promocional mudou tudo: 30 minutos ou menos … ou é grátis.

image37

A maioria das pessoas pediu as pizzas da Domino’s apenas por causa dessa oferta.

BlueHost também oferece ofertas irresistíveis – os planos de hospedagem deles começam em US$ 3,49 por mês, ao passo que outros concorrentes, tais como A Small Orange, GoDaddy e Hostgator começam a US$ 4,00 por mês.

image33

A diferença pode não ser clara para você, mas para um iniciante que apenas começou com um site, ela é atraente porque pode poupar algum dinheiro. A sua oferta irresistível tem que ser algo que as pessoas queiram comprar.

Na mesma linha, se você quiser obter mais assinantes de e-mail, seu ímã de leads tem que ser altamente valioso, gratuito para download, e exclusivo. Um exemplo típico é o do Michael Hyatt:

image41

Para ter certeza de qual oferta será irresistível ou fraca, você tem que testá-la. Em seu livro, Como criar ofertas irresistíveis, o autor Robert W. Bly diz que é possível melhorar a taxa de resposta para suas promoções em qualquer lugar entre 10% e 90%, apenas criando e testando diferentes ofertas.

Derek Halpern também usa um ímã de leads poderoso para convencer as pessoas a se juntarem à sua lista de e-mail. Embora muitas pessoas não gostem de pop-ups, já que a maioria deles é irritante e interrompe a leitura, a sua oferta (título) faz uma promessa ousada, que as pessoas tendem a responder a ela, especialmente os visitantes de primeira viagem.

image11

Ao todo, a forma como as pessoas percebem a sua oferta irá percorrer um longo caminho para persuadi-los a se tornarem leads ou afastá-los. O valor percebido pode ser aplicado ao seu ímã de leads para a construir uma lista. Você pode anexar o valor da oferta que você está dando de graça.

Dessa forma, as pessoas vão ficar animadas para obtê-la, por causa do valor que elas percebem na oferta. Aqui está como eu utilizo isso na barra lateral do QuickSprout:

image04

Veja também:

Conclusão

Não se deixe enganar por qualquer ferramenta para gerar leads por aí. Use ferramentas com a finalidade correta – automação.

Mas lembre-se que gerar leads de qualidade e engajamento para o seu negócio vai levar tempo.

Construir um negócio real leva tempo. Você vai gastar energia e precisar sair da sua zona de conforto.

Você precisa de conteúdos orientados por dados para nutrir seus leads, e se você quer maximizar o seu tempo, você tem que adaptar seu conteúdo e expandir seu alcance para que você possa gerar leads qualificados para o seu negócio .

Você não pode crescer seus leads em 113% em uma semana, mas com consistência, você provavelmente vai ultrapassar esse marco.

“Atalhos” não são técnicas mágicas que não têm uma base forte. Pelo contrário, têm sido comprovado que essas técnicas funcionam. Muitas marcas de sucesso e líderes de mercado ainda as usam para adquirir novos leads e convertê-los em clientes.

A real satisfação vem do que você aprende no processo ao aplicar esses atalhos comprovados para gerar leads.

A mesma coisa acontece com o aumento das vendas. Você tem que transformar a sua mente para aprender ao longo do caminho, porque seus clientes acreditam em você, e você não pode se dar ao luxo de deixá-los para baixo com conselhos desatualizados.

Quais outros atalhos para gerar leads têm funcionado para você? Compartilhe seus estudos de caso, perguntas ou opiniões.

Share