Como Gerar Mais Visitas para Seu Site Sem Criar Links

seo traffic

A maioria dos proprietários de sites e blogueiros tem o sonho de aparecer no top 10 ranking do Google para gerar mais visitas para o site.

Mas muitos deles estão à beira de desistir, porque eles estão cansados de tentar criar links através de várias técnicas. Não há dúvida de que os links ainda são um fator de classificação incrivelmente importante, mas isso não significa que você tem que criar links em qualquer site por aí.

Este artigo é bem profundo, mas não vai falar sobre as maneiras comprovadas para construir links sem ser penalizado, como por exemplo, escalar a construção de links através de editoriais.

Em vez disso, você vai aprender algumas maneiras poderosas para pesquisar e escrever artigos que irão gerar mais visitas orgânicas para seu site, trazendo mais clientes para você e permitindo que o seu site apareça no top 10 do Google, sem ter que levantar um dedo para construir backlinks.

É possível?

Absolutamente sim!

Faça download desta planilha com passo a passo para você gerar mais visitas sem precisar construir links.

Introdução: Nem Tudo São Links

Primeiro, você vai precisar construir uma base forte para o seu site ou blog. Se você é um blogueiro que usa WordPress, você tem uma vantagem significativa porque existem centenas de plugins e ferramentas que você pode usar, e a maioria deles são grátis (embora alguns exigem um investimento único ou pagamento de assinatura mensal).

Para conseguir gerar mais visitas você precisa de outras coisas além de links. Você precisa de qualidade de conteúdo. Afinal de contas, se o seu conteúdo é de baixa qualidade, suas chances de classificação nas primeiras posições dos resultados do Google são igualmente baixas.

Antes de adotar uma ou mais das estratégias que vou descrever neste artigo, faça as duas etapas a seguir em primeiro lugar.

Otimização de “Rich Snippets”: Você pode fornecer informações relevantes sobre o seu site para as ferramentas de busca. Isto é muito importante, especialmente nesta era Hummingbird quando o Google está trabalhando duro para entender sobre o que suas páginas falam.

Rich snippets são simplesmente pedaços de código de marcação para sua página que aparecem como texto abaixo do título do seu site na SERPs (páginas de resultados de pesquisas). Eles parecem exatamente como neste exemplo:

image07

Uma vez que o Google entende o conteúdo (ou o significado) em suas páginas, ele cria um trecho rico – texto detalhado (rich snippets) que visa ajudar os usuários encontrar exatamente o que eles estão procurando em buscas específicas. A empresa Moz afirmou que “Rich snippets são projetados para dar ao usuário uma noção do que ele irá encontrar naquela página”.

Lembre-se, o objetivo é aumentar suas taxas de cliques. Não basta somente aparecer na #1 posição do Google. Você precisa fazer tudo que for possível para motivar o público-alvo (usuários) a clicar no seu site. Os rich snippets ajudam com isso.

O Google suporta rich snippets para os seguintes tipos de conteúdo:

  • Avaliações
  • Música
  • Receitas
  • Produtos
  • Pessoas
  • Empresas e organizações

Outros Recursos:

Nota: Resumindo, você deve constantemente criar conteúdo que se alinha com a busca das pessoas. Seu conteúdo, portanto, tem de ser relevante para a intenção da busca. Na maioria das vezes, o Google irá criar rich snippets para você, com base no conteúdo de sua página. Ao fazer isso, o Google obtém o máximo de seu site e é mais capaz de satisfazer seus usuários.

Pogosticking (Return-to-SERP): O #1 fator de SEO que afeta o ranking do Google é a satisfação. Se você quiser gerar mais visitas sem a construção de backlinks, então você tem que reduzir o efeito de pogosticking. De acordo com Foster Web Marketing, “o Google odeia Pogosticking mais do que uma alta taxa de rejeição.”

Alguma vez você já procurou um tópico específico no Google, clicou no primeiro resultado do top 10 e ficou completamente insatisfeito com o que você encontrou na página? Você provavelmente clicou rapidamente na “seta voltar” e voltou para a página de busca e continuou a procurar o que queria em outro resultado diferente.

Isso é “pogosticking” – quando o usuário vai para trás e para frente entre as páginas SERPs e as páginas de conteúdo, porque as suas necessidades não foram atendidas.

É assim que a Cyrus Shepard explica:

image36

Em poucas palavras, pogosticking acontece quando um site ou página específica está classificada no top dez resultados do Google, mas não satisfaz a necessidade exata da pessoa que está pesquisando.

O Google não gosta pogosticking. A razão é bastante óbvia: quando os usuários visitam repetidamente sua página de conteúdo, mas não ficam para ler o que você escreveu, torna-se evidente que a página não satisfazer as necessidades das pessoas que estão buscando aquele assunto. Como resultado, você vai começar a perder seus rankings orgânicos e tráfego.

Nota: pogosticking é diferente de uma alta taxa de rejeição. A taxa de rejeição alta geralmente ocorre quando o seu site está atraindo o público certo, através dos sites de busca, redes sociais ou qualquer outra fonte, mas as pessoas não ficam no seu site e não navegam em outras páginas.

Por outro lado, pogosticking, é quando as pessoas que usam a busca visitam o seu site através dos resultado da busca (SERPs), mas, em seguida, saem do seu site e voltam para a busca, porque o seu conteúdo, design, ou contexto não satisfazem as suas necessidades.

Em outras palavras, pogosticking está ligado com o tráfego de visitas que vêm da busca, enquanto a taxa de rejeição está ligada à todas as fontes de tráfego, incluindo a pesquisa.

Quando você satisfazer os usuários, você vai reduzir muito o número de pessoas que visitam sua página web e retornam rapidamente para SERPs. Afinal, por que as pessoas iriam procurar algo diferente se o seu conteúdo fornece o que elas precisam?

Ao longo deste artigo, você vai aprender como evitar o efeito pogosticking criando conteúdo certeiro. Como resultado, você não terá que se preocupar com a construção de inúmeros backlinks, para obter resultados no Google.

Estratégias para Gerar Mais Visitas no Site Sem Link-Building

Agora que entendemos o impacto de rich snippets em seu tráfego de busca e ranking de busca, bem como a necessidade de reduzir o efeito pogosticking, podemos mergulhar nas quatro maneiras comprovadas para gerar mais visitas sem a construção de links.

Cada uma dessas estratégias, quando implementadas, adaptadas para o seu site, pode trazer-lhe toneladas de tráfego orgânico, melhorando radicalmente a qualidade do seu conteúdo.

#1: Escrever sobre as Últimas Notícias

Você pode escrever rapidamente sobre as últimas notícias em seu nicho? Se a resposta for “sim”, então você pode usar essa habilidade para gerar mais visitas e rankings sem a construção de links.

image33

Em seu livro, In The Plex, Steven Levy descreveu como os engenheiros do Google monitoram a satisfação do usuário através da compreensão do seu comportamento — usando mineração de dados.

Google rastreia esses dados através dos “long clicks” – ou seja, quando um usuário clica em sua página web a partir dos resultados do Google e não retornam para a página de resultados depois.

Uma das formas de garantir que os usuários não voltar a realizar uma nova pesquisa ou clicar em um resultado diferente é empregar uma estratégia simples: a atualização de notícias, também conhecida como “newsjacking”. Artigos que são tipo notícia são passíveis de receber links. Se você for um dos primeiros sites a cobrir uma notícia, outros sites de autoridade são mais propensos a linkar de volta para aquele conteúdo que você criou primeiro.

Vou dar um exemplo:

Quando você procura por qualquer consulta relacionada com o Google Panda, Penguin, Colibri e Pigeon updates, ou mesmo mudanças do algoritmo do google, quais são os sites que você sempre encontrará entre os primeiros resultados?

Sim, você adivinhou: Moz, Search Engine Journal, Search Engine Land, Search Engine Watch e WordStream.

image28

É garantido, estes são sites muito reconhecidos, com alta autoridade de domínio e autoridade de página. Mas a principal razão por que esses sites continuam altamente rankeados no Google para várias buscas é porque eles estão sempre na vanguarda das últimas notícias sobre SEO. Eles são, basicamente, a CNN, BBC, Al Jazeera, e Forbes do SEO.

Eles obtêm as últimas atualizações mundiais sobre SEO e SEM antes de outras empresas de marketing digital e empresas que fazem SEO. Eles participam e promovem conferências de SEO, onde convidam Matt Cutts e outros respeitados funcionários do Google para compartilhar as últimas atualizações.

Uma vez que 48% das buscas recebem cliques nos resultados orgânicos da primeira página, seu objetivo é estar a par das últimas atualizações do seu mercado e escrever sobre elas de forma consistente. Dessa forma, você estará entre os primeiros sites que possuem informações relevantes sobre as notícias atuais.

image37

Blogs relacionados à tecnologia são muito bons em manter-se com os últimos acontecimentos na tecnologia e inovação no mundo. Por exemplo, o TechCrunch tem uma seção em sua página inicial para a notícia. Este é o lugar onde as pessoas vão quando elas querem saber o que aconteceu nos últimos dois minutos.

image25

Lembre-se que, quando você produzir conteúdo útil e interessante rapidamente sobre um tópico de notícia, as pessoas vão naturalmente linkar para seu site.

Então, como você consegue encontrar as últimas notícias do seu nicho?

i). Mantenha seus ouvidos atentos: Se você é um profissional de marketing digital, um blogueiro, ou um escritor de conteúdo, você tem que manter seus ouvidos bem atentos. No mercado que você escolheu, procure especialmente por temas intrigantes que poderiam gerar buzz.

Mas, mesmo se a sua notícia não gerar buzz, você ainda pode se beneficiar de uma notícia bem escrita, por ser atual e ajudar o seu público encontrar as últimas informações. Os leitores reconhecem os autores que fornecem constantemente análise sólida dos acontecimentos atuais dos quais são especialistas.

Há centenas de tópicos de notícias que você pode cobrir agora. Por exemplo, no site Search Engine Land, são publicados novos textos, enquanto eu escrevo este texto. Qualquer um desses tópicos podem fornecer um bom conteúdo se você pesquisá-lo extensivamente.

image09

Se você ainda não está convencido de que a estratégia de atualização de notícias pode ajudá-lo a classificação mais elevada nos resultados de busca do Google, então considere a experiência do Brian Dean, que o usou esta estratégia para aumentar as taxas de conversão em 785%.

Se você está pronto para implementar esta estratégia, comece com os títulos. O truque é fazer títulos intrigantes para os conteúdos úteis que você escrever para o seu público-alvo. Vou demonstrar como criar os melhores títulos para a atualização do conteúdo de notícias usando os temas das notícias acima como exemplo.

Título original da notícia: Google lança Rich Medical Content no Knowledge Graph

Novos títulos com poder magnético que levam as pessoas clicar seriam:

  • Como o Rich Medical Content do Google no Knowledge Graph pode melhorar seus rankings
  • O Que Você Precisa Saber Sobre o Rich Content Medical no Knowledge Graph
  • 10 coisas importantes que você pode aprender com os novos Rich Medical Content do Knowledge Graph

Título original da notícia: Bing Ads Auction Insights Agora disponível globalmente

Títulos orientados pelos benefícios que seriam mais clicados:

  • Boa notícia: agora você pode usar Bing Ads Auction Insights para gerar tráfego
  • Como o Bing Ads Auction Insights funciona para usuários internacionais

ii). Identificar ideias viáveis para novos textos: Você pode encontrar ideias de atualização de notícias buscando em blogs, revistas, comentários de outros textos e até em podcasts.

Por exemplo, dê uma olhada na capa da revista mais lida do seu mercado. Siga estes passos simples:

Etapa #1: Entre no site Magazines.com. Digite a palavra-chave (por exemplo, marketing) e clique no ícone de pesquisa.

image27

Etapa #2: Estude os resultados. Clique na capa da revista mais atraente.

image00

Etapa #3: Estude a capa da revista. Escolha os títulos viáveis, então brinque com eles para desenvolver um título atraente para seu blog. O truque é escrever um título clicável, não um título jornalístico.

image29

Vamos explorar alguns exemplos:

Título original: O modelo de startup que funciona para todos

Títulos revisados:

  • Os melhores modelos de startups para profissionais de marketing de conteúdo que querem mais lucro
  • Como um modelo de startup simples me ajudou a construir uma audiência de 5,600+ Inscritos em 6 meses

iii). Agregar a partir de diferentes fontes: “agregar” significa “formar ou grupo ou todo”. Para nossos propósitos, isso significa que você deve encontrar tópicos de notícias de diferentes fontes confiáveis e usá-los para criar um conteúdo mais profundo, que seja útil e clicável.

O primeiro lugar para encontrar tópicos de notícias para o seu site é o Google News:

Etapa #1: Vá para Google News. Escreva uma boa palavra-chave para o assunto que você deseja receber as últimas notícias – vamos usar “email marketing” como um exemplo. Clique no ícone de pesquisa ou aperte a tecla “enter” no seu teclado.

image31

Etapa #2: Analise os itens para essa palavra-chave.

image11

Você pode ver que o Google indexa novos artigos e os faz aparecer em sua seção de notícias.

Alguns dos itens de notícias em nosso exemplo foram publicados recentemente, poucas horas antes da pesquisa. Alguns foram lançados no mesmo minuto. A lição aqui é ficar alerta.

No momento em que há um item de notícias de última hora relacionadas com o tema (por exemplo, startups, e-mail marketing, marketing de conteúdo), você pode estudar cada pedaço de conteúdo e pensar em ideias de como melhorar o original.

Ou você pode simplesmente agregar – recolher um grupo de conteúdos afins e agregar-los em uma única peça de conteúdo para o seu site.

Então, continuando o nosso exemplo acima, o título poderia ser um destes:

  • 13 de Especialistas em Email Marketing Revelam Como aumentar a Taxa de Abertura
  • Como Cinco Novos Blogs Conseguiram 18,977 Visitantes Através de E-mail Marketing em 7 Dias

Nota: Seja transparente e completamente honesto ao agregar conteúdo. A ideia é usar os resultados ou dicas de outras pessoas para adicionar mais pedaços de conteúdo ao seu conteúdo, criando algo ainda mais original e de profundidade — mas com sua própria voz.

Além disso, sempre crie links para a notícia original de forma adequada. Nunca tente enganar as pessoas camuflando uma parte agregada de conteúdo como se fosse sua. Isto é muito importante.

Outro grande site onde você pode encontrar tópicos de notícias e artigos para agregar é alltop.com.

IMAGE12

2. Criar Infográficos Virais para Gerar Mais Visitas

Infográficos são um dos 15 tipos de conteúdo para gerar mais visitas. Criar e compartilhar regularmente infográficos bem desenhados e interessantes pode levar o seu tráfego de pesquisa para o próximo nível. Eu tenho usado infográficos por um longo tempo para gerar mais visitas orgânicas e tráfego social para meu blog.

“Em média, cada infográfico que eu criei até agora gera +53.000 visitantes qualificados e mais de 800 backlinks de 79 domínios únicos. Infográficos também geram um número de ações de engajamento via redes sociais interessante; cada um gerou cerca de 900 tweets e +400 curtidas no Facebook.”

Se o seu infográfico for de alta qualidade e útil, as pessoas vão fazer links para ele. Mesmo em marketing via mídia social, o uso de imagens pode fazer a diferença.

Por exemplo, este estudo mostra que tweets com imagens recebem 150% mais retweets.

image02

No mundo do marketing digital, tanto pessoas físicas e jurídicas têm de lidar com a concorrência.

Mas a verdade é que os artigos e todas as formas de conteúdo baseado em texto são muito mais competitivos do que o conteúdo baseado em imagem. Afinal, é mais fácil escrever um artigo (seja de alta qualidade ou não) do que criar um gráfico.

Quanto mais cedo você começar a usar a informação visual como parte integrante do seu plano de conteúdo, melhor.

Há mais de 10 razões pelas quais você deve integrar o conteúdo visual em seu plano de marketing. Uma dessas razões é que “o conteúdo visual representa 93% de todas as comunicações humanas.” Além disso, nosso cérebro processa informações visuais 60.000 vezes mais rápido do que informações textuais.

image24

Se você está pronto para começar a usar infográficos para gerar mais visitas e rankings, confira o guia detalhado para a criação de infográficos que eu escrevi há alguns meses. Clique neste link: 60.000 visitantes e Contando: Como dobrar seu tráfego com Infográficos.

3. Escreva Posts tipo “Listas dos TOP X alguma coisa”

Textos tipo lista são muito populares. Eles podem melhorar o seu tráfego de busca, especialmente quando você fizer listas detalhadas e usar fatos como base para dar credibilidade para cada citação.

Quando você adicionar vídeos, imagens e apresentações de slides, você terá 40% de seu público-alvo para responder de forma mais favorável à sua lista de tipo post.

Uma das mensagens do tipo de lista que Michael Dunlop, fundador da PopUp Domination, escreveu gerou 9.883 visitantes nos últimos 30 dias e 106,338 visitantes no último ano.

Ao escrever textos tipo “lista TOP X alguma coisa”, é importante fornecer uma numeração para cada item na lista e incluir o total no título – especificamente, números ímpares.

i). A ciência por trás dos números ímpares: O The Guardian realizou uma pesquisa em que 44.000 respondentes participaram e conseguiu descobrir a preferência das pessoas por números pares e ímpares e, particularmente, elas gostavam muito do número sete. Os resultados revelaram que o número sete é percebido como algo inteligente, alegre, e talvez até mesmo divino. Isso pode da uma luz sobre a forma como o cérebro humano funciona – e não apenas nos países ocidentais, qualquer um. Na China, os números ímpares pertencem ao céu.

“A boa sorte encontra-se nos números ímpares.
Há divindade em números ímpares, quer na natividade, no acaso ou na morte”

W. Shakespeare: Merry Wives of Windsor, Act V, sc. 1

Antes de escrever o seu texto tipo lista, pense em um número ímpar que vai apelar para o seu público-alvo. De acordo com a Harp Social “números ímpares superaram números pares.” Então, use números ímpares em seus títulos de blog – você obterá melhores resultados, diz Diane Rayfield.

image10

E não se esqueça de procurar textos com listas já existentes sobre o assunto que você vai falar. Você pode e deve escrever sua própria lista, mesmo se o tema já foi abordado neste formato, mas certifique-se o seu caso é excepcional e melhor do que o que já está publicado por aí.

ii). Indo além de palavras-chave: Você pode facilmente melhorar o seu SEO, classificando as palavras-chave, para entender a intenção do usuário.

image38

Sim, hoje em dia, as palavras-chave ainda são relevantes para SEO, mas você também precisa ir além delas, porque o Google usa o algoritmo Hummingbird para medir facilmente a relevância e a autoridade de uma página.

Lembre-se que cada atualização que o Google faz em seu algoritmo  tem o objetivo de ajudar os usuários a encontrar exatamente o que eles estão procurando.

Intenção da palavra-chave ou intenção do usuário é um dos 4 pilares da pesquisa por palavra-chave eficaz.

image04

A intenção do usuário por traz de uma palavra-chave é a principal razão pela qual o usuário está digitando aquela busca. De acordo com Search Engine Land, as pessoas que pesquisam estão basicamente querendo: fazer alguma coisa, saber alguma coisa ou ir a algum lugar – ou, talvez, uma combinação dessas três coisas.

Se você está vendendo um produto ou serviço, tenha em mente que as palavras-chave que contém a palavra “comprar” como um prefixo ou sufixo tem a maior intenção comercial.

image08

Quando você escreve um conteúdo que visa não apenas a posição para aquela palavras-chave, mas satisfazer a intenção do usuário por atrás das palavras-chave, você obterá melhores resultados.

Por exemplo, quando você faz uma busca por “programas de perda de peso”, o Google vai usar um monte de fatores de classificação para encontrar os resultados de pesquisa mais relevantes, detalhadas, profundas e úteis, com base em taxas de engajamento do usuário para cada resultado possível.

image39

Aqui está outro exemplo: “Amazon Kindle avaliações de leitores digitais” e “comentários Kindle Paperwhite” são duas diferentes palavras-chave, ambas com alto volume. Um olhar crítico diz que “Amazon Kindle avaliações de leitores digitais” não é específica. A pessoa que está buscando pode estar procurando para comprar o Kindle DX, Kindle Fire HD ou o Paperwhite.

Quando você escreve um conteúdo para aquela palavra-chave, em seguida, você pode transformá-lo em um post tipo “top-list”. Por exemplo:

  • Top 3 Amazon Kindle Avaliações de Leitores Digitais
  • As Melhores Avaliações do Amazon Kindle

Ao contrário, “comentários Kindle Paperwhite” é específico, e a pessoa que pesquisa está mais inclinada a comprar. É justo supor que a pessoa que usa esta palavra-chave já removeu alguns obstáculos associados à decisão de compra.

Em outras palavras, este pesquisador, provavelmente, conhece os diferentes tipos de Amazon Kindle que estão disponíveis, e decidiu comprar o Paperwhite.

Sabendo disso, você pode querer criar conteúdo projetado para motivar o comprador do Amazon Kindle.

Seus títulos poderiam ser semelhantes a estes:

  • Amazon Kindle Paperwhite avaliação: 5 Características notáveis
  • Como Economizar em um Amazon Kindle Paperwhite – Classificações e Comentários
  • Onde comprar um Amazon Kindle Paperwhite: comentários e descontos

iii). Incorporar apresentações relevantes do SlideShare: SlideShare.net “é o gigante adormecido do marketing de conteúdo.” É um dos mais populares e confiáveis sites da Web 2.0 por aí. Ele combina o poder do YouTube e PowerPoint para adicionar valor de ponta para o seu conteúdo.

image34

Apesar das atualizações algoritmo do Google, o SlideShare ainda continua forte e continua crescendo. Você pode dar o seu conteúdo um impulso nas ferramentas de busca quando você incorpora apresentações de slides relevantes.

Eu já mencionei que o cérebro humano processa a informação visual 60.000 mais rápido do que texto simples, então você pode usar apresentações de slides de alta qualidade à seu favor, o que dará aos leitores algo agradavelmente diferente.

Um dos meus blogs favoritos é Traffic Generation Café. Ana Hoffman sabe como usar multimídia para aumentar o valor de seus posts e atrair o tráfego.

image22

Após a criação de nove apresentações no Slideshare e integrá-las em suas postagens no blog, ela experimentou alguns resultados impressionantes:

  • De 0 a 243 mil visualizações em 30 dias
  • Dominou a primeira página do Google para várias palavras-chaves rentáveis
  • Obteve 1.400 cliques para seu blog
  • Mais de 400 novos fãs no Facebook se juntaram à ela

image32

Você pode usar o SlideShare para diversas finalidades. Você pode:

  • Gerar mais visitas de forma segmentada
  • Melhorar seus rankings nas ferramentas de busca
  • Construir lista de e-mail
  • Melhorar a sua imagem de marca
  • Aumentar a seu network

… E muito mais.

Agora imagine combinar todos os benefícios acima em uma única peça de conteúdo. Ao incorporar uma apresentação de slides em seu conteúdo, você se destaca da multidão. O Google, por sua vez, irá recompensá-lo por seu trabalho duro.

Siga estes passos simples para incorporar uma apresentação SlideShare em seu conteúdo:

Etapa #1: Vá para SlideShare.net. Digite a palavra-chave de pesquisa para apresentações relevantes.

image35

Etapa #2: Clique e veja a apresentação de slides da sua preferência.

image19

Etapa #3: Copie o código e cole campo de HTML do seu blog.

image14

iv). Linkar para sites de autoridade: Eu não preciso enfatizar a importância desta estratégia. Se você está lendo meus posts, tanto no QuickSprout quanto neste blog, você vai ver o quanto eu valorizo sites de outras pessoas.

Optimum 7 aumentou seu tráfego orgânico em 214% através de uma pesquisa sobre backlink para os melhores 10-20 palavras-chave, bem como a revisão da estrutura dos elementos do seu site.

image03

Posso criar links para mais de 50 sites de autoridade, gerar mais visitas para eles, e por sua vez, melhorar o meu tráfego orgânico. Curiosamente, linkar para sites de autoridade, direta ou indiretamente melhora a sua marca online.

image20

Não se esqueça do objetivo principal da internet. Sua finalidade é conectar páginas, e ajudar os usuários finais a encontrar o que estão procurando com a ajuda de sites de busca.

Um dos sites de autoridade que está bem qualificado para praticamente todas as palavras-chave em diferentes mercados é o Wikipédia. Eles entendem perfeitamente como táticas de SEO na página, como links internos e links de autoridade podem gerar mais visitas, sem a construção de quaisquer links adicionais.

Linkar páginas internas do seu site se torna ainda mais eficiente quando você começa a linkar para fora do seu site, para sites com autoridade. Isso é o que diferencia Wikipedia do resto – e é a razão para seu enorme sucesso.

image13

Em resumo, quando você começar linkar para fora, para sites com autoridade e sites relevantes dentro e fora de sua indústria, você vai naturalmente começar a receber link juice. As pessoas terão prazer em linkar de volta para o seu site, tweetar o conteúdo, e até mesmo compartilhar a URL publicada em sua lista de e-mail.

4. Atualize o Conteúdo Existente Para Construir a sua Lista

A atualização de conteúdo é uma simples estratégia de conteúdo em que você encontra uma parte existente do seu conteúdo (geralmente uma peça mais antiga), atualiza e a torna melhor, e então usa para construir sua lista de e-mail. Brian Dean, fundador da Backlinko, aumentou a taxa de conversão do seu blog de 0,54% para 4,82% com esta abordagem.

Depois de iniciar a atualização de conteúdo, o Google vai notar que a taxa de engajamento para o seu conteúdo aumentou. Se você está pronto para usar a estratégia de atualização de conteúdo para gerar mais visitas sem a construção de backlinks, siga estes passos simples:

Etapa #1: Use o Google para encontrar títulos desatualizados e ideias em seu nicho que você pode melhorar. Assim que chegar ao Google, digite uma palavra-chave popular e adicione uma data. Por exemplo:

social media marketing de 2010

image15

Você pode ver que o conteúdo de Social Media Examiner já está desatualizado. Então este é um pedaço de conteúdo que precisa ser reescrito, atualizado e melhor organizado.

Por exemplo, o texto e o relatório deste conteúdo diziam respeito sobre as ferramentas de mídia social mais populares. O relatório foi escrito há anos, no entanto, muita coisa neste mercado mudou desde então.

Com todas as mudanças nas mídias sociais, SEO, marketing digital, se você pode escrever um artigo completo e útil com base em informações atuais, muito mais pessoas vão querer assinar a sua lista de e-mail e permanecerão leais ao seu conteúdo.

image21

Etapa #2: pesquisa de informação atual. Depois de ter encontrado um tópico desatualizado ou parte do conteúdo que precisa de um upgrade, o próximo passo é pesquisar informações atuais sobre o assunto.

Por exemplo, costumava ser relativamente fácil de classificar no Google top 10, quando você usava uma determinada palavra-chave com uma concorrência pequena. O que o SEO costumava ser, o o que ele é agora são duas coisas muito diferentes, como duas linhas paralelas que nunca se encontram.

Se você deseja atualizar um post sobre “pesquisa de palavras-chave,” primeiro descobra a mais recente atualização algoritmo para ser liberado. Cerca de 69% do SEO moderno é sobre a taxa de conversão e métricas de desempenho.

image23

Exemplo #1: Para obter as últimas informações sobre o seu tema, use o Google. Basta digitar a palavra-chave que você tem em mente, mais o mês atual e do ano. Por exemplo: “Google + panda de Dezembro de 2014.”

image30

Na imagem acima, você pode ler as informações mais recentes sobre o Google Panda, e outras atualizações de algoritmo. Não importa qual é o seu nicho, há sempre informações atuais lá fora, que você pode aproveitar.

Exemplo #2: Outra maneira eficaz para encontrar as informações mais atualizadas sobre o seu tema é verificando o site Amazon. Que autores escreveram sobre o seu tema no ano passado, 6 meses e ainda mais recentemente?

image17

Vamos supor que você quer escrever um artigo detalhado sobre o tema “automação de marketing.” Você quer este conteúdo seja viral, direcione tráfego de busca para seu site, e melhore seus rankings da página.

Basta entrar no site da Amazon e digitar a sua busca (por exemplo, automação de marketing + 2015). A busca da Amazon irá sugerir centenas de livros do Kindle para você escolher.

image16

Em seguida, clique para olhar dentro do livro. Seu objetivo é olhar através do índice e introdução para pegar algumas ideias atuais. Isso não tem preço.

image05

Em seguida, vamos extrair algumas ideias para o conteúdo que você quer escrever. Isto é simples. Basta olhar através da “versão preview” do livro no Kindle. Eu lhe asseguro – as ideias vão fazer sua cabeça explodir.

image18

Esta é uma maneira que eu obtive ideias para escrever textos que podem gerar mais visitas para o meu blog. E não economize no comprimento de seu conteúdo – serpIQ analisou mais de 20.000 melhores resultados dos sites de busca e descobriu que as páginas da web classificadas no top 10 têm pelo menos 2.000 palavras de conteúdo.

image06

Você já sabe que o blog é uma das melhores maneiras de adquirir novos clientes para o seu negócio online. De acordo com HubSpot, “blogs de negócios atraem 6,9 vezes mais visitantes de busca orgânica do que qualquer outro método.”

Quando você sempre escrever conteúdo útil em seu blog, as pessoas vão compartilhá-lo, e passar tempo de qualidade nele.

O Google rastreia quanto tempo o visitante permanece em seu site, sem deixar de clicar em outro resultado da pesquisa – também conhecido como pogo sticking, como aprendemos anteriormente.

Contanto que você seja consistente com sua estratégia de conteúdo, você vai em breve começar a encontrar um monte de palavras-chave de cauda longa na primeira página do Google – com ou sem backlinks.

image26

Etapa #3: títulos direcionados para o benefício. Ao usar a estratégia de atualização de conteúdo, você tem que escrever títulos magnéticos e orientados para o benefício. Isso garante que as pessoas cliquem, leia a introdução, permaneçam na página e, finalmente, entrem na sua lista.

Um dos aspectos mais importantes de cada parte do conteúdo que você escreve é o título. Um estudo mostra que 80% das pessoas vão ler somente o título, enquanto apenas 20% das pessoas vão ler todo o post.

image01

Upworthy, um blog de notícias e entretenimento gigante, descobriu que títulos melhores podem gerar 16% mais tráfego.

Mantenha as seguintes dicas em mente quando for escrever um título orientado para o benefício:

  • Mantenha o título com menos de 75 caracteres, por exemplo:
    Como construir uma lista de email partindo do zero
    Estudo de Caso: As 4 estratégias que Triplicaram O Tráfego do Meu Blog
    10 Maneiras Simples para Oferta de Atendimento ao Cliente
  • Utilize um número em seu título, por exemplo, 7 Maneiras de Melhorar O Tempo de Carregamento do Site. Adicionar um número em seu título vai produzir 36% mais cliques do que um título sem um número.
  • Direcione as principais palavras-chave que você quer aparecer. Por exemplo, “Como conquistar o seu ex-namorado de volta” ou “Os passos fáceis para começar um blog WordPress.”
  • Compreenda a intenção das palavras-chave antes de usá-las em seu título.

Onde comprar Kindle Fire on-line

Há apenas uma razão pela qual as pessoas procuram por essa palavra-chave. Elas estão querendo comprar o produto de uma loja online, não de uma loja física.

Câmeras DSLR à prova d’água

O usuário está procurando diferentes comentários sobre câmeras à prova d’água. A pessoa por trás da busca pode até não comprar o produto de imediato, porque nenhuma escolha definitiva (por exemplo, uma câmera em particular) foi especificada.

  • Um título significativo é melhor do que um título atrativo. Por exemplo, “Como iniciar uma loja online com Shopify” é melhor do que “Como gerar milhares de dólares com sua loja on-line.”
  • Escreva na voz ativa, não passiva. Por exemplo, “Como gerar mais visitas orgânicas em 30 dias usando conteúdo” (voz ativa) é melhor do que “Gerando visitas orgânicas através de conteúdo” (voz passiva).

Conclusão

Usando os títulos corretos juntamente com conteúdo que gera interesse, você começa a gerar mais visitas vindo das buscas, mesmo que você não gaste tempo e energia na construção de backlinks.

Mantenha seu foco em otimizar o seu conteúdo para atrair pessoas, resolver um problema específico para eles, e alimente o Googlebot com o tipo de conteúdo que ele prefere.

Não é fácil melhorar seu ranking no Google sem ir lá fora buscar alguns links, especialmente quando você foi treinados para acreditar que os links são a única moeda da web.

Mas é definitivamente possível. E se você pode implementar algumas das estratégias acima, você verá um aumento significativo no tráfego orgânico, especialmente quando você incorporar engajamento social como incentivar comentários úteis. Você também vai reduzir a sua taxa de rejeição e acelerar o seu site.

Que outras estratégias você usa para gerar mais visitas de busca sem link building?

Share