Como Criar Anúncios no Facebook que Convertem Visitantes em Clientes

lady with megaphone

Obter tráfego é fácil. Aumentar suas conversões, no entanto – não é mole!

Se você está procurando pela melhor plataforma para alcançar seus consumidores, então você deveria considerar criar anúncios no Facebook. É um mercado enorme com uma estimativa de 1,39 bilhão de usuários ativos, de acordo com a B2C.

Direcionar clientes – não apenas visitantes – para sua landing page é a melhor maneira de conseguir vendas. Uma ótima maneira de começar é criar anúncios no Facebook baseados em conversão.

Com a plataforma de publicidade do Facebook, você tem acesso a uma audiência que mostra um interesse atual em sua oferta. Você pode trazê-los para seu site criando ads (anúncios) irresistíveis.

Ultimamente, sua campanha de anúncios no Facebook somente será eficaz se sua landing page for otimizada para o usuário. Senão você estará propenso a ter grandes dificuldades para gerar leads através dos seus anúncios no Facebook.

Quando se trata de aumentar sua taxa de conversão, você tem que pesquisar completamente o seu público. Não importa o quanto você tenha que investir em uma campanha, comece tendo certeza que você está mirando nos clientes certos.

Faça o download deste passo a passo para criar anúncios no facebook que convertem.

Sem mais delongas, deixe-me te mostrar como criar uma campanha de ad no Facebook baseada em conversão que irá crescer o seu negócio: 

Estratégia #1: Segmentação Baseada em Interesse

A segmentação do anúncios no Facebook é inigualável em sua versatilidade. Você pode direcionar seus anúncios no Facebook baseados na localização do usuário, idade, gênero, interesse, status do relacionamento, educação e mais.

Por exemplo, a Adidas lançou campanha relacionada ao futebol durante a Copa de 2010 na África do Sul. Eles usaram o Facebook ads para segmentar os usuários baseado nos interesses deles pelo esporte.

image25

Durante a campanha, a página deles no Facebook alcançou mais de 1 milhão de fãs e o reconhecimento da marca cresceu entre 8% e 21% em diferentes países. Você tem muito potencial ao criar uma campanha de anúncios no Facebook – o mercado é enorme.

image52

Ou digamos que sua empresa introduziu recentemente uma nova marca de café. Você poderia segmentar pelos fãs do Starbucks com seus ads e talvez convidá-los a experimentar seu produto:

image58

Quando você segmenta os usuários baseado em seus interesses, você irá perceber um aumento no número de assinantes, fãs do Facebook, defensores da marca e compradores. Afinal de contas, você irá converter mais usuários em clientes.

image41

Isso faz muito sentido. Se alguém não tem graduação em alguma faculdade, essa pessoa não estará propensa a fazer um curso de especialização online.

Na mesma linha, se eu demonstrei interesse por tênis de mesa e vejo um ad oferecendo um curso que promete me tornar um jogador melhor, eu estarei mais propenso a clicar do que se o ad estivesse falando de uma aula de basquete.

E uma organização sem fins lucrativos pode facilmente segmentar os usuários baseado em seus interesses:

image07

Ao definir o objetivo do seu ad, o próximo passo é selecionar uma audiência baseada em um ou mais interesses. Essas pessoas são usualmente leads pré-qualificados, pois elas já estão interessadas em seu assunto.

Segmentar com base em interesse é muito eficaz para aumentar sua base de fãs. Veja um exemplo: o escritório de Política de Controle Nacional de Drogas da Casa Branca criou uma campanha “Acima da Influência” para educar adolescentes sobre os perigos dessas substâncias.

image56

Eles usaram os anúncios no Facebook para segmentar usuários por interesse e idade. Aqui estão os resultados que eles geraram:

image43

Lembre-se de configurar um sistema de nutrição de lead no backend se você quiser maximizar seus leads, pois a vasta maioria deles não está pronta para comprar seu produto ainda. Você terá que educar e persuadir primeiro – e para fazer isso, você precisa de um sistema para se comunicar com eles regularmente.

Estratégia #2: Crie um Ímã Para o Lead

Um ímã para o lead é basicamente um suborno ético. É aquilo que você oferece para seus leads de maneira que eles sejam persuadidos a dar o endereço de email e outros tipos de informações.

Você pode escolher várias opções quando decidir o que dar a eles. Por exemplo, Ryan Deiss, fundador do Digital Marketer, disponibilizou um arquivo compilado sobre mídia social. Em 45 dias, ele conseguiu mais de 28.500 leads.

image00

Bidsketch, um programa para criação de propósitos de Startups, usa um estilo único para pedir seu email antes que você comece a usar o teste gratuito:

image06

Se você tem uma loja online, você poderia dar códigos de desconto ou oferecer frete grátis para seus consumidores. Outros ímãs que funcionam comprovadamente para atrair leads são:

  • Ebooks e artigos
  • Treinamento em vídeo
  • Cursos em email
  • Ferramentas gratuitas
  • Checklists e templates

Estratégia #3: Construa Landing Pages de Alta Conversão Para os Leads do Facebook

Quando você cria uma landing page, sua mentalidade irá se direcionar para a taxa de conversão – que é onde ela deve estar. Afinal de contas, é isso que importa uma vez que você comece a atrair cliques e visitantes da sua página do Facebook.

Sua landing page deveria ter elementos – tais como o título, subtítulo e call to action (CTA) – que podem ser testados e aprimorados.

image60

Mudar a cor do botão do seu CTA, ou a posição, pode dar um impacto significativo na taxa de conversão, mas esse é apenas o começo para construir uma landing page de alta conversão. Sua página por si só precisa estar focada em conversões, com um texto persuasivo que seja relevante para os leitores.

De acordo com o Instapage, mais de 1.000 landing pages são criadas por meio de software diariamente e esse número continua crescendo. Isso mostra que os profissionais de marketing estão abraçando as landing pages e entendendo como elas são importantes.

A moral da história é: Se você está fazendo otimização dos mecanismos de busca ou criando um anúncio PPC no Facebook ou Google AdWords, você precisa de uma landing page de alta conversão.

Você não pode esperar que as pessoas se convertam se você não tem nada de útil para compartilhar com elas.

Jayson DeMers disse que, se você criar landing pages corretamente, você pode até desfrutar de um aumento nos benefícios de SEO, embora sua principal fonte de tráfego segmentado seja via anúncios no Facebook.

Hiten Shah, co-fundador do KISSmetrics, disse em sua newsletter alguns meses atrás que mais profissionais de marketing estão criando landing pages por outras razões que não são somente para falar de novos recursos de produtos ou releases.

Um estudo recente da MarketingSherpa concorda com a afirmação de Hiten – 67% dos profissionais de marketing estão criando landing pages únicas para várias campanhas de marketing ou marcas.

image47

Quando um produto novo é adicionado, esses profissionais de marketing espertos também criam novas landing pages a fim de atingir um público segmentado com necessidades específicas.

Quando se trata do design, não há necessidade de reinventar a roda. De fato, é certo que a landing page onde você direciona seus cliques do Facebook deva ser semelhante a sua landing page típica, para criar um anúncio PPC diferenciado. Mas em vez de se preocupar tanto com o design, foque na anatomia – os elementos que compõe a página.

image12

Quando você entra em uma página bem criada, você perceberá os títulos, subtítulos, marcadores e etc. Todos eles são elementos importantes em qualquer landing page significativa.

No entanto, os conceitos reais que produzem uma landing page de alta conversão estão sempre evoluindo.

Seus clientes estão acostumados com técnicas antigas. Eles querem algo mais simples, que vá direto ao ponto e que seja interessante. Então como você faz isso em sua landing page?

1).  Credibilidade emprestada: O projeto de pesquisa Stanford Web Credibility descobriu que a credibilidade é o elemento mais importante de qualquer site.

Se você não tem muita credibilidade online, isso irá afetar como as pessoas enxergam sua marca, produtos e conselhos. Se você é um autor, você vai achar mais fácil confiar nas publicações do Seth Godin do que nas minhas. Ele tem mais credibilidade e experiência nesse ramo.

Por outro lado, quando se trata de técnicas e estratégias de marketing digital, tais como SEO e construção de blogs lucrativos, mais pessoas irão confiar nas minhas recomendações por se tratar da minha especialidade, mais do que a do Seth.

Então o que você faz quando não tem credibilidade o suficiente para persuadir clientes em potencial?

Simplesmente pegue emprestada a credibilidade de outras fontes confiáveis. Veja como:

i).   Coloque os emblemas dos clientes: Essa é uma nova tendência com relação ao design da landing page. Para fazer com que sua landing page seja confiável e profissional, alavanque a credibilidade de outras pessoas.

image30

Uma maneira efetiva de pegar emprestada a credibilidade de marcas e especialistas é mostrar seus emblemas em sua landing page – presumindo que você tenha trabalhado com eles no passado. Um cliente potencial que ainda está cético com relação a sua marca irá se tranquilizar quando reconhecer outras marcas em sua página.

Isso é chamado de efeito halo, que simplesmente nos diz que uma associação positiva gera outra. Você é responsável por criar a primeira impressão em seus prospects.

image50

Se eles virem uma marca confiável que você já trabalhou (é crucial ser honesto nessa hora), eles terão uma impressão positiva da sua marca.

Um exemplo de uma landing page que mostra outras marcas é a do Getresponse, uma empresa de solução em email marketing que mostra o logo dos seus clientes.

image26

Tenho certeza que você já viu vários sites e profissionais de marketing usando emblemas em suas landing pages. Quando você vê os logos da Coca-Cola, Apple, AirBnB e Unicef na landing page do Campaign Monitor, você não se sente mais à vontade para fazer negócio com eles?

image05

ii).   Mostre depoimentos: Você pode também construir credibilidade mostrando o impacto do seu produto ou serviço na vida das pessoas por meio dos depoimentos.

Credibilidade leva à venda e te ajuda a reter clientes (levando em conta que seu produto ou serviço seja bom). De acordo com Douglas MacDougall da MacDougall Biomedical Communications, “sem credibilidade, tudo que você diz aos investidores, parceiros potenciais ou até mesmo aos empregados, pode ser questionado.”

Uma landing page típica de anúncios no Facebook contém pelo menos um depoimento. Aqui está um exemplo da Ontraport. Veja o depoimento abaixo do formulário:

image38

Uma estatística recente da Spectoos descobriu que 90% das decisões de compra dos consumidores são influenciadas por testemunhos e reviews de clientes. Além disso, mais de 80% dos clientes admitem que estão mais propensos a comprar de uma marca que mostra reviews e depoimentos no site.

Você sabe por que a Amazon gera mais vendas do que qualquer outra marca no segmento de compra online? Dê uma olhada nas vendas online pelo mundo em 2013:

image34

Reconhecidamente, a Amazon é uma marca muito popular e altamente confiável. Mas outra razão para os bons resultados da Amazon é o review bem detalhado e claro dos produtos por parte dos clientes, como este:

image13

Uma palavra de cautela: não pense em colocar um depoimento falso em sua landing page. Confie em mim: seus visitantes saberão. E eles irão te deixar sem pensarem duas vezes. Pior ainda, essa decepção pode destruir sua credibilidade. Resumindo: seja honesto.

Mostrar depoimentos detalhados é uma ótima maneira de impulsionar sua credibilidade. Xoom, uma solução em pagamento web sabe como posicionar estrategicamente os depoimentos dos clientes para melhorar suas conversões:

image46

Como fazer com que as organizações e profissionais de marketing falem sobre você? É muito difícil contar uma história de sucesso com apenas um logo ou foto, mas além do depoimento por escrito, certifique-se de exibir suas imagens com clareza.

De acordo com o Kinsta, publicar testemunhos em sua página é uma das melhores maneiras de construir confiança. Depoimentos de clientes são parte integral da prova social – uma frase que simplesmente significa “pessoas estão mais propensas a fazerem o que elas veem os outros fazendo.”

Se outros em seu segmento obtiveram resultados com seu produto ou serviço, a prova desses resultados em sua página irá gerar mais interesse em seus clientes para se inscreverem em sua lista ou comprarem seu produto. Por exemplo, Wiki Jobs adicionou depoimentos detalhados em seu site e aumentou a taxa de conversão em 34%.

image14

2).  Dê um propósito ÚNICO para sua landing page: Qual é sua principal motivação para criar uma landing page para os cliques dos seus anúncios no Facebook? Se sua resposta é “direcionar tráfego, obter assinaturas de email e vender,” você está cometendo um grande erro.

Não existe uma maneira de obter sucesso se você está direcionando vários objetivos em sua landing page. Em vez disso, você deveria criar diversas landing pages, cada uma com um apelo para um grupo específico de clientes.

image53

Outro benefício de criar landing pages com objetivo único é a facilidade de comunicar e testar suas propostas de valor. Uma proposta de valor é simplesmente uma promessa a ser entregue por uma dada oferta, site ou marca. Uma pesquisa da MarketingSherpa mostrou que 64% dos profissionais de marketing consideram ser fácil testar proposta de valor em uma landing page.

image16

Veja a landing page da Six Figure Consulting da Ramit Sethi, por exemplo. Ela tem apenas um propósito: promover seu curso sobre como se tornar um consultor que fature de 6 dígitos por ano. Mas antes que alguém possa aprofundar nos segredos de Ramit, é preciso se inscrever na lista de email, que é o propósito real da página.

image10

Ryan Deiss, fundador da DigitalMarketer.com, sabe como definir o propósito das suas landing pages. Se você quer se tornar um especialista certificado em otimização de valor para o cliente, Ryan não quer que você apenas assine uma lista. Ele quer que você se matricule, caso esteja pronto para começar.

image57

3).   Otimize suas landing pages para conversões: De acordo com David Masters da Tutsplus, “landing pages são equivalentes às equipes de vendas no mundo online.” Com isso em mente, o propósito da sua landing page tem que ser bem definido desde o começo.

Como um anunciante no Facebook, você tem que lembrar que gerar leads é o último propósito por trás da execução de um anúncio, não importa qual tipo de anúncio você esteja criando.

Mesmo que você esteja patrocinando um post em blog, você ainda vai querer converter mais visitantes em leitores do blog. Então a conversão é o último subproduto de qualquer anúncio PPC.

Otimize para conversões continuamente. Muitas pessoas não sabem o que a otimização significa. Mas ela na verdade tem um conceito simples, que se resume a duas coisas:

  • Faça mais daquilo que funciona
  • Desista daquilo que não funciona

Existem duas maneiras de otimizar sua landing page de maneira a aumentar suas conversões:

image08

Sobre tudo, você deve remover toda distração em sua landing page. Facilite para os visitantes encontrarem exatamente aquilo que estão procurando. Use sugestões explícitas para guiar os usuários até a sua oferta ou call to action.

Muitos profissionais de marketing bem-sucedidos usam essas sugestões nas caixas opt-in. Por exemplo, Copyhackers usa um personagem de desenho animado que aponta para o botão de call to action do opt-in.

image35

Marie Forleo usa uma senta branca para direcionar usuários a se tornarem assinantes. Isso ajuda o visitante a não ficar perdido na página.

image40

Outra maneira que você pode usar pistas direcionadas é incluir uma mensagem pequena (uma ou duas sentenças) e atrativa antes do box de assinatura.

Escreva a mensagem de maneira persuasiva. Veja como Expert Photography criou essas pistas em apenas uma sentença:

image18

Na landing page acima, você vai perceber que existe um vídeo. Adicionar um vídeo em sua landing page irá te posicionar como um especialista em sua indústria. Afinal de contas, se você tem isso para oferecer, então você é diferente daqueles que apenas escrevem sobre o assunto.

Vídeo é parte integral do marketing visual e o cérebro responde melhor a ele do que o texto. Eyeviewdigital.com viu um aumento de 80% em sua taxa de conversão depois de adicionar um vídeo em sua landing page.

Muitas pessoas preferem assistir a vídeos a lerem textos. Além do mais, os vídeos irão manter as pessoas em sua página por mais tempo.

image29

Remover a navegação da sua página é outra maneira de otimizar e alcançar uma taxa de conversão mais alta com sua landing page.

Por exemplo, Career Point College removeu o topo da navegação em sua landing page e modificou o layout do formulário. O resultado foi um aumento na taxa de conversão em 336%.

E a SparkPage aumentou sua taxa de conversão de 9,2% para 17,6% no mês que eles testaram e removeram o topo da navegação.

image45

Remover as navegações em sua landing page irá levantar suas conversões. Muitos autores, profissionais de marketing e palestrantes estão fazendo exatamente isso.

Antes de encerrarmos sobre otimização de landing page, temos que abordar o call to action. Se você está usando um botão de CTA em sua landing page, as palavras que você usa também irão persuadir as pessoas a agirem ou saírem. Evite textos chatos em seus botões.

Se você ainda está usando a palavra “submeter” em seu botão, você está prestando um grande desserviço para você mesmo. Em vez disso, descreva claramente o que os usuários têm a ganhar após a ação.

A HubSpot recentemente testou botões de CTA em uma landing page para comparar o efeito dos botões que usam a palavra “submeter” contra botões que não usavam.

A opção com a palavra “submeter” não teve boa performance. O botão com uma melhor descrição teve uma taxa de conversão de 17%.

image55

Bryan Harris, fundador do Videofruit.com, removeu todo o topo da navegação e o sidebar em sua landing page, e criou um texto claro para seu botão. Aqui está a landing page:

image39

Para economizar tempo e construir landing pages para seus anúncios no Facebook, você tem muitas opções. Você poderia usar um dos templates da Leadpages, Instapage ou Optimizepress. Mas se você se importa com o teste A/B, Unbounce pode ser a melhor opção para você.

image09

Estratégia #4: Conduza o Tráfego Qualificado Para sua Landing Page Pelo Facebook

Trabalhar com anúncios no Facebook é uma ótima fonte de tráfego para sua landing page. Profissionais de marketing inteligentes utilizam a plataforma de mídia social número 1 para gerar tráfego de alta qualidade e converter os visitantes em clientes.

Se você tem um orçamento de marketing para o tráfego orgânico e para o PPC, você verá melhores resultados comparados aos que usam apenas uma dessas opções.

image28

Glen Allsopp, fundador da Viperchill.com, recebeu milhares de cliques qualificados a uma taxa mais barata usando anúncios no Facebook, em oposto ao Google AdWords.

Ele gastou $2 com o Facebook para adquirir um cliente, enquanto que no Google o valor foi de $40 para levar o mesmo cliente ao seu site. É claro, existem maneiras de alcançar um PPC mais em conta no Google AdWords, mas muitos profissionais de marketing e anunciantes PPC preferem o Facebook.

Mais importante, a equipe do Facebook irá aprovar seu anúncio dentro de 15 minutos e começar a enviar tráfego para sua landing page. Google AdWords pode levar de 10 – 15 horas.

Em um teste recente para determinar o efeito do PPC em uma landing page, comparado às fontes gratuitas de tráfego, Melissa Mackey viu um aumento de 17% nas visitas do site depois de ter feito uma campanha PPC. Suas vendas aumentaram também.

image54

É claro, você precisa conhecer o custo por aquisição (CPA) quando executar uma campanha de ad no Facebook – o quanto um único clique irá te custar.

Isso significa que, se o Facebook deduz $1,43 da sua conta por cada clique, seu custo por aquisição (CPA) é de $1,43. Assumindo que você tenha o mesmo orçamento tanto para o PPC quanto para a busca orgânica, esta pesquisa mostra que o PPC irá produzir o melhor ROI para você.

Se você tem uma landing page de alta conversão, uma oferta atrativa e anúncios no Facebook clicáveis, o tráfego do PPC irá converter 3,5 vezes melhor do que um tráfego que não seja via PPC.

image32

1).   Configure o rastreamento da conversão: Se a conversão é o seu objetivo final, você precisa configurá-la adequadamente por meio de um rastreamento fácil.

image48

No ambiente de configuração dos anúncios no Facebook, você pode otimizar e rastrear conversões colocando um pixel de conversão em seu site e então adicionando-o aos anúncios no Facebook. Essa é uma maneira simples e eficaz para saber exatamente quais ads estão convertendo mais.

Se você usa o WordPress, você pode fazer o download e instalar o plugin de rastreamento do Facebook, que adiciona o código do pixel de conversão em sua landing page do WordPress.

Você também pode otimizar o CPM para segmentar seus anúncios para a audiência certa, de maneira que você não desperdice seus cliques ou dinheiro. CPM otimizado é um aspecto integral das melhores práticas de rastreamento de conversão:

image42

Aqui estão alguns passos simples para configurar o pixel de conversão do Facebook:

Passo #1: No gerenciamento dos anúncios no Facebook, clique na aba rastreamento de conversão do lado esquerdo.

image27

Passo #2: No menu drop-down, dê um nome ao seu pixel de conversão que seja fácil de lembrar. Então selecione uma categoria que melhor descreva o tipo de conversão que você queira ver.

image02

Passo #3: Clique Criar Pixel.

Passo #4: Copie o código que aparece.

image21

Então cole dentro da abertura e fechamento da tag <head> da sua página web:

image31

Você pode usar também o Power Editor para criar um pixel de conversão que irá te ajudar a rastrear as conversões em seu Facebook. Siga estes passos:

Passo #1: Vá para o Power Editor.

Passo #2: Clique em Manage Ads no canto superior esquerdo e selecione Conversion Tracking.

image01

Passo #3: Clique em Criar Pixel.

Passo #4: Selecione uma categoria do menu de opções e dê um nome ao pixel de conversão.

Passo #5: Clique em Criar Pixel.

Passo #6: Copie o código que aparece e adicione-o em sua página web como mostrado mais acima.

2).   Crie um design poderoso para os anúncios no Facebook: É trabalho da landing page ou dos anúncios no Facebook converter cliques em leads? Bem, eu acho que os dois são vitais.

Ao criar um design para o ad, considere a experiência do usuário. Veja um comentário recente do Filip Galetic:

image59

O que o comentarista precisa entender é que nenhum desses elementos (landing page, custo por clique, quantidade de tráfego, conversão e anúncio) irá funcionar independente do outro. Eles deveriam trabalhar em conjunto para gerar os melhores resultados.

Jogar dinheiro no Facebook para direcionar visitantes para sua landing page irá funcionar apenas se você for esperto. Conheço muitas pessoas que perderam dinheiro criando anúncios no Facebook. Já outras, tais como Ryan Deiss e Jon Loomer, estão obtendo grandes resultados.

image36

Ao escrever seus anúncios no Facebook, seja claro e conciso sobre sua oferta. Você não será um simples vendedor se seu anúncio entregar valor. Deixe as introduções extravagantes para depois.

Isso significa que, se sua marca ainda não é bem conhecida pelo seu público-alvo, você não deveria usá-la em seu texto. Amazon, Ebay, Seth Godin e Guy Kawasaki podem usar seus nomes porque você e eu (o público-alvo deles) estamos familiarizados com seus nomes.

image04

Ao escrever seus anúncios no Facebook, certifique-se de incluir os quatro elementos abaixo:

i).   Visual: Informação visual é algo valioso no algoritmo do Facebook. Nos Feeds de Notícia em constante evolução, a informação visual irá criar mais engajamento com sua audiência do que um texto corrido.

Mas você também tem que saber a diferença na qualidade e na composição da imagem.

image51

Como o cérebro processa o visual 60.000 vezes mais rápido do que um texto corrido, inclua elementos visuais relevantes e profissionais (ex: imagem de objetos, humanos) para seduzir sua audiência.

image49

Aqui estão ótimos exemplos de visuais claros & relevantes usados nos anúncios no Facebook:

image23

Já que o seu ad irá aparecer ao lado direito da homepage do usuário, certifique-se que suas imagens e fotos sejam atrativas, de fácil entendimento à primeira vista e alinhe com o texto do anúncio. Veja exemplos abaixo:

image24

ii).   Ad relevante: O título do seu ad, visual, texto e o call to action, todos devem ser relevantes. Dependendo das suas configurações, você irá gastar dinheiro quando alguém visualizar ou clicar em seu anúncio. Faça com que cada visualização ou clique valham a pena.

Um exemplo de ad relevante é o abaixo:

image44

O Facebook recentemente lançou algo similar ao Ad Rank do Google AdWords. Essa característica do Facebook dará uma pontuação relevante depois de avaliar seu ad.

image11

image17

Trabalhe para aumentar a pontuação do seu ad. Faça com que seu título, texto, imagem e a página de destino sejam relevantes e tenham um apelo para sua audiência.

Se você puder fazer isso, o Facebook irá priorizar seus anúncios, o que significa que mais usuários segmentados serão enviados para sua landing page.

iii).  Proposta de valor: Faça uma proposta de valor em seu anúncio. A proposta de valor irá posicionar seu produto ou oferta à parte dos concorrentes. Este gráfico explica melhor:

image15

Se você afirmar que seu livro mais recente é útil, muitas pessoas não te darão o benefício da dúvida sobre esse ponto. Mas se você disponibilizar alguns capítulos sem custo, é mais fácil para as pessoas tirarem suas próprias conclusões.

Na mesma linha, oferecer um desconto de 30% no seu plano de dieta se você é um treinador fitness, irá rapidamente impulsionar sua credibilidade e mudar a forma como as pessoas percebem seu ad. Aqui está uma proposta de valor poderosa de um ad no Facebook da AirBnB.

image33

iv).   Um call to action claro: Não há atalho para fazer com que as pessoas tomem alguma decisão – você tem que incluir um call to action.

Infelizmente a maioria dos profissionais de marketing não está fazendo isso. De acordo com o SmallBizTrends, 70% dos sites das pequenas empresas B2B não têm um CTA.

image03

Você precisa de um call to action tanto no ad quanto na landing page. Sem ele, seus melhores títulos, a melhor aparência do site, imagens relevantes e ads atrativos serão desperdiçados.

Muitos publicitários no Facebook ignoram totalmente o CTA no anúncio.

Aqui está um vídeo em um anúncio do Facebook com um forte call to action:

image19

Se você está criando um anúncio com vídeo ou foto, o que importa é que você convença os usuários a clicarem e visitarem sua landing page. De lá, você pode acompanhar os clientes potenciais que tiveram interesse em seu anúncio e persuadi-los a comprar.

Estratégia #5: Conversões de Baixa Fricção

Melhorar suas conversões é o último objetivo de toda campanha PPC. Não é de se admirar que 85% dos especialistas em marketing de busca prestarão mais atenção no CRO (otimização das taxas de conversão).

Muitas pessoas estão usando anúncios no Facebook da maneira errada. Se você ainda não criou uma maneira de capturar e nutrir sua audiência, você irá desperdiçar muito dinheiro.

Conversões de baixa fricção (uma forma mais sutil para atrair os usuários do que simplesmente forçar a venda) são a melhor abordagem ao executar uma campanha de Facebook. Bons anunciantes PPC não usam o Facebook para vender. Em vez disso, eles oferecem conteúdo atrativo de alta qualidade para que seus usuários se inscrevam na lista de emails.

image00

De lá, é muito mais fácil oferecer algo de valor, eliminar o distanciamento e dar aos usuários exatamente o que eles estão pedindo: educação.

É claro, se você é dono de uma loja e-commerce, você poderia simplesmente direcionar as pessoas para suas páginas de produto e convertê-las para as vendas de lá.

Mas para profissionais de marketing que trabalham com informação, consultoria de negócios, freelancers e outros que não estão vendendo um produto físico, você primeiro tem que levar as pessoas para sua lista de email. É por isso que existe o autoresponder.

image20

O visitante da landing page não veio para comprar um produto, mas para aprender mais com você. O que importa é o ambiente que você criou para eles. Esse ambiente irá inspirá-los a comprar de você, ou irá expulsá-los para uma outra oferta por causa da pressão excessiva ou da sua ganância?

Seus anúncios no Facebook produzirão os melhores resultados se você criar um funil de conversão e um conteúdo útil que seus leads irão se beneficiar com ele. Faça a nutrição dos seus leads regularmente antes de tentar vender alguma coisa.

image37

Lembre-se, você precisa continuamente testar sua performance para determinar o que está funcionando ou não. O terreno do Facebook está sempre mudando e você precisa se adaptar a ele.

Aqui está um trecho do KISSmetrics sobre testar e rastrear suas métricas:

image22

Conclusão

Se você criar anúncios no Facebook, você precisa criar um sistema para rever e analisar seus anúncios. Então você poderá fazer ajustes em sua campanha. É assim que você avalia o que funciona melhor.

Mas se você abandonar seu anúncio e perder o foco, pode acabar não direcionando as pessoas certas para seu blog e desperdiçar seu dinheiro no processo.

Então qual o fator mais importante nos anúncios do Facebook?

Como eu disse antes, a oferta da landing page, a própria landing page, o texto do anúncio, a imagem, o call to action – tudo isso é vital e eles trabalham em conjunto para te ajudar a alcançar seu público-alvo.

Quais outras estratégias você usa ao criar anúncios no Facebook para melhorar suas conversões?

Share