Como Proteger Seu Site das Penalidades do Google

hang

Imagine como você ficaria perplexo se abrisse o seu painel do Google Analytics amanhã e descobrisse que seu tráfego está morto?

Embora esse cenário possa parecer não muito comum, isso pode acontecer se seu site for punido com uma penalidade do Google.

Todo mundo teme as penalidades do Google.

Tenho certeza de que você também.

Se você acha que as penalidades do Google só acontecem quando o Google muda seu algoritmo, está enganado.

Mesmo agora, enquanto você lê este artigo, muitos sites podem estar enfrentando algumas das penalidades do Google, embora não haja importante atualização algorítmica no momento.

Por quê?

Principalmente por causa das seguintes práticas de spam, como a compra de links, conteúdo copiado de outros sites, oferta de conteúdo de baixa qualidade, etc.

Por exemplo, você se lembra da famosa penalidade do Google contra a JC Penney? Quando o Google descobriu que a loja virtual JC Penney se envolveu em práticas de blackhat SEO, como a compra de links, ele tomou medidas contra o site e, como resultado, a JC Penney perdeu sua posição no topo das páginas de resultados do Google.

Verificou-se que centenas de sites estavam apontando para o site da JC Penney para milhares de palavras-chave altamente segmentadas. Na maioria das vezes os links eram irrelevantes e, quase sempre, os backlinks tinham pouco a ver com o segmento de roupas.

Esse foi um caso claro de manipulação do algoritmo do Google.

Em outro exemplo de uma penalidade manual, o Google penalizou uma rede de link popular chamado MyBlogGuest.com.

Como resultado da penalidade do Google, o MyBlogGuest foi retirado dos resultados orgânicos para as palavras-chave da sua marca. Os reflexos dessa penalidade também atingiram os sites que estavam envolvidos nas trocas de links por meio dessa plataforma.

Nem todas as penalidades do Google são resultado de práticas potenciais de spam. Às vezes, elas podem surgir devido a uma negligência.

Poderia ser porque você não monitora os backlinks para o seu site e assim o Google seleciona seu site devido aos links com spam direcionados para ele. Ela também poderia acontecer como resultado de SEO negativo (quando os seus concorrentes selecionam você).

Baixe este pequeno guia para aprender cerca de 9 coisas que você pode fazer para proteger seu site das penalidades do Google.

Antes de vermos as diferentes maneiras de proteger seu site das penalidades do Google, vamos primeiro ver os diferentes tipos de penalidades.

Tipos de penalidades do Google

Tipo #1: Penalidades manuais ou ações de SPAM

Enquanto a maioria das penalidades do Google pode ser imposta de forma automatizada, existem algumas penalidades que são impostas pelas pessoas que trabalham no Google.

Quando uma penalidade manual do Google atinge o seu site, você recebe um alerta em seu painel webmaster. Você pode procurar por alertas dentro da guia Ações Manuais, embaixo do >Pesquisa do Tráfego.

image02

Você também receberá um alerta de e-mail.

Tipo #2: Penalidades algorítmicas

As penalidades algorítmicas ocorrem quando o Google lança atualizações de algoritmo. E, isso acontece constantemente. Como os algoritmos do Google estão trabalhando o tempo todo, os sites que violam as diretrizes do Google continuam sendo penalizados.

As penalidades algorítmicas são difíceis de identificar porque, ao contrário de uma penalidade manual, você não recebe um alerta de e-mail sobre elas. A única maneira de saber é acompanhando o seu tráfego. Se você perceber que seu tráfego caiu de repente, talvez seja por causa de uma penalidade algorítmica.

Agora que você tem uma boa ideia de como as penalidades do Google acontecem, vamos estudar algumas maneiras de proteger seu site.

Monitore seu perfil de link

O Google procura pelos seguintes tipos de construção de links/compra/práticas de troca como spam:

  • Compra e venda de links
  • Trocas de links
  • Campanhas massivas de guest posting (visando determinados textos-âncora)
  • Submissões de artigo
  • Postagem de comentários/fórum (excessiva/com spam)

Essas campanhas de construção de backlinks geram links com aparência não natural, algo que os robôs do Google identificam facilmente. Se o seu site for pego executando tais práticas de construção de backhat link, o Google certamente irá penalizá-lo.

Além do que foi falado acima, também é importante que os sites que criam links para o seu site estejam perfeitamente relacionados ao seu nicho. Por exemplo, se você tem uma loja de joias personalizadas, você não pode ter um petshop linkando para ela.

O caso da penalidade do Google contra a JC Penney que mencionei acima é um exemplo clássico de links não naturais de sites que não tinham nenhuma ligação com o segmento de roupa e que geravam links para o site da JC Penney.

Expedia, uma agência de viagens online, perdeu 25% da visibilidade de busca quando enfrentou uma penalidade do Google devido a links comprados.

Ela teria se envolvido na compra de links que tinham pouca ligação com o seu produto. Aparentemente, o caso de Expedia foi uma clara tentativa de manipular os motores de busca.

Ao analisar o impacto da atualização do Pinguim, logo após ser lançada, a Análise Pinguim do microsite Masters.com estabeleceu que:

“Sites que sofreram penalidades do Google geralmente tiveram poucos links provenientes de domínios e sites no mesmo nicho.”

image00

A construção de backlinks é de fato sua mais importante atividade de SEO. Você tem que construir os links para construir a autoridade local do seu site, para melhorar o SEO e direcionar o tráfego para ele. No entanto, procure por formas orgânicas de obter backlinks.

Crie conteúdo que outros sites queiram criar links para ele. Conteúdo de qualidade é o meio mais eficaz de construção de uma rica rede de link.

Se você tem medo que seu site tenha backlinks não naturais, encontre e corrija-os.

Combata SEO Negativo

Seus concorrentes podem prejudicar o seu SEO e podem até fazer com que seu site sofra penalidades do Google, fazendo o SEO negativo em seu site. A prática mais comum em SEO negativo é fazer com que uma série de sites de spam apontem para o seu site.

Se o Google encontrar sites de spam com links para o seu site, ele pode achar que seu site é de baixa qualidade.

Então, se você observar sites de spam com links direcionados para o seu, recuse esses links. Crie um arquivo de texto simples, com todos os links de spam recebidos e, em seguida, carregue-os usando a ferramenta do Google ‘rejeitar links.

Combater SEO negativé um passo obrigatório para proteger seu site das penalidades do Google.

Ofereça conteúdo rico, útil e exclusivo

O Google considera os seguintes tipos de conteúdo como pobre ou fraco::

  • Conteúdo gerado automaticamente
  • Páginas de afiliados fraca
  • Conteúdo de outras fontes. Por exemplo: Conteúdo roubado ou guest post de baixa qualidade
  • Doorway pages

Se você oferecer qualquer um desses conteúdos em seu site, você pode estar sujeito à penalidades do Google.

Além disso, enquanto o Google não tem uma penalidade para conteúdo duplicado, ele espera que os sites ofereçam conteúdo exclusivo.

Não utilize textos-âncora específicos

Textos-âncora são palavras ou frases que você usa para criar links para um site. Sendo o  texto-âncora de um link uma métrica importante que diz ao Google sobre um link, blackhat SEOs começaram a abusar dela para segmentar palavras-chave específicas.

Para lidar com tais spams de texto-âncora, o Google detecta e penaliza os casos suspeitos de hipersegmentação de texto-âncora.

O Google diz:

Links com texto-âncora otimizado em artigos ou comunicados de imprensa se difundem por outros sites. Por exemplo:

Existem muitos anéis de casamento no mercado. Se você quiser se casar, terá que escolher o melhor anel. Você também precisará comprar flores e um vestido de noiva.

Brian Dean de Backlinko também destaca essa negligência. Ele sugere:

“Fique Esperto Com Textos-Âncora: Use texto-âncora de sua marca, domínio e nome de webmaster com mais frequência.”

Para criar backlink para o seu próprio site, Brian usa uma boa mistura de textos-âncora:

  • Marca: Backlinko (14%)
  • Domínio: Backlinko.com (17%)
  • Name do webmaster: Brian Dean

image05

Além disso, Moz sugere que 17% dos seus textos-âncora devam ser os termos da sua marca.

image01

Já que o SEO é um ingrediente de marca essencial, faz sentido usar conscientemente textos-âncora baseados na marca. Isso não só vai ajudar a rankear as palavras-chave da sua marca, mas também ajudará a ganhar uma maior exposição para ela.

Mas, novamente, não exagere ou o Google pode detectar algo suspeito.

Guest post com cautela

Guest posting não está morto – é uma ótima maneira de construir backlinks para fortalecer o SEO do seu site, bem como para obter tráfego. No entanto, pratique guest posting com cautela. Isso é, escolha alvos de guest post relevantes e use textos-âncora naturais pertinentes.

Além disso, quando você tentar construir o seu perfil de link, não aponte para muitos backlinks em um espaço de tempo muito curto. Tal construção rápida de link poderá ser percebida como antinatural e pode desencadear penalidades do Google.

Quando o Google penalizou o site inteiro do SEO Doc Sheldon por causa de um único guest post, ele escreveu uma carta aberta criticando a penalidade manual. O Google penalizou o site por usar um texto-âncora rico em palavra-chave “de dados hispânicos”, utilizado para criar links para o guest post.

Aqui está o tweet de Matt Cutt explicando a penalidade:

image04

Você pode achar injusto, mas o fato é que você NÃO PODE ignorar o Google. Quando praticar guest posting, escolha frases corretas e naturais para criar links para o seu site. Se você usar o texto-âncora que soa muito vago ou desconectado com o nicho do seu site, o Google pode penalizá-lo.

Não faça os usuários rolarem demais a tela para obter o conteúdo

Com seu algoritmo “Layout de Página”, o Google deixou claro que espera que os sites ofereçam conteúdo relevante imediato para os usuários.

Sobre o algoritmo Layout da Página, o Google declarou:

“Nós ouvimos reclamações de usuários que se eles clicam em um resultado e é difícil encontrar o conteúdo real, eles não ficam felizes com a experiência. Em vez de rolar a página para baixo passando por uma série de anúncios, os usuários querem ver o conteúdo imediatamente.”

O Google penalizará o seu site se mostrar um monte de anúncios dentro de sua área acima da dobra. Se a área acima da dobra do seu site estiver cheia de anúncios – considere redesenhá-la para mover o conteúdo para o topo. Ao fazer isso, você vai ser capaz de oferecer conteúdo imediato e sem a necessidade de seus usuários rolarem a tela para alcançá-lo.

Cuidado com os hackers 

Seu site pode ser penalizado pelo Google se for hackeado. Existem muitos exemplos de sites que foram penalizados por causa disso.

Uma universidade online chamada Christian Leadership University Online sofreu penalidades do Google quando foi hackeada. Os Hackers criaram muitos backlinks com spam para o site e, assim, desencadearam penalidades do Google. Dos 5054 links examined, 600 foram marcados como spam.

Como resultado da penalidade manual, o tráfego da CLU caiu drasticamente:

image03

Foi só depois que a CLU iniciou o processo de remoção de ação manual, que a penalidade foi revogada.

Em outro caso, um site foi completamente exterminado do índice do Google porque foi  hackeado. Nesse caso, os hackers empregaram métodos de camuflagem e fizeram o site enfrentar uma penalidade manual do Google. Enquanto o proprietário removia o código malicioso em questões de horas, o site permaneceu penalizado.

O que vale a pena citar sobre isso é que o Google pode encontrar e sinalizar (e penalizar) o site, embora o código malicioso tenha permanecido no local por cerca de 3 horas apenas. O Google revogou a penalidade manual, mas todos nós sabemos que não há reparo instantâneo após as penalidades do Google serem aplicadas!

Ser hackeado é o pior motivo para ser penalizado pelo Google, porque verdadeiramente não é sua culpa. A melhor solução é proteger melhor seu site e evitar essas penalidades.

Remova SPAM gerado pelo usuário

É verdade que o conteúdo gerado pelo usuário pode ser o seu conteúdo mais valioso. No entanto, o mesmo conteúdo pode causar penalidades do Google, se apresentar características de spam.

O Google penalizou o Mozilla quando encontrou conteúdo spam gerado pelo usuário no site do Mozilla.

Em seu alerta de penalidade, o Google escreveu:

O Google detectou spam gerado pelo usuário em seu site. Normalmente, esse tipo de spam é encontrado em páginas de fóruns, páginas de livro de visitas ou nos perfis de usuário.

Como resultado, o Google realizou uma ação de spam manual para o seu site.

Para proteger razoavelmente seu site das penalidades do Google devido ao conteúdo gerado pelo usuário, use a tag “nofollow”. A tag nofollow dirá aos motores de busca que você não quer que esses links gerados pelo usuário tenham validade.

Submeter pedido de reconsideração

O Google recomenda o envio de pedidos de reconsideração, no caso de penalidades manuais. Você pode encontrar as instruções passo a passo para se recuperar das penalidades do Google aqui.

Ao perceber que seu site enfrentou uma penalidade algorítmica, você deve trabalhar as áreas problemáticas e ser paciente. Como os algoritmos estão sempre em constante atualização, seu site será reavaliado e então poderá retomar a sua posição e tráfego, desde que a pena seja revogada.

Conclusão

Eu admito que enfrentar penalidades do Google pode ser assustador, mas você não deve viver com medo das penalidades do Google. O Google só vai atrás de sites que tentam manipular os rankings nos motores de busca.

A menos que você concorde com tais práticas ou ignore as sugestões simples que fiz nesse artigo, é muito improvável que você enfrente alguma das penalidades do Google. Além disso, mesmo que você venha a enfrentar, você sempre pode resolver os problemas e solicitar que o Google reavalie seu site.

Você já enfrentou penalidades do Google? E o que fez para se proteger dela? Compartilhe suas experiências nos comentários!

Share