Como Usar Email Marketing Nas Estratégias de Mídias Sociais

email social

“Esse serviço já era”, disseram todos. “Agora você precisa usar essa novidade”, completaram.

Mas depois a “novidade” ficou confusa e não deu os resultados esperados. E as pessoas voltaram a usar aquele sistema que estava “morto”.

Você entende do que eu estou falando?

A “novidade” são as redes sociais. E o sistema “morto” é o email.

Talvez você não saiba, mas o email ainda é a tática mais eficaz  para os profissionais de marketing. O email está longe de ser obsoleto.

 

image59

Isso não significa que você possa ignorar por completo as redes sociais. Essas também merecem sua atenção, agora que já estão bem estabelecidas.

De acordo com o Shareaholic, o Facebook é a principal origem de tráfego de referência para sites. Novos sites de mídia, como o Buzzfeed, obtêm a maior parte do seu tráfego a partir de redes sociais.

 

image56

Mas, em vez de iniciar um debate sobre marketing por email versus mídias sociais, quero ajudar você a integrar as duas mídias.

Cada um desses meios é uma forma diferente de chegar a seus clientes, certo?

Você deve procurar combinar seus esforços em ambos os canais para melhorar os resultados do seu negócio.

Ainda convencido a usar apenas uma ou outra opção?

Vou compartilhar com você um estudo de caso.

A Sony Vaio lançou sua nova coleção Vaio de verão e incluiu botões “Pin It” , do Pinterest, em seus emails. Esse é um exemplo simples de como as mídias sociais podem ser combinadas com campanhas de email marketing.

Será que esses botões melhoraram os resultados?

A Sony Vaio obteve 3.000 cliques a mais e superou sua meta de “receita por email” em 172%.

Você acha que conseguiria uma taxa de cliques espetacular como essa com emails comuns?  Está imaginando como esses dois canais podem se complementar?

 

image10

O email e as mídias sociais aumentam o alcance um do outro porque apresentam contextos diferentes para diferentes seções do seu público alvo.

Baixe este material para aprender como usar email marketing em suas campanhas de redes sociais. 

Pronto para elaborar uma campanha que aproveita a força de ambos os canais de marketing? 

Se a resposta é sim, selecionei quatro métodos para você aprender como usar email marketing.

4 métodos de como usar email marketing integrado com as redes sociais 

Você gostaria de expandir o alcance de seus emails e aumentar sua lista de emails de forma mais rápida? 

Bem, quem não quer isso? O email ainda converte muito mais do que as mídias sociais.

Mas e a geração mais nova, que muitas veses só usa as mídias sociais? Você quer interagir com eles também, certo?

Vamos ver como usar esses dois grandes canais de marketing em conjunto para fazer seu negócio crescer e desenvolver a autoridade da sua marca.

1. Aprenda mais sobre seus assinantes de lista de email e crie um retargeting

Todas as principais plataformas de mídia social incluem uma opção para enviar sua lista de contatos.

Essa pode ser uma maneira muito eficiente de aprender mais sobre pessoas que já conhecem sua marca e gostam de você (porque já são assinantes da sua lista de email). 

Mas porque você deve procurar saber mais sobre os assinantes de sua lista de email?

Porque você pode aprofundar seu relacionamento com esses usuários ao conectar-se e interagir com eles em redes sociais. Além disso, o feed dos perfis de redes sociais vai te fornecer mais informações sobre as necessidades desses usuários, o que por sua vez vai te ajudar a elaborar produtos (ou posts de blog) que tratam das questões que os incomodam.

Como exemplo, veja abaixo  o diálogo entre a HubSpot e Jeanne Ehinger. Ver a Hubspot ajudar um cliente no Twitter pode levar a um aumento na confiança que os seguidores da Hubspot têm em seus serviços, certo?

 

image85

Quer ver como enviar os dados do seu provedor de serviço de email (ou de sua conta pessoal) para o Twitter e o Facebook?

Vamos começar vendo como enviar contatos de sua conta de email pessoal para a rede de microblogging e fazer campanhas com anúncios de retargeting. 

Vá até a sua conta do Twitter e procure o link “Encontrar amigos” no menu lateral. Ele está logo abaixo da seção “Quem seguir”.

image02

Você pode utilizar listas de contatos do Gmail, do Outlook, AOL e Yahoo. 

image37

Após selecionar uma lista de contatos, você terá que dar permissão ao Twitter para acessá-la.

image20

Após dar a permissão, você verá uma lista de seus contatos e uma opção para segui-los. A lista de contatos importada também será base para novas sugestões na seção “Quem Seguir”. 

Vejamos agora como importar contatos de um provedor de serviço de email para o Twitter.

O primeiro passo é exportar uma lista de contatos CSV a partir de sua conta de email. 

Se estiver usando o  Aweber, vá primeiro a “Manage Subscribers”.

image21

Caso queira trabalhar apenas com um subgrupo específico, procure o que deseja no menu suspenso. 

image28

Finalmente, vá ao canto inferior esquerdo dos resultados e clique no botão “Export CSV”.

image25

Se estiver usando o MailChimp, vá até a página “Lists”. Clique em “Export List”.

image70

Quando a exportação estiver concluída, clique no botão “Export as CSV”.

image43

Se não estiver usando o Aweber ou o Mailchimp, você pode encontrar tutoriais similares mostrando como exportar sua lista de contatos no site do seu provedor de serviços de email.

Após obter um arquivo CSV da sua lista de contatos, você pode criar uma lista de público do Twitter. 

Veja aqui os três passos necessários para fazer isso.

i. Vá para ads.twitter.com >> Ferramentas >> Gestão de público.

image48

ii. A seguir, dê um nome para sua lista e especifique que tipo de dados você vai enviar (endereços de email, caso esteja importando sua lista de contatos).

image76

iii. Envie seu arquivo CSV e espere algumas horas enquanto o Twitter processa sua lista. Não clique de forma alguma na caixa visível abaixo da opção de envio (“The records in this data file are already normalized and hashed using SHA256”).

Deixar essa caixa em branco vai permitir que o Twitter revise seus dados e deixe-os mais seguros. 

image60

Após enviar a lista, você poderá criar anúncios no Twitter para fazer ofertas personalizadas para sua lista. 

Vamos ver de perto como criar campanhas de retargeting no Twitter. 

Observação: Estou focando especificamente no marketing de retargeting porque ele alcança aqueles consumidores que já demonstraram algum interesse em você e em seus produtos. Essa opção pode ser muito barata e gerar excelentes resultados de negócios (desde que feita corretamente). 

i. Vá para ads.twitter.com >> Criar nova campanha

image09

ii. Desça até encontrar “Adicionar públicos personalizados” e envie sua lista de contatos.

image13

iii. Você pode monitorar a atividade desse público personalizado utilizando um código de rastreamento (ou um tag). Pode também criar anúncios de retargeting exclusivamente para as pessoas que clicaram em sua newsletter. 

Aqui está um infográfico de exemplo do Twitter explicando como uma loja de produtos de surfe pode usar uma tag para criar um retargeting para os visitantes em seu site. 

image67

A BetaBrand teve uma queda de 63% no custo por aquisição e uma taxa de conversão 130% mais alta com o uso de públicos personalizados no Twitter. 

Vamos ver também como você pode importar sua lista de contatos para criar um público personalizado e lançar campanhas de retargeting no Facebook. 

i. Vá até o Gestor de Anúncios.

image64

E clique no link “Públicos”.

image86

ii. Agora clique no botão verde, “Criar Público”. E então selecione “Público Personalizado”. 

image33

Selecione então a opção “Lista de Clientes”.

image44

iii. Você verá então essa aba, onde poderá enviar um arquivo CSV ou TXT. Você pode também arrastar o arquivo e soltá-lo na caixa de Público Personalizado. 

Seu público personalizado estará pronto em cerca de 30 minutos. 

image66

Com um público personalizado, você poderá criar anúncios com melhor segmentação.

image79

Quer expandir o alcance de um público personalizado?

Você pode então criar um público clone, para que seus anúncios cheguem a um público similar aos seus melhores clientes.

image52

Você pode também convidar seus assinantes de lista de email para curtirem sua página no Facebook.  Basta clicar no botão “…” em sua página e então clicar em “Convidar contatos de email”.

image29

Você verá então um popup com várias opções de integração, como MailChimp, Vertical Response e Outlook. Selecione sua lista de contatos e clique em “Convidar Contatos”. 

image31

Há um limite para envio de listas e de convites por email. Você só poderá importar 5.000 contatos por dia usando essa função.

Fazer retargeting com campanhas publicitárias a partir da sua lista de contatos no Facebook é parecido com o processo de criar públicos personalizados. 

i. Vá até Gestor de Anúncios >> Públicos. 

image41

ii. Clique no botão verde, “Criar Público”. Você verá um popup onde poderá escolher que tipo de público quer criar. 

image81

Você pode importar contatos do MailChimp diretamente. Logo que fizer login no MailChimp, seu público no Facebook será sincronizado e atualizado automaticamente sempre que você adicionar um novo assinante. 

image80

Se você usa outros provedores, terá primeiro que exportar sua lista de contatos em formato CVS, e então enviá-la dentro do Gestor de Anúncios do Facebook. 

Você pode também usar o Perfect Audience para criar sua campanha de retargeting no Facebook. 

Após criar sua conta (há um teste gratuito com validade de 14 dias), vá a Manage >> Retargeting lists e clique no botão verde, “Create new list”, do lado direito da página.

image73

Depois disso, adicione um nome para sua lista, a duração da campanha publicitária, e selecione o tipo de retargeting que deseja.

Se você está rastreando suas campanhas de email usando querystrings nas URL, você pode usá-las também como seu tipo de retargeting no Perfect Audience. Você terá que alterar os parâmetros nos links em seus emails. 

 Leia esse artigo sobre o uso do URL builder do Google Analytics para aprender como rastrear campanhas e definir seus parâmetros. 

image18

Veja esse tutorial em vídeo para uma revisão rápida dos passos necessários para criar uma lista de retargeting.

Finalmente, para criar um anúncio, vá a Gestão de Anúncios >> Criar Anúncios. 

Que tal algumas dicas sobre como criar anúncios de retargeting eficientes? 

Então comece com o artigo do Noah sobre como gastar seus primeiros $100 em anúncios de re-segmentação.

E se você está começando agora a usar a Publicidade no Facebook, recomendo que leia meu guia de anúncios de sucesso no Facebook para iniciantes. 

2. Convide seus fãs e seguidores nas mídias sociais para sua comunidade de email

Mensurar os resultados do marketing de mídias sociais pode ser complicado. O tráfego das redes sociais geralmente envolve engajamento mais baixo e uma taxa de rejeição tipicamente alta. 

Além disso, você não tem controle sobre suas propriedades em mídias sociais. Um belo dia, o Facebook pode decidir fechar sua página devido a uma violação de políticas de uso do site.

E sua página pode ser apagada quando você já fez um esforço para interagir com seus fãs no Facebook e acumulou milhares de fãs. 

O mesmo se aplica ao Twitter e a qualquer outra rede social. Isso acontece porque o Facebook (e qualquer outra plataforma de mídia social) está mais preocupado com os usuários deles do que com o seu negócio.

Será que isso significa que você deva apagar sua página no Facebook e se dedicar exclusivamente a como fazer email marketing, como fez o Copyblogger? 

image78

Não necessariamente.

Plataformas de mídia social podem ter um enorme impacto sobre o seu negócio ao gerar leads e construir consciência de marca.

Mas como o email do seu cliente continua sendo a ferramenta mais valiosa para impulsionar o seu negócio…

Que tal coletar os emails dos seus fãs e seguidores nas mídias sociais? 

Isso vai aprofundar sua conexão com os usuários que te apoiam nas mídias sociais, já que o email é um meio mais pessoal. 

Vai também aumentar seus resultados, já que o email tem clientes com vida útil (CLV) mais alta do que as plataformas de mídia social.

image75

Vejamos então algumas formas de coletar emails no Twitter.

i. Crie um cartão de geração de leads – Uma ferramenta  simples e segura para que as pessoas expressem interesse em seu negócio. Com o cartão de geração de leads, um usuário do Twitter pode compartilhar seu email com você sem digitar um único caractere ou sair da plataforma de microblogging. 

Com um ou dois cliques você terá o nome, o email e o nome de usuário do Twitter. 

Aqui está um exemplo de um cartão de geração de leads do Twitter.

image45

Aqui está a lista de requisitos para usar essa ferramenta de geração de leads:

a. Você terá que inserir os dados de seu cartão de crédito antes de usar a ferramenta, independente de desejar ou não utilizar anúncios no Twitter. Você precisará também de uma conta do Twitter Ads, mas essa já foi criada automaticamente junto com sua conta pessoal no Twitter. 

b. Você deve também oferecer um produto gratuito, como um webinário gravado, um ebook, um curso por e-mail ou uma demonstração gratuita. Essa é a “isca” que vai atrair seus usuários para fornecer seus dados de contato. 

c. Finalmente, você precisará desenvolver uma política de privacidade, explicando à plataforma e seus usuários como você planeja usar os dados sensíveis de contato.

Logo que tiver completado essa lista, veja aqui o passo-a-passo para criar seu primeiro cartão de geração de leads.

Vá ao ads.twitter.com. Clique em Creatives >>Cards.

image65

Agora clique no botão azul, “Create Lead Generation card”.

image68

Você verá então uma janela de edição, pedindo um título, uma imagem de 600 x 150 pixels, uma pequena descrição e um texto para o botão de CTA. 

image47

Você precisa ser criativo para conseguir bons resultados dentro dos parâmetros estabelecidos pelo Twitter. 

A descrição tem um limite de 50 caracteres. Certifique-se de que seu texto seja atraente e demonstre o valor da sua oferta. Como sempre, testar diferentes descrições vai te ajudar a aumentar suas conversões. 

image49

O próximo elemento é a imagem do seu cartão. Como a seção explica, você não deve utilizar arquivos de bancos de imagem. Uma ferramenta como o Canva pode te ajudar a criar designs elegantes que chamem a atenção do usuário. 

Não abra mão de utilizar uma imagem impressionante – o aspecto visual pode ter um impacto enorme nas suas conversões. Tweets com imagens obtêm 18% mais cliques, 89% mais curtidas e 150% mais retweets. Além disso, escolha cuidadosamente as cores, já que elas têm um impacto psicológico sobre os usuários. 

image14

A imagem abaixo, produzida pela Vero, é um ótimo exemplo de imagem para geração de leads. 

image34

A seguir vem o elemento mais importante do cartão: o CTA. Esse campo tem um limite de 20 caracteres. Você precisa criar uma mensagem focada em ação que apresente aos usuários os benefícios que vão receber ao clicar no botão de CTA. 

image53

“Inscreva-se” não é um bom texto de CTA. “Saiba Mais” ou “Baixe o Guia” são opções muito melhores. 

Você precisará também inserir o link para a página onde aparece sua “Política de Privacidade”.

image84

E uma URL alternativa (landing page com a mesma oferta do lead gen. card), caso algum usuário esteja visualizando o Twitter em uma plataforma que não tenha suporte.

image00

Finalmente, você tem a opção (muito recomendada) de redirecionar os usuários que inserirem seus dados para uma página de destino. Uma espécie de página de agradecimento.

Você pode também inserir uma mensagem pós-submissão dentro do limite de 100 caracteres. Usar esse elemento opcional vai garantir uma experiência de onboarding  agradável para seus novos usuários.  

image40

Finalmente, você deve atribuir um nome ao seu cartão para identificá-lo facilmente na página Cards Manager.

image04

Após criar o cartão, você pode visualizá-lo a partir do Card Manager.

image50

Esse cartão de geração de leads da ExactTarget é um excelente exemplo. Eles prometem 140 dicas de Marketing no Twitter em 140 caracteres. Como usuário de Twitter, me sinto muito motivado para clicar nesse cartão. 

image26

E agora, como usar um cartão de geração de leads em seus tweets? 

A primeira opção é simplesmente colocá-lo em um tweet para seus seguidores (usando hashtags, links e imagens). Confirme que o link cards.twitter.com apareça completo no tweet.

image57

Na tela acima, clique em “Criar Tweet com esse cartão”.

Mais tarde você poderá fixar o tweet com o cartão de geração de leads no topo do seu feed. Ao fazer isso, todos que visitarem seu perfil verão o cartão, o que aumenta as probabilidades de te enviarem seus emails. 

O Buffer conta que teve sucesso com essa estratégia.

image72

Uma outra abordagem, mais interessante, é usar o Twitter Ads para segmentar seus usuários de acordo com seu gênero, aquilo de que gostam ou não, localização geográfica etc.

Ao oferecer ofertas personalizadas a seus usuários, você pode obter conversões melhores.

David Di Prossimo relata uma taxa de conversão de mais de 30% para assinantes de lista de email.

image58

Dica de profissional: Na medida em que é compartilhado, seu cartão muito provavelmente vai aparecer comprimido na linha do tempo dos usuários. Por isso, seu texto tem que ser atraente o suficiente para fazer com que o usuário queira clicar e expandir o cartão. Ou você pode incluir o texto “clique para expandir” no próprio tweet. 

Veja por exemplo este tweet do Huffington Post. O usuário terá que clicar em “View Summary” para ver o cartão. 

image38

Esse é o cartão que o Huffington Post queria que você visse:  

image06

ii. Peça diretamente aos seus seguidores para assinarem sua newsletter.  Em um tweet, você pode convidar os usuários para receberem sua newsletter. 

Veja o tweet de CC Champan, abaixo:

image15

A seguir, vamos ver como coletar emails a partir do Facebook. 

i. Crie um guia de assinatura de email e mude sua foto de capa. Você pode criar essa guia diretamente na página de Facebook, usando ferramentas como o Shortstack ou o Tabsite.

Essa provavelmente é a forma mais fácil de coletar emails.

image39

Eu recomendo que você ofereça um brinde (um guia gratuito, por exemplo) para quem assinar sua lista de email. Mari Smith também faz isso:

image46

Você pode inclusive promover seu brinde na foto de capa da sua página de Facebook. Quando você mudar a foto de capa, o Facebook vai postar uma atualização no feed de notícias de seus fãs. 

Veja como a Post Planner oferece um guia gratuito de marketing visual para Facebook em sua página de capa. 

image05

Esse tipo de capa no Facebook vai levar você a clicar na foto de capa, onde verá o link para o formulário de assinatura da newsletter e recebimento do guia gratuito.

image77

ii. Crie um botão de CTA para assinatura da newsletter. O Facebook tem um botão de CTA que você pode conectar a sua landing page de newsletter. 

image12

Há muitas opções de botões de CTA no menu suspenso. Mas para coletar emails, você precisa selecionar “Cadastre-se”.

A seguir, insira o endereço da sua landing page.

image22

O Facebook tem um sofisticado serviço de analytics que vai te mostrar o número de cliques no CTA, para que você possa otimizar seu CTA e sua landing page a partir dos resultados mensurados.

image74

Você pode também usar o botão de CTA para atrair assinaturas em suas atualizações no Facebook. Você deve compartilhar a assinatura de sua newsletter como uma atualização ocasionalmente. 

image82

iii. Lance um concurso  – 35% dos fãs no Facebook curtem uma página para participar de um concurso. Campanhas promocionais que oferecem prêmios em troca de informações de contato dos seus fãs são uma excelente estratégia. 

Você terá que usar aplicativos externos como o Wishpond para fazer campanhas que coletam emails. 

Pesquisas indicam que em um concurso, oferecer vários prêmios de baixo valor é o que atrai mais consumidores, já que as pessoas consideram a probabilidade de ganharem antes de se inscreverem.

image30

Para melhorar o alcance da sua campanha, você pode oferecer pontos extras aos participantes que compartilharem o concurso com amigos.

image69

Você pode conduzir concursos com sucesso também no Twitter. A Diamond Candles obteve mais de 8.000 participantes para o seu sorteio popular de velas, como se vê abaixo.

image62

3. Crie uma comunidade social exclusiva para seus clientes especiais 

Essa é uma estratégia que Noah Kagan usou para criar um grupo de Facebook com mais de 5.000 membros para seu curso via newsletter – Email 1K.

O curso era gratuito e continha material de experts como Andrew Chen, Brian Dean e muitos outros. As listas de email desses especialistas já tinham mais de 10 milhões de assinantes.

image71

E como acessar o grupo privado no Facebook? 

O acesso ao grupo foi dado apenas aos assinantes privilegiados que enviaram emails a dois amigos a respeito do curso. 

image42

Lembra de quando eu falei sobre como criar um grupo privado, somente para convidados, no meu artigo sobre alcance orgânico?

Sarah, do UniversityParent.com, também criou um grupo privado no Facebook, apenas para convidados.  O grupo já tem mais de 800 pessoas e atrai muito engajamento para os seus posts.

image63

Os assinantes da sua lista de email são os membros mais fiéis do seu público, e muito provavelmente vão querer participar de um grupo de acesso exclusivo como o que aparece acima. 

Mas você terá que moderar o grupo e evitar a disseminação de spam (ou mesmo de ações de auto-promoção gratuita, se possível).

O compartilhamento de conteúdo útil vai levar a um público ativo e engajado, como o do grupo Email1K, cujas postagens recebem 20 comentários ou mais.

Você pode também criar um grupo no LinkedIn, convidando os assinantes da sua lista de email. Lewis Howes acredita que os grupos são a função do LinkedIn que mais ajuda na construção de um negócio.

Um de seus grupos tem mais de 20.000 membros. Cinco outros grupos têm mais de 5.000 membros cada um. Cada um dos grupos tem Lewis Howes como único proprietário e mostra seu site em destaque. 

image11

Não seria ótimo alcançar esse grau de exposição?

4. Abra as portas para o compartilhamento social de seus emails e gere mais tráfego para o seu site

Se você está lendo esse artigo, é porque provavelmente já envia newsletters por email periodicamente. Mas você já tentou aumentar o alcance social do seu conteúdo de email?

Ainda não?

Você pode aumentar a exposição do seu conteúdo de email ao incluir ícones para compartilhamento em redes sociais dentro de seus emails. De acordo com a Get Response, o compartilhamento social aumenta a taxa de cliques dos emails em 158%.

image55

Veja o que faz a Wine Anthology.  Ela pede aos leitores que compartilhem o email através dos ícones de compartilhamento no Twitter, no Facebook e no LinkedIn.

image16

Quer saber como adicionar esses ícones sociais a seus emails? 

Para começar, você terá que criar um site com uma versão HTML do conteúdo do seu email. Depois você deve criar um código personalizado.

image36

Alguns serviços de email podem não exibir as imagens dos ícones de redes sociais. Por isso, você deve preencher o texto alternativo para cada ícone. 

Para obter os melhores resultados, recomendo que você faça um teste, adicionando um ou dois botões de compartilhamento em redes sociais (aquelas em que o seu público passa mais tempo) e experimentando colocá-los em posições diferentes.

Você pode usar também links “clique para tweetar”, para facilitar o compartilhamento social do conteúdo do seu email. 

image19

Ao clicar no texto “Clique para Tweetar”, visto cima, você vê as opções para enviar para Twitter e Buffer. Isso remove qualquer dificuldade em compartilhar, certo? 

image01

Se o seu objetivo atual é construir uma base de seguidores para o seu negócio, você pode incluir um CTA para plataformas de mídias sociais em seu email de confirmação de assinatura da newsletter. 

image83

Como acontece com outros canais, incentivar seus clientes a compartilhar seu email pode melhorar seus resultados. 

Veja abaixo como Chris Penn fez isso. Ele fez uma oferta para destacar dois de seus assinantes aleatoriamente em sua newsletter, lida por 7.600 pessoas incríveis. Para participar, os assinantes tinham apenas que compartilhar seu email nas redes sociais. 

image07

Perder seus assinantes de newsletter é doloroso, não é? 

Talvez seu cliente recebia emails demais, e por isso desistiu da sua newsletter. 

Mas você ainda pode oferecer aos antigos assinantes uma oportunidade de se reconectar com você. É só oferecer links para sua presença nas mídias sociais.

No exemplo abaixo, a SmartBrief oferece a seus ex-assinantes a oportunidade de baixar seu app. Muito inteligente, não é?

image35

A HubSpot faz ainda mais. Dan Sally, especialista de inbound marketing da HubSpot, fala com você pessoalmente em um tom cômico e nostálgico em um vídeo postado no YouTube. Ele te oferece uma segunda chance: a de seguir a Hubspot em outras redes sociais.

image51

Você pode ver o vídeo no link abaixo.

Você pode também convidar seus assinantes do YouTube para assinarem sua lista de email, usando as anotações de sites associados. Para acessar o serviço, você terá primeiro que verificar sua conta do Youtube, e ter uma boa reputação no site. 

Após qualificado, você poderá enviar seus espectadores do YouTube para uma landing page em seu site. 

image03

Você está perdendo alcance orgânico no Facebook? 

Nesse caso, você deve considerar utilizar uma enquete para criar engajamento com sua lista de email em sua página do Facebook, como fez John Haydon.

image23

Enviar as atualizações mais populares do dia para sua lista de email também pode te ajudar a aumentar o engajamento em sua página do Facebook.

image27

Você pode também destacar atualizações populares do Twitter (ou de qualquer outra rede social) em suas campanhas de email. Veja por exemplo o fragmento Re-TweetThis no email da Marketing Profs abaixo. 

image32

Quero encerrar mostrando um estudo de caso que demonstra a importância de como fazer email marketing integrado com as redes sociais. 

A rede de restaurantes de fast food Chik-Fil-A conseguiu resultados incríveis com sua campanha de cupons via email.

A receita secreta (além de sanduíches deliciosos e gratuitos) foi permitir que os usuários que receberam os emails compartilhassem as ofertas no Facebook, no Twitter, via mensagens de SMS e email.

Veja uma descrição detalhada da campanha.

image54

E então, você acha que as opções de compartilhamento social ajudaram?

Bem, a campanha atingiu 3 vezes o número de pessoas registradas originalmente na lista de mala direta. E gerou um aumento de 279% na taxa de resposta. 

image08

Conclusão

Segundo uma pesquisa da Marketing Charts, negócios estão gastando a maior parte de seu orçamento de marketing em redes sociais e email marketing. 

image24

Mas integrar esses dois canais vai levar seu relacionamento com o cliente para outro nível. As mídias sociais podem te ajudar a criar uma imagem simpática e acessível para sua marca. São excelentes plataformas que tornam possível interagir com seu público de forma ágil.

O email continua a ser o canal de marketing mais lucrativo. A AppSumo é um negócio de milhões, e obtém 90% de sua receita a partir do email. Eu diria que o email está bem longe de estar morto. 

Mas, para obter o melhor resultado possível, recomendo que você deixe que esses dois canais trabalhem em conjunto. Os dados dos seus assinantes de newsletter podem te ajudar a oferecer recomendações personalizadas para seus clientes nas mídias sociais.

Não há limites para sua criatividade nas campanhas em múltiplos canais. Veja, por exemplo, como a SouthWest Airlines usa mensagens SMS para levar seus clientes a assinarem sua lista de email. 

image61

Comece incorporando um ou dois dos métodos que compartilhei nesse artigo e abra caminho para maior engajamento e mais vendas. 

Como você faz para usar email marketing com as mídias sociais? Que tal compartilhar os resultados de uma de suas campanhas em múltiplos canais?

Share