Avaliação de Qualidade do Google: 3 Ingredientes Importantes

ingredients

O algoritmo do mecanismo de busca do Google tem sido um grande mistério para todos. Em especial, para os profissionais de marketing que têm tentado encontrar relações entre o algoritmo do mecanismo de busca do Google com um melhor posicionamento na página de resultados do mecanismo de busca. E eles procuram por informações através de anúncios ocasionais e discussões feitas pelos representantes do Google, como o Matt Cutts.

Os profissionais de SEO têm conhecimento sobre os principais fatores on-page e off-page que contribuem para a classificação nos resultados de busca do Google. Mas ninguém sabe a EXATA contribuição que cada um desses fatores acrescenta na classificação – especialmente quando existem mais de 200 fatores de classificação.

Em novembro de 2015, o Google abaixou as cortinas…

Não, eles não revelaram o algoritmo de classificação. Lógico! Mas eles compartilharam alguns guias de avaliação de qualidade que mostram ‘como eles se certificam que o algoritmo esteja funcionando da forma que eles desejam’.

Essas são as regras que os funcionários do Google utilizam para se certificarem que o algoritmo funcione apropriadamente.

Inicialmente, era um documento de 160 páginas. No dia 28 de março deste ano, eles fizeram uma atualização e disponibilizaram uma versão de 144 páginas que você pode acessar aqui.

Como eu mencionei, talvez anteriormente existiam dicas ou outras relações sobre o Google, nas quais que todos tinham conhecimento. Mas essa foi a primeira ideia oficial sobre o algoritmo do mecanismo de busca do Google.

O documento consiste em 4 seções e 29 capítulos, com uma seção separada sobre ‘Entendendo as necessidades do usuário de dispositivos móveis’ (observe o que o Google procura dar ênfase).

Como um profissional de marketing ocupado, eu entendo que  você não possa gastar muito tempo lendo todo o documento. Então, neste artigo eu vou te mostrar as partes importantes que vão te ajudar a permanecer no topo a partir das orientações confiáveis/positivas do Google.

Faça o download desta planilha com dicas importantes que você deve seguir para permanecer com uma boa reputação com o Google.

Você quer permanecer com uma boa reputação com o Google?

Teho certeza que sim…

Então, aqui estão os pontos principais que o seu site deve seguir. 

O Teste de Dispositivos Móveis do Google pode enganar… então aprofunde-se na utilidade destes dispositivos

Você já tentou utilizar a ferramenta de teste mobile lançada pelo Google?

Se ainda não utilizou, você pode acessar esta ferramenta aqui.

Qando você inserir a url do seu site, pressione o botão azul ‘analisar’.

image05

Provavelmente você vai sentir uma gratidão imediata com essa mensagem verde….

“Incrível! Essa página é adaptada para dispositivos móveis.”

Raramente você verá a mensagem vermelha “Não adaptada para dispositivos móveis”, como aconteceu com o shulcloud.com. Nesse caso, você também irá receber recomendações para melhorar a experiência do usuário de dispositivos móveis.

image18

A maioria dos grandes profissionais da internet não costuma fazer uma otimização para dispositivos móveis ou outros testes nos seus sites depois de receberem uma mensagem positiva dessa ferramenta do Google. E isso pode colocá-los em perigo, pois o resultado desse teste pode ser enganoso, principalmente se os seus arquivos robots.txt estiverem bloqueando alguns outros arquivos.

Mas espere um momento…

O que essa ferramenta tem a ver com os guias de avaliação de qualidade do Google?

Veja, o Google separou 1/4 do seu documento para as buscas dos dispositivos móveis. Essa é uma evidência da agressiva procura do Google para aprimorar o seu algoritmo de busca para dispositivos móveis. O guia de avaliação de qualidade dá faz testes exaustivos de sites de dispositivos móveis por meio dos seus funcionários.

Eles também fazem nota sobre tipos de arquivo de mídia sem suporte, como o flash, navegação e rolagem horizontal. Veja um pequeno retrato sobre a introdução da seção de necessidade dos usuários de dispositivos móveis.

Eles também têm uma parte sobre “NEEDS MET RATING”, que detalha se os usuários de dispositivos móveis estão satisfeitos com os resultados de suas buscas.

image19

Veja o significado das classificações:

image06

O seu site precisa ter um bom desempenho em diversos tipos de celulares, tamanhos de tela, sistemas operacionais e navegadores de internet. O Google sabe que não existe ‘uma solução que atenda a todas essas variáveis’.

E existem evidências que mostram que tratar os seus visitantes de dispositivos móveis apropriadamente pode impulsionar a sua classificação de busca. Com o lançamento da atualização do algoritmo mobilegeddon, as atualizações das adaptações dos dispositivos móveis presenciaram um aumento de 12% de visibilidade.

image02

Além disso, a Smart Insights descobriu que os sites que não são adaptados para dispositivos móveis caíram, em média, 5 posições na classificação de busca.

Eu entendo se o seu negócio não possuir verba/recursos para a criação de sites dedicados a dispositivos móveis.

Nesse caso, eu recomendo que você escolha um design de site responsivo, para fazer com que o seu site seja adaptado para dispositivos móveis. Vai ser mais fácil de gerenciar, sem tomar uma grande parte do seu orçamento. E essa também é uma recomendação oficial do Google.

image03

Se você utiliza o WordPress, vai encontrar uma variedade de temas responsivos. Clique em ‘filtro de recurso para visualizar somente os temas responsivos.’

image21

Mais adiante eu também recomendo que você escolha modelos respondidos para as suas mensagens de e-mail. Atualmente, 55% dos e-mails são abertos em dispositivos móveis. E em um estudo Q3 realizado em 2014 pela Experian, foi descoberto que os dispositivos móveis também produzem 39% de todos os cliques únicos.

image12

A Career Builder realizou um teste de 3 semanas utilizando um modelo de e-mail responsivo. Eles alcançaram um aumento de 15 a 17% na taxa de abertura de e-mails e 21 a 24% de aumento no CTR. Todos os principais servidores de e-mail marketing, incluindo a Aweber e o Mailchimp, fornecem modelos responsivos para dispositivos móveis.

image00

Para uma leitura mais detalhada acerca de como tornar o seu site adaptado para dispositivos móveis, leia os artigos a seguir nos quais eu escrevi anteriormente.

Os tipos de sites que são bem classificados: As páginas YMYL

Qual o impacto que o conteúdo do seu site pode acarretar na vida do seu público?

Se você tiver o potencial de impactar negativamente a vida dos seus usuários, o Google possui “um alto padrão de avaliação de Qualidade da Página” para avaliá-lo. O gigante utiliza o termo, Your Money/Your Life – YMYL (Seu Dinheiro/Sua vida) para as páginas sobre felicidade, saúde ou estabilidade financeira que impactam a vida dos usuários.

Diversos tipos de negócios se enquadram na categoria YMYL e precisam fornecer um conteúdo de alta qualidade. Veja aqui alguns exemplos – sites de eCommerce, sites de Nutricionistas e Centros Físicos, Instituições Financeiras e Companhias de Seguros, e Organizações Médicas e Terapêuticas.

Veja as descrições das categorias, feita pelo Google, das páginas YMYL (junto com pequenas descrições sobre os tipos de sites que se encaixam em cada categoria).

image22

Se o seu site se encaixa em uma das categorias acima e falha em entregar um conteúdo de qualidade, o Google não vai deixá-lo alcançar as melhores classificações de busca.

A experiência do usuário STELLAR e a adaptação para dispositivos móveis são obrigatórias na construção do seu site. Seguem abaixo algumas dicas que vão ajudá-lo a passar no teste YMYL do Google.

1. Crie uma página ‘Sobre’ que instigue credibilidade – O Google quer que a informação nessas páginas venham de veteranos que saibam o que estão falando. Se a sua marca se encaixa nesses padrões, exibir essa prova social pode trazer muitas vantagens.

Mesmo que você não seja um veterano, a sua página ‘Sobre’ provavelmente será a segunda página mais visitada do seu site. Essa estratégia possui benefícios para o SEO do seu site e constrói uma conexão emocional com os seus visitantes. Na minha página ‘Sobre’, eu compartilho a história da minha vida e isso inspirou mais de 1000 comentários.

image16

Acesse o meu guia sobre como construir uma página ‘Sobre’ de alta conversão.

2. Inclua links UNIVERSAIS para as páginas de políticas privadas e de contato – Como eu escrevi anteriormente, os recentes vazamentos de dados têm aumentado as preocupações sobre as privacidades dos usuários. Esse é considerado como o maior problema para a ascensão da tecnologia pessoal.

image11

Então, se você possui algum anúncio e utiliza o processo de retargeting com a sua audiência, seus consumidores precisam ser informados sobre isso previamente. Tentar enganar o seu usuário pode acarretar em processos jurídicos e manchar o seu nome perante o Google.

Se você administra um site de eCommerce e necessita das informações dos cartões de crédito dos usuários, essas páginas se tornam ainda mais importantes. No geral, você precisa ser transparente. E, caso você mude a sua política de privacidade, envie um e-mail para os seus consumidores para informá-los sobre essa mudança.

image17

Além disso, quando você perguntar sobre informações pessoais dos seus usuários, mostre uma garantia de que você se importa com eles.

image13

Esses são os recursos que vão ajudá-lo na classificação do seu site… Mas e sobre o conteúdo dessas páginas?

Na seção abaixo, eu vou falar sobre o critério do Google para julgar se um conteúdo é de alta qualidade.

O critério E-A-T é a forma de alcançar a primeira página do Google

Eu sempre dou ênfase na produção de conteúdo aprofundado que irá satisfazer as necessidades do usuário.

O Google diz, “A quantidade de conteúdo necessária para cada página varia varia de acordo com o tópico e o objetivo da página”.

Você precisa escrever um conteúdo valioso, mas também precisa atender ao critério E-A-T do Google. Veja abaixo o significado da sigla:

Expertise (E) – O Google favorece um autor que possui grande expertise no assunto (dependendo do tópico de cada página). E para certos tipos de informações, o Google faz uma busca “praticamente exclusiva em fóruns e discussões”.

Isso não significa que você precisa de uma expertise em todos os temas que escreve para permanecer no topo da classificação de busca do Google.

O humor, receitas ou experiências de vida podem ser escritas por qualquer pessoa. E eles são qualificados com os “experts do dia a dia”. Esses são alguns tópicos específicos em que você precisa de uma expertise formal.

Autoridade (A) – Lembra que eu falei para você criar uma página ‘Sobre’ para o seu site? Mostre depoimentos e suas realizações para mostrar que você é uma autoridade no assunto principal do seu site.

No seu guia, o Google menciona que “a quantidade de informação necessária para uma avaliação E-A-T depende do assunto abordado em seu site”.

Os sites YMYL precisam de informações claras e satisfatórias quanto ao conteúdo do autor e também sobre o serviço de consumidor. Os sites que não se encaixam nos YMYL podem apenas informar o seu endereço de e-mail para contato.

Confiabilidade (T) – Informações imprecisas podem dificultar a vida do usuário. Cite fontes confiáveis de dentro do seu conteúdo para que as pessoas possam acreditar nas informações. Se você está administrando um site de eCommerce, um processo de checkout seguro pode ajudar a construir confiança.

Abaixo estão alguns exemplos de páginas da web de alta qualidade exibidas pelo Google:

image04

O julgamento de qualidade é completamente baseado no seu nicho. Abaixo estão alguns comentários sobre as páginas da web de alta qualidade de um blog, de um site de um jornal e de um site YMYL:

image07

Se você está apenas começando, vai demorar um tempo para que o Google e o seu público-alvo enxerguem em você uma autoridade.

Mas você não precisa se preocupar com uma boa reputação

Conforme o Guia de Avaliação de Qualidade do Google:

Mesmo que você não possua nenhuma reputação, a sua página pode merecer uma classificação Alta. Mas se o seu site tiver uma má reputação (com uma razão convincente por trás disso), o Google nunca irá te dar uma boa classificação.

O seu site tem sido alvo de ataques negativos de SEO ou está recebendo reviews negativas nas redes sociais?

Se sim, eu recomendo que você faça uma limpeza em seu site. Veja abaixo alguns artigos que vão ajudá-lo nessa ação:

Construir a sua marca pessoal é uma boa forma de demonstrar a sua expertise. Fazer guest post em canais de mídia estimados é um bom começo. Se você quiser mais dicas, leia o meu guia.

image14

Agora, vamos falar sobre os tipos de palavras-chave que possuem uma seção separada no guia…

Dúvidas de Produtos.

O Google enfatiza que esses tipos de palavras-chave comerciais geralmente conseguem páginas YMYL nas páginas de resultados dos mecanismos de busca. Os usuários precisam de informações de EAT de alta qualidade para ajudar na sua pesquisa de produtos.

O primeiro aspecto que você precisa considerar é a intenção da busca por trás da pergunta.

image08

Além de uma boa classificação e uma boa reputação, o seu site também precisa garantir para os seus consumidores a qualidade do atendimento ao cliente. Veja abaixo 3 resultados de busca, com uma explicação do porquê o Google gosta deles:

image15

Finalmente, vamos falar sobre a frequência de publicação de posts.

Se as consultas de pesquisas precisam de informações recentes, as páginas com conteúdo antigo são consideradas velhas e inúteis pelo Google.

image01

Por outro lado, se a consulta for respondida com uma informação recente e “atemporal”, você não vai receber uma classificação baixa. Coloque uma tag de “Última Atualização” no topo do seu artigo para mostrar ao leitor que o conteúdo está atualizado. Brian Dean segue essa prática regularmente nos artigos do seu blog.

image09

O Google menciona que “O artigo ser recente normalmente não é uma preocupação para a classificação E-A-T”. Ele cita que os sites de notícias mantêm arquivos como um exemplo de um bom E-A-T, mesmo que as páginas sejam consideradas “antigas”.

Esses são os sinais de que os grandes profissionais da internet precisam atualizar o seu conteúdo constantemente. Eu mostro 4 métodos de otimizar o seu conteúdo antigo, aqui. Tenha em mente que não é necessário publicar um novo artigo todos os dias (se você não tiver os recursos para fazer isso acontecer).

Conclusão

O Google dá ênfase ao E-A-T, principalmente nas páginas YMYL. E os dispositivos móveis permanecem sendo uma de suas maiores prioridades. Se você quiser continuar direcionando trafego a partir do Google, foque nesses 3 aspectos no seu site.

Existe outra parte do Guia de Avaliação de Qualidade que você utiliza em seu site? Diga nos comentários.

Share