Experiência do Usuário: Como Inspirar Confiança Para Quem Visita Seu Site pela Primeira Vez

bait

Todo autor reconhecido ou blogueiro popular já visitou pela primeira vez o site de outra pessoa. Antes mesmo deles terem escrito seus primeiros posts de blog.

Os visitantes de primeira viagem do seu blog podem se tornar clientes, se você os ouvir. De fato, 62% das pessoas que responderam a uma pesquisa disseram que amam marcas que escutam suas perguntas e fornecem soluções para elas. Isso é trabalhar bem com a experiência do usuário!

Mas O Que É Experiência do Usuário?

Experiência do usuário se refere à resposta e percepção de uma pessoa diante do uso de algum produto ou serviço.

Então, como trabalhar com essa experiência do usuário, se conectar, inspirar e persuadir seus visitantes do blog para lerem o seu conteúdo e compartilhá-lo? O quê os convence a assinar a sua lista de email e comprar seus produtos ou serviços?

Você não pode negociar a confiança. Os clientes não compram das empresas – eles compram de pessoas em quem confiam.

Comece por construir uma comunidade online que gera confiança para você. A Pirâmide da Confiança ilustra como mostrar para seus leitores que você se preocupam com eles — e assim, fazê-los agir de acordo com o que você quer.

image23

Fazer “construção da confiança”, é uma das suas principais metas para este ano.

Tudo é importante quando se trata da experiência do usuário e da construção de confiança com seus leitores do blog, e isso é especialmente verdadeiro para os novos leitores. Coisas que você talvez não leve em consideração ou não dê importância, como um selo de qualidade, na verdade, ajuda muito certas pessoas tomarem uma decisão de compra…image49

Neste artigo, você vai aprender um processo simples de quatro etapas da experiência do usuário para inspirar confiança nas pessoas que visitam seu site pela primeira vez.

Faça download deste passo a passo para aumentar a capacidade de gerar confiança do seu site ou blog.

Experiência do Usuário Passo #1: Escreva com um Propósito

Você está escrevendo com um propósito? Você pode não ter pensado muito sobre isso, especialmente quando a sua principal preocupação é a geração de ideias de posts para blog que crescerão seu número de leitores.

Escrever com uma finalidade (propósito) ajuda você a acompanhar o seu progresso e fazer melhorias de acordo com suas análises. Quando você está movido pela paixão, é fácil de ser pago para fazer o que você ama, como diz Michael Hyatt.

image59

Se você escreve de forma consistente, você vai ganhar mais leitores e, com isso, melhorar a experiência do usuário. Ana Hoffman descobriu que uma vez que você escreve 21-54 posts em seu blog, o tráfego de visitas aumenta em até 30%. Então, depois que você aumentou o tráfego, o que vem a seguir?

Upworthy é um blog muito popular, que atrai milhões de leitores a cada mês. Ele usa títulos movidos pela curiosidade com a finalidade de obter mais ações sociais (curtidas, comentários e compartilhamentos). Como a quantidade de leitores do Upworthy aumentou, o mesmo aconteceu com a sua renda.

image11

O que você faz com esta comunidade em crescimento? Você tem uma estrutura ou funil para nutrir o seu público? Se você criar uma lista de email com 10.000 assinantes, como isso vai servir o seu negócio online?

Neste estudo de caso da Petovera, Matt Ackerson observa que Phil ganhou US $ 100.000 em seu primeiro ano de empresa. Ele tinha um propósito definido: capturar os endereços de email de seus visitantes e monetizar em cima da lista.

image28

Propósito é a razão para fazer algo. A razão pela qual a maioria das pessoas se casa não é porque são apaixonadas por crianças, mas porque se identificam com um parceiro que as entende e querem ficar com ele.

O mesmo acontece com um site ou blog.

Seu propósito pode ser:

  • Para se tornar seu próprio patrão (isto é, você sair do seu emprego atual)
  • Para construir uma comunidade, publicar um livro, e vender para aquela comunidade
  • Para promover o produto de outras pessoas como afiliado
  • Para construir sua marca pessoal e se tornar um palestrante reconhecido
  • Para atrair clientes com altos pagamentos
  • Para atrair clientes individuais que vão indicar o seu trabalho para outros
  • Ou algo completamente diferente

Nota: Encontre a paixão em escrever. A paixão faz você querer ser o melhor — se sobressair. Se você já começou um blog, você pode tornar-se melhor no que faz, aprendendo com outros blogueiros, lendo livros, participando de seminários ou workshops.

 

Acima de tudo, seja um autor apaixonado, e a paixão irá alimentar o seu propósito.

Defina o seu leitor ideal: Quando você está cheio de propósito e paixão em suas atividades diárias de escrever, é fácil definir o seu leitor ideal. Aqui estão algumas das perguntas que o ajudarão a identificar e definir os seus leitores:

i).   Imagine um leitor ideal – Aqui é onde você toma algumas decisões sobre a segmentação dos seus leitores para melhorar a experiência do usuário. Por exemplo, você quer “pessoas físicas” ou donos de empresas?

A abordagem para atrair cada grupo para seu blog será diferente, portanto pense bem sobre isso. Você não precisa de todo mundo em seu site. Você só precisa das pessoas certas.

image09

ii).   Quais palavras-chave eles estão procurando? Você precisa saber as palavras exatas que eles estão usando para procurar por conteúdo online. Em certo sentido, você quer ler a mente deles. Nossas palavras nos definem.

Ao conhecer as palavras-chave que o seu cliente ideal está digitando no Google, você estará muito à frente da maioria dos seus concorrentes.

image22

No exemplo acima, tentar encontrar pessoas interessadas em comprar um carro será um desperdício de tempo, porque sua taxa de conversão será muito baixa. Essas pessoas estão à procura de alugar um automóvel — e não COMPRAR. Concentre-se nas palavras-chave que o seu cliente ideal está procurando, e você vai acertar um “golaço”.

iii).   Onde as pessoas discutem assuntos relacionados ao seu tema e ao seu nicho? Em seu livro The Curve, Nicholas Lovell observou que existem milhões de clientes no mundo – e a maioria deles não vai pagar nada para o seu produto. Mas alguns vão.

Seu papel é o de concentrar-se nas pessoas que podem pagar alguma coisa, mesmo que seja apenas um pouco. Focar nos clientes que não podem ou não querem pagar alguma coisa é mau negócio. Conecte com o público certo e você vai dar um impulso no tráfego inicial do seu site e sua marca terá o necessário para prosperar.

Então, você precisa descobrir onde as pessoas naturalmente se reúnem online, e depois estar lá — você mesmo.

image33

Quando você descobrir as palavras-chave que seus clientes ideais usam, alinhe essas palavras-chave com a cultura dos sites de mídia social usados pelos seus clientes. Desta forma, seu conteúdo será relevante para eles.

image47

Relevância é a chave para a construção de um blog de sucesso. Antes de conseguir inspirar confiança nas pessoas que visitam seu blog pela primeira vez, descubra o que elas gostam (ou amam), saiba os lugares que elas frequentam, então use o seu conteúdo relevante e entregue as informações mais úteis para trazê-los ao seu site.

Não importa o seu nicho ou mercado que escolheu, o seu cliente ideal provavelmente está nas redes sociais (por exemplo, Facebook, Twitter, LinkedIn, Pinterest, etc.), fóruns de discussão online, e em seus próprios blogs.

image05

iv.)    Será que eles têm sites próprios ou trabalham para uma agência? Se você está lidando com clientes B2B, eles provavelmente têm seu próprio site ou blog.

Mas a maioria dos clientes B2C são funcionários de uma organização empresarial ou trabalham por conta própria, e a maioria não tem um blog próprio.

Aqui estão alguns exemplos de maneiras interessantes para definir o seu cliente ideal:

  • Uma pessoa que está interessada em aprender como adquirir leads e converter visitantes em clientes
  • Um empresário buscando aumentar a taxa de conversão do seu software
  • Um blogueiro novato que quer aprender a escrever artigos profundos que podem se tornar viral
  • Uma empresa que está pesquisando como construir uma marca forte e influência em mídias sociais

Nota: Enxergue seus clientes ideais como uma pessoa, e não como grupos de pessoas.

Quando você se conectar e começar a conversar com eles, nutrir de informações, de forma individual, como pessoas únicas, você vai falar a língua deles com mais naturalidade. Faça cada um deles sentir que você está conversando de forma individual e pessoal.

O blog da Help Scout atingiu 2.000.000 visitantes em 2014. Para crescer a quantidade de visitas do seu blog e reter os visitantes de primeira viagem, você tem que se concentrar em criar conteúdo útil. Dê uma olhada no conteúdo e design de alta qualidade do site Help Scout — é impressionante:

image00

Desenvolver uma proposição de venda única (USP – unique selling proposition): Os profissionais de marketing têm confiado por muito tempo no conceito USP. A proposição de venda única (ou USP = “unique selling propositon”) é a característica ou atributo que diferencia seu produto ou serviço de outros produtos similares no mercado.

Simplificando, seu USP ajuda você se destacar na multidão.

image38

Por exemplo, digamos que você vende software para criação de landing pages. Existem dezenas de outras ferramentas para criar landing pages que são rápidas, fáceis de usar e acessíveis. Então, qual é a sua vantagem no mercado?

Talvez o seu software forneça heatmaps (mapas de calor), para mostrar aos usuários, onde a maioria de seus visitantes estão clicando mais. Essa é a vantagem – o USP que irá melhorar e muito a experiência do usuário.

Susan L. Reid disponibilizou um processo de 5 passos para o desenvolvimento Unique Selling Proposition poderoso.

No livro Estratégia de Vendas Avançadas, Tara Jacobsen disse que “se você ou sua empresa não tem algo que se destaca ou torna especial, você vai cair no esquecimento e falhar como a maioria das empresas.”

Quando você criar um USP que cativa seu público-alvo, especialmente seus novos visitantes, você vai inspirá-los a compartilhar seus posts e confiar em você o suficiente para comprar o seu produto / serviço.
Um exemplo de um grande USP é a do Podcaster’s Paradise feito por John Lee Dumas. Veja a imagem abaixo:

image10

Outros cursos de podcasting e e-books lá fora, podem inspirá-lo a iniciar um podcast, ou mostrar-lhe como começar, mas John, na verdade, orienta o processo de fazer dinheiro com isso. Essa é a sua vantagem competitiva.

Qual é a diferença entre um slogan e um USP? Bem, Kumar Lang esclareceu a diferença principal: Um slogan não vende – ele chama atenção. O USP vende.

image17

Marie Forleo também tem um USP muito forte…

image16

Os visitantes que entram no seu site pela primeira vez ficariam bem animados em saber que o sucesso na vida não tem nada a ver com sorte ou talento, mas ao invés com “AÇÃO”.

Algumas sugestões para o desenvolvimento de seu USP:

  • Conheça os prós e contras de seu produto ou serviço
  • Entenda as dores de seu cliente ideal
  • Veja potencial nas pessoas que visitam seu site pela primeira vez

Ouça mais, e responda perguntas – Muitos blogueiros acreditam que conversam com seus clientes, mas a maioria não faz isso. Conversar = falar e ouvir. Se você só fala, você não está conversando com ninguém.

Construir um blog rentável requer um planejamento cuidadoso, mas também requer ouvir atentamente os leitores do blog. Eles vão dizer o que querem.

image44

Blogging não é uma via de mão única. É uma troca entre você e seus leitores.

Você precisa fazê-los felizes e resolver os seus problemas. De acordo com a Salesforce, “55% dos consumidores pagariam mais por uma experiência de serviço melhor.” Proporcionar um nível elevado de apoio/suporte é crucial se você quiser manter os clientes e leitores.

image60

O Encarta Dictionary define “escuta” como “o processo de fazer um esforço consciente para ouvir; prestando muita atenção naquilo que alguém tem a dizer”. Esta famosa citação ilustra a sua importância:

Nós temos dois ouvidos e uma boca, para que possamos ouvir duas vezes mais do que falamos – Epictetus

Quando você começar a ouvir seus leitores do blog, você vai descobrir maneiras de oferecer valor, em vez de preço. Você já não lutam para vender seu produto ou serviço, porque seu valor percebido vai exceder o preço.

Dicas simples para ajudar você a ouvir os seus clientes ideais:

  • Adicionar um opt-in-box para capturar e-mail dos leads
  • Enviar e-mails frequentemente para a sua lista de e-mails (de forma pessoal)
  • Pergunte quais os desafios que seus assinantes estão enfrentando
  • Use a ferramenta “Survey Monkey” para enviar questionários aos leitores
  • Use o feedback que receber para adaptar seu conteúdo e responder perguntas recebidas

Brian Dean usa estas táticas para transformar seus leitores em fãs leais.

image57

Quando você assina a lista de e-mails (newsletter) dele, você receberá este e-mail:

image53

Até agora, ele já enviou este e-mail para mais de 57 mil assinantes e já recebeu milhares de respostas. Ele então usa o feedback para criar posts em seu blog todos os dias. Esse é o poder de fazer perguntas abertas e ouvir respostas dos seus leitores.

image30

Esteja pronto para dar, dar e dar: Que presente super valioso você pode dar para o seu visitante de primeira viagem, a fim de estimular a leitura dos outros textos e fidelizá-los? Dedique uma parte do seu tempo para estas pessoas. Responda às suas perguntas. Coloque-se no lugar delas e sinta a sua dor.

Por que aproximadamente 10% de todos os presentes de Natal são trocados? Claramente, os presentes não foram o que os destinatários queriam. Mas também porque quem está dando o presente não está ouvindo, ou não conhece bem, quem está sendo presenteado.

Quando um presente não tem valor real para o destinatário e não é dado de coração, ele será rejeitado e devolvido.

Isto também serve para as pessoas que visitam seu site pela primeira vez. Então, como você pode dar um presente que eles vão se lembrar?

Escrever posts de alta qualidade irão desafiar seus leitores a retribuir de alguma forma — e agir de acordo com a sua vontade/orientação. Que tal dar de graça um ebook valioso, um curso online, relatórios curtos ou conselhos úteis. Acima de tudo, compreenda que os visitantes de primeira viagem são seres humanos, não personagens de jogos digitais.

Se você entregar um e-book de baixa qualidade para seus assinantes, eles não podem devolvê-lo, mas eles também não estarão propensos a voltar para o seu blog. E lembre-se, é preciso mais esforço e dinheiro para adquirir novos leitores do que manter os atuais.

Todos os seus leitores – visitantes de primeira viagem e aqueles que estiveram com você por meses – todos merecem o melhor. Existem milhares de outros blogs por aí, mas eles escolheram ler o seu. Faça valer a pena para eles.

Um caso interessante: Aweber é uma empresa de e-mail marketing com mais de 120 mil clientes pagantes em todo o mundo. Eles dão vários guias de ebook feitos sob medida para diferentes mercados. Em seguida, a Aweber faz com que seja fácil para os leitores desses guias se inscreverem para experimentar a ferramenta durante 30 dias (gratuitamente).

image46

Experiência do Usuário Passo #2: Compreenda a Mentalidade das Pessoas que Acessam seu Site Pela Primeira Vez

Lembre de quando você visitou pela primeira vez o blog de alguém. De acordo com Amitavac, “70% de percepção de marca do cliente é determinado pelas experiências com as pessoas.”

Em outras palavras, o que as outras pessoas têm dito sobre você (ou sobre seu blog) ajudam a criar uma impressão nas pessoas que estão alí pela primeira vez. É por isso que depoimentos, prova social, e cases de sucesso são elementos importantes em suas páginas.

image50

Outros elementos que você pode usar para dar uma grande primeira impressão são estudos de caso, resultados de testes científicos, demonstrações em vídeo, comentários de terceiros e etc. Um estudo da Forrester e Jupiter Research revelou que 77% dos clientes leem opiniões e análises antes de comprar um produto online.

O passo mais importante que você pode tomar é o de incentivar uma atitude amigável de aprendizado para o visitantes de primeira viagem. Deixe claro que você não tem todas as respostas ainda, mas você está disposto e é capaz de compartilhar o que você já sabe. Essa é a mentalidade de crescimento.

image56

Prova social é um driver de engajamento poderoso. As pessoas por trás do Conversion Rate Experts conquistaram uma boa quantidade de empresas multinacionais para seus negócios, principalmente porque eles já se provaram capazes.

image21

Por exemplo, Conversion Rate Experts gerou US$ 1 milhão para Moz e ajudou a aumentar a taxa de conversão da Voices em 25%. Os donos de empresas que estão buscando soluções para aumentar suas assinaturas de e-mail, geração de leads, ou impulsionar as vendas vão querer saber mais sobre eles.

No Quick Sprout, você vai perceber que eu sempre compartilho depoimentos de clientes para que os leads (clientes potenciais) vejam e fiquem com vontade de trabalhar comigo.

image34

Express Watches aumentou as vendas em 58,49% quando adicionaram um widget de comentários em suas páginas de produtos. Quando os clientes falam sobre seu produto, parece real e autêntico.

image08

Adicionar de imagens grandes de seus clientes também funciona. Se você conseguir que um leitor ou cliente envie uma foto grande para colocar na capa ou nas páginas internas do seu site, isso vai te ajudar construir engajamento e reter os visitantes que estão ali pela primeira vez.

Highrise aumentou seu número de assinantes pagantes em 102,5%, exibindo com destaque uma foto do cliente.

image32

Sua atenção e ponto de foco: o seus visitantes de primeira viagem têm uma pequena capacidade de atenção. Pode mesmo ser inferior a 8 segundos.

Coloque os elementos mais importantes do site na primeira parte visível da página. Faça a sua prova social, depoimentos, logotipos de clientes, análises, comentários de terceiros, título e seu formulário de captação de e-mails mais visível possível, de modo que seus novos visitantes possam vê-los em primeiro lugar.

Quando você coloca os elementos vitais de uma página de destino acima da dobra, você provavelmente vai aumentar a sua taxa de conversão.

image51

Quando digo “acima da dobra”, quero dizer na primeira parte visível da página, sem rolagem para baixo.

image45

Novo redesenho do blog do Chris Ducker ele demonstra perfeitamente este conceito. Os elementos mais importantes para cativar novos visitantes estão acima da dobra (por exemplo, opt-in box, proposição de valor (USP) e foto pessoal para fins de branding).

image06

Como os visitantes podem aprender coisas novas: O

Uma pesquisa constatou que os visitantes geralmente saem de um blog 10 a 20 segundos após entrarem na página. Blogs que oferecem alguma forma de educação ou formação tendem adquirir e reter mais leitores porque ensinar é uma excelente ferramenta de vendas.

É por isso que blogs educacionais que se concentram em ensinar seus usuários como fazer uma coisa particular ou atingir um resultado significativo estão prosperando.

Por exemplo: Copyblogger:

image20

Moz é outro exemplo. Seus vídeos Whiteboard Friday, onde Rand Fishkin ensina os usuários como se mover de onde eles estão em SEO para onde eles querem chegar, são extremamente úteis.

image01

As pessoas que visitam seu site pela primeira vez vão sair ao longo de uma curva de aprendizagem em forma de S. Esta fase inicial da curva é um início lento, seguido por uma aceleração acentuada, e terminando com um planalto.

image25

Não assuma que o seus visitantes são profissionais e que estão familiarizados com o que você está falando. É por isso que você deve estudá-los, bem como realizar uma auditoria competitiva para identificar exatamente o que outros blogueiros em seu setor estão fazendo para crescer.

Em seu blog, comece pela criação de uma página separada apenas para iniciantes e visitantes de primeira viagem. Naturalmente, a sua página “Sobre” é super importante. Mas ter um botão escrito “novo aqui?” Ou “Comece aqui” irá mostrar exatamente por onde começar e como navegar em suas páginas de blog.

Pat Flynn usa esta estratégia. Sua página “Comece aqui” foi criada pensando na experiência do usuário de primeira viagem.

image15

Além do Pat, vários outros blogueiros mundialmente reconhecidos como autoridade também usam páginas específicas para novos usuários. Empire Flippers tem um link “Comece aqui” claramente exibido em sua página inicial, o que leva a uma página que explica o site e mostra os passos a serem seguidos pelos iniciantes — enfim, como começar.

Mesmo blogs corporativos como Lead Pages usam o vídeo em sua página inicial para mostrar aos novos usuários como o software funciona.

Criar interesse usando dados e estatísticas: Os seus novos leitores vão confiar mais em você se você puder disponibilizar informações com estatísticas e dados.

Tim Ferriss exibe seus livros em sua homepage, acima da dobra. Além disso, ele menciona seus 300.000 assinantes de e-mail, encorajando novos visitantes se inscreverem também.

image02

Existem vários estudos, pesquisas e experiências on-line que você pode usar para pegar dados relacionados ao seu mercado. Não importa qual é o seu nicho. Uma simples busca no Google é tudo que você precisa para encontrar excelentes referências.

image13

Nota: Você pode já ter ouvido falar que estudos comprovam que usar “sliders” na página inicial diminui as taxas de conversão.

Isso pode ser verdade em alguns casos, mas o Grizzly Zoo aumentou sua conversão em 2095% deixando “sliders” e simplesmente personalizando a mensagem que o controle do slide continha.

Se as imagens do slider puderem aprimorar a experiência do usuário por meio da interação, o seu engajamento poderá aumentar. Um exemplo de uma ótima aparência de slide está na página inicial do site da Disney. As fotos são de alta qualidade, e os personagens são bem conhecidos pelos fãs da Disney.

 

image39

Experiência do Usuário Passo #3: Criar uma Comunidade em torno do Blog

Comunidade é tudo. Ações de mídia social de seus posts podem ser melhoradas quando envolvem sua comunidade.

image24

Se você quer inspirar seus novos leitores a confiar em você de coração e em seguida torná-los parte de sua tribo: envolva-os. A comunidade faz você sentir que o seu projeto vale a pena.

image27

Você pode se beneficiar de sua comunidade usando o e-mail: simplesmente peça para eles contribuírem para o seu próximo post, curso on-line, ou livro.

Danny Iny foi muito inteligente. Ele se relacionou com mais de 20 blogueiros e autores e praticamente todos contribuíram para o seu livro Engagement from Scratch. O livro gerou mais de 230 comentários de clientes na loja da Amazon.

Quando você investe tempo para construir e nutrir uma comunidade, você vai ter sucesso na construção de sua própria tribo – pessoas que confiam em você o suficiente irão contar aos outros sobre você e comprar seus produtos mais de uma vez.

Dave, fundador da Nerdfitness, construiu uma comunidade leal, e ele mostra isso pelo engajamento diário que ocorre em NerdFitness Rebellion.

 

image18

Construir uma comunidade também me ajudou a estabelecer uma marca forte online. De fato, em um post recente, pedi leitores para escolher uma entre três ideias sobre como gerar US $ 100.000 por mês no prazo de seis meses. Esse post gerou mais de 2.300 comentários.

image55

Uma comunidade envolvida tornou isso possível. Mas realmente leva muito tempo para construir uma comunidade como essa.

Você tem que ser consistente e apaixonado, e sempre ouvir seus leitores. Quando eles te fizerem uma pergunta, responda o mais rápido possível.

Aqui estão algumas dicas que podem ajudá-lo a construir uma comunidade em torno do seu blog/site:

1).   Comande a atenção com seus títulos: Escrever o título perfeito vai lhe dar uma vantagem sobre a blogosfera (universo de blogs). Não importa se a sua concorrência é feroz; uma vez que você pode criar um título cativante, metade do trabalho de construção da comunidade está feito.

Tenha em mente que as pessoas não têm que ler o seu artigo ou blog antes de partilhá-lo. Muitas vezes eles não vão ler seu texto, especialmente quando o título é cativante e parece compartilhável. Eles vão compartilhá-lo em primeiro lugar, em seguida, decidir se vão ou não a ler.

Em outras palavras, as pessoas frequentemente compartilham conteúdo com base apenas no título.

image19

Um título tem um único propósito: inspirar o leitor a ler a próxima linha.

Ted Nicholas, um renomado escritor disse justamente que “73% da decisão de compra é feita na leitura do título/manchete.” E eu concordo plenamente com isso.

image58

Que tipo de títulos que você deve escrever? Bem, não há nenhuma regra totalmente definitiva, mas certos estilos tendem a ter melhor desempenho do que outros.

No geral, os títulos que apelam para as emoções do leitor são mais propensos a serem clicados, do que uma palavra-chave genérica que agrada apenas a lógica e a razão.

image52

Nota: Se você quer mais ações sociais (comentários, curtidas e compartilhamentos), use um número específico em seu título. Isso é exatamente o que Moz descobriu quando realizou um teste.

image42

Então, como escrever títulos que atraem novos leitores?

Encontre um título popular no tópico que você quer falar, e faça melhor.

Vá ao Google e digite a palavra-chave – por exemplo, “seleção de nicho”.

image37

Os dois títulos acima são:

  • Como Simplificar o Processo de Seleção de Nicho
  • Seleção de Nicho – Como escolher direito um nicho

Agora, vamos criar títulos voltados para benefício que serão mais clicáveis do que os acima:

  • 7 passos para simplificar o processo de Seleção Nichos
  • Top 13 maneiras para simplificar o processo de Seleção Nichos
  • Seleção de Nichos: 25 maneiras inexploradas para escolher o nicho certo
  • 8 estratégias de seleção de nichos rentáveis segundo (nome de um especialista)

2).   Use design profissional e navegação clara: uma extensa pesquisa de SeeWhy revelou que 99% das pessoas não vão comprar em sua primeira visita.

image62

Eles precisam estabelecer um nível de confiança com você. Seu trabalho é torná-lo mais fácil para eles tomar a decisão de compra.

Novos leitores do blog não querem desorganização e distrações, como pop-ups e animações estranhas. Sim, não há como negar o fato de que popups podem aumentar a sua lista de emails, mas eles também podem atrapalhar a experiência do usuário.

O visual do seu site ou blog deve ser limpo, claro, e ter um propósito – para atrair as pessoas e fazê-los clicar em seu título, então cadastrar em sua lista e começar a conhecê-lo mais pessoalmente.

Passo # 1: Repense seu design – sob o ponto de vista do usuário, não seu. Crie um design que entregue para a comunidade um lugar onde ela possa passar um bom tempo e onde possa ser ouvida.

Groove conseguiu aumentar suas conversões em 100% repensando sua estratégia de design. Você deve projetar seu blog, não para a estética, mas para a conversão.

image61

Passo #2: Limpe sua barra lateral – Qual é a utilidade dessa quantidade de banners em sua barra lateral? Só coloque os banners relevantes lá, e livre-se do resto.

Eu descobri que você pode colocar seus materiais e textos mais valiosos para aumentar seus ranking de busca.

image14

Impactbnd aumentou as suas taxas de conversão através da remoção da barra lateral do blog. Eles tem 46,2% cliques e até 1.000 visualizações em seu guia.

image48

A psicologia das cores para seus visitantes novos: as pessoas são atraídas mais para certas cores do que para outras.

A psicologia das cores pode aumentar a sua taxa de conversão. Não importa qual é o seu nicho. Algumas cores desencadeiam confiança, enquanto outros inspiram confiança. Olhe para as classificações abaixo:

image54

Para seus leitores novos, as cores que você escolher para o seu logotipo, cabeçalho, títulos, imagens, links, e botões de ação irão encorajar ou desencorajar o engajamento.

Observe o design do e-mail da Pizza Hut. É colorido e reforça esse sentimento “fome” para o cliente:

image26

Para obter mais informações, consulte o excelente guia de Gregory Ciotti, a Psicologia das Cores no Marketing e Branding.

Não se esqueça de criar conteúdo para seus novos leitores também, porque é por isso que eles vieram. Mesmo que você utilize as cores mais apropriadas, se o conteúdo for uma porcaria, você vai falhar. O conteúdo é rei e eu não acho que isso vai mudar em breve.

Experiência do Usuário Passo #4:  Como Inspirar Confiança em Leitores Novos do Blog

As melhores e mais bonitas coisas do mundo não podem ser todacas – elas precisam ser sentidas pelo coração – Helen Keller.

Inspiração, confiança, respeito, profissionalismo – estas coisas não podem ser vistas ou tocadas, mas nós reconhecemos quando vemos ou sentimos.

inspiração precisa ser ativada para os seus leitores. Você pode inspirá-los a confiar em você. Mas a responsabilidade sobre isso é toda sua.

Eben Pagan me ensinou a inspirar outros a agir. Ele usa a mesma fórmula para criar, lançar e vender milhões de dólares em info-produtos.

A estratégia é conhecida como MIA e defende a Motivação, Informação, Ação.

i).   Motivação: Dê às pessoas uma razão para fazer algo. Por exemplo, as pessoas podem não querer investir em seu novo curso online. Talvez eles não precisam disso no momento, ou talvez eles estão muito ocupados com outras obrigações.

Mas você pode mudar essa atitude e incutir neles uma grande necessidade de comprar. Isso é marketing no seu melhor estado. Não, você não está enganando ou usando truques para conseguir seu objetivo. Você está apenas usando uma compreensão de seres humanos e como eles aprendem.

Você pode motivar os seus novos leitores a ficarem por aqui. Só é preciso honestidade combinado com alguma esperança e inspiração.

A página inicial do Wider Funnel’s me motiva muito. Eu não sei sobre você, mas cada vez que eu leio o seu subtítulo, eu quero testar e crescer meus leads e vendas. Dê uma olhada:

image29

A caixa de pop-up do site Lewis Howes pode ser intrusiva para algumas pessoas, mas a redação motiva os visitantes de primeira viagem. Veja você mesmo:

image07

Quem não gostaria de ganhar dinheiro enquanto dorme?

Ok… se divertir e fazer dinheiro são desejos universais. Todo mundo que eu já conheci até agora quer ambos.

Durante seu vídeo de treinamento há um tempo atrás, Eben Pagan disse, “não peça  para as pessoas se cadastrarem na sua lista de e-mails, nem mesmo tente vender nada, até que seus clientes estejam motivados.”

ii).   Informação: O “I” significa informação. Quando os usuários digitam uma frase-chave na pesquisa do Google, eles estão procurando informações. Mas também estamos vivendo na era da sobrecarga de informação.

Há bilhões de posts e artigos online, todos oferecendo algum tipo de informação. Mais de 1.500 blog posts são criados a cada 60 segundos. Está ficando insuportável.

image36

De acordo com a Harvard Business Review, “o custo da sobrecarga de informação para a economia é de US $ 20 bilhões por ano.” Mais de um quarto de nós estão prontos para despejar todos os nossos e-mails e começar de novo.

Science Daily revelou que “90% de todos os dados do mundo foram gerados ao longo dos últimos 2 anos.” Agora ficou mais fácil do que nunca criar informações e distribuí-las. Mas os usuários estão sofrendo. Eles estão pedindo ajuda.

Nesse tipo de mercado, você tem que se destacar. Escrever conteúdo de alta qualidade. Passe algum tempo pesquisando sobre o que deseja escrever e não saia publicando qualquer coisa. Verifique se o seu conteúdo é relevante para o seu público-alvo.

image40

Se possível, remodele o seu conteúdo para direciona-lo para as pessoas certas – e não pare de construir relacionamentos, porque isso é o que realmente importa quando o assunto é experiência do usuário.

Uma solução rápida: No momento em que você motivou seus novos leitores, dando-lhes uma razão para ficar no seu site e se relacionar com você, não os faça perder o tempo que estão com você. Vá em frente e resolva o problema deles. Não peça para eles fazerem mais nada. Não deixe que a sua motivação morra.

Um exemplo de um blog que deixa seus leitores na mão é o Search Engine Land. Em sua página inicial, você encontra muita informação na forma de posts e estatísticas.

image35

RyanAir aprimora a experiência do usuário ao dar para os seus clientes de primeira viagem excelentes informações. Não há nenhuma distração ou desordem. Você pode encontrar ou reserva o seu voo o mais rápido possível e até mesmo obter um desconto.

image03

iii).   Call to action: A peça final do quebra-cabeça MIA é uma chamada à ação. Algo tão simples como mudar o texto de um botão aumentou a taxa de conversão da 37signals em 200%. Call to actions são muito poderosos:

image41

Não deixe o seu visitante novo cansado ou desorientado. Depois de motivá-los a ler o seu blog, vá em frente e chame para a ação. Existem 11 maneiras de melhorar seus call to actions. Sempre teste e descubra o que funciona para você.

MatchOffice aumentou a sua taxa de conversão de 14,79%, simplesmente mudando o texto de um botão de “Solicitar Informações e Preços” para “Obter Informações e Preços.”

image12

Dicas para tornar seus botões call-to-action impressionantes:

a).   Seja claro com a sua mensagem: Se você quer que as pessoas se inscrevam, não use jargão ou tente ser inteligente. O Evernote é um exemplo perfeito de clareza:

image04

b).   Use as cores perfeitas: as cores que funcionam para mim podem não ser as melhores para você. Essa é a razão pela qual você deve testar algumas cores diferentes.

No entanto, certas cores tendem a atrair mais cliques. Por exemplo, SAP descobriu que a cor laranja converte muito bem. Quando implementada, a sua taxa de conversão subiu 32,5%.

No mesmo teste A/B, os profissionais da empresa chama da Performable descobriram que a cor vermelha era a combinação perfeita para o seu botão CTA. Consequentemente, eles aumentaram a sua taxa de conversão de 21%.

image31

Conclusão

De acordo com Marcus Sheridan, fundador do The Lion Sales, “Seu blog é uma ferramenta essencial de negócios para aprimorar a experiência do usuário e conectar-se com clientes potenciais.” Alguém pode visitar o seu blog hoje e se tornar seu maior cliente amanhã.

Tudo que você faz como um blogueiro ainda se resume em definir seu público, e olhar cada dia como uma oportunidade de colocar sorrisos em seus rostos. Veja o blog como um meio de tocar a vida das pessoas e tornar o mundo um lugar muito melhor.

Esse é o grande objetivo do marketing de conteúdo – alcançar as pessoas certas e satisfazer as suas necessidades de uma forma interessante. O marketing tradicional não faz isso.

Claro, você vai finalmente conseguir mais visitas para o seu blog, ganhar a vida, construir uma lista responsiva, e se conectar com grandes influenciadores, mas além disso, você vai conseguir resolver os problemas das pessoas.

Como você trabalha com a experiência do usuário e recebe os visitantes novos do seu blog? Se você tem uma estratégia ou dica específica, vá em frente e compartilhe nos comentários.

Share