Como Melhorar as Vendas Ecommerce Usando Facebook Ads

cart

Se você quer melhorar o sucesso da sua loja virtual e aumentar suas vendas ecommerce, você pode não saber por onde começar.

Há tantas táticas e estratégias que você pode implementar. Às vezes, isso pode parecer um pouco confuso.

O objetivo deste post é lhe dar algumas estratégias simples e comprovadas, que o ajudarão a crescer a sua loja virtual e aumentar suas vendas ecommerce.

Mais especificamente, nós iremos nos concentrar em como você pode usar o Facebook Ads, a fim de melhorar as suas vendas ecommerce.

Mesmo se você acha que sabe tudo o que há para saber sobre o Facebook Ads, dê uma chance a esse post – porque nós iremos falar de algumas coisas muito avançadas.

Até o final desse post, você terá um senso bastante afiado sobre como pode usar o Facebook Ads para gerar mais vendas ecommerce.

Vamos começar!

Implementar campanhas de retargeting (redirecionamento)

Você pode usar o retargeting para conduzir as pessoas de volta para a sua loja ecommerce, caso elas não tenham tomado nenhuma decisão de compra na primeira vez em que visitaram o site.

72% das pessoas que compram online têm a tendência de abandonarem seus carrinhos e ter uma campanha de retargeting no lugar pode, potencialmente, fazer com que muitas dessas pessoas completem suas compras.

Quando tiver uma loja online e quiser focar em vendas ecommerce, você pode usar o retargeting para atingir os seguintes pontos –

  • ‘Lembrar’ pessoas de um produto no qual elas estavam procurando
  • Promover upsells e cross-sells
  • Promover descontos em produtos em que pessoas provavelmente estarão interessadas
  • Promover categorias relacionadas de produtos (diferentes dos upsells e dos cross sells) –  se você estiver rodando uma loja de eletrônicos, você talvez queira promover uma geladeira ou um microondas, dependendo do que alguém já comprou
  • Promover para pessoas que estão utilizando um dispositivo móvel

Vamos dar uma olhada em como você pode configurar uma campanha de remarketing no Facebook.

Em primeiro lugar, você precisa instalar algo conhecido como um ‘Pixel do Facebook’ no seu site.

Você vai querer ter a certeza de que esse pixel está instalado em cada página de seu site. Isso lhe dá a liberdade de executar uma variedade de campanhas de retargeting.

Você pode configurar o Pixel do Facebook entrando no Gerenciador de Anúncios do Facebook e selecionando a opção Pixels.

image05

Então você vai ter a chance de criar seu Pixel do Facebook.

image19

Dê  um nome a seu Pixel e aceite os termos após a leitura.

image09

Então você será avisado de que o Pixel do Facebook está pronto. Você pode instalar o Pixel por conta própria ou pode enviá-lo para a sua equipe de suporte técnico.

image06

Se optar por instalar o pixel por conta própria, você será presenteado com o código.

image01

Nota: Você também pode acompanhar as conversões usando esse pixel. O acompanhamento de conversões irá ajudá-lo a monitorar quais ações estão sendo tomadas e por quem.

Aqui estão as conversões padrão que você pode acompanhar –

image18

Se quiser acompanhar as conversões, você precisa editar o código em relação à página em que irá colocá-lo. Os ajustes do código que você precisa fazer são mostrados na coluna do canto direita do gráfico acima – conhecido como ‘Standard event code’ (Código de evento padrão).

Você pode adicionar o código de conversão (e quaisquer ajustes) da seguinte maneira –

image10

Você também pode adicionar as suas próprias Conversões Personalizadas.

Você pode verificar se o seu Pixel está instalado corretamente, usando o plugin Pixel Helper para o Chrome.

image20

Em qualquer caso, ao instalar o Pixel, você pode configurar uma campanha de retargeting.

Para fazer isso, você precisa criar um Público Personalizado. Um Público Personalizado é um grupo de pessoas selecionadas, no qual você estará focando os seus anúncios direcionados.

Para começar, clique na opção ‘Públicos’ ou visite https://www.facebook.com/ads/manager/audiences/.

image22

Então, selecione a opção ‘Público Personalizado’.

image00

Escolha a opção ‘Tráfego do Site’.

image08

Então, você começa a definir o seu público-alvo personalizado. A informação que você colocar aqui vai determinar quem vê seus anúncios, com base nas ações que tomaram anteriormente.

image15

Então, se eu clicar na opção ‘Tráfego do Site’, posso escolher as seguintes opções:

image02

Se eu quiser executar uma campanha de retargeting simples que foi projetada para lembrar as pessoas de um produto que elas viram no meu site, posso escolher a opção ‘Pessoas que visitam páginas específicas da Internet’.

Então, eu posso rodar anúncios de retargeting com base em visitas feitas em páginas específicas da web.

Por exemplo, vamos supor que eu tenho uma loja de móveis e quero redirecionar as pessoas que procuraram por ‘mesas de carvalho’.

Eu posso digitar ‘mesas’ e ‘carvalho’ para garantir que os meus anúncios de retargeting serão mostrados apenas para as pessoas que procurarem por páginas relacionadas a mesas de carvalho.

image16

Se eu quiser redirecionar as pessoas que procuraram por ‘Mesas de carvalho’ e já visitaram a página de pagamento, mas que ainda precisam comprar, poderia configurar alguma ‘Combinação Personalizada’

image03

Aqui, eu configuro para que os anúncios sejam mostrados para as pessoas que procuraram por mesas de carvalho, e em seguida, foram para a página de pagamento. Eu também acrescentei uma condição para aqueles que visitam a página de agradecimento.

image07

A página de agradecimento representa o que as pessoas veem quando elas concluem a compra. Excluindo essas pessoas da sua audiência, eu garanto que elas não verão os mesmos anúncios, já que elas realizaram a ação desejada – concluíram uma compra.

Provavelmente, você vai querer adicionar uma condição para todas as suas campanhas, para se certificar de que as pessoas não vejam anúncios irrelevantes. A condição deve significar que a ação desejada tenha sido tomada.

A quantidade de tempo que você vai rodar uma campanha de retargeting irá depender da campanha em questão.

A campanha para ‘lembrar’ pode ser executada por 30-40 dias, mas um lembrete de check-out só precisa ser executado por aproximadamente 10 dias. Se as pessoas não compram após esse tempo, elas provavelmente nunca irão comprar.

Em todo caso, ao criar um público personalizado que atenda às suas necessidades, basta configurar uma campanha do jeito que você faria normalmente e selecionar o público-alvo personalizado que criou, ao ajustar a sua segmentação.

image23

Nota: Ao desenvolver seus anúncios criativos, certifique-se de que os seus anúncios sejam mostrados para as pessoas nas quais elas estão sendo redirecionadas.

Isso ajuda a dar um incentivo para as pessoas concluírem a transação.

Se você consegue gerar desejo e incentivar a ação, os seus esforços no retargeting serão recebidos de uma melhor forma pelas pessoas nas quais você está mostrando o anúncio.

O retargeting pode deixar uma má impressão quando feito de forma incorreta. Mas quando bem feito, muitas vezes pode ser bem-vindo.

A fim de conseguir isso, você vai precisar criar anúncios personalizados para as suas campanhas de retargeting, que são relevantes e agregam valor. O anúncio abaixo é um bom exemplo de como você pode querer fazer isso.

image13

Se você tem uma grande loja de ecommerce, também pode dar uma olhada em algo conhecido como ‘Anúncios Dinâmicos de Produto’.

Esse é um recurso onde o Facebook irá quase executar suas campanhas de retargeting para você, automaticamente.

Rodar Anúncios Dinâmicos de Produto irá exigir que você faça o upload dos feeds de produtos.

É um processo um pouco complexo que nós não entraremos em detalhes aqui, mas por enquanto, você pode descobrir mais aqui.

Fazer o uso de Públicos Semelhantes

Você também pode gerar mais vendas ecommerce segmentando seus anúncios para ‘Público Semelhante’

Público Semelhante são públicos criados pelo Facebook que compartilham semelhanças com o público existente que você já vem trabalhando.

Vale a pena conferir a opção de Público Semelhante, pois ele irá lhe fornecer a capacidade de direcionar seus anúncios com maior especificidade. O uso do Público Semelhante ajuda a eliminar as especulações que você pode ter com relação à audiência, na hora que estiver criando a segmentação de anúncios.

Isso tudo tem o potencial para produzir um melhor ROI de suas campanhas, porque os seus anúncios serão relevantes para as pessoas que estão vendo.

Se você quiser criar um ‘Público Semelhante’, vá até a seção de ‘Públicos’ novamente – https://www.facebook.com/ads/manager/audiences.

Desta vez, clique em ‘Público Semelhante’ depois de clicar em ‘Criar Público’.

image12

Você, então, pode colocar alguns parâmetros, de modo que o Facebook possa desenvolver um público semelhante que se assemelha a uma audiência existente.

image04

Ao criar o seu Público Semelhante, primeiro é preciso decidir o que você quer que sua campanha alcance.

Por exemplo, você quer fazer mais vendas de um determinado produto?

Então você precisa reunir uma ‘Audiência’ de pessoas que já compraram esse produto.

Ou, você quer fazer com que mais pessoas leiam um artigo em seu site?

Crie um Público Personalizado de pessoas que leram o artigo desejado e mostre ao Facebook quando desenvolver o Público Semelhante.

É importante notar que você também pode configurar um Público Personalizado usando uma lista de endereços de e-mail e números de telefone.

Você pode querer fazer o upload de dados, se você não quiser esperar pelo Facebook para construir uma audiência personalizada com base em futuros visitantes do seu site.

No entanto, sua capacidade de fazer isso depende dos dados que você já coletou.

Se quiser que seu Público Semelhante seja muito segmentado, você pode querer ter por base um certo ‘Pixel de Rastreamento de Conversão’.

Isso irá garantir que o Facebook tenha como alvo apenas as pessoas que estão propensas a tomar uma determinada ação em seu site.

Depois de selecionar o público de base no qual o Facebook vai trabalhar para desenvolver o Público Semelhante, você também precisa decidir a semelhança que o Público Semelhante deve ter.

Para começar, é bom manter o Tamanho do Público em 1, pois isso vai deixar a sua campanha segmentada.

Ao começar a obter resultados, você pode querer tentar um Tamanho do Público Semelhante de ‘1’, mas dentro de outro país. Isso poderia entregar cliques mais baratos, tornando a sua campanha mais rentável enquanto consegue manter um bom retorno.

Conte uma história da marca antes de promover as vendas

Muitos profissionais de marketing, muitas vezes estão em uma corrida para levar as pessoas a comprarem deles.

No entanto, apressar a venda pode levar a um número reduzido de vendas ecommerce.

No entanto, há uma outra maneira.

É uma maneira de destacar uma campanha de vendas, contando uma história.

Conhecida como uma campanha ‘call-to-action contínua’, contar uma história ao longo da duração de uma campanha publicitária tem  melhorado as conversões.

Não há dados para apoiar isso.

A Adaptly realizou uma pesquisa que rodou duas campanhas ao mesmo tempo.

Uma campanha focada somente em gerar assinaturas, desde o início.

A outra campanha contou uma história da marca com o uso de ‘anúncios sequenciados’, antes de fornecer anúncios que deram às pessoas uma chance para se inscreverem.

Ambos os anúncios foram segmentados, utilizando um Público Semelhante e foram exibidos dentro do feed de notícias.

A Adaptly descobriu que, ao mostrar anúncios de história sequenciados, eles foram capazes de aumentar as taxas de inscrição em 56%. Eles também descobriram que, usando os anúncios de história sequenciados, eles foram capazes de aumentar as visitas da página de destino em 87%.

image21

Como você pode ver no gráfico acima, esse também é o caso em que quanto mais anúncios de história sequenciados as pessoas veem, maior as chances delas converterem.

Portanto, ao executar uma campanha por conta própria, considere contar a história da sua marca antes de pedir às pessoas para comprarem algo de você.

Ao fazer isso, você pode construir a confiança e também uma reputação. Isso ajudará a aumentar a receptividade das pessoas que estão expostas a seus anúncios e querem realizar uma venda.

Se não tem certeza de como contar a história da sua marca, você poderia considerar as seguintes abordagens –

  • Mostrar como o produto é feito
  • Discutir como a ideia do produto foi descoberta
  • Entrevistar pessoas que fazem o produto
  • Mostrar a fábrica/onde o produto está sendo feito

Algumas das maiores marcas fazem dessa maneira. Veja a imagem abaixo, que vem da Rolls Royce.

image11

Ao rodar esses tipos de campanhas, você pode usar a Opção de Anúncios em Vídeo, no Facebook, para garantir que suas campanhas obtenham o tipo de exposição que eles precisam.

Anunciar no Instagram

Você também pode se interessar em publicidade no Instagram. A maioria das lojas com foco em vendas ecommerce acha que a sua capacidade de vender determinados produtos depende do quão bom é o visual que o produto tem.

Como resultado disso, uma grande quantidade de esforço é na criação de imagens de alta qualidade, que fazem com que o produto tenha um bom aspecto visual.

Se você tiver imagens de alta qualidade, há uma boa chance de seu produto ter um bom desempenho no Instagram – uma plataforma que contém muitas imagens.

Você pode tirar proveito dos recursos de segmentação que o Facebook oferece, e também garantir que seus visuais atraentes serão mostrados para as pessoas certas.

A Happily Unmarried conseguiu aumentar as vendas ecommerce mensais em 12X, anunciando no Instagram.

image17

Graças aos recursos visuais que exibiram o produto de forma clara, de maneira que ele atingisse o público-alvo de 18-35 anos de idade do sexo masculino, a empresa desenvolveu uma campanha publicitária no Instagram que obteve um engajamento significativo.

Aqui está outro exemplo de uma empresa chamada T.M Lewin:

image14

A marca tem mais de 100 anos, mas isso não os impediu de alcançar o sucesso com a plataforma social moderna.

Mais uma vez, graças aos recursos visuais claros que conseguiram impactar o público-alvo, T. M Lewin conseguiu obter sucesso com o Instagram.

Na verdade, graças ao Instagram Ads, eles conseguiram alcançar uma redução em 9x no seu custo por aquisição.

Eles também fizeram o uso de um recurso, conhecido como Carousel Ads, que fez com que eles mostrassem várias imagens em um único anúncio.

Conclusão

Anúncios no Facebook podem fazem o seu negócio de vendas ecommerce crescer rapidamente – se você souber como usá-los.

Já vimos uma série de táticas avançadas que você pode usar para impulsionar as vendas ecommerce de sua loja. Retargeting, contar uma história da marca antes de pedir uma venda e a utilização do Público Semelhante são os exemplos que eu mencionei.

O bom do Facebook Ads é que você não tem que fazer muita coisa complicada ao criar uma campanha.

Gaste 10 reais por dia ou mais, e você definitivamente vai começar a ver como você pode usar a plataforma para beneficiar as suas vendas ecommerce.

Comece agora e veja o que é possível.

Boa sorte!

Você tem alguma dica de crescimento das vendas ecommerce usando o Facebook Ads para compartilhar? 

Share