Como Conseguir 100 Links de Qualidade Para o Site Sem Escrever Textos Novos

build links

Conseguir links ainda é uma tarefa muito importante para donos de sites. A atualização dos algoritmos do Google recentemente trouxe um novo contexto para um link building legítimo.

Os motores de busca usam links para medir a importância de uma página na web. E você não pode se dar ao luxo de ignorar o tráfego de busca orgânica. De acordo com o Search Engine Journal, 93% das experiências online começam com um motor de busca.

É verdade que, quando sua página ranqueia no topo dos resultados de busca orgânica, você terá 33% dos usuários, e conseguir links pode te conduzir ao topo rapidamente.

Mas muitos blogueiros e profissionais de marketing de conteúdo pensam que você não pode conseguir links de alta qualidade a menos que gaste horas criando conteúdo útil.

Isso pode ser verdade se você não conhece nenhuma outra estratégia. Mas eu posso te dizer que a maioria dos meus links não veio dos meus conteúdos.

Não importa como as pessoas se sentem sobre o link building, o Google ainda se importa com os links de qualidade e naturais.

image55Milhões de pessoas pesquisam no Google todos os dias por informações relacionadas aos assuntos que você coloca em seu site. Mas como você pode conseguir o acesso dessas pessoas se sua página da web não tem links suficientes?

Você pode não ter tempo para criar todo o conteúdo do mundo, mas isso não deveria te impedir de “ganhar” links.

Aqui estão algumas táticas comprovadas que te ajudarão a conseguir links sem criar conteúdo novo. 

Faça o download deste guia passo a passo para aprender como conseguir links de qualidade sem escrever conteúdo novo.

Tática nº 1: Gerar Links Com a Curadoria de Infográficos de Alta Qualidade

Quando as pessoas criam um infográfico, o objetivo delas é fazer com que outra pessoa o promova para elas, com o objetivo de conseguir links adicionais, tráfego e autoridade.

Por exemplo, se você quiser incorporar um dos meus infográficos recentes, você não precisa pedir permissão. Tudo que você tem que fazer é visitar a página onde está localizado o infográfico, descer a barra de rolagem e copiar o código:

image21

Quando você incorpora esse código HTML em sua página da web, o infográfico irá aparecer como se você o tivesse criado. Agora você está pronto para criar engajamento com sua audiência com uma informação gráfica que você não teve trabalho nenhum para criar.

Infográficos são poderosos para conseguir links.

OK, eu sei que já falei demais sobre infográficos, mas confie em mim, eu não vou parar de falar. A cada dois dias algum leitor me pergunta como alavancar o poder dos infográficos para conseguir links certos dos outros sites.

De fato, alguém acabou de fazer essa pergunta no Quora, “como otimizar infográficos da maneira certa para direcionar tráfego orgânico.”

image41

Eu usei infográficos para crescer meu tráfego e o reconhecimento da marca. Em 2010, quando nós começamos a publicar infográficos de alta qualidade no KISSmetrics, nós geramos 2.512.596 de visitantes e 41.142 backlinks. E os links ainda estão vindo de infográficos que nós criamos meses atrás.

Se você quiser criar infográficos como os meus em meu blog, então você tem que desembolsar $1.000 ou mais. Eu uso o Visual.ly para criar meus infográficos atrativos. Mas como não estamos criando novos infográficos do zero, nós podemos trabalhar com curadoria.

image46

Seu público-alvo está esperando de você um mix de conteúdo flexível para que eles possam seguir.

Eles te percebem como um especialista e confiam em sua estratégia.

Mix de conteúdo simplesmente significa os formatos ou modelos pelos quais você nutre e engaja sua audiência. De acordo com a Curata, 25% do seu conteúdo deveria ser por meio da curadoria, 10% distribuídos e 65% criados do zero.

image00

A maioria dos profissionais de marketing já está levando vantagem na curadoria de conteúdo. 76% dos profissionais de marketing usam curadoria de conteúdo na mídia social.

Mas não faça curadoria apenas de posts de blog e artigos – faça o mesmo com infográficos. É a maneira mais popular de usar esse tipo de conteúdo.

Descubra de 3 – 5 infográficos com alto valor, use o Skitch ou qualquer software de captura de tela para descobrir o que é relevante para sua ideia.

image36

Agora que você sabe a importância da curadoria de conteúdo, especialmente quando se trata de infográficos, onde você pode os encontrar para trabalhar com a curadoria?

i).   Vá para o Google Images: Digite sua palavra-chave principal + infográfico – ex: “como monetizar um blog + infográfico.”

image09

ii).  Analise seus resultados: A partir dos resultados da página, escolha o infográfico que você gostaria de fazer a curadoria.

image10

Quando você clica na página onde o infográfico está, você pode facilmente usar seu software de captura de tela para cortar exatamente a seção que você quer.

No entanto, é importante criar um link para o infográfico original e se possível avisar o autor sobre isso. Por exemplo, a seção de infográfico abaixo foi extraída do Blogging.org:

image01

Se você tem tempo para se aprofundar no Google, você vai encontrar milhares de infográficos de alta qualidade que você pode utilizar. Sempre procure pelo código embed – 94% dos infográficos têm um.

Você pode também descobrir infográficos novos e com aparência profissional no submitinfographics.com:

image56

Muitos profissionais de marketing que gastam muito dinheiro para criar infográficos novos não sabem como levar os resultados dos gráficos para a audiência certa.

É aí que você entra. Ajude-os a promover os infográficos e a obterem mais tráfego, links e autoridade por você mesmo. Zig Ziglar disse isso melhor do que eu:

image07

Aqui você pode encontrar mais infográficos para trabalhar com curadoria:

Assim como em artigos e posts no blog, você pode fazer muito mais do que simplesmente compartilhar infográficos. Você pode criar uma apresentação de SlideShare com as ideias e dados incluídos nos infográficos.

Ou você poderia fazer um vídeo curto ou gravar um podcast para explicar como os infográficos funcionam (é claro, você levaria em consideração os pontos e os explicaria um a um).

Se você adicionar apenas o conteúdo com base no texto original quando for incorporar algum código de infográfico em sua página, você pode então enviar a página para blog de comunidades, tais como o Blokube.

image26

Então a curadoria de infográficos te ajuda a conseguir links de autoridade para seu site? Com certeza!

Right Casino, um site de comparativo entre cassinos, gastou £250 para criar um infográfico de valor. Eles adicionaram um código para incorporação sob medida e usaram sua marca como texto âncora na parte do texto. Depois de alcançar muitos players do mercado, eles geraram 10 links.

image12

A WordStreamr também teve seus infográficos publicados na CNN. Quando a Techcrunch descobriu que um site de mídia havia feito curadoria para ela, eles seguiram o mesmo exemplo. Recentemente, a WordStream conseguiu mais de 20 links para seu site.

E a Ann Smarty conseguiu 10 links para seus infográficos em apenas 2 dias.

Quando você trabalhar com curadoria de infográficos da forma correta, você irá:

  • Estabelecer liderança de pensamento
  • Aumentar a visibilidade da marca
  • Impulsionar o SEO

Aqui está o gráfico:

image34

Curadoria de infográficos é uma maneira infalível para se destacar da multidão. Enquanto outros estão fazendo curadoria de posts de blog e vídeos, você pode estabelecer autoridade pegando um infográfico e aproveitando-o ao máximo.

Se você pretende redirecionar um infográfico “como está”, certifique-se que você tenha a permissão do proprietário. E nunca se esqueça de colocar crédito para a fonte correta.

Veja também:

Tática nº 2: Conseguir Links Adicionais com Conteúdo Reaproveitado

Estima-se que o gasto corporativo em marketing de conteúdo excedeu $118,4 bilhões em 2013, mas 64% dos profissionais de marketing B2B  ainda estão tendo dificuldades para criar conteúdo que tenha engajamento.

image08

Se você não tem tempo suficiente ou dinheiro para terceirizar a criação de conteúdo para profissionais, sua melhor aposta é reaproveitar o conteúdo que você já tenha.

Se você é um grande fã da Marvel, você irá concordar comigo que essa marca da Disney tem reaproveitado o conteúdo por um longo tempo. A Marvel era originalmente focada em revistas em quadrinhos. Mas alguns anos atrás, a estratégia deles foi direcionada para séries de super-heróis, como o Homem de Ferro, Capitão América, Thor e Os Vingadores.

image03

Esses filmes foram sucesso de público por conta própria, mas a Marvel deu um passo adiante reaproveitando os filmes de várias maneiras:

  1. Posts de blog: Esses posts publicados na Marvel.com deram aos fãs informações adicionais sobre os personagens e o elenco.
  2. Podcasts: A Marvel tem um podcast especial chamado “A Semana na Marvel.” Os filmes deles são condensados em podcasts para que os fãs possam ouvir o filme favorito deles enquanto estão dirigindo.
  3. Games: Muitos personagens de super-heróis se tornaram jogos lendários.
  4. Vídeos: A Marvel tem um canal no YouTube e dentro da sua playlist estão algumas entrevistas com a equipe e o elenco, bem como trailers e comerciais de TV.
  5. Imagens: Se você checar as páginas do Instagram e Pinterest da Marvel, você irá encontrar galerias de imagens dos filmes.

O conteúdo ainda é o rei quando se trata de construir presença na web e nutrir uma audiência. Você alcança isso escutando mais, conversando, compartilhando e criando engajamento com seus clientes ideais. O gráfico abaixo da audiência empoderada da National Capital Chapter of the Public Relations Society of America explica melhor:

image20

Lembre-se que o propósito de qualquer conteúdo que você publica é ser lido por milhares de pessoas. A questão é: você está alcançando esse propósito?

Se o link building diz respeito apenas a criar conteúdo novo, então somente alguns blogueiros e profissionais de marketing que amam escrever ou podem terceirizar, teriam os melhores links. Mas não é assim. Você já tem tudo que precisa para conseguir links certos se você puder alavancar seu conteúdo antigo.

Como profissional de marketing, você tem que entender que sua marca é sua identidade. É a sua vantagem em um setor cada vez mais competitivo. Seus clientes querem conteúdo que tenha apelo pra eles.

De acordo com a Our Social Times, 44% dos usuários irão descurtir marcas no Facebook por colocarem posts com muita frequência e 19% deles também deixarão a marca se o conteúdo delas não for relevante e útil.

image44

A Long Range Systems estava lutando para alcançar seu público-alvo com o conteúdo certo. A empresa tem se envolvido ativamente com marketing de conteúdo, mas alguma coisa surpreendente aconteceu quando ela começou a reposicionar seu conteúdo.

image45

A empresa aumentou o reconhecimento da marca e ganhou status de líder no segmento através do reposicionamento do conteúdo.

Não importa em qual segmento você esteja, você pode tirar vantagem dessa oportunidade que muitas marcas estão desperdiçando e reaproveitar seu conteúdo de maneira que ele alcance seu cliente ideal.

Quando seus clientes te perceberem como autoridade, eles irão te defender, mesmo que você não esteja lá. Esse é o verdadeiro objetivo do marketing.

image51

De acordo com a Convince and Convert, você pode fragmentar 1 único conteúdo em oito. Muitas pessoas pensam que reaproveitar é a mesma coisa de republicar – mas não é.

Ao contrário, reaproveitar o conteúdo (no sentido de dar a ele um novo propósito) automaticamente faz com que ele seja mais apelativo para sua audiência.

Por exemplo, se eu transformar meu post de 1.000 palavras em uma apresentação de vídeo e fizer um upload no YouTube, o texto corrido agora se torna visual e o Google não irá considerá-lo como duplicado. Eu também mudaria o título para garantir que o conteúdo permaneça 100% original no radar do Google.

Jay Baer faz isso muito bem. O vídeo popular de treinamento do Jay é o meu canal favorito para aprender sobre as últimas tendências no marketing de mídia social. Cada episódio do “Jay Today” é transcrito usando o SpeechPad, um serviço de transcrição.

image47

Em seguida a equipe de Jay irá trabalhar nos títulos, criando 3 títulos únicos e atraentes.

Jay irá então postar o vídeo e o conteúdo escrito no Medium, LinkedIn e em seu blog. De fato, de um vídeo de 5 minutos, o conteúdo será reaproveitado de 10 maneiras diferentes e distribuído para as pessoas certas.

O marketing de conteúdo não é “uma coisa só funciona para tudo.” Você precisa encontrar maneiras de gerar leads e conseguir links de qualidade sem criar conteúdo novo regularmente.

Blog é uma maneira infalível de atrair clientes e nutri-los. É por isso que 76% dos profissionais de marketing B2B trabalham com blog regularmente. Isso não significa ter que publicar artigos todos os dias ou toda semana – isso também pode ser pegar seu conteúdo antigo e dar a ele uma nova aparência e um novo lar.

image43

Usar um conteúdo (ex: um post de blog) uma vez não é o melhor caminho a seguir. Ele pode comprometer seu orçamento de marketing sem nenhum resultado significativo. É quase impossível construir um negócio próspero quando você não está alcançando sua audiência de maneira irresistível.

Alguns dados recentes da Kapost, que foram compilados pela Heidi Cohen, mostraram que 75% das ideias em média são convertidas em um ativo de conteúdo, publicados uma vez e nunca mais reutilizados ou reaproveitados novamente. Isso é um desperdício de um bom conteúdo.

Existem muitas plataformas que você pode usar para promoção de conteúdo. Os profissionais de marketing mais eficazes e eficientes usam em média 7 plataformas sociais para alcançar suas audiências. Não apenas tweet seu post do blog ou compartilhe o link no Facebook.

Red Bull é outra marca que entende o poder da eficácia do marketing de conteúdo. Ao longo dos anos, ela alcançou resultados tremendos enquanto usou as plataformas de mídia social para alcançar seus clientes. Então não é de se admirar que a Red Bull esteja reaproveitando seu conteúdo.

image31

Red Bull tem 30 diferentes canais multimedia que ela usa para distribuir diferentes tipos de conteúdo. De um post no blog, ela usualmente cria artigos, podcasts, vídeo clips, galerias de imagem, infográficos interativos, ebooks e mais.

Lembre-se que a razão para reaproveitar o conteúdo tem a ver com a maneira que as pessoas leem. Quando você sabe como as pessoas leem, você pode engajá-las com o conteúdo certo.

De acordo com um estudo da Columbia University, o aprendizado ativo leva a um melhor entendimento e retenção de novos assuntos. Aprendizado ativo simplesmente significa estar pessoalmente envolvido em uma lição, ou no conteúdo sendo compartilhado.

image30

Da mesma forma, quando você descobre que existem pessoas em seu mercado alvo que preferem aprender por meio do visual, então você fará mais conteúdo via vídeo. Se eles preferem escutar um áudio, então você irá gravar mais podcasts.

E se seu público-alvo prefere ler, então você pode focar nos posts de blog, ebooks, artigos, white papers e etc.

Publicar conteúdo útil – mesmo que você tenha escrito e criado do zero ou não – é o que te ajuda a conseguir links que irão aumentar suas classificações de busca e a experiência do usuário.

image25

Veja também:

Tática nº 3: Comece uma Conversão em Torno dos Seus Posts Populares

Você já teve algum post popular nos últimos 3 a 6 meses? Tenho certeza que sim.

No entanto, a maioria dos blogueiros e profissionais de marketing de conteúdo falha em tirar total proveito dos seus posts mais populares.

As métricas de engajamento que te ajudam a medir a popularidade de um conteúdo incluem comentários, tempo de permanência, compartilhamento social e conversões.

image53

O próprio fato do seu post ter tido mais de 100 comentários, ou alcançado qualquer marco que você tenha estabelecido como alvo, significa que você precisa aproveitar mais esse post – crie uma discussão em cima do seu post popular.

Se você não publicou um vídeo ou imagem em seu post popular, certifique-se de adicionar antes de começar a discussão. Você conseguirá mais engajamento com o visual.

image33

Myspace costumava ser uma das redes sociais mais populares por aí. Ela era flexível e fácil de usar, e os usuários podiam publicar um post que seria lido por milhares de pessoas e compartilhado por elas.

image17

Para criar engajamento na mídia social nestes dias, você precisa desafiar as ideias. De acordo com o Lifehack, “desafiar ideias é a maneira de envolver e criar novas ideias.”

How To Build 100 Quality Links Without Writing Fresh Content

O engajamento do consumidor ainda se refere a medir as necessidades e desejos dos clientes, e dar a eles a solução exata para o que estão almejando.

Isso é porque 61% das decisões de compra dos consumidores são influenciadas por conteúdo customizado. Você realmente precisa revitalizar sua estratégia de engajamento com o cliente.

image19

Os melhores blogs de marketing entendem como revitalizar um post popular para conseguir links. Por exemplo, a cada duas semanas, a Moz vasculha seus arquivos por posts que ganharam atenção ao serem publicados em um período de tempo (ex: 3 meses, 6 meses a 1 ano).

Então eles irão republicar o conteúdo, adicionar uma introdução única ou personalizar o post – mesmo que ele tenha sido um artigo de convidado. Por exemplo, no print abaixo, você vai perceber que o post foi promovido pela YouMoz, outro blog popular que pertence à Moz.

image42

Você até poderia mudar a data do seu post popular a fim de mostrar que ele foi atualizado – contanto que você atualize o conteúdo com dados e fatos recentes.

Outro blogueiro que entende como dar vida nova a um post antigo, mas popular, é o Brian Dean. Um tempo atrás, ele publicou um dos posts mais populares sobre a história do SEO, chamado “Fatores de Ranqueamento do Google: A Lista Completa.” Recentemente ele o atualizou.

image22

Se você observar mais de perto, você verá que o post bem detalhado do Brian já tem mais de 6.000 tweets e 3,3 mil curtidas no Facebook.

Não se esqueça que esse foi o mesmo post que ele publicou quase um ano atrás, mas ele continua o atualizando. Cada vez que o Google adiciona ou muda um dos fatores de classificação, o Brian rapidamente edita seu post para que ele fique sempre atualizado.

Esse post ainda está ganhando links naturais e valiosos. Muitas pessoas ainda o citam e recomendam para outros fãs, prospects e clientes.

De fato, existe muita discussão em torno desse post popular que se tornou viral. Nos últimos 60 dias, ele gerou mais de 188 links inbound:

image38

Aqui estão algumas das estratégias mais eficazes para desencadear novas conversas em torno de um conteúdo  popular:

i). Comunidades: Coloque seus posts populares em comunidades de blogs. Esses comunidades têm milhares de membros que podem promover seu conteúdo. Um exemplo é a inbound.org:

image52

A seção destacada acima em vermelho é um post recente da Moz. Ela colocou o post popular no Inbound.org, e 134 pessoas já passaram por ele. Essa é uma quantidade decente de engajamento, e o post ainda vai ganhar mais força e links de outros blogs do segmento.

ii).  Leve-o para o topo: Isso é fácil de fazer. Apenas coloque o post popular no topo do seu blog. Encoraje seus leitores a escreverem comentários, fazerem perguntas e compartilharem suas opiniões.

image06

iii). Atualize seu post popular: Neste caso, você simplesmente pega seu post do blog que é mais popular, cria uma apresentação de SlideShare ou vídeo, faz o upload no SlideShare ou YouTube, então copia e cola o código incorporado na mesma página da web como seu conteúdo popular.

Dessa maneira você pode promover ambos os conteúdos, aumentar suas vantagens ao conseguir links naturais como resultado do seu novo formato de conteúdo, e também estabelecer-se como um especialista digital.

Você poderia inclusive encontrar um vídeo relevante no TED para incorporar em seu post popular.

image16

Vídeos do TED podem ser melhores para seus posts populares porque eles são de especialistas renomados de todo o mundo, ao contrário do YouTube que qualquer um pode colocar um vídeo, com uma grande variação nos graus de qualidade e autoridade.

Tática nº 4: Alavanque o Alcance do Email Para se Conectar

Você sabe que o email marketing é poderoso, certo? É o único método do marketing que supera o social e as buscas por um longo tempo.

Quando você usa o email marketing da forma certa, ele não somente pode aumentar sua receita, mas pode agir como portal para conseguir backlinks dos seus influenciadores.

image23

Seu público-alvo quer conteúdo customizado. Então essa é a hora certa de começar a usar conteúdo dinâmico  para entregar experiências altamente personalizadas via email.

image11

Não há nada complexo ou glamuroso sobre o alcance de email. Tem sido assim desde os primeiros dias da internet. Os candidatos a emprego tem historicamente feito isso – enviando um currículo para uma empresa, você está esperando por uma resposta.

Gleam, uma pequena startup em Melbourne, Austrália, tem dominado o alcance de email. Como toda startup com grandes planos e um limitado orçamento de marketing, ela lutou para conseguir influenciadores e fundadores.

image14

Mas assim que a Gleam abraçou o alcance de email com o foco na “construção do relacionamento,” ela viu uma taxa de 90% de resposta de fundadores, 50% de taxa de resposta de equipes de marketing e 10% daqueles que usaram o formulário de feedback e o “fale conosco”.

Honestamente, conseguir links através do alcance de email é muito chato. É muito tempo gasto, mas é fácil de medir.

Por exemplo, você poderia enviar 20 emails hoje pedindo por links de outros blogueiros. Se nenhum dos seus destinatários responderem e incluírem seu link no post deles, você irá saber através de um pingback ou notificação da pessoa.

Mas antes que você comece a alcançar os blogueiros, profissionais de marketing e donos de sites, você vai querer fazer algumas coisas primeiro:

i).  Use o Yesware: Isso funciona melhor com o Gmail. Antes que seu email seja encaminhado, você tem que configurar um rastreamento para ele, e o Yesware é perfeito para essa tarefa. Eu tenho usado por um bom tempo. Você pode usar uma planilha do Excel para manter o rastreamento para cada endereço de email.

image15

O lado bom do Yesware é que ele irá te mostrar quais assuntos são mais clicados, baseado em seu histórico.

ii).  Envie emails na hora certa: A hora que você envia seus emails importa bastante. Sua habilidade de saber o dia e hora perfeitos para enviar, determina sua taxa de abertura.

Dependendo do seu segmento, a hora certa pode variar, mas nós temos dados de marcas confiáveis e empresas de email marketing para trabalhar com isso.

De acordo com a Experian, “terça-feira é o melhor dia para enviar um email, pois emails enviados nesse dia tem a maior taxa de abertura se comparada a outros dias da semana, e a taxa de abertura de email geralmente aumenta depois das 12h, com o período mais ativo entre 14h e 17h.”

Quando você está enviando emails, adote a mentalidade de um profissional de marketing inbound, não de um outbound. O gráfico abaixo esclarece as diferenças:

image13

Uma vez que você tenha os elementos básicos prontos, procure por blogueiros que estão dispostos a te enviar links.

Se você escrever um post roundup (artigo que reúne uma série de posts de especialistas que estão falando sobre aquele determinado assunto) destacando os pensamentos de diferentes especialistas do segmento, você irá aumentar suas chances de conseguir links desses influenciadores. É por isso que nós humanos gostamos de reciprocidade.

image28

Mas nós vamos discutir sobre como criar um post roundup outro dia, porque este guia se trata de levantar todos os recursos que podem te trazer 100 links de qualidade.

Mas fique tranquilo que, mesmo que você consiga apenas 10 links valiosos através do alcance de email, seu ranking vai melhorar e o Google irá confiar mais em sua página da web. Consequentemente, o Google irá te enviar mais usuários orgânicos. Se você vem direcionando palavras-chave de cauda longa, você vai começar a ranquear por elas, também.

image50

Siga estes passos simples para descobrir os blogs certos do seu mercado:

Passo nº 1: Vá até o SEMrush.com – Na homepage, digite sua palavra-chave principal (ex: estratégia de blog). Então clique no botão de “pesquisa”:

image48

Passo nº 2: Analise os principais resultados orgânicos – Esses sites com boa classificação são seus concorrentes, e eles são os blogs certos para conseguir links, já que eles estão relacionados ao seu tema.

image18

Como você pode ver, os sites dominando os resultados orgânicos do Google são provavelmente candidatos, e portanto, eles se qualificam para seu alcance de email.

No entanto, você não tem que entrar em contato com o blogueiro e simplesmente pedir por um link. Isso não iria produzir o resultado esperado. O que você vai querer fazer em vez disso é procurar por links quebrados nas páginas dos seus concorrentes.

Primeiro vá ao Google e pesquise por este termo:

intitle:”blogs de negócios” inurl:”links”

Aqui está o que você vai obter:

image39

Eu estou interessado no resultado que está destacado porque ele contém links de muitos outros blogs e páginas. Quando você vai até a página da web, aqui está como ela se parece:

image37

A partir desses links, você precisa encontrar links quebrados. E como você faz isso?

Passo nº 3: Vá até o brokenlinkcheck.com. Digite a fonte da página da URL dentro da caixa de pesquisa e clique no botão “encontrar links quebrados”:

image32

Passo nº 4: Analise os links quebrados – Se você descer nos resultados da página, você verá todos eles e as respectivas fontes.

image05

Agora é hora de enviar um email e pedir para que eles substituam um dos links quebrados com um link ativo da sua página, que seja útil e relevante.

Este é outro aspecto importante do alcance de email que você deveria prestar atenção: Antes de mandar os emails, você precisa saber o primeiro nome ou nome completo dos destinatários.

Dessa forma, você poderá enviar adequadamente. Não os trate como amigos, porque a amizade não é cultivada no primeiro contato que você estabelece com um estranho.

Então vamos supor que você tenha descoberto um link quebrado em um blog popular tal como o Problogger.net ou Marieforleo.com e queira entrar em contato com o autor. A pergunta é: como você descobre o endereço de email do Darren ou da Marie?

Deixe-me te mostrar rapidamente em 2 passos:

Passo nº 1: Vá até o VoilaNorbert: Essa é uma ferramenta simples para te ajudar a descobrir o endereço de email de um site facilmente. Coloque o primeiro e último nome da pessoa e a URL do blog nos espaços disponíveis e clique no botão verde:

image54

Passo nº 2: Copie o endereço de email da pessoa. “Norbert” procurou e descobriu o endereço de email correto. Aqui:

image40

A saudação que você usa em seu email também importa bastante. A By Reputation conduziu uma pesquisa e descobriu que a saudação pessoal (ex: “Oi Jane” ou “Olá Neil”) aumenta taxa de abertura em torno de 6,52%, e leva a uma taxa de resposta superior a 20%.

image04

O próximo passo é escrever seus emails.

Muitas pessoas são boas ao escrever posts em blogs, mas não sabem como escrever um email persuasivo. As habilidades são um pouco diferentes.

Se você não está confiante em suas habilidades de escrita, você pode usar os modelos abaixo:

image24

Aqui está um modelo de email para link quebrado que funciona bem:

image27

Nota: Você não tem que mandar somente emails de “link quebrado”. Haverá momentos em que você poderá mandar um simples email solicitando um link, e ele poderá te trazer o resultado que você precisa. Aqui está um exemplo:

image49

Eu tenho usado esses dois modelos de email por anos, embora eu tenha feito alguns ajustes em cada um, já que muitas pessoas agora têm acesso a eles. Mas você pode adaptá-lo. Eu geralmente tenho 6 – 7% de taxa de resposta a partir desses emails.

Muitas marcas, lojas de e-commerce e profissionais de marketing têm se beneficiado do alcance de email.

Por exemplo, a Leaflet Missal, uma empresa de presentes católicos, aumentou suas vendas em 8%, viu um aumento nas vendas durante o pico das férias, aumentou as transações anuais em 2,3% e cresceu o número de visitantes no site deles em 45%.

image02

Certifique-se que você seja uma pessoa real por trás do envio do email para qualquer blogueiro, profissional de marketing de conteúdo ou influenciador.

Isso significa que você tem que usar seu nome real, foto e o número de telefone. Estudos descobriram que incluir seu número de telefone em seu blog e email irá aumentar sua taxa de resposta.

image29

Veja também:

Conclusão

Conseguir links de qualidade sem criar conteúdo novo é uma daquelas áreas que você deveria considerar radicalmente. Você pode não ter muito tempo para escrever conteúdo com engajamento ou um orçamento para contratar um redator – muitos blogueiros não têm.

Sim, eu tenho escrito conteúdo único por mais de uma década e eu não vejo isso mudando tão cedo. Mas mesmo assim, haverá momentos onde poderei passar por um bloqueio criativo ou simplesmente não terei tempo de escrever um artigo de 2.000 palavras em 2 horas, ou até menos.

O conteúdo nunca vai deixar de ser o rei, mas promover o conteúdo publicado é a rainha. A promoção de conteúdo é tão valiosa quanto a habilidade na escrita. Segmentar seu conteúdo gera mais leads, mais links indexados e aumenta sua receita, e não apenas trabalhar para criar conteúdo novo.

É por isso que existem mais bestsellers no New York Times do que melhores autores no New York Times.

Você já construiu alguma vez um link valioso para sua página da web sem conteúdo novo? Como você fez?

Share