Como Usar a Ciência Para Aumentar o Número de Leitores no Blog

baby reading

O que faz as pessoas lerem conteúdos online?

Se você quer que seu blog tenha visualizações constantes e quer aumentar o número de leitores no blog, então você precisa conseguir pessoas interessadas no seu conteúdo. Porque, infelizmente bom conteúdo sem audiência é um sinal negativo para as pessoas e para os mecanismos de busca.

Numa recente pesquisa sobre leitura em aparelhos eletrônicos, 15% das pessoas disseram que os prazeres de poder escapar da realidade e curtir o momento são os maiores motivos que os levam a ler um conteúdo digital. Mais de 20% disseram que seu amor por saber de novas informações é a justificativa.

Ninguém argumenta seriamente contra a ideia de que ler é importante. Estudos recentes demonstraram que a leitura estimula o cérebro, diminuindo o progresso (ou possivelmente até prevenindo) do Mal de Alzheimer e da demência.

Quer aumentar o número de leitores no blog? Então este guia de “como fazer” é para você.

Em geral, os leitores preferem temas como saúde física, empatia e saúde mental.

image17

Criar conteúdo é a parte fácil. Conseguir pessoas para ler e compartilhar é um assunto totalmente diferente.

Seu objetivo como blogueiro é fazer com que seus posts sejam lidos e não resolver problemas. Esse é o benefício que as pessoas adquirem ao ler seu conteúdo.

No texto Quais as Consequências da Leitura Para a Nossa Mente, os autores Anne E. Cunningham e Keith E. Stanovich notaram que leitores assíduos tendem a apresentar melhor conhecimento de como as coisas funcionam e quem as pessoas são. Consistência na leitura leva ao ganho intelectual e acadêmico.

Vamos primeiro analisar os benefícios da leitura (baseados em pesquisa)…

1. A prova científica de que a leitura melhora a memória

A ciência prova que a leitura ajuda a preservar a sua memória. De acordo com pesquisadores de um estudo, “a queda no poder do cérebro é reduzida em 32% com atividade mental frequente numa idade mais avançada.”

O que nos motiva a continuar aprendendo novas formas de fazer nossas atividades, mesmo após a educação formal estar completa?

A natureza humana é incentivada a procurar a melhoria contínua em todos os aspectos. Pessoas leem livros e buscam outras fontes de informação porque buscam a melhoria de sua memória e consequentemente mais conhecimento.

E não são apenas livros de não ficção que trazem benefícios aos leitores. De acordo com a Psycology Today, ler ficção pode remodelar o cérebro também.

E, outro estudo feito pela Universidade de Emory, intitulado “Efeitos a curto e longo prazo de uma leitura conectada ao seu cérebro”, mostra como a leitura melhora a empatia e a visualização.

image09

Ler conteúdo online é uma das formas que ativam as partes do cérebro responsáveis por sons e imagens.

Quando uma pessoa lê conteúdo online, “partes do cérebro que envolvem outras funções – tais como visão, linguagem e aprendizado associativo – conectam um circuito neural específico para leitura, o que é muito desafiador” comenta Ken Pugh, PhD, presidente e diretor de pesquisa dos laboratórios Haskins.

Mesmo a mídia visual contribuiu para o aprendizado, especialmente online, a leitura é considerada uma habilidade importante, porque melhora a concentração e alivia o estresse. E, ler livros também pode abrir sua mente.

image28

2. A leitura faz de você um escritor melhor

Posso ser franco nesse assunto? Se você não tem tempo para ler, você não tem tempo (ou meios) para escrever. Simples assim. – Stephen King

Quer ser um escritor melhor? Então, leia mais. Ponto!

É uma fórmula muito simples, mas que funciona.

Na última carta endereçada a sua filha enquanto ainda estava dentro da prisão, antes de ser executada pelo regime Comunista, Milada Horáková se esforçou em ler “tudo o que tinha valor”:

Houve um tempo em minha vida em que li vorazmente, e então novamente em momentos em que o trabalho não me permitia ter um único livro em minhas mãos, além da literatura profissional. Isso é uma pena. Recentemente li muito, até mesmo livros que provavelmente não me interessariam aqui fora, mas é uma grande tarefa ler tudo o que tem valor, ou pelo menos uma boa parte disso.

E como Paul Graham corretamente declarou:

Escrever não só comunica ideias; as cria.

Então, mergulhe nos livros, leia e escreva o quanto puder e veja as ideias fluírem!

Richard Brandson e Stephen King são apenas dois dos famosos autores que enchem as prateleiras das livrarias. Eles sabem que não ler é equivalente a falhar, então leem todo o tempo.

image32

Ler sobre diferentes assuntos diferencia escritores de sucesso dos que lutam para ser um. Não importa quanta expertise você ganhou em seu segmento, se você não é um leitor apaixonado, você sempre encontrará bloqueios como escritor – um fenômeno que mantém você preso, procurando e provavelmente lutando pela forma certa de transmitir sua mensagem.

Ler te ajuda a apreciar o melhor das palavras. Enquanto você lê, anote ideias e pensamentos conforme eles apareçam. Você verá que essas notas podem te ajudar depois, quando começar a escrever.

E necessário sempre finalizar o que você começa a ler? Eu acho que não. Aqui estão três pensamentos de Jeff Goins:

image34

Leia sobre tudo, se é relevante ao seu negócio ou não, online ou impresso. Leia sobre qualquer assunto.

image35

3. A leitura reduz o estresse

Muitas atividades diárias nos causam desnecessário e potencialmente prejudicial estresse. Leitura não é uma delas!

Na verdade, é o contrário. Então, como exatamente a leitura nos ajuda a aliviar o estresse?

image19

Psicólogos acreditam que quando a mente está focada na leitura, o corpo responde com o relaxamento profundo das tensões que mantemos em nossos músculos.

Isso é impressionante!

Essa é a prova de que a leitura é um poderoso inimigo do estresse. O instituto Internacional Mindlab conduziu uma pesquisa dentro de um grupo de voluntários na Universidade de Sussex.

image31

As variações dos níveis de estresse dos voluntários e seus batimentos cardíacos aumentavam conforme o grau de dificuldade dos exercícios e com a aplicação dos testes, depois disso os voluntários foram submetidos a uma variedade de métodos tradicionais de relaxamento para determinar qual método produz o melhor resultado.

Um dos métodos aplicados foi a leitura. Os voluntários receberam um livro ou outro meio de acesso ao conteúdo disponível e silenciosamente durante 6 minutos os batimentos cardíacos e a tensão em seus músculos foi reduzida.

Os pesquisadores descobriram que o nível de estresse reduziu drasticamente durante este curto período de exercício. Na verdade, a leitura obteve o melhor resultado entre os métodos aplicados, diminuindo o nível de estresse em 68%, de acordo com o neuropsicólogo cognitivo Dr. David Lewis.

Agora que já sabemos por que as pessoas leem conteúdo online, vamos ver como você pode utilizar esse conhecimento para aumentar o número de leitores no blog.

Como Aumentar o Número de Leitores no Blog?

Se você leu até esse ponto, então você já sabe que as pesquisas foram baseadas nas razões pelas quais lemos conteúdo online. Entretanto, nada mudará no seu blog até que você aprenda como implementar essas dicas dentro dos seus próprios posts.

Você não quer produzir algo que ninguém lê. Por isso é tão importante entender por que as pessoas leem em primeiro lugar.

Felizmente, você pode aumentar o número de leituras do seu blog com apenas algumas técnicas e pequenos ajustes no conteúdo. Você já está familiarizado com algumas delas, eu tenho certeza, mas quão consistente você é?

1. Títulos Cativantes e Direcionados a Benefícios

Quer você os chame de títulos ou chamadas, estamos nos referindo a mesma coisa, enquanto estivermos falando de conteúdo.

Não é mais novidade que o título é a chave que leva os leitores ao seu conteúdo. Na verdade, antes de ler um jornal ou revista, você primeiro olha rapidamente a capa (ou primeira página) e logo em seguida os títulos.

De acordo com Brian Clark,

Entre 8 a 10 pessoas leem o título antes de decidir se o conteúdo vale ou não o seu tempo.

Se isso é verdade, então significa que você deve prestar muita atenção nos seus títulos.

Não importa quão poderosa e rentável seja sua ideia. Se você não é capaz de comunicá-la, começando pelo título, então você está beirando a falência.

Um título pobre fará o seu artigo invisível, comenta Brian.

image00

O título é o primeiro e mais poderoso elemento no seu post. Não o menospreze ou pense que ninguém se importa com ele.

Faça um experimento. Na próxima vez que ler um post em qualquer blog, faça a si mesmo esta pergunta: “O que me atraiu neste título em primeiro lugar?”

Quanto mais específica for sua resposta, melhor será o seu próximo título. Isso lhe proporcionará a oportunidade de criar um título mais poderoso, que vai aumentar o número de leitores no blog.

Existem muitas fórmulas para você criar um bom título. Entretanto, não dê a impressão errada ao leitor, o conteúdo deve além de corresponder ao título, corresponder às expectativas do leitor ou até mesmo superá-las.

Títulos da Clickbait podem funcionar, mas sua reputação pode ser afetada negativamente. Evite a Clickbait totalmente.

Em vez disso, ofereça um grade valor – não somente no título, mas também no post, desde a introdução até o parágrafo de conclusão.

Toda palavra ou frase deve contar. Além do mais, de acordo com Ted Nicholas, o renomado escritor especialista em respostas diretas,

73% das decisões de compra acontecem quando o cliente ideal lê o título.

Se você é inteligente e criativo, você pode facilmente criar um título surpreendente para seu próximo post, simplesmente utilizando as técnicas das revistas populares.

Por exemplo, a imensamente popular revista O, The Oprah Magazine. É um excelente lugar para você pegar algumas ideias para seus títulos.

Vamos dar uma olhada numa capa lançada recentemente:

image07

O que faremos é utilizar esse modelo para criar nosso próprio e irresistível título. Textos de revistas populares são usualmente feitos por redatores profissionais – pessoas que são treinadas em comportamento humano e persuasão.

Você pode ver que um dos títulos mais impressionantes acima é “Você não esta sozinho!”

Como milhões de pessoas assinam essa revista e leem apaixonadamente, criaremos algumas opções de título baseadas naquela frase:

  • Você não está sozinho: Como finalmente parar de lutar para aumentar a sua lista de e-mail
  • Você não está sozinho: Os 3 passos para melhorar sua posição nos rankings de busca
  • Você não está sozinho: 74% dos blogueiros lutam para conseguir clientes em 2015 [mas não mais]

Quão interessante e acessíveis são esses novos títulos?

Outra estratégia pouco utilizada para provocar ideias é ver conteúdos que viralizaram.

Mas, ao invés de olhar toda a indústria da internet, foque apenas em um ou dois sites.

Por exemplo, você pode usar UpWorthy.com ou Buzzfeed.com. Ambos publicam conteúdos que sempre são compartilhados por milhões de sites interligados.

Vejamos, a maioria dos compartilhamentos no Buzzfeed.com, simplesmente seguem os passos a seguir:

I).  Passo um: Vá ao Buzzsumo.com. Na página inicial, coloque o endereço do site (por exemplo: Buzzfeed.com). Então clique em “Go!”

image26

II).  Passo dois: Analise os títulos mais compartilhados;

image36

Como você pode notar a partir do resultado acima, todos os assuntos mais compartilhados do Buzzfeed incluem números nos títulos. Quando você utiliza números nos seus títulos, isso aumenta o valor percebido do seu conteúdo e convence as pessoas a lerem.

No gráfico abaixo, a Conductor descobriu que títulos com número são a preferência de 36% do público, acima dos títulos “Como fazer”:

image08

Isso é verdade. Eu uso números nos meus títulos sempre e o nível de engajamento que esses posts criam é geralmente mais alto e mais consistente.

Então, dos títulos mais compartilhados acima, nós podemos criar nossos próprios títulos relevantes. Vamos supor que você é um especialista em tráfego na web e cria alguns títulos com números:

Título antigo:

26 Cenários Que Farão Você Se Sentir Melhor Sobre Esse Mundo

Novos títulos:

  • 26 Resultados de Tráfego Que Farão Você se Sentir Melhor em Trabalhar com Blogs
  • 26 Cenários que Coletei Enquanto Falava numa Conferência Que Inspirarão Você
  • 20 Esquemas de Cenários Que Aumentarão o Número de Visualização dos Seus Posts

Nota: Quando você está criando título baseado em números, você não tem que usar número exato (por exemplo 26). Use qualquer um que funcione para você e que seja específico ao post que você está criando.

Títulos voltados para o benefício e baseados em números são naturalmente magnéticos para os mecanismos de busca. Usuários adoram ler, compartilhar e se conectar a eles. Veja como eles conseguem classificar bem nos resultados orgânicos do Google:

image15

Dê uma olhada nos resultados acima. Você notou que apesar da WordStream.com não ter uma confiança tão grande nos mecanismos de busca quanto a Entrepreneur.com e a Hubspot, seu conteúdo foi classificado como número 1?

Sim, alguns fatores contribuem para isso – por exemplo o número de links inbound de autoridade apontando para a página – mas o título utilizado tem uma função vital.

Isso atrai usuários e os leva a clicar e compartilhar. É exatamente isso que o Google procura – interação humana.

Por isso existem tantos comentários a respeito do comportamento do usuário e o que isso impacta no SEO. Nada influencia mais o ranking de buscas do que a atividade do usuário na página (por exemplo, tempo dentro do site, navegação, entrada natural de links).

2. Use palavras de impacto nos seus títulos e subtítulos

Palavras afetam nosso humor e nossas opiniões.

Mas, certamente algumas palavras tendem a inspirar pessoas a agirem mais do que outras. Sinceramente, as palavras tem poder e você deveria usá-las para dar vida ao seu conteúdo e aumentar o número de leitores no blog.

image21

Achei muito interessantes as descobertas da UCL sobre como o cérebro processa as palavras a partir da entonação. De acordo com esse estudo, quando ouvimos palavras, é isso que acontece dentro do cérebro:

As palavras são movimentadas pelo lobo temporal esquerdo [do nosso cérebro] para processamento, enquanto isso a melodia é canalizada para o lado direito, a região que e estimulada pela música.

Hum. Então, o cérebro humano usa duas seções diferentes para identificar o humor e imaginar o verdadeiro significado das palavras?

Isso faz sentido desde que você considere o fato de que seu cérebro pode identificar a “linguagem” distintamente de outros sons.

O cérebro pode distinguir um barulho de uma música, por exemplo. De maneira semelhante, palavras de impacto fazem um título soar significativo e levam as pessoas para dentro do conteúdo que se segue.

image25

Palavras de impacto dão vida a língua. Inglês, Português, Espanhol, Francês – em todas as línguas, exageros, provérbios, expressões idiomáticas e exclamações são em todos os aspectos palavras de impacto.

Quando se trata de redatores, seu principal objetivo é melhorar sua habilidade de persuasão para que prospects e clientes estejam mais dispostos a tomarem uma atitude depois terem lido seu texto.

Você não precisa ser um redator profissional para usar palavras de impacto de forma eficiente. O ideal é que as utilize em seu título, mas se o benefício não for visto no futuro, então esqueça dos títulos Clickbait e use palavras de impacto no seus subtítulos.

Palavras de impacto são exatamente o que aparentam ser. Elas são palavras para inspirar, na hora certa e de forma que conduza o leitor para dentro do seu conteúdo.

Como um exemplo, eu recentemente usei a palavra de impacto – “assustador” –  em um post do blog QuickSprout. Esse post rapidamente ganhou notoriedade (em menos de 24 horas) gerou quase 1.000 compartilhamentos (e o número continua subindo).

image29

Existe também outras palavras (“técnicas”) no título acima, mas a primeira palavra de impacto é irresistível e “assustadora”

Usar palavras de impacto para dar mais alcance ao seu conteúdo é crítico para seu sucesso. Aqui vai uma história pessoal: Eu estava almoçando outro dia e conversando com um amigo sobre o que direciona leitores ao conteúdo.

Ele me contou quanto tempo gasta para criar os posts que coloca no seu blog, ainda assim apenas algumas poucas pessoas realmente notam isso – apesar disso seu blog gera mais de 20.000 visitas por mês.

Eu fiquei surpreso também. Então visitei seu blog, li alguns poucos títulos e rapidamente identifiquei qual era o problema. Primeiro, ele não estava criando os tipos de conteúdo que atraíam os leitores.

image04

Segundo, seus títulos eram chatos, sem atrativos e muito longos. Eu lhe dei algumas dicas para melhorar seus títulos e incluir palavras de impacto. Ele assim o fez.

Ontem à noite ele me ligou dizendo que seus antigos posts finalmente estavam sendo lidos. Na verdade, o último post com uma palavra de impacto no título gerou mais de 1.000 visualizações em 24 horas.

Jon Morrow é o grande mestre das palavras de impacto. Ele compartilhou 317 palavras de impacto e isso o fez um escritor melhor. Algumas dessas palavras são:

image16

Se você quer mais pessoas lendo seu conteúdo, então deve incluir palavras de impacto nos seus títulos. Mas, lembre-se que usuários não procuram especificamente por palavras de impacto. Nenhum usuário em juízo perfeito vai no Google e digita “Incríveis estratégias de redatores”.

Em vez disso, eles procurarão por “estratégias de redatores.”

Isso simplesmente nos diz que você apenas deveria utilizar palavras de impacto para atrair usuários quando eles eventualmente visitam seu blog. Palavras de impacto não o ajudarão a subir no ranking, por que elas não são nem palavras-chave nem um fator de ranking do Google.

Vejamos alguns exemplos de blogs cujos títulos incluem palavras de impacto:

image20

Aqui está outro título que contém uma palavra de impacto:

image22

Você também pode usar palavras de impacto nos subtítulos. Jon Morrow faz isso com seus posts. Veja:

image24

Gregory Ciotti, um renomado escritor, também usa palavras de impacto em seus subtítulos. Seus conteúdos sempre chamam a atenção e aumentam o número de visualizações.

image06

3. Apelo aos leitores com material visual

Outra forma de aumentar o número de pessoas que gostam de ler seu blog é utilizar materiais visuais.

Materiais visuais tornam a leitura mais prazerosa. Informações do Centro de Pesquisas Pew mostram que 76% dos leitores entre 16 – 29 anos gostam de ler por prazer.

image13

Seduzir pessoas para dentro de seu conteúdo é só o primeiro passo. Os leitores também tem que gostar de cada parte dele – do título à introdução e por todo o desenvolvimento até a conclusão. Afinal, quando você está gostando de algum conteúdo online, você provavelmente continuará lendo até o final.

Numa apresentação recente do Whiteboard Friday, Rand Fishkin recomentou que você experimente criar seu próprio material visual, além de dados e gráficos. Ele disse que criar seu próprio material visual (por exemplo, desenhos, fotografias pessoais) diferenciará o seu conteúdo dos demais – e vai aumentar o número de leitores do blog também.

image27

Ler deveria ser divertido e gratificante. É neste ponto que o material visual é útil. De acordo com um estudo feito pela Xerox, “material visual colorido aumenta a disposição das pessoas para ler um conteúdo em 80%.

Gráficos são bons para contar a história da sua marca. De acordo com o CMO Council, 46% dos profissionais de marketing dizem que fotografias são vitais para o marketing atual e para narrar estratégias.

image30

O material visual também aumenta o engajamento de mídia social. Um estudo da Buffer revela que tweets com imagens recebem 18% mais cliques, e 150% mais retweets do que aqueles sem qualquer indicação visual.

image01

Pessoalmente, eu descobri que quando adiciono imagens aos meus post, o engajamento sobe.

image03

4. Formatação do conteúdo para leitura online

Realmente, a aparência importa!

Eu já passei por tudo. Desde publicar conteúdos que poucas pessoas leem, até conteúdos que recebem milhares de visualizações e centenas de comentários dentro de 24 horas.

Encaremos os fatos. Você dedica de 4 – 8 horas escrevendo um post, então conseguir um tempo médio na página de 10 segundos ou menos é frustrante. Você não quer continuar a vivenciar isso, não é?

A plataforma de publicações WordPress tornou extremamente fácil criar conteúdos de cair o queixo e bem formatados para leitura online, mas somente se você utilizar as ferramentas de formatação e edição da forma correta.

Há uma grande diferença entre ler conteúdo online e uma leitura impressa.

Na internet, as pessoas são distraídas por um objeto brilhante ao lado. É de sua responsabilidade enquanto criador do conteúdo ajudá-las a focar no seu material.

Se você checar seu Google Analytics, descobrirá que num típico post de blog, apenas cerca de 2% dos usuários gastam mais do que 2 minutos lendo um post. Mas você não tem que se acomodar com o típico.

Se você quer que pessoas leiam seu conteúdo palavra por palavra, estas são as simples formas de formatar o seu conteúdo eficientemente:

a). Reduza a largura do blog, foque na eficiência: O popular site Slate descobriu que para cada 161 pessoas que chegaram na sua página, cerca de 61 delas – aproximadamente 38% – saem da sua página em seguida.

Muitos visitantes nem descem a barra de rolagem para ler o resto do conteúdo. Isso pode aumentar sua taxa de rejeição.

This is a histogram showing how far people scroll through Slate article pages. Each bar represents the share of people who stopped scrolling at a particular spot in the article. (An article is assumed to be around 2000 pixels long; if the top of your browser window gets to the 2000-pixel mark, you're counted as scrolling 100 percent through the article. The X axis goes to 120 percent because on most pages, there's usually stuff below the 2000-pixel mark, like the comments section.) This graph only includes people who spent any time engaging with the page at all--users who "bounced" from the page immediately after landing on it are not represented. The graph shows that many Slate readers do not scroll at all. That's the spike at the 0 percent mark, representing about 5 percent of readers. Most visitors scroll about halfway through a typical Slate story. The spike near the end is an anomaly caused by pages containing photos and videos -- on those pages, people scroll through the whole page.

Este histograma mostra quão longe os usuários navegam entre as páginas de artigos da Slate. Cada barra representa o alcance de pessoas que pararam em um ponto particular do artigo. ( Assume-se que um artigo tenha um tamanho médio de 2000 pixels; se o tamanho máximo da sua janela for de 2000 pixels, então você pode contar como se o usuário avance 100% do artigo. O eixo X vai até 120% por que na maioria das páginas, há sempre janelas abaixo da marca de 2000 pixels, como uma seção de comentários.) Este gráfico inclui somente pessoas que passam algum tempo absolutamente engajadas com a página – usuários que “descartaram” a pagina logo no início não foram representados. O gráfico mostra que muitos dos leitores da Slate não viram conteúdo algum. Este erro na marca de 0% representa cerca de 5% dos leitores. A maioria dos visitantes leem até a metade numa típica estória da Slate. Este erro próximo ao final é uma anomalia causada principalmente por páginas que contenham fotos e vídeos – nessas páginas, usuários visualizaram o artigo completo.

Formate seu conteúdo de forma correta e mais pessoas serão engajadas, retenha-os e consiga mais atenção para o seu blog.

Você já notou que quando digita no ambiente Microsoft Word, a página não toma todo o espaço da sua tela?

image23

Seguindo a mesma linha… Se sua área de texto é muito grande, torna-se difícil para os leitores acompanharem.

Quando se formata um post para um blog, há dois elementos que o administrador precisa ter em mente:

  • Velocidade de leitura
  • Compreensão

Um estudo sobre compreensão de leituras descobriu que:

  • Quando alguém está lendo lentamente, linhas com no máximo 55 caracteres são a melhor opção.
  • Quando alguém está lendo rapidamente, linhas com no máximo 100 caracteres são a melhor opção.

image12

Quando se trata de formatação de conteúdo, afim de aumentar as visualizações do seu blog, alguns fatores como redução do tamanho do conteúdo importam. Tamanho e fonte dos textos também são importantes.

Então qual é o tamanho ideal para seu blog e quantos caracteres por linha? Bem, a maioria das pessoas dizem que por volta de 66 caracteres em cada linha é o melhor, mas eu descobri que qualquer lugar entre 55 a 100 caracteres por linha pode funcionar melhor para a maioria das pessoas e para o segmento de blogs.

Lembre-se que cada pontuação, letra e espaço conta como um caractere.

b). Destaque os pontos chave na sua página:  A maioria dos leitores leem de forma superficial. Não importa quão interessante seu conteúdo seja, a maioria das pessoas preferem passar rapidamente pelos pontos chave.

Já que esse é o caso, você tem que facilitar para eles.

O volume de conteúdo que está sendo publicado é surpreendente. Mais de 2 milhões de posts são publicados diariamente – o suficiente para preencher a TIME Magazine por 770 anos.

image18

Consequentemente, você não pode esperar que os leitores passem todo o tempo precioso deles lendo cada palavra do seu conteúdo. Isso poderia acontecer, mas não se acomode nisso.

Existe espaço para leitura de forma superficial (skimming).

image14

Leitores que leem de forma superficial são frequentemente os melhores leitores. Aqui está o motivo: Quando eles encontram os pontos chave no seu conteúdo e ficam convencidos, eles voltarão atrás e leem mais lentamente. Depois disso, a maioria deles irá eventualmente assinar a sua lista de e-mails ou então comprar seu produto.

Para ajudar esses leitores, coloque em negrito seus subtítulos, bem como a maioria das palavras importantes e frases. E, tenha certeza de usar imagens para dividir os textos em grandes partes.

Isso é até mais importante agora que o conteúdo longo se tornou o focos dos usuários e mecanismos de busca.

Eu amo a forma como Darren Rowse, fundador do Problogger.net, formata os posts dele. Eles são divertidos de se ler. Veja os subtítulos, as propriedades da fonte (tipo de fonte, tamanho de letra, tamanho do blog, etc.) e a formatação de citações:

image02

Formatar seu post não é opcional. É uma necessidade. Adam Thompson indica que

Se [seu blog] não parecer convidativo, atraente, e fácil de se ler, você tende a ter menos compartilhamentos ou backlinks naturais.

Para aprender mais sobre a formatação de seu conteúdo, veja os guias abaixo:

5. Faça perguntas abertas nas suas introduções

As perguntas certas sempre gerarão respostas melhores.

Como 36% dos profissionais de marketing de conteúdo lutam para criar conteúdo engajado, você pode se destacar, ser o melhor do jogo e escrever conteúdo marcante, apenas fazendo as melhores perguntas.

image05

Questões abertas dão ao leitor a oportunidade pensar antes de ter uma resposta final. Não há uma resposta definitiva para uma pergunta aberta, diferente de uma pergunta fechada.

Primeiro, veja algumas perguntas fechadas e suas respostas diretas:

  • Pergunta: Rosa é sua cor preferida?
  • Resposta: Sim.
  • Pergunta: Você é casado?
  • Resposta: Não.

Estes são exemplos de perguntas abertas:

  • O que determina a cor que você usa quando redesenha seu blog?
  • Como você planeja conduzir o tráfego para o seu novo blog?

Em meu último post, eu fiz uma pergunta aberta em sua introdução. A questão era um pouco confusa, até que esclareci na próxima linha – qual era o ponto principal.

Esse tipo de pergunta atrai os leitores. Em vez de forçar seus cérebros a responder as perguntas, eles preferem ler mais para ter a resposta.

image11

Fazer as perguntas certas logo na introdução te ajudará a conectar-se com seus usuários em um nível mais profundo e pessoal. Dá às pessoas a impressão que você verdadeiramente compreende o que estão passando e se importa com suas experiências.

Escutar com atenção o seu público é importante, porque o ajuda a entender quais problemas eles estão passando, suas questões e a linguagem que eles usam quando procuram por soluções.

Quando você mostra seu nível de compreensão aos seus usuários, você os faz feliz e com isso colhe seus resultados, porque eles investirão mais tempo e dinheiro num projeto em que acreditam.

image10

Para aumentar o número de leitores no blog, você também precisa fazer uma promoção cruzada de seus posts no blog e alavancar ferramentas de mídia social. Nenhuma pedra pode ser deixada sem revirar quando se trata de crescer a audiência do seu blog.

Conclusão

Você quer atrair um público leal para seu blog e motivar cada membro desse público a ler seu conteúdo, palavra por palavra?

Mas, você pode não alcançar facilmente seus objetivos seguindo os mesmos padrões que o trouxeram até aqui. Você pode querer ajustar suas táticas ou desenvolver uma nova habilidade.

Portanto, se você focar em criar conteúdo aprofundado, útil e interessante que proporcione uma rica experiência para o usuário e em promover esse conteúdo efetivamente, você nunca mais sofrerá para aumentar o número de leitores no blog.

Você pode aprender com blogueiros de sucesso. Não apenas os escute ou compre seus produtos. Em vez disso, siga-os e observe como eles criam conteúdo que converte leitores em clientes.

Como de costume, adoraria ouvir de você. Que desafios você está enfrentando para atrair a audiência certa e aumentar o número de leitores no blog?

Share