Como Crescer a Busca Orgânica: 9 Tipos de Posts de Blog para Gerar Mais Visitas

content

Não é mais surpresa que 21% dos profissionais de marketing B2B lutam para produzir conteúdo com engajamento. Além do mais, 7% desses profissionais estão tendo dificuldade em criar conteúdos variados. Com isso eles não conseguem crescer a busca orgânica.

Nenhum conteúdo é criado de forma igual. Alguns irão fazer seu tráfego decolar e melhorar sua marca pessoal significativamente.

O conteúdo é como uma refeição. Ninguém come o mesmo tipo de refeição todos os dias e se mantém saudável, inteligente e eficaz. Na mesma linha, se você escrever continuamente e publicar o mesmo tipo de conteúdo, seus leitores e clientes podem trocar de marca ou blog.

De acordo com Corbett Barr,

Se você está trabalhando para construir uma audiência fiel, você não pode se dar ao luxo de perder tempo escrevendo posts medíocres.

Uma estratégia inteligente é entender seu público-alvo, saber quais perguntas tiram o sono deles e aí oferecer a eles as respostas certas.

Com o conteúdo certo, você pode crescer a busca orgânica. Você não precisa de 100.000 leitores por mês para fazer sucesso e ser reconhecido.

A maioria dos blogueiros pode sobreviver com 10.000 ou mais leitores online, desde que eles satisfaçam às necessidades dos leitores, que ficarão contentes em pagar para aprender mais deles. Se você é um profissional de marketing B2B ou B2C, trabalhar com blog de forma consistente e produzir o tipo certo de conteúdo não somente irá crescer a busca orgânica, mas irá também consolidar a sua marca.

Uma coisa é direcionar visitantes orgânicos para o seu blog, outra coisa completamente diferente é engajar e converter visitantes em leads e clientes.

Quando você decidir usar canais tais como o Google AdWords ou Facebook PPC, você deverá estar pronto para investir um dinheiro. Mas quando você abraça o blog com paixão, você irá gastar menos e obter mais leads direcionados e clientes.

image06

Quando você está criando conteúdo incrível que as pessoas sentem vontade de compartilhar no Facebook, Twitter, LinkedIn e outras comunidades, os mecanismos de busca irão começar a te recompensar em breve com tráfego de qualidade.

Baixe este material com os 9 tipos de posts de blog comprovados para crescer a busca orgânica.

Mas quais tipos de conteúdo você deveria criar se você quiser direcionar engajamento social e leads orgânicos? Abaixo eu listei 9 tipos de posts de blog que são comprovados para crescer a busca orgânica mais rápido

#1 Crescer a Busca Orgânica Com Infográficos

Infográficos são extremamente populares. Um estudo recente da Unbounce revelou que, em apenas 2 anos, as pesquisas por infográficos aumentaram 800%. E você pode usá-los para fazer com que seu post do blog se destaque, enquanto constrói uma comunidade ativa.

image03

Nós vivemos na era do “big data,” o que significa que existe muito a se aprender a partir dos dados – mais do que nunca. Quando se trata de marketing digital, usar um elemento visual fará com que sua marca se destaque.

De acordo com o Content Cloud, “As pessoas lembram de 80% daquilo que veem e fazem, comparado a apenas 20% do que elas leem.”

Um estudo descobriu que infográficos foram linkados e compartilhados na mídia social 3X mais do que outros tipos de conteúdo. Eles também podem se tornar virais em pouco tempo.

É assim que Piktochart explica os infográficos:

Infográficos são como o tl;dr do Reddit – mas melhores.

Tl;dr, é um termo em inglês que significa “longo demais; não li”, é amplamente usado pelos Redditors em posts ou comentários que são longos e prolixos. Essa abreviação irá aparecer no fim do post com uma frase única do autor para resumir o post inteiro, facilitando a vida daqueles que não tiveram paciência para ler. Então, se leva muito tempo para ler um texto enorme, vá para a conclusão do tl;dr.

Infográfico é uma versão muito melhor do tl;dr. De fato, é a versão divertida e que cria engajamento que as pessoas na verdade leem. O conteúdo é resumido com representações gráficas, palavras-chave e dados concisos. Isso faz com que os infográficos sejam fáceis de serem consumidos e divertidos de serem compartilhados.

Seu nome resume tudo: info + gráficos = infográficos.

As pessoas amam aprender sobre um infográfico e, ainda melhor, muitas delas se sentem obrigadas a compartilhar. Por quê?

É porque o infográfico é uma ferramenta de marketing visual. Como seres humanos, 90% das informações que nosso cérebro processa são visuais. Além do mais, 40% das pessoas irão responder melhor ao visual do que um texto corrido. E a produção do infográfico aumenta em 1% a cada minuto.

image12

Por que você deveria criar mais infográficos para sua audiência? Bem, existem benefícios enormes por trás disso. Jeff Bullas listou alguns deles:

image20

image15

Alguns anos atrás quando eu descobri o potencial de marca dos infográficos e comecei a criá-los. Meu tráfego orgânico aumentou no QuickSprout e no KISSmetrics. Ele pode não trazer resultados orgânicos para você da noite para o dia, mas continue trabalhando com ele.

Por exemplo, eu percebi que, quando eu publico um infográfico em meu blog, ele vai receber 22,6% menos tráfego nos primeiros 90 dias do que posts regulares no blog. Mas ao longo de 12 meses, os infográficos receberão 35,1% mais tráfego.

Então como você cria infográficos? Bem, se você quiser um design profissional que é bastante diferente de quando você usa software gratuito, você deveria considerar usar o Visual.ly. Ele é ótimo. Mas não é barato.

image19

Melhor ainda, você pode descobrir e contratar um designer profissional no Dribbble.com.

image30

Eu também escrevi alguns tutoriais para criar infográficos. Veja os guias abaixo:

Infográficos não são posts de blog. Então se você vai usar essa estratégia, você tem que integrá-lo dentro de um post. Dessa maneira, o Google irá indexar o texto na página, e por sua vez direcionar tráfego orgânico para seu infográfico.

Ou você poderia quebrar seu infográfico em pedaços menores e usar cada um para criar um parágrafo poderoso para o post do seu blog.

Infográficos podem ser caros, então use-os para gerar leads e construir relacionamentos com seus leitores. Não apenas direcione tráfego para a página e o deixe lá sem fazer nada. Você vai desperdiçar muito dinheiro se fizer isso.

image28

#2 Crescer a Busca Orgânica Com Reviews Imparciais de Livros

Você pode usar review de livro para atrair clientes e aumentar a receita em seu negócio, pois milhões de pessoas amam ler livros.

De acordo com Pew Internet, “a partir de janeiro de 2014, em torno de 76% dos adultos norte-americanos acima de 18 anos disseram que leram pelo menos um livro no ano anterior.”

image41

Um review de um livro é uma maneira simples e divertida de discutir sobre um livro e adicionar seu próprio toque. O objetivo é ajudar os leitores a tomarem as decisões corretas, em vez de desperdiçar dinheiro em livros que não oferecem valor real.

Empreendedores e blogueiros de sucesso sabem o valor que tem por trás de um review imparcial de um livro. É uma maneira rápida de dizer aos clientes e investidores potenciais que você está pronto para trabalhar com eles. Noah Kagan, fundador da AppSumo e SumoMe, escreve livros regularmente. Dê uma olhada em seu livro mais recente:

image22

Você sabia que 77% das pessoas gastam tempo para lerem reviews de produtos antes de fazerem uma compra online? Elas fazem isso porque querem ter certeza que o produto é bom – ninguém quer desperdiçar seu dinheiro conquistado com muito esforço.

image32

Antes de discutirmos o objetivo por trás de um review de um livro, me deixe te fazer uma pergunta: quais passos você dá antes de escolher um livro em particular para ler? Eu aposto que você baseia suas escolhas em:

  • Opiniões dos seus amigos
  • Opiniões de um especialista ou alguém que você respeita
  • Um review de um livro publicado em uma fonte popular ou confiável
  • Uma lista de bestseller
  • Um livro novo de um autor bestselling
  • Livros que foram escolhidos por editores

Outros amantes de livros seguem um padrão similar antes de comprar um livro em particular.

Se você é um autor, você sabe que o review de livros é importante. Você sabe que, sem eles, a venda dos seus livros irá minguar. Os clientes contam com review de outros consumidores antes de tomar alguma decisão.

Você poderia pedir para seus amigos mais chegados e família para escreverem reviews para o seu livro. No entanto, a FTC regulations exige que as relações entre o revisor e o autor sejam divulgadas como parte da revisão.

De acordo com uma nova pesquisa da Dimensional Research, “um número gritante de 90% dos entrevistados que leram reviews online, disseram que opiniões positivas influenciaram suas decisões de compra, enquanto 86% das decisões de compra dos entrevistados foram influenciadas por reviews negativos.

image05

Isso te diz que, tanto a opinião negativa quanto positiva são importantes quando você está escrevendo um review. Se você está preso e não sabe o que escrever em seu próximo post do blog, você deveria considerar seriamente um review de um livro.

De acordo com Trish Milburn, autor de livros de romance,

Em um mercado cada vez mais competitivo, autores buscam por boas oportunidades para as pessoas falarem dos seus livros.

Então, escrever um review de um livro de uma outra pessoa em seu nicho é uma excelente oportunidade para construir relacionamento em seu segmento de atuação.

Reviews de livros são também ótimas ferramentas de marketing. Aqui estão algumas razões pelas quais isso é verdade:

i).  Boca a boca: É fácil conseguir um boca a boca quando as pessoas percebem que seu conteúdo é valioso. Ao dar às pessoas uma oportunidade de ver o que tem dentro do livro de outro autor, você está abrindo um novo canal onde mais pessoas irão vir para o seu site, confiar em sua mensagem e, eventualmente, se tornarem clientes.

ii).  Moeda social: Essa moeda é simplesmente uma teoria que afirma que as pessoas vão fazer aquilo que veem as outras fazerem. Quando você escreve um review de um livro em seu blog ou pede para outros escreverem sobre seu livro no Amazon, mais pessoas ficarão inspiradas a comprá-lo.

iii).  Supere a concorrência: Enquanto muitos blogueiros são autores e dão dicas para publicar um livro, você irá se destacar se escrever um review de produto imparcial.

Você pode também usar reviews imparciais de livros para descobrir e atrair uma nova audiência começando do zero.

image07

Torre DeRoche, um autor e blogueiro de opiniões de livros em seu blog Fearfuladventurer.com, negociou um acordo de seis dígitos para um livro. Depois que ela publicou seu livro, Love with a Chance of Drowning, Torre tornou sua publicação mundial.

Antes de publicar seu livro bestselling, The Four-Hour Chef, Tim Ferriss disse que ele entrevistou mais de 400.000 seguidores no Twitter e Facebook com perguntas do tipo “quais são seus livros favoritos de culinária?”

Quando ele descobriu que muitos entrevistados escolheram um título em particular, Tim se dirigiu ao Amazon e fez duas coisas:

Primeiro, ele identificou os títulos na lista com uma média de review de 4-estrelas ou mais.

Depois, ele leu os comentários críticos “mais votados”, com o objetivo de conseguir, pelo menos, uma classificação de 3-estrelas.

Assim como em posts de blog e artigos, o título de um review de um livro deve ser atrativo. Então vamos supor que você queira opinar sobre o livro chamado A Audácia da Fé. Aqui estão alguns dos títulos que poderiam funcionar:

A Audácia da Fé: 7 Verdades Chocantes Que Você Deveria Saber

Comentário de Livro: Um Passo que Levou para a Publicação do Livro A Audácia da Fé

Como [autor] Levou A Audácia da Fé a se tornar Bestseller no Amazon

Por Que Você Não Deveria Comprar o Livro A Audácia da Fé

Opiniões de livros são um dos tipos de posts de blog que irá direcionar tráfego e conversões para seu site e negócio, mas você tem que fazer do jeito certo e ter algumas coisas em mente.

image17

#3 Crescer a Busca Orgânica Com Pensamento de Liderança/Opinião

No mundo real, as pessoas se conectam com outras pessoas, não com empresas. O interesse no pensamento de liderança e opiniões está crescendo. Você sabe que a Forbes.com agora tem em torno de 1.500 contribuintes não remunerados?

Um grande percentual deles são formadores de opinião em seus respectivos campos de atuação. O site publica 7.000 a 8.000 posts a cada mês. Se seus posts não direcionam tráfego, você não vai a lugar nenhum com a Forbes.

image04

A verdade é que seus clientes ideais querem ler conteúdo de marcas confiáveis, de especialistas e empresas. De acordo com uma pesquisa recente da AMCF, 93% dos entrevistados concordaram que uma opinião de um líder de alta qualidade influencia a opinião deles sobre uma empresa.

Há muita competição nos dias de hoje. Muito conteúdo tem sido criado e publicado hoje, mais do que há 5 anos. Os consumidores estão sobrecarregados. A sobrecarga de informação está fora de controle. A liderança de pensamento é a cura para o excesso de conteúdo.

No entanto, só porque alguém é popular um ou especialista, não significa que o Google irá levar tráfego de visita orgânica para ele. Você tem que fazer a coisa certa.

Pensamento de liderança é um tipo de opinião publicada que atravessa o ruído e entrega uma verdade, passos práticos e uma garantia de que o que você diz, irá produzir o resultado desejado.

Quem é um líder de pensamento? Vamos deixar o Google nos dar a resposta mais precisa a partir do seu index:

image33

Portanto, a liderança de pensamento é a arte de inspirar as pessoas através de ideias inovadoras e capacitar as pessoas com a habilidade de converter as ideias em realidade e replicar o sucesso delas.

Tenha em mente que esse tipo de post em blog não é para todo mundo. Se você está começando a trabalhar agora com blog ou conteúdo e não tem nenhuma experiência, ainda não tem habilidades no marketing de internet, ou não conduziu nenhum estudo ou experimento, você não deveria escrever esse tipo de conteúdo – ainda.

Formar opinião sobre algo deveria somente vir de pessoas que já experimentaram um nível de sucesso ou fracasso em seus negócios e sabem o que funciona.

Rand Fishkin, fundador da Moz, é um líder de pensamento no mundo do SEO. Muitas das ideias e conselhos que ele dá no seu programa Whiteboard Fridays vêm de anos de experiência, conhecimento profundo sobre o comportamento do usuário e expertise com os algoritmos dos mecanismos de busca. Você pode confiar nele, colocar em prática o que ele fala e conseguir resultados.

image36

Outros líderes de pensamento que você pode confiar são Brian Clark, Seth Godin, Guy Kawasaki, Eben Pagan, Marie Forleo, Brian Dean, Pat Flynn, Michael Hyatt etc.

Para estar em um lugar seguro, invista em seu conhecimento. Faça cursos para melhorar seu conhecimento de SEO, blog, otimização de taxa de conversão, construção de lista de email, branding e por aí vai.

Você pode ir no Udemy.com ou Lynda.com para aprender novas habilidades. Também, não se esqueça de ler alguns dos meus guias avançados se você quiser ser um mestre em qualquer assunto de marketing na internet.

image11

Ao construir sua experiência e melhorar suas habilidades, você pode então escrever esse tipo de conteúdo. Até chegar a hora, você deveria construir uma comunidade fiel e ter pessoas que confiem em sua opinião sobre um determinado assunto.

#4 Crescer a Busca Orgânica Com Conteúdo Orientado Por Dados de Terceiros

Quando eu comecei a trabalhar com blog, eu fiquei fascinado com o cheque de $132.994,97 do AdSense do Jeremy “ShoeMoney”. Naquela época, muitas pessoas ficaram ansiosas para saber como ele fez aquilo. Ele não deu nenhuma instrução sobre como viver do AdSense.

image25

Eu não tenho certeza agora, mas se você puder estudar as estratégias do Jeremy e escrever um post com qualquer uma das ideias de títulos abaixo, você irá direcionar tráfego e talvez vender um ebook com relação a isso.

Estudo de Caso: Tutorial Passo a Passo Sobre Como a ShoeMoney Fez $132.994,97 no Google AdSense

Como Fazer $132.994,97 no Google AdSense Como a ShoeMoney Fez

Nesse tipo de post em blog, você utiliza os dados e experimentos de outras pessoas em seu post. Por exemplo, se seu amigo, parceiro ou concorrentes conduziram um experimento, você simplesmente pega seus resultados e cria um post sobre isso.

Poucos meses atrás, eu compartilhei um estudo de caso sobre como o Shopify cresceu sua receita em 10x em 3 anos. Eu compartilhei algumas lições e dicas do que a empresa disponibilizou. Aquele post enviou muito tráfego orgânico para o meu site, gerando mais de 40 comentários e 600 compartilhamentos sociais.

image43

Se você quiser alavancar dados de terceiros para escrever posts em seu blog, você tem que tomar cuidado onde você consegue os dados que vão servir de suporte. Infelizmente, dados, estatísticas e resultados falsos estão em todo lugar na web.

Em vez disso, consiga os dados de fontes confiáveis. Então vamos supor que você queira escrever um post orientado por dados sobre otimização da taxa de conversão. Aqui está como conseguir dados precisos de fontes confiáveis.

Passo um: Vá até o Conversion Rate Experts. Do menu de navegação, clique na aba “clientes e resultados”.

image40

Passo dois: Escolha o dado. Existem muitos depoimentos de clientes na página, então escolha histórias de sucesso que chamam a atenção e crie novos posts sobre elas.

image27

Terceiro passo: Crie títulos atrativos. Usando dados de terceiros, você pode criar os melhores títulos para os posts do seu blog. Aqui estão uns exemplos:

Estudo de Caso Mobal: Como Nós Triplicados as Vendas Dentro de 12 Meses Com $9,1 Milhões

Como o TopCashback Triplicou Suas Vendas Usando 3 Passos Simples

Mas isso não é tudo. Você poderia facilmente criar um novo post no blog a partir do meu artigo recente:

image24

Em primeiro lugar, leia o post do início ao fim. Dessa maneira você irá entender o que levou ao sucesso que eu compartilhei. Algumas das ideias de títulos que você pode usar a partir do post acima são:

Como Neil Patel Escreveu 614 Posts em Blogs e Gerou Mais de 700.000 Visitantes Por Mês

Plano com 3 Passos Para Gerar 700.000 Leitores de Blog [Um Estudo de Caso]

Estudo de Caso: Como Neil Patel Gerou 700.000 Visitantes Reais Trabalhando com Blog

Não há limites para escrever conteúdo útil e criar engajamento.

Não lute para surgir com tópicos e ideias para seu próximo post do blog quando você tem ideias esperando por você. Para encontrar dados mais precisos sobre empresas de marketing, você poderia visitar o Techcrunch.com e o Inc.com regularmente.

#5 Crescer a Busca Orgânica Com Opiniões de Produtos

As mesmas regras que se aplicam para os livros, servem aqui também. Mas um objetivo de review de produto pode ir mais além, abrangendo software, serviços, ideias ou qualquer produto físico. Os consumidores querem mais opiniões de produtos antes que eles possam confiar em você.

De acordo com a Bright Local, 32% dos consumidores de milhares que foram pesquisados, disseram que eles leram de 4 – 6 reviews antes de começarem a confiar em uma determinada marca ou negócio.

image42

A regra de ouro é ser honesto e escrever com clareza. Se você é um afiliado de um produto qualquer e tem testado atualmente algum produto, você está na posição certa para opinar sobre ele.

Entretanto, você pode ser criativo com relação a isso. Em vez de escrever um review de um produto simples e direto, você poderia escrever um tutorial para mostrar aos seus leitores e clientes como o produto funciona. Essa é a mesma estratégia que Matthew Woodward usa para gerar receita passiva todo mês. Dê uma olhada em seu relatório de receita recente:

image38

Em agosto, John Lee Dumas, fundador da Entrepreneuronfire.com, gerou mais de $3.000 de um review de produto da Bluehost que ele fez há um ano. Dê uma olhada:

image31

Lembre-se que, na medida em que seu tutorial/review do produto seja útil, simples de entender e prático, você irá direcionar tráfego e aumentar sua receita. Se você quer vender mais produtos, então foque em escrever opiniões, ou ainda melhor, tutoriais.

Quando você escreve um tutorial ou review de produto, você tem que ter uma mentalidade de ajudar os outros. Esqueça do dinheiro. Se você puder ensinar aos outros o que eles precisam saber, eles irão confiar em você.

Spencer Haws, fundador da Long Tail Pro, é um profissional de marketing de conteúdo inteligente. Ele tem um blog de marketing popular onde ele detalhada seus fracassos e sucessos no negócio.

Quando você visita o blog Long Tail Pro, você descobre que seu conteúdo é escrito com seus prospects e clientes em mente. Ele não empurra venda para seus leitores. Mas ele promove indiretamente seu produto. Aqui está a prova:

image26

#6 Crescer a Busca Orgânica Com Guias de Como Fazer

O guia de como fazer é um dos tipos de conteúdo mais populares por aí afora. É fácil escrever e o valor percebido é geralmente alto. Existem blogs populares dedicados a artigos “como fazer” e nada mais do que isso. Um exemplo típico é o howtocleanstuff.net:

image37

Títulos sobre como-fazer foram as primeiras coisas que eu aprendi quando comecei a trabalhar com blog. O segredo é fazê-lo bem detalhado, rico e útil se você quiser gerar clientes segmentados e construir seu negócio. Senão, será um desperdício de tempo.

Aqui estão 6 passos para escrever post “como fazer”:

a).   Selecione um assunto: Esteja certo sobre o assunto. Se ele for sobre saúde, reduza-o ao segmento da saúde. Se é sobre marketing de internet, qual será o tema?

É sobre email marketing, criação de produto ou sobre construir uma página no Facebook? Escolha um assunto que você sabe que pode escrever extensivamente sobre ele. Você não precisa ser apaixonado por ele, mas deve conhecê-lo profundamente.

b).   Atenda às necessidades do seu público: Quais são os desafios principais que seus leitores atravessam? Eles precisam de ajuda para configurar um blog em WordPress ou aumentar a venda dos produtos? Seu blog como-fazer deveria abordar isso.

c).   Pesquisa: Para garantir que você escreva mais rápido, gaste tempo em pesquisa. Consiga todos os fatos, dados e elementos visuais para seus posts.

d).   Faça um esboço: Essa é minha dica favorita para escrever rápido. É hora de pensar no assunto principal que você irá escrever, e então criar tópicos. Coloque-o em uma estrutura correta.

e).   Incremente seu rascunho. Preencha as lacunas do seu esboço usando notas e pesquisas. Certifique-se que você tenha falado sobre cada passo específico sobre aquilo que você está escrevendo.

f).    Edite e publique. Revise seu post e limpe o tanto quanto possível. Melhor ainda, peça a um amigo para dar uma olhada. E então publique-o. Não se esqueça de promovê-lo!

Um post como-fazer útil pode receber milhares de retweets e compartilhamentos no Facebook.

De acordo com Brian Clark, fundador da Copyblogger e Rainmaker, esses tipos de artigos são alguns dos mais procurados, marcados para ler e que geram muitos links para eles.

Se você quiser aumentar as chances do seu post no blog post se tornar viral, foque no valor. Tudo diz respeito aos benefícios. Dê valor aos seus leitores, peça a eles para compartilhá-lo e eles irão.

Aqui está um post popular de “como fazer” com mais de 1 milhão de compartilhamentos sociais:

image21

Um dos posts de blog mais populares que se tornou viral ao longo dos anos foi o “Como escrever uma Porcaria Épica.” Foi escrito pelo Corbett Carr, fundador do Thinktraffic.net (agora Fizzle.co).

O post gerou mais de 80 comentários, 2.000 links inbound e milhares de compartilhamentos sociais. Alguns anos atrás, 80 comentários significavam um verdadeiro engajamento. O post continua subindo nos mecanismos de busca. De fato, ele é o nº 1 para “escrever conteúdo épico.” 

image35

Ao criar títulos sobre “como fazer” para seus posts no blog, você poderia omitir o “fazer” e substituir por “eu” de maneira a fazer com que o post pareça mais um estudo de caso. Por exemplo:

Como Escrever um Artigo de 2.000 Palavras em 2 Horas

Como Eu Escrevi um Artigo de 2.000 Palavras em 2 Horas

Como Direcionar Mais de 3.900 Visitantes Orgânicos Para seu Novo Blog

Como eu Gerei 5.608 Visitantes Orgânicos Para meu Novo Blog

Finalmente, certifique-se que seu posts “como fazer” sejam divertidos de ler. Eles têm que ser interessantes, senão ninguém lerá.

#7 Crescer a Busca Orgânica Com Posts de Listas

Posts com listas são aqueles tipos de posts em blog mais compartilhados e valiosos que eu já vi. De fato, Michael Dunlop gera mais de 100.000 visitantes em seu blog por mês com posts de listas.

Um estudo da Conductor também revelou que muitas pessoas preferem posts com listas e irão responder melhor a eles.

image29

Em 2013, 9 de cada 10 posts dos mais populares que foram publicados na eConsultancy, um blog premium de marketing de internet no Reino Unido, foram posts com lista. No mesmo ano, 6 dos 14 posts na Lifehacker foram também posts com lista. Eles funcionam bem, pois números atraem a atenção do leitor.

A verdade é que posts assim podem naturalmente chamar a atenção do spider de busca. Por exemplo, quando você pesquisa por qualquer palavra-chave no Google, você estará mais propenso a encontrar resultados que contenham um número e uma lista:

image16

No entanto, existe uma desvantagem. Como esse tipo de post é fácil de escrever, você vai se deparar com uma concorrência muito grande. Seu post com lista pode não gerar um tráfego orgânico substancial, se você falhar ao ser diligente.

Então em vez de escrever sobre 5 maneiras de aumentar suas conversões, aumente o número para 17, 25 ou 30. Por exemplo:

17 Checklists para Atrair Mais Seguidores no Twitter em 30 Dias

25 Maneiras Simples de Aumentar as Conversões na Homepage

33 Maneiras Eficazes de Conseguir Mais Assinantes de Email Rapidamente

Você irá observar que eu estou usando números ímpares mais do que os pares em meus títulos acima, certo? A razão é simples. Estudos recentes feitos pelo pessoal da Content Marketing Institute revelaram que números ímpares têm melhor performance do que os pares e podem aumentar sua taxa de clique em 20%.

image23

Isso também explica o segredo por trás da popularidade da Buzzfeed. Quando você visita a homepage do site, você vê uma lista de post; eles têm sido consistentes por anos. Dê uma olhada:

image00

E no Lifehack.org, 5 de 6 artigos na homepage têm um estilo “lista de”:

image09

Eu também pratico o que eu prego. Meus posts mais recentes contêm uma lista. Dê uma olhada:

image10

Você poderia transformar qualquer título popular em uma “lista”. Ou expandir um post que já seja assim para que ele seja mais atrativo. A escolha é sua. Mas saiba que, qualquer caminho que você seguir, contanto que você amarre seu título a um conteúdo épico e permaneça consistente, você irá crescer a busca orgânica.

#8 Crescer a Busca Orgânica Com Links Para Páginas & Recursos

Um recurso é uma “fonte de suprimentos, suporte ou ajuda” que produz algum benefício. Pode ser facilmente utilizado quando necessário. Quem disse que você tem que escrever posts em blog começando do zero o tempo todo?

Você percebe que todos os tópicos que você já cobriu já foram escritos por outros blogueiros ou especialistas do segmento?

Você pode facilmente fazer uma curadoria do conteúdo deles. Os melhores profissionais de marketing estão lutando para criar uma variedade de conteúdo, e também o mix correto de conteúdo para seus leitores.

É por isso que profissionais de marketing inteligentes fazem curadoria em 25% dos seus conteúdos – para ir ao encontro da demanda por informação de alto valor para seus consumidores.

image13

De acordo com a Curata, “76% dos profissionais de marketing usam curadoria na mídia social. É a maneira mais popular de usar esse tipo de conteúdo.” Uma vez que há uma grande quantidade de artigos, links, vídeos, podcasts e cursos online, você pode descobrir, usar e compartilhá-los em seu blog.

Por exemplo, Michael Chibuzor, fundador da Contentmarketingup.com, recentemente compartilhou os 10 TED talks mais assistidos sobre produtividade. Ele simplesmente capturou os prints dos vídeos, criou um link para cada um deles no site do TED e colocou sua opinião sobre cada uma das palestras.

image39

Quando se trata do Google, a página acima não tem conteúdo duplicado. Mas ela tem algumas informações úteis e uma tonelada de valor para seus leitores.

Brian Dean também tem uma página de recurso onde ele gerou um link para um dos melhores posts em blog sobre link building:

image14

Vamos supor que você tenha um blog de nutrição, e esteja interessado em escrever sobre uma fonte – uma página que contenha os 50 melhores blogs de comida ou artigos online. Para descobrir esses artigos, vá até o Google e use esse tipo de pesquisa:

Comida e Nutrição + “Melhores refeições para comer”

Melhores blogs de comida + artigos populares

Lista de comidas saudáveis + blog de comida

Aqui está um resultado de busca típico quando eu usei a primeira pesquisa:

image01

Ao compilar um post com fontes de recursos, você deveria se esforçar para categorizar os recursos. Por exemplo, nos resultados de busca acima, você pode ver que existem comidas que geram fadiga, outras que você deveria comer para seu cabelo crescer, dietas saudáveis para viagem, comidas para perder peso e para o café da manhã. Cada uma delas deveria estar em um tipo de categoria diferente.

Quando você formatar sua fonte de recursos ou post dessa maneira, você vai fazer com que seja fácil de ler e o valor percebido será muito alto. Lembre-se de colocar links externos em uma nova aba de maneira que seus leitores não saiam da sua página.

Hootsuite, um software gerenciador de mídia social, tem uma das melhores fontes de recursos por aí afora. Ele é épico e contém valor para qualquer nicho ou segmento. Tudo que você tem que fazer é selecionar seu segmento e o desafio que sua empresa ou negócio esteja enfrentando, e o Hootsuite irá te dar uma fonte ou guia que irá ao encontro das suas necessidades.

image02

Nota: Ao criar uma biblioteca de recursos ou um post com link para outro site, o conteúdo pode ser seu, dos concorrentes ou de outras marcas. No mundo de marketing digital, as páginas com recursos mais populares foram cuidadosamente trabalhadas com a curadoria e com os links de referência apropriados. Você não pode fazer tudo sozinho.

#9 Crescer a Busca Orgânica Com Ebooks, Relatórios, White Papers

Você pode usar ebooks, relatórios e whitepapers para crescer a busca organica. Muitos blogueiros não estão fazendo isso.

Dica Rápida: Você pode usar o conteúdo da sua página, adicionar dados visuais, então publicar cada capítulo como um post no blog.

Os mecanismos de busca podem rastrear e indexar o conteúdo do seu ebook, e ranqueá-lo bem se você fizer um bom trabalho. Eu sei que você deve ter visto um PDF nos resultados de busca antes. Eles estão na verdade no formato de ebook.

image34

Ebooks, relatórios e whitepapers têm se tornado populares ferramentas de marketing. Se você não está as utilizando, então chegou a hora de começar. De acordo com o Pew Internet Center, leitores de livros no geral são estáveis, mas os ebooks têm se tornado mais populares.

Quase metade dos leitores abaixo dos 30 leram um ebook no último ano. Foi descoberto que 87% dos leitores de ebook e 84% dos ouvintes de audiobooks também leram um livro impresso nos últimos 12 meses.

image08

Muitas pessoas vivem de criar ebooks e relatórios. Pat Flynn construiu autoridade e se tornou uma força no marketing depois de lançar seu primeiro ebook. Outro livro popular que reforçou sua marca pessoal foi o Let Go.

image18

Brian Clark e o Darren Rowse construíram uma lista de email gigante oferecendo valor por meio dos seus relatórios e ebooks.

Os caras da MarketingProfs usaram whitepapers para posicionar a empresa deles como uma fonte de recurso no marketing de conteúdo. E o Nathan Barry gerou $12.000 de receita com seu ebook em 24 horas.

Lembre-se que, se você quiser usar ebooks e relatórios especiais para crescer a busca orgânica, você tem que oferecê-lo de graça.

Dessa maneira, você terá muitas pessoas compartilhando e criando links para seu site. Eventualmente o ebook irá ter boa classificação na busca. E se você quiser redirecionar com sucesso os usuários para lerem seu ebook/relatório, você deveria adicionar links para seu blog ou landing page.

Melhor ainda, você poderia publicar cada página do seu ebook ou relatório em algum post no blog. Ou publicar os primeiros capítulos e criar um link para o livro principal. De qualquer forma, certifique-se que você esteja oferecendo valor – porque é exatamente o que seu público-alvo quer.

Conclusão

Não existe uma única regra para criar todos os posts do seu blog. Blogueiros são respeitados porque eles sabem que precisam criar uma variedade de conteúdo para seus usuários.

Não se deixe enganar pelo estilo de vida chamativo e luxuoso que alguns blogueiros e especialistas em marketing de internet aparentam ter. O X da questão é que essas pessoas trabalham demais. Não existe sucesso sem trabalho duro.

Quando você começa a trabalhar duro, você poderá ganhar receita passiva. Mas antes que isso aconteça, você tem que trabalhar mais do que uma pessoa que o faz das 8h às 18h.

Quando você faz isso de maneira contínua, você irá crescer a busca orgânica, atrair clientes e retê-los, bem como melhorar sua marca pessoal.

Quais desses tipos de posts em blog você já criou antes? Quais deles geram mais busca orgânica para seu site?

Share