Como Criar Landing Page Para Negócio Local: o Guia Passo a Passo

landing page

Pronto para atrair clientes locais para o seu negócio?

Se a resposta é sim, este artigo detalhado vai te ensinar como dominar seu segmento, explorando uma enorme lista de consumidores em sua localidade. Mas não podemos falar de criar landing pages locais sem falar em SEO.

Afinal, do que adianta criar uma landing page de alta conversão se as pessoas não conseguem encontrá-la facilmente em sites de busca?

Você lida com SEO local? Aprenda neste processo passo a passo como criar landing pages para negócios locais.

O SEO local tende a funcionar melhor para negócios baseados em localizações físicas, que precisam de contato direto com seus clientes.

Mas pode funcionar também para negócios virtuais, que não necessariamente encontram seus clientes antes de fazer negócio.

Para que isso funcione pra você, é essencial otimizar sua landing page e o ranking para suas outras páginas, para que seu público alvo possa encontrar sua página mais facilmente nas buscas.

Obviamente, a fim de ranquear bem em mecanismos de busca e dominar sua localização geográfica com palavras-chave geograficamente relevantes, você precisa combinar SEO local (resultados no mapa local) com SEO orgânico.

O Google pensa muito em consumidores locais, já que muitas vezes elas são as pessoas mais visadas e mais motivadas que fazem buscas locais.

Seja em buscas feitas em computadores ou em dispositivos mobile, consumidores locais geralmente compram mais. De acordo com a Act-On, “18% das buscas locais em smartphones levaram a compras feitas em um dia, em comparação a 7% das buscas não-locais”.

image13

Assim como o marketing de conteúdo, as landing pages locais se transformaram em uma prioridade, já que o Google está se aproximando da idéia da intenção do usuário em vez de focar nas palavras chave que os usuários buscaram.

Vou mostrar aqui um processo passo a passo para criar landing pages locais que convertem.

1º Passo: Identifique onde seus consumidores estão

O SEO local é um esforço deliberado que você faz para ajudar consumidores locais a encontrar seu negócio. Por isso, você precisa identificar onde seus clientes estão.

Qualquer pessoa pode criar uma landing page localizada, mas o verdadeiro desafio é chegar até as pessoas certas.

Isso é muito importante. Há sites que geram mais de 100.000 visitantes por mês, mas não geram muitas vendas. Em comparação, há sites que recebem menos de 20.000 visitantes por mês, mas todos eles estão motivados e prontos para comprar.

Você quer saber o que faz a diferença?

Conhecimento sobre o público.

Isso é muito visível quando você usa qualquer mapa de localização de atividades:

image08

Os conhecimentos sobre o público incluem o que os seus clientes ideais desejam, o que pensam quando abrem uma página e de onde eles estão vindo.

Você não precisa de dados 100% exatos, mas é muito útil saber de onde as pessoas estão acessando seu site.

Precisamos ver essas informações por dois ângulos, respondendo a estas duas perguntas:

  • Primeiro: de onde você quer que seus consumidores venham?
  • Em segundo lugar: de onde estão vindo seus clientes locais no momento?

Quando você tiver as resposta para essas perguntas, verá mais claramente como estabelecer uma meta que te permite encontrar pessoas e atender as suas necessidades.

Se você é proprietário ou está gerindo uma empresa que oferece serviços em uma única localização, isso significa que você deve ter um endereço e um telefone local.

Os consumidores podem ou não visitar seu negócio físico, mas querem ver essas informações. No mínimo, esses dados vão ajudar a inspirar confiança antes que eles comprem o produto.

Veja como a Moz define os provedores de serviços em uma única localização:

É o encanador que trabalha em casa e visita clientes em um raio de 50 km, a assistente que sai do escritório todos os dias para atender a idosos em casa, o operador de guincho que sai de uma garagem para resgatar motoristas. Se você sai de sua casa ou seu escritório para atender clientes, em vez de recebê-los em seu endereço, seu negócio é a definição de um negócio de uma única localização de área de atendimento (em inglês, SAB).

Como as SABs são limitadas em termos de cidades e mercados atendidos, produzir conteúdo atraente pode ser um desafio.

Isso, por sua vez, limita sua habilidade de obter bom ranqueamento no grupo de 7 empresas do Google Local de cidades além daquela em que estão fisicamente localizados.

image18

Como saber onde seus clientes estão localizados?

Você pode descobrir a localização de seu público facilmente ao fazer login em sua conta do Google Analytic.

Siga esse caminho: Painel do Google Analytics > Público-alvo > Geográfico > Localização.

image12

A seguir, clique um dos países (no exemplo, os EUA) para ver os estados em que os visitantes do site estão localizados:

image14

Esta é a visão dos estados:

image06

Por fim, você pode também se aprofundar mais em cada estado. Assim você poderá ver de que cidade especificamente estão vindo seus clientes e visitantes.

Quando cliquei na aba “Califórnia”, estas foram as cidades que encontrei:

image00

Com esses preciosos detalhes sobre seu público, você pode visualizar o futuro das suas campanhas e como estruturar o texto da sua landing page (vamos falar sobre isso mais adiante).

Se você atende a mais de uma cidade ou estado, deve deixar isso claro em seu texto e na estrutura de suas páginas.

Por isso, não foque apenas em otimização de buscas locais, mas faça também SEO para que suas páginas possam se beneficiar individualmente de públicos mais amplos.

Mas se você estiver focado em apenas um estado, as boas práticas de SEO local podem te ajudar a melhorar seu ranqueamento de busca rapidamente. Eis um exemplo típico de landing page local:

image05

2º passo: Use metadados localizados para criar relevância.

A relevância é um componente importante do algoritmo de busca. Aos olhos do Google, é melhor obter um link natural a partir de um site relevante do que de um site de autoridade, mas sem relevância para sua página.

De fato, palavras-chave relevantes são um dos fatores mais importantes para definir a qualidade do conteúdo.

image17Metadados são uma parte importante da sua landing page, e devem ser bem otimizados. Não adianta jogar algumas palavras-chave no seu conteúdo e torcer pra que seu site apareça nos resultados de busca. Você precisa fazer isso do jeito certo.

A seção de metadados da sua página é composta por:

  • Tags de título
  • Meta descrições
  • Palavras-chave

Aqui está o código fonte de uma página, mostrando os metadados:

image03

Os metadados “conversam” diretamente com os mecanismos de busca a partir de páginas individuais. Assim, suas landing pages individuais devem conter metadados únicos e naturais.

Aqui estão as meta tags expandidas que você pode considerar quando suas páginas locais começarem a atrair visitantes orgânicos.

image07

Termos como “páginas doorway,” “páginas de serviço” e “landing pages locais” descrevem páginas com um único propósito: ajudar consumidores locais a encontrar a informação correta online, sem perder tempo ou dinheiro fazendo muitas buscas.

Landing pages locais é um assunto muito presente no fórum de perguntas e respostas da Moz. De fato, muitos SEOs querem saber como otimizar essas páginas, a fim de satisfazer os 87% dos consumidores locais que ligam ou visitam esses negócios em até 24 horas.

image16

Em uma tentativa de resolver esse desafio, o Google lançou uma atualização para o seu algoritmo doorway, o que com certeza traria problemas para páginas que não estivessem devidamente otimizadas.

O Google muitas vezes nos diz o que fazer, mas não como fazê-lo. Mas nesse caso eles deixaram tudo muito claro, destacando os ingredientes chave de uma landing page local.

Em seu Search Console, o Google provê alguns exemplos de páginas doorway, e esses exemplos nos dizem quase tudo o que precisamos saber.

Observação: Páginas doorway geralmente não são boas para usuários, já que, de acordo com o Google,  “…podem levar a múltiplas páginas similares nos resultados da busca, com cada resultado levando o usuário ao mesmo destino. Elas também podem levar os usuários a passar por páginas que não são tão úteis quanto o destino final.”

O Google atualizou suas orientações sobre páginas doorway e nos deu uma visão mais clara sobre como as melhores páginas doorway ou landing pages devem ser feitas. Para começar, você só deve ter uma página doorway quando for capaz de responder as perguntas abaixo:

image02

Mais especificamente, aqui estão algumas formas simples de adicionar palavras-chave localizadas às suas páginas doorway (landing pages locais):

i). Tags de título: Na tag de título, inclua a palavra chave e a cidade.

Por exemplo:

  • O Melhor Serviço de Encanamento em São Francisco
  • Vagas para Web Design Los Angeles: 7 Empregos com Altos Salários para Você

ii). Meta descrição: Já que usuários locais vão ler sua meta descrição nos resultados do Google, você deve fazer um texto atraente e usar palavras-chave relevantes.

Vamos supor que sua principal palavra chave fosse Assistente Virtual New York. Veja como inserir a palavra chave na meta descrição de forma natural:

Você tem tempo para todas as tarefas do dia a dia? Você pode fazer muito mais com o seu dia ao contratar um assistente virtual localizado em NY. New York é uma cidade fantástica para encontrar o profissional certo. Aguardo sua ligação!

Perceba que eu não utilizei a palavra chave exata (Assistente Virtual New York) ao escrever a descrição.

A razão para isso é simples: os usuários estão procurando boas respostas, não necessariamente as palavras chave exatas que procuraram. Adicionalmente, o Google penalizaria uma landing page local por otimizar excessivamente palavras-chave exatas.

3º passo: Otimize suas landing page locais para usuários mobile

Seus consumidores locais usam ambientes mobile. E você?

Estima-se que mais de 100 bilhões de buscas mensais venham de aparelhos mobile. E mais de 60% de todas as buscas no Google são feitas a partir de dispositivos móveis.

image04

O Google revelou recentemente que há mais buscas sendo feitas em dispositivos mobile do que em computadores. Isso é muito impressionante se considerarmos que a tecnologia mobile é bastante recente, ao passo que os computadores são usados há décadas.

Quando as pessoas procuram negócios, produtos e informações online, quais são suas preocupações?

Tenho certeza de que você mesmo já fez buscas locais. Talvez estivesse procurando um restaurante para um bom almoço em sua cidade.

Nesse caso, você quer saber o número de telefone, o endereço ou qualquer outra forma de contato com o restaurante.

image01

Quando as pessoas fazem buscas em computadores, podem estar procurando uma visão global, opiniões, empresas ou produtos.

Mas, para buscas locais, a intenção do usuário é bem diferente. Esses usuários estão procurando serviços muito específicos ou informações em localização bem específica. O uso do mobile é mais alto em meio a um processo de compra.

image15

Como tal, ao criar suas landing pages locais ou páginas doorways para seu público local, você precisa conversar diretamente com essas buscas específicas.

A proximidade geográfica é outro aspecto importante na hora de otimizar suas landing pages para uso mobile. De acordo com o Search Engine Land, “50% daqueles que fazem buscas em smartphones e tablets esperam resultados localizados a distâncias para se cobrir a pé ou de carro”.

image10

Ao otimizar suas landing pages locais para usuários mobile, considere o tempo de carregamento da página. A velocidade é um fator importante, especialmente para usuários mobile. O Google inclusive começou a usar alertas de “páginas lentas” em resultados de buscas em dispositivos móveis.

image09

Você deve também localizar seu conteúdo. Ou, em outras palavras, escrever para um grupo específico de pessoas a quem você atende. O Airbnb faz isso bem.

image11

Para mais recursos práticos para a otimização das suas landing pages locais para usuários mobile, veja os guias abaixo (em inglês):

Conclusão

Para maximizar seus resultados de busca, crie landing pages separadas para cada cidade que você segmentou e adicione uma página local no Google+ para seu endereço físico.

Acima de tudo, crie textos únicos e específicos para cada localidade em suas landing pages. Veja exemplos aqui.

A criação de uma landing page local requer um bom investimento. Isso pode ser um investimento do seu tempo, do seu dinheiro, ou ambos.

No entanto, isso é mais fácil atualmente, já que há uma grande variedade de modelos e ferramentas para a criação de landing pages.

As landing pages não precisam estar isoladas. Podem estar ligadas ao seu blog ou site corporativo.

Quando os profissionais de marketing pensam em uma landing page, estão pensando em uma página que os ajuda a cativar um público alvo e iniciar um relacionamento. Muitos especialistas de marketing estão mais preocupados com os aspectos visuais do que com a funcionalidade da página.

Mas o Google vê landing pages de outra forma. Se você estudar cuidadosamente o seu Google Analytics, descobrirá que o Google define landing pages como qualquer página através da qual os usuários de busca chegaram ao seu site.

Por exemplo: se as pessoas descobrirem e entrarem em seu site pela página Quem Somos, o Google vai tratar essa página como uma landing page. Mas você (como profissional do marketing) talvez não tenha planejado a página com isso em mente.

Aqui está uma forma de alcançar um equilíbrio: pense em cada página como uma landing page.

Há boas razões para que as pessoas visitem seu site a partir das páginas Quem Somos, Serviços ou mesmo Contatos. É sua responsabilidade otimizar essas páginas para mobile, deixando-as super rápidas e adicionando calls to action relevantes.

Você atrai consumidores locais para o seu negócio? Como você cria e otimiza suas páginas locais para esses usuários?

Share