Como Fazer Email Marketing: 4 Exemplos de Sucesso

email

De todos os canais digitais de marketing disponíveis, o email é o mais poderoso deles. Sendo você um profissional de marketing B2B ou B2C, se você aderir ao uso de um email marketing bem-sucedido, você vai ver que todos os seus esforços e seus investimentos financeiros  vão compensar de maneira grandiosa.

Claro que existem outros meio que você pode utilizar para gerar leads para o seu negócio. Afinal de contas existem negócios que prosperaram sem uma lista de email.

Entretanto, os benefícios do email são substanciais e impressionantes, especialmente em comparação com os canais sociais e de pesquisa. É estimado que você obtenha $39,40 de retorno a cada $1 investido em email marketing.

Mas só mandar emails de vez em quando não é suficiente. Você precisa garantir que a sua taxa de abertura de email seja a mais alta possível.

Afinal de contas, se as pessoas não abrirem os seus emails você não vai conseguir alcançar seus objetivos.

Existem vários ajustes e táticas que podem ajudar a melhorar sua taxa de abertura de email – por exemplo, segmentar a sua lista pode ser útil. Um outro estudo mostra que incluir o nome do destinatário no assunto do seu email aumenta sua taxa de abertura em 18,30%. Para comprovar, dê uma olhada na taxa de abertura do Quick Sprout:

image25

Você também pode apenas mandar uma série de emails prontos para os seus inscritos e esperar obter resultados. Saber o que os seus inscritos desejam e usar disso para criar um email persuasivo para eles faz toda a diferença.

É importante lembrar que esse email tem que ser de imenso valor, de outra maneira eles irão ignorar os seu emails subsequentes.

Você está construindo uma lista de email porque é seu desejo construir o seu negócio. Por isso você deve vender, mas somente quando for necessário e quando você estiver confiante que o produto irá ajudá-los.

Faça o download deste material em PDF com 4 exemplos de sucesso de como fazer email marketing e aumentar sua taxa de abertura.

Neste artigo, eu vou te mostrar 4 estudos de caso de diferentes marcas e sites que aumentaram sua taxa de abertura de email. Você vai aprender quais os passos elas deram para conseguir resultados impressionantes sobre como fazer email marketing … 

1. MailiGen aumentou sua taxa de abertura de email de 20% para 29% reenviando emails

Nos 3 anos anteriores, vários especialistas em marketing declararam que o email marketing estava morto ou pelo menos cada vez mais ineficaz. Esperamos que a sua concorrência tenha lido esse absurdo sem sentido e o seguido.

Nós continuamos vendo um crescimento enorme em vários aspectos de como fazer email marketing. Um estudo realizado pela Email Marketing Gold revelou que o ROI (retorno sobre investimento) para cada $1 investido em email marketing pode ser maior que $40 – bem mais que o de outros canais.

image13

Você precisa então desenvolver uma campanha efetiva de como fazer email marketing, porque é daí que virão os resultados. Marcas que não estão vendo um ótimo resultado de sua lista de emails é bem provável que estejam fazendo algo errado.

É possível que seus assinantes da lista de emails não confiem neles. Construir um relacionamento de confiança e empatia é crucial se você quer converter seus assinantes em clientes, especialmente quando você está vendendo um produto.

Mailigen é um provedor que ajuda companhias a melhorarem seus esforços em emails, canais móveis e sociais.

Esses três aspectos de marketing digital são os blocos a construir que você precisa se deseja prosperar.

Não é apenas oferecendo uma solução para seu email marketing que seus inscritos irão abrir seus emails, você precisa ser criativo.

Criatividade começa com um profundo entendimento do seu público alvo. Lembre-se que aqueles que se inscreveram pra receber os seus emails são pessoas reais, que têm necessidades também reais e estão em busca de soluções.

Retornando ao estudo de caso da Mailigen: A companhia costumava lutar para melhorar sua taxa de abertura de email, que normalmente se encontrava em torno da média da taxa de abertura do segmento, entre 10-20% para e-commerce (comércio eletrônico), publicação e mídia.

image29

Então como a Mailigen fez para aumentar sua taxa de abertura de 20% para 29%?

De uma maneira impressionante a companhia obteve sucesso em aumentar sua taxa de abertura usando uma técnica simples que a maioria de profissionais de email marketing não usam: “Segmentação comportamental”

Em posts anteriores eu já falei sobre segmentação de email e como você pode usar disso para melhorar a sua taxa de conversão, e uma das maneiras mais efetivas de segmentar a lista é através da análise do comportamento do usuário. 

Segmentação comportamental é agrupar seus inscritos para recebimento de email de maneira distinta e a partir disso criar emails com mensagens relevantes e de alto valor para eles.

Para implementar a segmentação comportamental você deve primeiramente coletar informações comportamentais de seus usuários, como quais tipos de conteúdo um grupo seleto de pessoas prefere, quando eles abrem os seus emails e quando eles respondem ou não.

Quanto mais e mais profunda a segmentação, melhor será o resultado.

Mailigen selecionou inscritos que não tinham aberto os seus email e os reenviou com uma frase de assunto melhorada:

Primeiro passo: A companhia criou um email para seus inscritos sobre usar símbolos no conteúdo do email. No assunto podia se ler “Faça seus emails se destacarem com o uso de símbolos.”

image18

Segundo passo: Esse email teve uma atuação razoavelmente melhor, sua taxa de abertura foi de 20.5%.

Mailigen queria ver se eles conseguiriam melhorar ainda mais essa taxa, então eles usaram seu mais recente recurso de segmentação comportamental para mapear sua lista de email.

Uma semana depois eles selecionaram todos aqueles que não tinham respondido ao primeiro email e antes de reenviarem mexeram no assunto novamente para uma frase ainda mais convincente – “envie emails com incríveis símbolos no assunto.”

image23

O conteúdo do email permaneceu o mesmo e reenviaram para aqueles que ignoraram o primeiro.

Cerca de 8.6% daqueles que não abriram o primeiro email responderam dessa vez. O mesmo email teve uma taxa de abertura de 29.1%, apenas por implementar essa simples estratégia.

Como um profissional de marketing de conteúdo, blogger, profissional de marketing de informação, vendedor de produtos ou autor, você pode aprender muito a partir das estratégias que Mailigen aplicou em seus emails marketing.

Quando for enviar emails para as pessoas de sua lista pergunte a si mesmo: “Por que eles se inscreveram em primeiro lugar?”

Se você conseguir responder essa pergunta você estará bem à frente dos seus concorrentes, já que muitos deles não levam isso em consideração. Eles apenas acordam, criam um email, passam seu texto para o seu editor de email e o saem enviando para todos em sua lista.

Isso pode até ter funcionado no passado, mas no mundo do marketing de hoje em que o tempo limite para captar a atenção do seu inscrito antes de ser deletado é de 8 segundos, você precisa agarrá-los e persuadi-los a agir, oferecendo produtos e serviços de qualidade.

A segmentação da sua lista é sim um método poderoso. Se você precisa de mais provas pra se convencer aqui estão outras duas marcas que seguiram essa mesma abordagem:

i).   O caso de estudo da Wok to Walk: A Wok to Walk, uma companhia de comida saudável, enviou um boletim informativo com o assunto que convidava seus destinatários a ligar, fazer perguntas e pedir uma refeição. Esse email gerou uma taxa de abertura de 18.1%.

image21

Assim como a Mailigen, a partir desse primeiro envio eles analisaram as estatísticas do email e selecionaram aqueles que não haviam aberto.

Esse grupo de inscritos se tornou um específico seguimento de alta conversão. O mesmo email foi enviado novamente – mas o assunto havia sido modificado para melhor atender esse novo seguimento, incluindo um telefone para facilitar que essas pessoas ligassem para pedir mesmo sem abrir o email.

image22

Esse segundo email  teve um adicional de 7,7% de inscritos satisfeitos, resultando um nível maior de engajamento com o email.

ii).    Enviando SMS para inscritos que não respondem:  Outro aspecto vital para melhora da taxa de abertura de email é alcançar as pessoas que estão em movimento, distantes de seu computador, mas com seu celular no bolso.

Em 2005 o uso de celulares superou o uso de computadores em geral, então para muitos profissionais do marketing, o tradicional email pode não funcionar tão bem quanto no passado, já que milhões de pessoas começaram a usar aparelhos móveis como smartphones e tablets, e somado a isso eles começaram a fazer login menos vezes em suas caixas de entrada e navegar mais na web.

Suas mensagens de texto no entanto podem alcançar o assinante sempre, principalmente porque podem recebê-la mesmo se o celular não tiver uma conexão ativa de internet – totalmente diferente do envio de emails.

Um cliente na indústria de farmácia implementou essa estratégia de email marketing que em geral não é muito utilizada.

image19

Depois de enviar o email e ter uma taxa de abertura de 23,7%, eles decidiram enviar um SMS para aqueles que não haviam aberto o email. Essa estratégia simples aumentou dramaticamente a sua taxa de abertura.

Então para conseguir o melhor desempenho com o marketing SMS aqui estão algumas dicas a serem seguidas:

i).   Foco em uma mensagem por SMS: Você realmente vai precisar ter uma campanha de texto por SMS. Transmitir sua mensagem de marketing de uma maneira mais pessoal vai colocar você além da concorrência.

image09

Um dos erros que as pessoas cometem ao enviarem SMS para seus clientes é incluir muitas mensagens em uma única mensagem de texto.

Não faça isso. Mantenha uma mensagem por SMS. Por exemplo, se você vende capas para smartphone o seu SMS deve focar apenas em um modelo particular de capa e não em todas as novas capas que chegaram no seu estoque.

É muito importante limitar o seu SMS  em 160 caracteres. Francamente não é espaço suficiente para si expressar e recomendar todos os produtos.

Mas faça a mensagem ter valor, diga as pessoas porque eles devem verificar um item em particular, recurso, produto ou serviço. Você terá mais pessoas tomando ações imediatas.

ii).   Programe seu SMS corretamente: SMS marketing é mais acessível que email marketing e os SMSs são abertos mais rapidamente e frequentemente que os emails marketing. De acordo com a Tatango, “90% de todas as mensagens de texto recebidas são lidas dentro de 3 minutos”. 

image17

O SMS atua como um meio pessoal de se comunicar com as pessoas colocando a mensagem da sua companhia nos seus bolsos e bolsas instantaneamente.

Assim como existem diferentes softwares que usamos para rastrear as nossas atividades nas redes sociais, seguidores e assinantes, você pode fazer uso de ferramentas para rastrear aqueles inscritos para receberem as mensagens de texto. É estimado que 98% das mensagens de texto são lidas quando enviadas no momento certo.

image14

Conheça quando os seus assinantes são mais ativos – quando eles fazem login no Facebook, Twitter e outras redes sociais.

image16

A beleza no envio de mensagens de texto é que você pode alcançar centenas ou milhares de pessoas imediatamente, dependendo do tamanho da sua lista.

Dito isso é vital que você saiba enviar o seu SMS no momento certo para alcançar seus objetivos.

Ferramentas são muito boas e eu te encorajo a fazer uso delas, mas o único jeito de estar 100% certo que seus inscritos estão prontos para receber o seu SMS é enviando. Estude as estatísticas do seu SMS e analise quando as pessoas estão mais envolvidas com as suas mensagens de texto.

Em outras palavras estude em que horas e em quais dias os seus inscritos respondem as suas mensagens de texto. Em 2003, as mensagens de texto ultrapassaram a internet e o correio não eletrônico em termos de taxa de abertura e taxa de conversão. Grande parte desse sucesso se deve ao momento de envio adequado.

image04

iii).   Facilite para seus clientes a compra do produto: Em média 8,6 bilhões de emails são enviados todos os dias. Os clientes recebem muitas mensagens , tanto por email quanto por SMS. Como resultado disso fazê-los comprar pode ser difícil.

Mas se você simplificar o processo e der uma boa razão para os clientes confiarem em você, sua receita pode aumentar por meio de marketing SMS.

Não é suficiente somente ser persuasivo no texto da sua mensagem (com o limite de 160 caracteres), você precisa tornar mais fácil para os clientes comprarem.

A WeMakeWebsites descobriu por meio de seus dados que 21% dos clientes que não realizaram a compra citam como motivo de abandono do carrinho o processo de pagamento. As pessoas não vão comprar seu produto se o processo dessa compra durar tempo demais.

image15

A sua habilidade de fazer as pessoas irem de apenas abrirem a sua mensagem a comprarem o seu produto é crucialmente relacionada com o seu sucesso. Faça o que puder para aprender essa habilidade. 

Na realidade as pessoas não compram o que você vende, mas o “porquê” de você vendê-las. Então se a sua mensagem é vaga, pouco estimulante ou esmagadoramente estimulante, você não tem um fator do “porquê” – as pessoas irão procurar então seus concorrentes que possuem esse fator.

image01

Uma das maneiras de fazer seus clientes comprarem quando receberem seu SMS é oferecendo descontos.

Mas se você oferecer um desconto de 20% e o caminho para obtenção desse produto seja praticamente uma corrida de obstáculos, eles vão procurar em outro lugar.

Uma pequena nota sobre códigos promocionais: A maioria das pessoas oferecem códigos promocionais que são muito difíceis de lembrar.

Mantenha os seus códigos fáceis de se lembrar e curtos. O ideal é que os códigos transmitam o valor que você está entregando a eles. Por exemplo DEAL20 é muito mais fácil de se lembrar do que DEAL832077.

image30

2. A Digital Marketer aumentou a sua taxa de abertura em 3x com mudanças no título do assunto 

É possível aumentar a sua taxa de abertura de email em 3x sempre que enviar um boletim informativo? Isso é exatamente o que a DigitalMarketer.com fez.

image05

Uma lista de email responsiva dos clientes é a única maneira à prova de balas para construir um negócio sustentável. Você não será capaz de construir esse negócio sustentável se você focar apenas no Google e busca orgânica.

A Digital Marketer é um dos blogs de marketing líderes lá fora. Eu já os mencionei várias vezes nos meus posts e Ryan Deiss, o diretor executivo, tem feito um trabalho incrível ao longo dos anos.

A Digital Marketer fez uso de “11 truques para dobrar as conversões de email,” e você pode fazer o mesmo.

image07

A Digital Marketer se orgulha de fazer dinheiro quando seus emails chegam as caixas de entrada das pessoas, mas eles não fazem isso unicamente pelo dinheiro – isso ia apenas fazer os assinantes pularem fora.

Em vez disso eles alcançam pessoas por via do email, ensinam a eles como realizar uma coisa em particular, como por exemplo aumentar as conversões de anúncio do Facebook, e ganham a confiança dos seus clientes.

Enviar milhões de emails por mês ajuda a Digital Marketer a entender seus clientes e aqueles que estão em vias de se tornarem clientes. Essa experiência da a possibilidade a companhia de segmentar seus inscritos por interesse, identificar as soluções exatas que eles estão procurando e entregar a essas pessoas uma qualidade e valor que elas não vão nunca encontrar em outro lugar.

A Digital Marketer é uma companhia rara e eles são excepcionalmente bons em email marketing. Dê uma olhada em suas estatísticas:

image10

Aqui está como Digital Marketer aumentou sua taxa de abertura em 3x.

1).   Use linhas de assunto de email testadas: Nem todos os email serão abertos, essa é a realidade, pois a maioria de seus assinantes estão inscritos em outras listas também.

Então você deve diferenciar as seus títulos de assunto nos email dos outros genéricos que o seu assinante recebe diariamente.

De acordo com Richard Lindney, que escreveu o caso de estudo sobre a Digital Marketer, todo assunto de email de sucesso se encaixa em uma dessas quatro categorias:

  • Direto ou direcionado ao benefício
  • Escassez ou urgência
  • Provas ou credibilidade
  • Cegueira ou curiosidade

Vamos analisar brevemente cada uma dessas linhas de assunto:

a).   Assuntos diretos ou direcionados ao benefício: O assunto tem apenas um propósito: atestar para o destinatário o benefício que ele terá em abrir esse email. Uma entre as 5 coisas que os clientes estão procurando em um produto são os benefícios. O mesmo é válido para os email.

Aqui estão exemplos de assuntos de email dirigidos pelo benefício ou diretos:

  • Como escrever posts em blogs que convertam
  • Comece a construir suas landing pages por $1
  • Um anúncio de publicidade nativa em 60 minutos ou menos
  • Roube esses modelos de email…

Na minha caixa de entrada posso ver alguns emails que oferecem ou prometem alguma forma de benefício. Eu me sinto obrigado a clicar neles, afinal de contas não tenho nada a perder (exceto o tempo que eu gastarei para clicar e ler, talvez) e eu possivelmente poderei obter benefícios.

image26

b).    Assuntos baseados na necessidade ou na urgência: Se há necessidade de ação imediata do destinatário – um desconto que tem data específica próxima de expiração por exemplo – você pode querer usar esse modelo de urgência em seu assunto do email, para alertar as pessoas a aproveitarem enquanto ainda há tempo.

Se o destinatário não reagir com uma ação imediata ele vai perder uma ótima oportunidade e as pessoas não gostam de perder esse tipo de coisa.

O  medo de perder na verdade é mais poderoso que a alegria de ganhar. É nesse momento que esse modelo de urgência supera o dirigido por benefícios ou direto.

A Digital Marketer recomenda que você use o assunto no modelo de urgência/escassez de vez em quando para conseguir que mais pessoas abram o seus emails:

  • Acabando daqui a pouco!
  • Você vai perder essa chance?!?
  • Último aviso (só algumas horas restantes)
  • 85% de desconto termina a meia-noite

Eu recorrentemente encontro esse tipo de assunto na minha caixa de entrada:

image24

c).   Assuntos baseados em provas ou credibilidade: Eu sei que você tem bons resultados, pessoas ou negócios que já se beneficiaram de seus serviços ou produtos, que você pode enviar para seus clientes em potencial.

A ReferralCandy enviou para a sua lista 12 jeitos que você pode induzir credibilidade em seu marketing e obter resultados surpreendentes.

image00

Agora é um bom momento para aproveitar essa credibilidade, ela é uma prova social que você sabe o que está fazendo em seu negócio. É o mesmo que o trabalho com vídeos tutoriais: uma forma de provar que você conhece seu material e os bons resultados possíveis com ele.

Você pode simplesmente falar sobre o sucesso de outras pessoas na sua linha de assunto. Crie de uma maneira que esse assunto os façam abrir o email por acreditar que eles podem obter também esses mesmos ótimos resultados.

Esse é o tipo de modelo de assunto que é melhor se escrito como um estudo de caso. Lembre-se que estudos de caso são apenas um dos 15 tipos de conteúdo que movimentam o tráfico, as vendas e a receita dos donos de um negócio.

Aqui estão alguns modelos de assuntos baseados em provas e credibilidade que ajudaram a Digital Marketer a aumentar a taxa de abertura deles em 3x:

  • Mãe de dois filhos ganha $10 mil em 4 dias
  • Esse cara faz 6 dígitos por mês
  • 23.247 leads em menos de 30 dias

Use esses modelos para exemplificar suas próprias situações de sucesso. Aqui estão mais algumas que eu criei da minha cabeça para te inspirar:

  • 250 comentários geram $25 mil em 30 dias
  • 16.736 leads em menos de 30 dias
  • Como esse cara mediano faz 5 dígitos por mês?

d).   Assunto baseado na cegueira ou na curiosidade: Esse título de assunto tem praticamente uma habilidade mágica para fazer as pessoas abrirem o email. Afinal de contas se você mostra que têm um truque secreto para o sucesso, as pessoas vão querer saber o que é.

Despertar curiosidade é uma ferramenta poderosa para a técnica de redação que pode deslumbrar o seu público. Recentemente esse método levou a um aumento de 927% em clicks em uma página de preços.

Você mesmo já deve ter notado que blogs que prometem revelar “segredos” ou “truques”, geralmente obtêm muitos compartilhamentos e comentários.  Curiosidade guia seu email para uma maior taxa de abertura.

image20

Quando você fizer uso desse método escrevendo um título de assunto do seu email lembre-se de não revelar toda a informação no assunto.

Alguns de seus destinatários são preguiçosos, no momento que eles captarem a ideia por traz de seu email eles vão deletar e seguir em frente.

Por isso a dica para esse modelo é usar o assunto para provocar o seu destinatário. Aqui estão alguns exemplos típicos:

  • Menos________= Mais vendas
  • Porque ele pagou ao Facebook $37.973
  • 1.322.956 clicks grátis de…

Mais alguns exemplos direto da minha caixa de entrada:

image03

2).    Fazendo uso de símbolos Unicode e personalização: A Digital Marketer também fez uso de símbolos Unicode para aumentar sua personalização nos emails. As pessoas decidem se juntar a listas de emails não porque eles amam receber emails, mas porque eles sentem que podem se beneficiar com eles.

Dan Barrela da HubSpot perguntou aos seus leitores por que eles se inscreveram para receber certos boletins informativos e não outros. Ele descobriu que 38% dos que responderam a pesquisa se inscrevem quando sentem que vão receber emails relevantes para melhorar sua vida e/ou negócios. 

image12

Mas se os emails seguintes não são sucedidos em cativar com informações interessantes, dicas e serviços o destinatário inscrito simplesmente vai parar de abri-los.

E daí será preciso um esforço imenso para que você se prove relevante novamente e seu cliente volte a abrir os seus emails. A primeira impressão é crítica.

Para garantir que seus email se destaquem a Digital Marketer recomenda que você faça uso dos símbolos Unicode – emoticons, objetos, entre outros.

O Facebook e outras mídias sociais sabem bem o valor e o impacto dos símbolos Unicode na comunicação. Você pode clicar duas vezes e colar símbolos Unicode do Facebook em sua página na rede social – seus fãs vão adorar.

image31

Esses símbolos (algumas vezes chamados de glifos) vão acrescentar algo a mais ao assunto do seus emails. Pode parecer engraçado, mas o humor é uma das razões do conteúdo do email ser aberto pelos destinatários e até compartilhado.

image27

Richard fala que;

Você não deve exagerar com os símbolos em sua linha de assunto, mas não os ignore como uma ferramenta. Você pode encontrar símbolos grátis no site Unicode-table.com.

Personalização: De acordo com a Adobe, 60% dos profissionais de marketing tem dificuldades em personalizar o conteúdo em tempo real, mesmo assim 77% acredita que essa personalização em tempo real é crucial.

Para evitar qualquer um desses cenário personalize o seu título de email. Quando perguntados sobre o qual habilidade será a mais para o marketing no futuro um terços dos profissionais de marketing respondeu: “personalização”.

Dê uma olhada nesses dois títulos:

Você vai perder $3.000 em uma semana se…

e

Philip, você vai perder $3.000 em uma semana se…

A versão personalizada do assunto que contém o nome do destinatário, “Philip”, vai certamente obter uma melhor performance do que a frase genérica.

Nota: Para facilitar a personalização, fazendo-a mais efetiva e sistemática você deve pensar em maneiras para que durante a inscrição do cliente para o recebimento dos boletins informativos você consiga coletar o primeiro nome e o email, assim como a Marie Forleo fez:

image11

3. David Huffman impulsionou suas taxas de abertura em 15 – 20% com emails cheios de conteúdo

Muitas vezes no marketing as coisas que você pode não considerar como fenomenais vão oferecer a você um maior impacto e resultados.

É possível que o envio desses emails cheios de conteúdo realmente impulsionem as taxas de abertura para 15-20%? Pode até parecer improvável, mas aconteceu com David Huffman.

David é um webmaster de conteúdo para Deaconess Health System em Evansville, Indiana. Embora seu estudo de caso no Instituto de Marketing de Conteúdo seja um pouco ultrapassado porque existem melhores ferramentas na área de email marketing hoje em dia, o conceito não mudou.

image02

Como profissionais do marketing nós vemos o email como uma forma de nos conectar com os clientes e poder vender os nossos produtos ou serviços a eles. O consumidor por outro lado valoriza muito a sua caixa de entrada, pois é lá que a comunicação é construída com outras pessoas que ele possui relacionamento.

David usou uma técnica muito esperta para impulsionar sua taxa de abertura. Ele preparou um teste de 6 semanas com o email marketing para ver o que aconteceria. Durante esse período David e sua equipe armaram um teste A/B com seus títulos de email.

O objetivo era simples: alcançar novamente os “leads frios”. Ele queria construir um forte interesse em seus cliente e mostrar os benefícios de seu programa usando um conteúdo novo e melhorado, enviando a seus possíveis clientes as informações corretas que eles precisam para tomar a decisão de realizar a compra.

Especificamente, David queria que esses “leads frios” se inscrevessem em seu programa.

A métrica foi dividida em duas categorias:

  • Primária: número de pessoas que se inscreveram no programa (leads reconvertidos).
  • Secundária: taxa de cliques, a média de abertura, e descadastramentos.

Então como eles fizeram? Eles decidiram enviar um email útil por semana para seus assinantes por um período de seis semanas –  alternando entre um conteúdo não fechado (sem forma) e um conteúdo fechado com um forte call to action, como por exemplo: clique aqui para realizar o download eBook.

Seus resultados foram bem impressionantes:

  • A taxa de conversão no email de conteúdo fechado aumentou em 5% e 40 leads foram reconvertidos
  • 7 assinaturas geradas (equivalente a aproximadamente $100 mil de retorno sobre o investimento)
  • Zero destinatários retiraram a sua inscrição
  • A taxa daqueles que abriram os links do email aumentou em 3,5%
  • A taxa de abertura de email foi consistente. Dentro do prazo das seis semanas a taxa de abertura alcançou 15-20%, o que foram consistentes para os padrões da industria para o setor de educação.

David listou alguns aprendizados que ele teve a partir de sua pesquisa:

image32

4. Gregory Ciotti viu um aumento de 59% em sua taxa de abertura de emails apenas com um call to action

Quando você está escrevendo o assunto para um email tudo é crítico. Pontuação, letras maísculas, formatação, tudo pode influenciar os assinantes. Curiosamente o que parece senso comum não é sempre a melhor escolha.

Por exemplo, você deve oferecer 10% de desconto ou simplesmente dizer a seus inscritos que eles podem economizar $20?

Muitas pessoas acreditam que o maior valor percebido funciona melhor. Dependendo do preço um desconto de 10% pode funcionar melhor financeiramente, especialmente de quando o produto é um item com muitos zeros em sua etiqueta.

Mas os inscritos querem ter naquele instante o resultado da economia – por isso aqueles $20 podem parecer preferíveis para eles.

Aqui temos um infográfico sobre “o que fazer” e “o que não fazer” no assunto do seu email”:

image28

Entretanto o único jeito de ter certeza é testando e isso foi exatamente o que Gregory Ciotti fez.

Gregory Ciotti é um daqueles profissionais de marketing de conteúdo que não desistem ou dizem que está tudo acabado diante da dificuldade. Ele aumentou a  taxa de abertura dos boletins de informação da Sophistefunk para 59%.

Como? Sendo específico com um call to action. Baseando-se nessa simples tática o seu CTR aumentou dramaticamente, assim como seus assinantes no geral.

Se você quer que as pessoas tomem ações de compra quando recebem o seu email, você precisa incluir um call to action de alta conversão. O CTA é a porta de entrada para sua landing page, se você falhar ao incluir um botão ou link (o segundo é mais vantajoso), você estará perdendo possíveis vendas.

Aqui estão os resultados dos boletins informativos enviados por eles:

image08

A linha final é para testar o seus CTAs, não se contente com apenas um e espere ver taxas significativas de de abertura. Você deve continuar fazendo uso de testes A/B em todos os componentes da sua campanha de email.

Existem várias soluções ótimas de email marketing para fazer testes A/B. Informz usou testes A/B em seus títulos de assunto e aumentou sua taxa de abertura em 26%.

image06

Gregory seguiu unicamente uma regra de ouro: Apenas um call to action para cada envio de email.

Se você fizer isso, somado as outras dicas de como fazer email marketing, você vai definitivamente aumentar a sua taxa de abertura.

Conclusão

Quando falamos sobre como fazer email marketing e sobre criar uma experiência memorável para seus assinantes, existem alguns especialistas e estudos de caso que podem nos ensinar algo.

Mas o que verdadeiramente conta é o seu comprometimento. Seja em SEO, marketing de conteúdo, mídias sociais, marketing direto, publicidade paga ou email marketing (e eu recomendo que você faça tudo se você tem recursos, para que você tenha o máximo de impacto), decida que você não está nessa por causa do lucro rápido.

É claro que se a fortuna sorrir para você (e eu espero que aconteça neste ano), você vai começar a perceber resultados significativos vindos dos seus esforços.

Eu tenho certeza que você sabe o clichê sobre emails – “O dinheiro está na lista”. Bem eu estou aqui para ajustar essa frase e melhorá-la, “ O dinheiro não está na lista, mas no relacionamento que você constrói com as pessoas reais“.

Construa relacionamentos. Plante sementes que vão crescer como um sistema que vai ajudar o seu negócio a crescer. Não é mais apenas sobre mandar boletins informativos rápidos para seus assinantes ou agendar emails de acompanhamento para cada 30 dias, verdade seja dita, seus inscritos estão habituados a isso e estão cansados desse modelo.

Eles querem uma experiência com um toque pessoal vindo de alguém que verdadeiramente se importa com eles.

Eles sabem que o seu negócio é ganhar dinheiro (todos nós somos assim), mas dinheiro é só um subproduto da ajuda que você fornece a um determinado grupo de pessoas em um certo período de tempo.

De qual dos 4 exemplos de sucesso de como fazer email marketing você aprendeu mais? Compartilhe as suas melhores dicas para aumentar a sua taxa de abertura de emails.

Share