Como Captar Leads Com o Marketing de Conteúdo?

leads

42% dos profissionais de marketing B2B se avaliam como bem-sucedidos quando o assunto é captar leads com o marketing de conteúdo.

Contudo, se você tem se esforçado por vários meses e ainda não tem visto os resultados dos seus esforços de marketing de conteúdo – você deve estar se sentindo um pouco frustrado.

Se for o caso, você deve estar se perguntando porque você não consegue captar leads com conteúdo.

Neste artigo, nós vamos observar alguns dos motivos pelos quais certas campanhas de marketing de conteúdo falham ao captar leads.

Nós vamos dar uma olhada em alguns dos erros mais comuns que as pessoas cometem no mundo do marketing de conteúdo e também avaliar como podemos reverter a situação.

Você está tendo dificuldades para captar leads a partir do seu conteúdo? Confira este material para corrigir esse problema.

Ao final deste post você terá uma percepção clara de como você pode rejuvenescer sua campanha de marketing de conteúdo, para que ela traga novos leads de forma consistente.

Vamos começar!

Seu conteúdo nao resolve problemas

Um dos principais alvos do marketing de conteúdo é de ajudar as pessoas antes que elas realmente comprem algo de você.

Ao ajudar as pessoas antes que uma transação aconteça, você conseguirá fazer muitas coisas.

Primeiro, você conseguirá se posicionar como uma autoridade no assunto que sua empresa esteja envolvida.

Segundo, você será capaz de construir uma boa reputação e, como consequência, confiança.

Isso porque você já demonstrou seu conhecimento e forneceu estratégias que as pessoas podem implementar em seus próprios negócios – tudo isso sem você pedir nada em troca.

Quando essas pessoas implementam as estratégias que você sugeriu e descobrem que o que você diz tem valor, elas começam a confiar mais em você.

51% dos profissionais de marketing B2B estão procurando aumentar seus investimentos com marketing de conteúdo nos próximos 12 meses.

Mas qual a vantagem de gastar dinheiro se voce não o investe ao criar certos tipos de conteúdo?

Se o seu conteúdo não está ajudando as pessoas a resolverem um problema, os leitores não terão muitas razões para acreditar que você será valioso para eles.

Afinal de contas, voce não tem fornecido táticas ou estratégias que sua audiência possa implementar em seus próprios negócios e gerar resultados – o que significa que eles não vão poder avaliá-lo com precisão se você é ou não um bom negócio.

Se o seu conteúdo não está gerando leads, você vai querer conferir seus formatos de conteúdo atuais e se perguntar se o que você tem produzido está ajudando as pessoas a resolverem seus problemas.

Além disso, existe outra razão pela qual você precisa produzir conteúdo que resolva problemas – conteúdos que não resolvem problemas não serão procurados pelos mecanismos de busca.

A seguir temos um gráfico da Moz que explica a experiência do usuário como se fosse alguém usando um mecanismo de busca para resolver um problema.

image11

Agora, isso é sem dúvida a forma geral de como as pessoas usam os mecanismos de busca, mas ainda assim existem várias verdades no gráfico acima.

Por exemplo, se você está construindo um site, o que você vai colocar no mecanismo de busca do Google?

A maioria irá escrever algo parecido com: ‘como construir um site’

E então, assim que você começa a aprender mais sobre construção de sites, você vai começar a procurar termos como:

  • ‘qual é uma boa plataforma de hospedagem,’
  • ‘como instalar temas do wordpress’
  • ‘dicas de seo para o meu site.’

Como você pode observar, todas essas palavras-chave são colocadas no Google com a intenção de resolver um problema, ou como aprender a alcançar um determinado objetivo (objetivos exigem a superação de problemas).

Se você possui conteúdo que foi centralizado ao redor desses tópicos, existe uma maior chance de ser encontrado nos mecanismos de buscas.

Isso também trará muito valor para os leitores.

Obviamente, existe muita competição nas palavras-chave, mas aqui, nós estamos somente discutindo hipoteticamente.

Se você tem um título com o conteúdo ‘por que sites são divertidos’, você provavelmente vai descobrir que as pessoas não estão realmente interessadas em descobrir por que sites são ‘divertidos’.

É um exemplo extremo, mas espero que ilustre que um conteúdo que não resolve um problema, terá poucas chances de ser procurado.

Nota: Não estamos falando aqui de escrever conteúdo para mecanismos de busca. Mas o que você irá encontrar é, conteúdo que resolve problemas, naturalmente atinge uma melhor classificação nos mecanismos de busca.

Além disso, compradores são 48% mais inclinados a considerar os provedores de soluções caso esses provedores forneçam soluções antecipadas que estejam adaptadas de acordo com as necessidades dos compradores.

Se você quiser criar conteúdo que resolve problemas e consequentemente gera leads, você deve ter uma ideia clara de quem é o seu cliente.

Caso contrário estará criando um tipo de conteúdo que não é específico e que não resolverá o problema que o leitor está enfrentando em seu negócio.

Então, como você pode criar conteúdo específico que resolve os problemas que o seu mercado potencial esteja enfrentando?

Bem, você provavelmente deve saber os problemas que seu mercado potencial deve estar enfrentando.

Contudo, se você está entrando em um novo nicho de mercado, seguem aqui algumas dicas de como você pode descobrir o que as pessoas estão tentando resolver.

O jeito mais comum de ter novas ideias para conteúdo é simplesmente ter empatia com o público para o qual você está escrevendo.

Faça uma pergunta – o que meu público-alvo está enfrentando no dia a dia e em qual assunto ele quer se aprofundar?

Imagine que seu mercado alvo inclua donas de casa que querem ganhar R$ 1.000,00 a mais por mês com um negocio online.

Usando essa informação isolada, considere as circunstâncias e as dificuldades que essa audiência em particular deve estar enfrentando.

Então pergunte-se como você pode criar um conteúdo que atenda a essas necessidades.

Aqui seguem algumas ideias básicas que podem atender essa audiência –

  • Como iniciar um negócio online (mesmo que você seja uma dona de casa)
  • Plano semanal para donas de casa que querem ganhar R$ 1.000,00 por mês em 2016
  • Uma dona de casa poderia iniciar um negócio online mesmo sem orçamento?

Esses títulos remetem a algumas das dificuldades típicas que uma dona de casa irá enfrentar se ela quiser iniciar um negócio online por conta própria.

Nesse caso, mesmo tendo dinheiro o suficiente, o medo de não dar conta de tudo e não conhecer como os negócios online funcionam, podem acabar sendo outras dificuldades que sua audiência irá enfrentar.

É assim que você pode criar ideias e conteúdo enfáticos, mas você pode também contar com ajuda de alguns métodos online.

Por exemplo, se você quiser aprender mais sobre sua audiência, você deve visitar sites como o Quora.

Se eu digitar a frase – ‘negócios online para donas de casa’, automaticamente o Quora proverá algumas perguntas que as pessoas têm perguntado relacionadas a esse assunto –

 

image26

Você pode usar essas perguntas como ponto de partida para qualquer tipo de conteúdo que queira criar.

Caso as pessoas tenham feito as perguntas acima, existe uma boa chance que outra pessoa gostaria de aprender mais sobre o tópico também.

Claro, se eu gastar mais tempo pesquisando esse tipo de audiência, eu vou ser capaz de ter mais nichos de conteúdo que realmente atendam a esse público.

Essa não é a única forma que você pode ter ideias para captar leads a partir de um conteúdo excelente.

Você pode também usar os mecanismos de busca para ter ideias incríveis de conteúdo.

Há uma grande chance que seu mercado alvo esteja fornecendo ao Google dados e termos que eles querem saber, considerando que o  Google processa 3,5 bilhoes de buscas por dia.

Vamos pegar um exemplo qualquer e supor que seu negocio seja sobre ensinar as pessoas à tricotar.

Vamos ver como podemos ter ideias de conteúdo para esse nicho usando a busca do Google.

Primeiro digite ‘como tricotar’.

Então use a seta para baixo no seu teclado para selecionar uma opção e então pressione a barra de espaço.

Por causa deste post, eu selecionei somente a primeira opçao que apareceu

image35

Então, repita a operação ‘seta para baixo e barra de espaço’ novamente

image17

novamente…

image29

novamente…

image48

e novamente…

image47

E aí está.

Um título perfeito para o seu próximo post em seu blog sobre tricô.

O fato de que essa sugestão apareça na barra de busca permite que você saiba o que as pessoas estão procurando com relação a isso.

Isso permitirá você saber também qual é o ‘problema’ que as pessoas querem resolver.

Se você criou um conteúdo consistente que está centrado em torno desse tópico, haverá uma grande chance que o conteúdo seja atrativo.

Neste caso, estes são os resultados obtidos das listas dos mecanismos de busca –

image27

Como você pode ver, o resultado não é exatamente uma página que retrata exatamente o termo de busca.

Por causa disso, existe uma grande chance que um post longo com conteúdo escrito sobre o tópico procurado tenha uma performance melhor nas listagens de busca.

Agora você deve estar ciente do fato que seu conteúdo precisa resolver problemas e que existem várias maneiras de encontrar quais problemas seu público-alvo esteja tentando resolver.

Ele precisa ser útil e precisa fornecer aos leitores conclusões para que possam utilizar em suas próprias vidas.

Usando essa abordagem, você também irá obter melhor classificação nos mecanismos de busca.

Vamos dar uma olhada agora em uma outra razão pela qual você pode não estar conseguindo captar leads através do seu conteúdo…

Seu conteúdo não tem um visual bonito e, honestamente, é chato de ler.

Sim, as pessoas querem saber como criar um site.

Sim, elas querem saber como criar anúncios no Facebook.

Mas você realmente precisa criar outro conteúdo que fale sobre esse assunto?

Conteúdo interessante é uma das principais razões pelas quais as pessoas seguem marcas nas Redes Sociais.

Se você escreve um post sobre um assunto que já está saturado — você realmente acredita que o post vai dar um bom resultado e trazer os leads que você quer?

Afinal de contas, é provável que não exista nenhum assunto que já não tenha sido extensivamente abordado em seu mercado e que os leitores não aguentam mais falar a respeito.

No entanto, eu aposto que de tempos em tempos você ainda encontra posts relacionados  a esses tópicos. 

Por quê?

Porque esse mesmo conteúdo é abordado de uma forma diferente.

Se você quer ensinar algo novo para alguém sobre um assunto que as pessoas acreditam que já sabem tudo sobre ele, você estará apto a ganhar muita credibilidade.

Isso pode mostrar o quanto você é um especialista naquele assunto.

Existem algumas maneiras que podem fazer um conteúdo já esgotado se tornar interessante novamente.

Por exemplo, se você estivesse procurando escrever algo sobre o tópico anúncios do Facebook, você poderia pegar uma dessas características nichadas fornecidas pelo Facebook Ads e escrever mais sobre o tema.

Um exemplo poderia ser ‘Facebook Pixel.’

No entanto, você pode querer ir mais a fundo com esse assunto e aplicá-lo a certo nicho de mercado, como a Loja do Shopify.

Se você fizer uma busca de ‘Facebook pixel para lojas Shopify’, você verá que não existem muitos conteúdos que comentam sobre esse assunto com profundidade.

image19

Existem fóruns e vídeos no YouTube — mas eles não têm consistência e não inspiram.

Se você pudesse criar um post de 4 a 5 mil palavras sobre esse tópico, e realmente se aprofundar nos benefícios do ‘Facebook Pixel aplicado às lojas no Shopify’ as pessoas iriam apreciar o post.

Você poderia fornecer ideias de aplicações, como também estudos de caso baseados em empresas que têm usado o Facebook Ads para aumentar as vendas.

Se você está se perguntando por que eu continuo mencionando 4 a 5 mil palavras em um post, é porque eu acho que posts que aparecem no topo do ranking dos mecanismos de busca tendem a ter mais palavras.

Eu também descobri que posts com mais de 1.500 palavras receberam 68,1 % mais Tweets como também mais de 22,6% de likes no Facebook.

 

image28

Caso queira criar posts de alto valor de conteúdo, eles terão que ser, de qualquer forma, longos.

Você também poderá usar o Google Trends para verificar se pode criar um conteúdo associado a um evento recente, com a finalidade de aumentar a atratividade do post.

Este é um exemplo da Digital Marketeronde eles escreveram um trecho de como o Facebook Ads ainda é efetivo  — mesmo que a GM tenha decidido abandonar a plataforma.

 

image30

Eles produziram muito conteúdo no Facebook Ads e agarraram essa oportunidade para criar algo mais atual – e portanto, mais interessante.

Ok, essa é uma forma de fornecer uma nova perspectiva sobre assuntos desgastados.

O que mais você pode fazer?

Como você deve saber, leitores tendem a gostar muito de pesquisas e dados.

Se você puder fazer alguma pesquisa que forneça alguns dados interessantes, você terá produzido uma parte de conteúdo que outros vão achar interessante.

Se sua pesquisa for interessante o bastante, você vai ver que, assim que seu conteúdo for descoberto, as pessoas vão começar a criar links para ele.

Dados interessantes são simplesmente resultados não usuais que mostram melhor do que o esperado.

Se você não quiser produzir nenhuma pesquisa, ainda assim é possível fornecer dados interessantes simplesmente escrevendo um estudo de caso baseado em seu próprio negócio.

Isso pode ser relacionado as suas próprias campanhas de marketing ou resultados obtidos de seus clientes.

A Hubspot faz isso de forma brilhante. Se você for até a página de estudos de casos delesvocê verá muitos exemplos de empresas que tiveram sucesso com a plataforma.

image12

60%  das pessoas querem descobrir mais sobre um produto após lerem sobre ele.

Se o seu estudo de caso mostra como seu produto ajudou clientes de uma forma impressionante, leitores ficarão mais inclinados a entrar em contato.

Você poderia até entrevistar alguém no seu nicho de mercado que também esteja querendo compartilhar os resultados baseados em seu negócio e campanhas de marketing.

Em ambos os casos, há também uma razão para as pessoas lerem o post de algo que elas tenham lido anteriormente.

E isso porque o conteúdo tem que ter um ótimo título.

A criação de um ótimo título é uma arte, que passa por passos que você deve seguir para facilitar o processo criativo.

Primeiro, observe os títulos que já existem.

Por exemplo, existe algum post que você tenha lido recentemente?

Caso positivo, há uma chance que você tenha lido o post em questão por causa do título.

Observe esse post no blog e analise qual seria o título no qual você iria clicar.

Era um post que usou números no título?

O post do blog usou subtítulos criativos?

Existe alguma palavra poderosa no título?

Se o seu  site está recebendo tráfego suficiente, você poderá testar outros títulos para ver qual terá melhor performance.

Você pode também fornecer um novo visual simplesmente apresentando seu conteúdo de uma forma diferente.

Uma maneira de fazer isso é converter seu conteúdo em uma apresentação de power point.

Você pode então disponibilizá-la no Slideshare.

image39

O slideshare recebe 500% mais trafego de donos de negócios  do que o Facebook, Twitter, YouTube e LinkedIn.

Se você quiser criar conteúdo para o Slideshare, é assim que você deve fazer.

Primeiro você precisa criar os slides para sua apresentação.

É importante que você escolha um conteúdo evergreen.

Se você não está familiarizado com essa palavra no que diz respeito ao conteúdo, conteúdo evergreen é simplesmente aquele que permanece útil ao longo do tempo, sem precisar fazer eventuais adaptações.

Escolher um assunto que seja evergreen fará com que você consiga captar leads em maior quantidade no futuro.

O design é outro fator importante ao criar uma apresentação para o Slideshare.

Se você puder investir, é possível contratar uma empresa como a http://www.ethos3.com/, para elaborar a apresentação para você.

Você poderá criar seu próprio slide (vamos falar sobre isso depois).

Quando você estiver criando sua apresentação de Slideshare, tenha um conceito em mente — faça seu conteúdo ‘atrativo’ e fácil de consumir.

Isso significa que você não vai carregar seus slides com toneladas de texto.

A média em uma apresentação no Slideshare é de 24 palavras — mas até esse número pode ser considerado um pouco de exagero. Pode ser que você queira usar uma quantidade menor de palavras.  

Vou te sugerir algumas estratégias que você implementar para manter um número baixo de palavras em cada slide.

A primeira é fazer uma chamada em um slide e depois usar o próximo para explicar a chamada usando tópicos.

Você pode usar gráficos e planilhas, o quanto for necessário para demonstrar seu conteúdo.

Imagens têm um impacto muito positivo na hora de comunicar algo.  

O que você irá encontrar nas melhores apresentações do Slideshare são imagens muito boas que ilustram exatamente o tópico explorado.

Aqui seguem alguns exemplos:

 

image03

Mais um exemplo:

image23

e outro:

image00

Caso queira encontrar imagens para suas apresentações no Slideshare, tente usar o Flickr.

Aproximadamente 1 billhão de fotos são compartilhadas nessa plataforma. Portanto, existe uma grande chance que você encontre alguma que valha a pena usar.

Contudo, quando você usar o Flickr, lembre-se de escolher imagens que permitam a edição e seu uso para fins comerciais.

Caso queira fazê-lo, entre no Flickr e procure por imagens com a opção ‘Any license’.

image10

Então escolha a opção de ‘uso comercial’.

image21

Quando chegar a hora de fazer sua apresentação, você pode usar o Power Point ou um programa gratuito conhecido como Libre Impress.

Você também pode usar o Canva.  

Embora o Slideshare tenha uma opção que permita que você crie alguns slides por conta própria, a plataforma oferecida é limitada e um tanto ‘confusa’.

Aqui você aprende como criar apresentações usando o Canva.

Faça o login na plataforma do Canva e selecione a opção ‘Apresentação’.

image15

Ao concluir, selecione o tema de sua apresentação.

image33

A opção que você escolher deve refletir as preferências que melhor se adaptam para a sua audiência. Você precisa usar algo que seja atraente.

Uma vez escolhido o tema, é hora de adicionar e ajustar o texto.

Para fazer isso, simplesmente clique no texto que você quer mudar e comece a digitar.

image31

Como você pode ver, existe a opção de mudar a cor, o tamanho e a fonte do texto em questão.

As opções que escolher aqui, dependerão do tipo de fundo que o slide possui.

É preciso garantir que o slide tenha um bom contraste entre o texto e o fundo do slide.

Isso vai fazer com que o texto sobressaia e seja legível.

Quando quiser criar outro slide, clique no ícone ‘copie esta página’.

image13

Caso queira que o próximo slide tenha um visual diferente, vá em cada uma das opções ao lado esquerdo, para então criar o slide que deseja.

Veja um exemplo que podemos criar:

image16

Você também pode inserir links dentro da sua apresentação que podem ser clicáveis para aqueles que estão visualizando sua apresentação.

Para adicionar links, escolha o bloco de texto em questão e então clique no ícone ‘link’.

image45

O Slideshare não permitirá que você insira links nos primeiros três slides de uma apresentação.

Então, se quiser inserir links no seu slide, só coloque a partir do terceiro slide.

Sempre use links em suas apresentações. Eles podem ser uma boa forma de encorajar sua audiência a visitar seu site.

Quando acabar de criar a apresentação, clique no botão ‘Download’ e então selecione ‘PDF: padrão.

image43

Caso tenha usado qualquer imagem ou tema que não esteja identificado como gratuito, você será levado a uma página de pagamento após clicar nesse botão.

Tenha certeza que você salvou seu arquivo PDF.

Quando terminar, é hora de fazer o upload de seu arquivo PDF no Slideshare.

Para fazê-lo, entre no Slideshare e clique no botão ‘Upload’.

image38

Clique no ‘selecionar arquivos e depois no botão upload’.

image02

Ao escolher seu PDF, você então verá a seguinte página.

image37

Aqui você vai querer colocar algumas informações que melhor representam a apresentação que está usando no site.

É importante que você seja específico e use palavras-chave relevantes. Isso aumentará suas chances de sua apresentação ser encontrada pelas pessoas certas.

Na verdade, você vai perceber que, se fornecer detalhes relevantes, seu índice de “descoberta” também aumentará.

Como eu sugeri acima, isso significa que será mais fácil que as pessoas certas encontrem seu conteúdo.

image14

Você também perceberá que existe também uma opção para adicionar algo como ‘formulário de lead.’

image14

Poucas pessoas fazem uso dessa ferramenta, mas ela pode ser uma forma poderosa de captar leads.

Selecionando essa opção, você terá a opção de mostrar um formulário em sua apresentação em algum ponto que escolher.

Caso queira usar um formulário de lead, abra a caixa de diálogo e então clique no botão ‘publicar’.

Quando enxergar a tela ‘Selecionar Uploads’, clique na apresentação que você quer inserir o formulário de lead.

image09

Então clique no botão ‘Continuar’.

image40

Você verá então as seguintes opções:

image41

Assim como muitas coisas no mundo do marketing online, você vai querer experimentar cada uma das opções aqui para verificar quais delas funcionam melhor para você.

Obviamente, se você está querendo prospects de uma região em particular, você vai escolher a região correta de estudo.

Em termos de orçamento, vale mais testar as coisas com $50 (existe um mínimo de $25) para verificar como a campanha se comporta.

Você também irá querer experimentar em qual região o formulário de lead aparecerá na apresentação.

Colocando o formulário de leads no início da apresentação, a chance de captar leads será baixa. Isso ocorre porque você não deu chance de mostrar seu conhecimento e expertise plenamente, resultando em um menor desejo do leitor em fornecer suas informações.

Pedir menos informações fará com que o formulário seja preenchido com mais facilidade.

Alguns formulários  apresentam um aumento de 50% nas conversões, com a simples remoção de um campo de preenchimento

Lembre-se de experimentar!

Claro, certifique-se de ter o mínimo de informação relevante para se comunicar de forma eficaz.

Como exemplo poderia ser o primeiro e o último nome, bem como o número do telefone para follow ups.

Ao configurar de acordo com o seu gosto, você pode revisar o formulário para captar leads e então publicá-lo.

image01

Esse é um exemplo de como você pode apresentar seu conteúdo de uma forma diferente com a ajuda do Slideshare para captar leads.

Claro que, conteúdo interessante não é o bastante. O próximo passo é verificar com mais detalhes o porquê várias partes do seu conteúdo falham em captar leads.

Seu conteúdo não inclui nenhum CTA

Outra razão pela qual seu conteúdo pode não captar leads, é porque não inclui nenhum “Call to Action”.

Você não vai conseguir captar leads se você não pedir nada.

A tabela abaixo mostra que 83% dos profissionais de marketing que usam marketing de conteúdo,  usam para captar leads.  

image18

No entanto, para captar leads com seu conteúdo, você precisa ter uma estratégia estabelecida que fará com que as pessoas se tornem leads!

Afinal, o marketing de conteúdo não necessariamente torna mais fácil a venda para pessoas diretamente no seu site.

Lembre-se que 96% dos visitantes de um site não estão prontos para comprar — mas podem estar dispostos a fornecer informações para contato após ler um conteúdo relevante.  

Portanto, você deve ter um processo de captar leads para que você possa nutrir um relacionamento entre você e aqueles que leem seu conteúdo.

Afinal, você pode não ter a opção de incluir um formulário de lead nos seus posts da mesma forma que você faria em uma apresentação no Slideshare.

Você pode ter conteúdos incríveis para oferecer, mas as pessoas podem não saber como se inscreverem em sua lista após ter lido seu post.

Felizmente, corrigir esse problema é relativamente fácil e existem muitas soluções.

Por exemplo, se você quer fazer com que as pessoas se inscrevam em seu blog de forma mais fácil depois que leram seu conteúdo, uma coisa a se fazer é colocar uma caixa de texto na direita no final do post.

Aqui segue um exemplo da Income Diary.

 

image05

E outro da Hubspot.

image34

Como alternativa, você pode ter um widget que segue o leitor assim que ele rola a página para baixo.

Você pode também experimentar um pop-up — como este da Unbounce blog.

image46

É bom garantir que o pop-up não apareça logo que alguém entre na página.

88% das pessoas fornecem informação falsa quando preenchem um formulário online. Se você pedir por informações antes de estabelecer credibilidade, você pode ser a próxima vítima dessa estatística.

Ao invés disso, prefira que o pop-up apareça quando o leitor chegar ao final do conteúdo.

Isso aumentará as taxas de conversão, uma vez que eles acabaram de experimentar o valor que você pode oferecer.

Os leitores podem querer de fato se inscreverem porque sabem que você irá entregar um conteúdo valioso toda vez que lhes enviar um email.

Você pode aumentar a quantidade de leads provenientes de um blog usando algo conhecido como ‘atualizações de conteúdo’.

O Brian Dean do Backlinko.com,  conseguiu um aumento de 785% em conversões em seu blog, implementando atualizações de conteúdo.

image04

Atualizações de conteúdo são partes essenciais de conteúdo que você oferece como parte de um assunto existente, em troca de um endereço de email.

O tipo de atualização de conteúdo que irá fornecer pode variar.

Uma coisa que você pode fazer é fornecer uma parte de conteúdo que é simplesmente um resumo do conteúdo principal – como por exemplo, um checklist com os principais tópicos.

Como alternativa, você pode oferecer algo que, combinado com seu conteúdo principal, extremamente relevante.

Por exemplo, se você escreveu um post sobre como criar uma sequência autoresponder, você pode oferecer uma atualização de conteúdo que explica com detalhes sua própria campanha de email marketing e os assuntos exatos que você usou.

Se você escreveu um post no Facebook Ads, você pode oferecer imagens do seu próprio Ad do Facebook usando o processo de segmentação que você criou.

O quanto isso será eficaz, irá depender de quão bem seu complemento se encaixa no seu conteúdo.

Você pode usar as opções expostas na caixa mencionada acima se quiser mostrar de fato que você tem uma atualização de conteúdo para oferecer.

Você pode também incluir uma pequena seção destacada junto ao post, fazendo com que as pessoas saibam que existe uma atualização disponível.

image06

Como comentamos anteriormente, marketing de conteúdo não é somente escrever posts em um blog.

Você pode usar podcasts, webminars e outros tipos de conteúdo também.

Mas mesmo com estes formatos de marketing de conteúdo, você pode ter problemas quando se trata de geração de leads.

Afinal, o que a maioria das pessoas fazem depois de terminar de ouvir um Podcast ou webminar?

Na maioria das vezes elas continuam seu dia.

Claro, eles podem visitar o website do  Podcast host, mas para se tornarem ‘leads’ eles ainda precisam fornecer no mínimo um endereço de email.

E se você não tem nenhuma seção de opções em seu site, ou você não esta enviando landing pages para as pessoas sera bem difícil que visitantes se tornem leads.

Como resultado, é importante que mesmo sem escrever posts em um blog, você ainda adote as estrategias mencionadas aqui.

O texto acima considera a hipótese que as pessoas irao visitar o seu site após ouvir seu podcast ou webminar.

Quando você faz as coisas desta forma, os numeros podem ser um tanto baixos.

Como resultado, seria uma boa ideia oferecer um incentivo ao inves de usar o ‘verbo call to action’ que encoraja leitores ou ouvintes a ir ao seu site e ‘opt in.’

Se você quiser que isso aconteça, você vai precisar fornecer algo que seja equivalente a uma ‘atualização de conteúdo’ que discutimos anteriormente.

Se você esta oferecendo atualizações de conteúdo desta forma, mencione no inicio e no final de seus conteúdos.  

Se você mencionar no inicio do Podcast/webinar que você irá oferecer um incrível template ou caso de estudo quando tudo estiver concluído, as pessoas irao segui-lo constantemente.

Apenas tenha certeza que o que esta oferecendo tenha relação com o assunto o qual esteja explorando.

Você não precisa fazer desta forma, mas criando atualizações de conteúdo para cada parte do seu conteúdo principal pode realmente aumentar as taxas de conversão.

Quando se trata de criação de atualizações de conteúdo, você não precisa necessariamente fazer o trabalho duro, você pode contratar alguem do  Upwork ou do ProBlogger Jobs board.

Vamos olhar outra razão pela qual muitas pessoas sofrem quando se trata de criar leads com seu conteúdo.

Você não esta promovendo seu conteúdo

Mecanismos de busca podem ser uma execelente forma de colocar seu conteúdo na frente das pessoas.

No entanto, a dura verdade é que, na maioria dos casos, os mecanismos de busca podem levar algum tempo até começar a enviar quantidades decentes para o seu site.

Alem disso, se você estiver escrevendo em um ambiente competitivo, pode ficar ainda mais difícil colocar seu conteúdo na frente de pessoas que vão apreciar seu conteúdo através de um mecanismo de busca.

Como resultado, você quer aumentar suas competências quando trata-se de promover seu conteúdo.

Agora, é claro, você pode contornar a necessidade de promover massivamente seu conteúdo criando algo que eduque em primeiro lugar.

Se o seu conteúdo é altamente educacional você estara apto a usar o fato de que 25% das pessoas compartilham conteúdo para educar outras pessoas.

Em qualquer caso, caso queira ter  um ação proativa, não deveria ser tao difícil conguir pessoas interessadas em seu conteúdo.

Se você nunca promoveu seu conteúdo antes, a ideia de tomar as ações para promove-lo pode ser um pouco assustadora. No entanto, não precisa ser.

Tudo que você irá fazer é enviar mensagens para as pessoas que se engajaram algo similar ao seu conteúdo no passado e deixa-los saber que você produziu algo similar.

Aqui mostro a estratégia que estou usando em meu  $100,000 challenge blog.

Vá até o  BuzzSumo.com e procure por palavras chave que estão relacionados ao assunto do seu blog

image22

Escolha um trecho de conteúdo e clique em  ‘View Sharers’ para ver as pessoas que compartilharam este conteúdo.

image42

E então envie a esses indivíduos email ou uma mensagem direta do  Twitter,usando o following outreach approach

image20

Usar essa estratégia permitirá que você seja proativo em encontrar pessoas para lerem seu conteúdo.

Não existe uma maneira infalível de saber se as pessoas vão de fato compartilhar seu conteúdo.

Essa tática tem funcionado bem para mim e vale a pena tentar quando você está procurando promover partes de seu conteúdo.

Se você vai promover algum conteúdo que referencia algum grande influenciador, envie uma mensagem para ele também.

Mostre que o conteúdo retrata esses influenciadores de uma forma positiva. Pode ser que eles queiram divulgar o conteúdo em que foram mencionados.

Você também pode experimentar rodar alguns anúncios que levem ao seu conteúdo. 

Se você quer promover um ebook em PDF, então utilizar formas de tráfego pago como o Facebook, pode te ajudar muito na divulgação do seu conteúdo.

Trafego pago é algo também que vale a pena explorar se você está acostumado a enviar tráfego de conteúdo que não seja para um post em um blog, usando outros meios.

Um exemplo disso podem ser os webminars, onde você pode confiar exclusivamente em parcerias para promover seu conteúdo.

Se você estiver sozinho, você pode usar tráfego pago para captar leads para seus próprios webminars sem ter que confiar em outra pessoa para fornecer uma audiência para você.

Se você quer promover seus posts, você também pode se beneficiar usando o StumbleUpon Ads.

StumbleUpon tem mais de 25 milhões de usuários, e tem funcionado há bastante tempo.

O Stefan Maescher conseguiu gerar  60.275 de visitantes depois de gastar somente $128,90.

Então temos um potencial aqui.

Se você quiser configurar algum anúncio no StumbleUpon Ads por sua conta é assim que você deve fazer.

Vá para o http://ads.stumbleupon.com/

image07

Então faça sua conta no processo de cadastro.

Ao se cadastrar, você será apresentado à interface que o StumbleUpon fornece para anunciantes.

Clique no ícone de “mais” e crie uma nova campanha.

image32

Você então terá a chance de criar uma campanha.

Primeiro você entra com a URL que está procurando promover e que você queira usar na campanha.

image24

Uma vez feito isso, você pode então começar a ajustar algumas características do seu anúncio. 

image08

Como você pode ver, você tem como escolher a idade e o gênero das pessoas que estão no seu objetivo da campanha.

O que você vai escolher dependerá do tipo de post que está procurando promover. Quanto mais conhecer sua audiência, mais precisão você terá em escolher a faixa de idade ou outro critério de seleção.

Existe também a opção de escolher os locais que você tem como objetivo promover seu conteúdo.

Eu escolhi cinco países que falam inglês. Então meu conteúdo terá grandes chances de ser exibido para pessoas que vão entender o texto.

Você também tem a opção de escolher interesses. Os interesses que você escolher, determinarão para quem seu anúncio será exibido.

Embora o StumbleUpon tenha uma seção chamada de ‘segmentação precisa,’ ele não é tão preciso quando comparado com o Facebook Ads.

Como resultado, você pode correr pelas categorias manualmente para encontrar interesses que melhor vão representar o post que você deseja promover.

Aqui segue um resultado.

Como pode ver, as opções selecionadas não são precisas, mas vale a pena testar.

O próximo passo é configurar um orçamento para sua campanha.

image25

Você tem a opção de clicar em uma caixa chamada  ‘engajar somente visitantes.’

Se você clicar nessa caixa, você só vai pagar por pessoas que ficarem no seu site por cinco segundos ou mais.

Existem controvérsias sobre a efetividade disso.

No entanto, é um algo que vale a pena experimentar.

Quanto ao orçamento, você pode não querer gastar muito. Uma quantia modesta permitirá avaliar como a plataforma está funcionando para você.

Eu sugiro que você gaste pelo menos $100 na plataforma para avaliar os resultados adequadamente.

Com relação aos ‘gastos’, pode ser melhor gastar o dinheiro de maneira ‘uniforme’.

image25

Isso permitirá que seus anúncios sejam exibidos ao longo de um dia.

Se você estiver investindo dinheiro o suficiente, exibir seus anúncios dessa forma pode te ajudar a decifrar as melhores horas para rodar seus anúncios na plataforma.

Ele vai de alguma forma ser o responsável pelas variações de fuso horário também.

Existe também a opção de programar a ‘Agenda’ do anúncio. Trata-se de quando a campanha começa e termina.

image36

Quando tiver feito tudo, o próximo passo é clicar no botão ‘Enviar campanha’.

Então, aguarde pela equipe do StumbleUpon aprovar sua campanha.

O trafego do StumbleUpon pode ser um pouco temperamental. Ele é sem dúvida inferior em qualidade quando comparado com outras plataformas de conteúdo.

Mas, apesar de tudo, vale a pena experimentar, pois você nunca vai saber o resultado se não tentar.  

Conclusão

No fim do dia, seu conteúdo precisa captar leads.

E se não está captando, isso pode estar te custando mais do que você imagina.

Esperamos que, depois de ter lido este post, você poderá agora ter um bom senso de como você pode transformar seu conteúdo em uma máquina de captar leads.

Ainda há esperança para o seu conteúdo se você o mantiver sempre atualizado, usando as habilidades certas para promovê-lo.

O mais importante, porém, é que você esteja produzindo conteúdo que as pessoas realmente queiram ler.

Caso não faça isso, seu conteúdo não ajudará a captar leads.

Use o que aprendeu neste post e aplique em seu próprio negócio. Os resultados serão positivos.

Você descobriu formas eficazes de consertar seu conteúdo que não está gerando leads?

Share