Como Integrar Palavras-Chave de Cauda Longa Dentro dos Posts do Seu Blog

seo longtail

Quando eu comecei a segmentar palavras-chave de cauda longa, aumentei meu tráfego orgânico das ferramentas de busca para 173.336 visitantes únicos por mês. Você está perdendo uma grande quantidade de tráfego de busca, se você não está criando posts utilizando consultas de pesquisa mais longas.

Eu te encorajo a pesquisar palavras-chave de cauda longa, porque elas são mais fáceis e mais rentáveis para posicionar. Para a maioria delas, você não vai enfrentar uma concorrência significativa.

Faça o download destas 21 ferramentas impressionantes que você pode usar hoje para gerar palavras-chave de cauda longa.

Existem dúvidas de que a base do SEO seja a pesquisa de palavras-chave. Mas todas as palavras-chave não são criadas iguais. A maioria das principais empresas estão começando a ver o potencial de palavras-chave mais longas.

Por exemplo, a Amazon faz 57 por cento das vendas vindas de palavras-chave de cauda longa. Isso porque as variações de palavras-chave mais longas – especialmente aquelas com intenção comercial – convertem muito bem.

image01

Palavras-chave mais procuradas como “seguro de carro” podem gerar um grande tráfego de busca, se você classificou para elas, mas segmentar para palavras-chave tão competitivas efetivamente é bem difícil.

Por outro lado, “melhor empresa de seguro de carros” pode não ter tantas pesquisas mensais, mas por ser uma palavra-chave mais longa, você poderia mais facilmente classificar para ela e começar a gerar mais tráfego para blog e leads.

Especialistas em marketing de conteúdo como Rand Fishkin e Marcus Sheridan também têm visto grandes resultados a partir de palavras-chave de cauda longa ao longo dos anos. Eles até ensinaram a outras pessoas a forma de integrar frases de pesquisa de cauda longa com a criação de conteúdo, a fim de melhorar o tráfego orgânico em 80%.

image45

Uma empresa SaaS descobriu que termos de pesquisa de cauda longa têm resultados 2,5 vezes melhores do que as variações de palavras-chave competitivas.

image44

Se você planejar cuidadosamente o seu conteúdo e integrar os termos de busca certos, seus posts vão se tornar virais e dominar os melhores resultados de busca. Eu vou te mostrar como fazer isso em cinco passos simples.

Passo 1: Defina o Propósito para o Marketing de Conteúdo

Antes que você possa integrar eficientemente frases de pesquisa de cauda longa nas suas postagens no blog, você tem que definir o propósito do seu conteúdo.

De acordo com a Altimeter, “70 por cento dos profissionais de marketing digital não têm uma estratégia de conteúdo integrada e eficaz.” Mesmo o menor dos passos estratégicos ajuda: Heidi Cohen descobriu que simplesmente medir o ROI trará um impacto maior.

image34

Quanto mais cedo você levar a sério a estratégia de marketing de conteúdo, melhor serão seus resultados. Uma estatística da Oracle revela que “por cada dólar gasto, o marketing de conteúdo gera mais ROI do que pesquisa paga.”

Se você quer construir sua lista de e-mail, pare de promover os seus produtos e serviços. Em vez disso, se concentre em fornecer imenso valor para os usuários. Dê a eles uma boa razão para deixarem seus dados.

image52

Se você quiser compartilhamentos sociais, então crie melhores títulos de textos e torne mais fácil dos leitores compartilharem seu conteúdo. E você pode aumentar os comentários no seu blog, fazendo perguntas e incentivando as pessoas a compartilharem suas opiniões sobre o tema.

Você também deve aprimorar suas habilidades, não porque você quer aparecer inteligente ou especial, mas porque quando você faz, você vai entender melhor como seu público se sente e o que você pode fazer para atender às suas necessidades.

image56

Ser um profissional de marketing inteligente não é apenas ter habilidades de escrita ou pesquisa de palavras-chave. É sobre ser inteligente e estratégico com relação ao marketing de conteúdo. Sua capacidade de pegar um conteúdo publicado e levá-lo a milhares de leitores, dentro de um prazo específico, vai determinar o seu sucesso.

Na minha experiência, é realmente muito fácil escrever artigos. Quem lê algumas dicas pode fazê-lo. O desafio é a criação de conteúdo envolvente que torna a promoção mais fácil.

image02

Integrando naturalmente as palavras-chave de cauda longa para gerar tráfego direto e de mídias sociais, seus rankings de busca e tráfego vão melhorar gradualmente até o ponto onde você não tem que estar ativamente envolvido no marketing do seu blog.

Passo 2: Entender o Que é Buyer Personas

Quem são as pessoas que compõem seu público-alvo? Você pode descobrir isso através da criação de buyer personas.

De acordo com Stan and Stacy, uma buyer persona é basicamente uma ferramenta de visualização. É uma representação de um leitor ideal específico que você gostaria de atrair para o seu blog ou site.

image16

Anna Ritchie do Content Marketing Institute diz que o propósito de traçar uma buyer persona é visualizar, em detalhes, o quanto possível, o seu público-alvo, seus antecedentes, seus dados demográficos e sua psicografia. Assim que tiver o modelo, você pode rapidamente e facilmente preencher os elementos em falta e manter cada persona atualizada.

image13

A criação e manutenção de buyer personas faz o marketing de conteúdo mais fácil e eficaz. Elas ajudam você a evitar a criação de conteúdo para o público errado ou segmentar para as palavras erradas.

Personas te fazem compreender muito mais facilmente seus clientes potenciais. Você pode ver cada fato pertinente sobre eles num piscar de olhos.

E no momento que você entender o que se passa dentro da mente do seu cliente, você vai melhorar o tráfego de busca e fazer todo seu marketing mais eficaz.

Você faz isso começando com e-mails personalizados; lembre-se, a personalização geralmente melhora as taxas de cliques em 14%, na média.

image05

Deloite, uma empresa de auditoria e consultoria, conseguiu resultados surpreendentes quando abraçou completamente o conceito de buyer personas.

image31

Pega também desenvolveu buyer personas para melhorar o engajamento com clientes e clientes potenciais. Nada é melhor do que entender profundamente seu público-alvo.

 

image29

Passo 3: Pesquisar Palavras-chave de Cauda Longa

Alguns profissionais de marketing lutam para encontrar as palavras-chave de cauda longa certas. Eles continuam direcionando para palavras-chave primárias altamente competitivas, e depois perguntam o motivo do seu tráfego de busca não crescer.

Na minha experiência pessoal, pesquisa de cauda longa simplifica o marketing de conteúdo e melhora seus resultados. Em dezembro de 2012, KISSmetrics recebeu 142.149 visitantes de palavras-chave de cauda longa, e eu não olhei para trás desde então.

Variações mais longos de suas palavras-chave podem ter volumes de pesquisa menores do que palavras-chave primárias, mas suas taxas de conversão são normalmente muito altas.

É por isso que você deve usá-las, se você quer definitivamente melhorar a aquisição de clientes para o seu negócio online, não importa qual é o seu nicho.

image58

Vamos encontrar essas palavras-chave de cauda longa agora:

i). Primeiro passo: Vá ao Google AdWords Keywords Planner. Após o login, insira sua principal palavra-chave (por exemplo, site responsivo). Em seguida, role a página para clicar no botão “Obter Ideias”:

image53

ii). Segundo passo: Clique na guia “palavras-chave” para revelar todas as expressões em cada grupo:

image43

iii). Terceiro passo: Escolha as palavras-chave de cauda longa da lista de resultados, identificando palavras-chave com 4 ou mais palavras.

image23

Uma outra alternativa é usar o Ubersuggest. Copie uma das palavras-chave (por exemplo, da imagem, fazer site responsivo), coloque no Ubersuggest, em seguida, clique na guia “sugerir”.

image51

Aqui estão os resultados das variações mais longas para o nosso exemplo:

image27

1). Melhores ferramentas de pesquisa de palavras-chave de cauda longa: Com tantas opções disponíveis, é importante para evitar o desperdício de tempo e escolher sabiamente.

Eu acredito fortemente que uma ou duas ferramentas de SEO que podem gerar consultas de pesquisa de cauda longa são tudo que você precisa.

image24

Já falei sobre Ubersuggest, que é uma ótima ferramenta para encontrar termos de pesquisa de cauda longa. Claro, o Google AdWords Keywords Planner é a minha primeira escolha, mas há outras ferramentas que eu utilizei no passado:

a). HitTail:  Esta ferramenta irá sugerir palavras-chave de cauda longa para você, com base em uma consulta de pesquisa de curta ou primária. Este serviço não é gratuito, mas vale a pena o investimento se você é especializado em SEO.

image10

b). KeywordTool.ioSe você deseja gerar até centenas de palavras-chave de cauda longa de um único termo primário, esta ferramenta de palavra-chave é o que você precisa. É 100% livre e ao contrário própria ferramenta do Google, onde você pode acabar gastando muito tempo perseguindo resultados, ele requer apenas um único clique.

Na página inicial, digite sua principal palavra-chave (por exemplo, relógio inteligente Apple), em seguida, clique no ícone de pesquisa vermelho:

image12

Depois de clicar no ícone de pesquisa, você vai encontrar centenas de variações de sua palavra-chave primária que você pode usar como base de um novo conteúdo:

image00

2). Intenção do usuário vs. segmentação de palavras-chave: Existe uma pequena diferença entre o que o SEO costumava ser e que é agora. Segmentação de palavras-chave ainda é crucial – o Google não abandonou isso ainda – mas o foco agora é sobre os usuários que estão digitando essas palavras-chave.

image06

Primeiro, a má notícia: o objetivo de classificar no top 10 resultados para uma determinada palavra-chave já não é uma meta realista.

Isso ocorre porque quanto mais você se esforça para ocupar a posição #1, mais desesperado você se torna e quanto mais você está disposto a se envolver em práticas de SEO questionáveis, que carregam um risco significativo de sofrer a ira do Google.

Em vez disso, há uma nova mentalidade de SEO que você deve adotar agora.

image37

Segmentação de palavras-chave significa simplesmente escolher uma palavra-chave e, em seguida, escrever o conteúdo para resolver a intenção por trás dessa palavra-chave. Você ainda tem que pesquisar as palavras-chave, mas agora você fazê-lo com a intenção do pesquisador em mente.

Em outras palavras, você está preocupado com o usuário, e você quer entender porque eles vieram para o Google em primeiro lugar, quais os desafios que eles estão enfrentando, e por que eles procuraram por “avaliações” em vez de “como fazer”.

image19

Olhando esta imagem de resultados do Google, você pode ver que “a intenção do usuário” te mostra o propósito por trás da busca por um produto – ou seja, os sapatos. Alguns são para correr, enquanto outros são para usuários de basquete.

O novo SEO exige cuidado sobre seus usuários e resolver os seus problemas.

Passo 4: Escrever Conteúdo Baseado nas Palavras-Chave de Cauda Longa Selecionadas

A criação de conteúdos é uma aventura difícil, especialmente quando você não é um escritor apaixonado. Você pode tornar o processo mais eficaz, no entanto, simplesmente por plantar as sementes corretas em seu conteúdo. Essas sementes são as palavras-chave de cauda longa que farão com que o Google lhe envie mais tráfego qualificado.

De acordo com Whatech, mais da metade de todos os profissionais de marketing têm dificuldades com conteúdo – seja produzir o suficiente, ou torná-lo atraente.

image02

Após a atualização Panda do Google, empresas de todos os tamanhos começaram a investir mais em marketing de conteúdo, porque elas descobriram que é a melhor maneira de atrair e reter clientes.

Simplesmente utilizando mais e mais palavras-chave para melhorar rankings de busca funcionou muito bem antes de 2011, mas o Google Panda e Penguin foram determinantes para mudar o jogo.

Mas não se engane: a pesquisa de palavras-chave e segmentação ainda são os fundamentos básicos de SEO. Você ainda deve localizar as posições das suas palavras-chave no Google. No entanto, você vai notar um crescimento em seu tráfego de pesquisa, apenas visando as palavras-chave de cauda longa de uma forma natural. Muitas vezes, essas palavras-chave não só vão gerar os visitantes para seu site, mas eles também serão visitantes engajados que mostraram interesse em seu produto.

image26

Palavras-chave são um fator crítico para o algoritmo de classificação do Google. Não importa qual seja o último fator no ranking – otimização para dispositivos móveis, a velocidade do site, engajamento – o uso de palavras-chave on-page aumenta o desempenho de busca do seu conteúdo em 15,04%.

image03

Então, vamos examinar como integrar naturalmente palavras-chave de cauda longa no nosso conteúdo.

1). Como usar palavras-chave de cauda longa nos títulos: De acordo com MBA Online, todos os dias nós somos inundados com mais de 2 milhões posts e 290 bilhões de e-mails.

Portanto, não importa o que você está escrevendo – posts para blog, títulos de e-mail, anúncios no Facebook, ou qualquer outra coisa – o título é um elemento crucial. Mesmo um pequeno erro pode afetar seu tráfego, ou até mesmo irritar seus leitores.

Se você aprender a criar o título perfeito, você estará posicionado altamente nas páginas de resultados de busca. Títulos magnéticos vão levar seus clientes a clicar, ler e responder ansiosamente às suas ofertas.

Títulos ricos em palavras-chave vão melhorar seus rankings e aumentar o envolvimento do seu blog. Seu público-alvo está à procura de posts que vão resolver os seus problemas e lidar com as próprias palavras-chave que eles digitam na caixa de pesquisa do Google.

image20

WPBeginner aumentou seu tráfego orgânico em 20% em apenas dois meses. Eles descobriram que ao longo do tempo, variações de palavras-chave de cauda longa, têm a capacidade de enviar 70% mais tráfego de busca, porque essas palavras-chave são menos competitivas e altamente segmentadas para os usuários.

image40

Não há nenhuma regra única para a inclusão de palavras-chave de cauda longa nos seus títulos, mas posso te mostrar algumas dicas que fazem fluir naturalmente no seu conteúdo, que é exatamente o que o Google está procurando em suas campanhas de inbound marketing.

image59

Por ser natural no seu títulos (e seu texto âncora quando faz link para outros sites), você pode conseguir 20.000 visitantes mensais, utilizando termos de pesquisa de cauda longa.

Portanto, vamos integrar as palavras-chave de cauda longa nos nossos títulos agora. Siga este processo de três etapas:

Primeiro passo: Pesquisar e escolher os termos de pesquisa de cauda longa. Vamos usar o Google AdWords Keywords Planner para o nosso exemplo.

No painel, digite sua palavra-chave principal (por exemplo, começar pequeno negócio) e clique no botão “Obter Ideias“.

image32

Na imagem acima, você pode ver as palavras-chave de cauda longa que vamos integrar nos títulos dos seus posts:

  • checklist para começar uma pequena empresa
  • melhores pequenas empresas para começar
  • passos para começar uma pequena empresa
  • ajuda para começar uma pequena empresa

Segundo passo: Modelo popular e títulos virais. Escolher frases-chave de cauda longa não é o suficiente; você também tem que identificar conteúdos viral específicos para o seu mercado e, em seguida, aprender com eles.

Quando você encontrar títulos que foram compartilhados milhares de vezes no Facebook, Twitter, LinkedIn, Pinterest e assim por diante, isso significa que você também pode obter grandes resultados – simplesmente os estudo e incorpore as estratégias no seu próprio conteúdo.

Então, como você encontra essas postagem com títulos virais? Visite BuzzSumo, insira sua palavra-chave principal (ou seja, começar pequeno negócio), e clique no botão “Pesquisar”.

image14

Os dois títulos virais na imagem acima são:

  • 5 maneiras simples para começar um pequeno negócio ~ 102.658 compartilhamentos no Facebook
  • 6 coisas que eu desejaria que alguém tivesse me dito quando eu comecei meu pequeno negócio

~ 10.165 compartilhamentos no Facebook, 1.164 compartilhamentos no LinkedIn.

Nota: Você pode remeter para as palavras-chave de cauda longa que nós pesquisamos na primeira etapa. Na terceira etapa, vamos integrá-las naturalmente em títulos modelado após os virais.

Terceiro passo: Elabore seus títulos, usando como modelo títulos virais:

Título Original: 5 maneiras simples para iniciar um pequeno negócio

Frase-chave para integrar: passos para iniciar um pequeno negócio

Títulos originais e ricos em palavras-chave com base no modelo:

  • Passos para iniciar um pequeno negócio e crescê-lo
  • 3 passos simples para iniciar um pequeno negócio que você vai adorar

Título original: 6 lições que eu desejaria que alguém tivesse me dito quando eu comecei meu pequeno negócio

Palavra-chave de cauda longa para integrar: checklist para começar uma pequena empresa

Títulos clicáveis e ricos em palavra-chave com base no modelo:

  • 6 lições que eu gostaria que alguém tivesse me dito sobre começar um pequeno negócio: Checklist para o Sucesso
  • 10 lições que aprendi ao iniciar um pequeno negócio: Uma checklist para o Crescimento

Você não tem que ser um vencedor do Prêmio Pulitzer para criar um título clicável e rico em palavra-chave.

Aqui está um pequeno segredo: a maioria dos títulos de posts que geraram a maioria dos compartilhamentos sociais para mim foram modelados em títulos criados por outros. Quando eu encontro um título cativante que me faz clicar, eu vou copiá-lo, estudá-lo, e criar um original e melhor.

image54

Por exemplo, se estou travado e não sei que tipo de título escrever, eu visito Buzzfeed.com, e verifico os títulos mais novos, em seguida, modelo o meu próprio a partir deles:

image35

Agora eu posso facilmente criar títulos que são únicos e ricos em palavra-chave, com base nas notícias mais recentes do BuzzFeed. Vamos fazer isso:

O título do Buzzfeed: Quais músicas stoner country você deve conhecer?

Meus títulos originais, com as palavras-chave de cauda longa certas:

  • Qual conselho de Marketing para Pequenas Empresas você deve seguir?
  • Qual curso de crescimento de tráfego do blog você deve investir?

Título do Buzzfeed: 11 textos que falam para sua alma

Meus títulos ricos em palavras-chave de cauda longa e bem trabalhados:

  • 11 Estratégias de Link Building que vão falar para sua alma
  • 11 Melhores Pequenos Negócios para Começar que vão falar para sua alma
    13 Principais Estratégias de Marketing conteúdo que vão falar para sua alma

Nota: A parte em itálico dos títulos acima representam as palavras-chave de cauda longa que foram naturalmente integradas.

Outra abordagem que você poderia tomar é verificar revistas populares para títulos que foram escritos e testados por escritores profissionais.

i). Visite Magazines.com: Escreva seu assunto – por exemplo, “fitness” – na caixa de pesquisa, em seguida, clique no ícone de pesquisa.

image04

ii). Escolha a sua revista favorita: A partir da página de resultados, você vai encontrar um monte de revistas de fitness. Escolha uma, clique nela e, em seguida examine a capa para ideias de títulos.

image28

iii). Estude os títulos fortes delas: Revistas sobre fitness, em particular, geralmente têm títulos fortes que inspiram o leitor a tomar medidas. Como um profissional de marketing de conteúdo e blogueiro inteligente, sua responsabilidade é estudar estes título e fazer o seu melhor. Vamos identificá-los em primeiro lugar:

image39

Os títulos fortes acima são:

  • Super rápido! Cada receita em 25 minutos ou menos
  • 78 Receitas Rápidas

Uma vez que estes títulos têm gerado milhares de assinaturas, podemos melhorar os resultados do nosso conteúdo, utilizando-os como modelos, em seguida, integrar as palavras-chave certas. Vamos fazer isso:

  • Super rápido! Como escrever um post para blog em 45 minutos ou menos
  • 78 Formas rápidas para melhorar o tempo de carregamento do seu site agora

Nota: Até agora, nós escrevemos várias manchetes que incluem números. Você estar se perguntando o porquê – e se assim for, eu tenho uma resposta orientada a dados para você.

De acordo com Moz, títulos de posts com números geraram 36% mais compartilhamentos sociais e engajamento em comparação com títulos sem números:

image36

O estudo do Moz nas preferências de títulos revelou ainda que as mulheres preferem títulos numéricos para “como fazer” ou qualquer outro tipo de títulos.

image18

2). Use palavras-chave de cauda longa de uma forma natural: Brian Dean aumentou seu tráfego de pesquisa em 348% em sete dias apenas compartilhando estudos de caso com o seu público-alvo de uma forma natural. Ele pode estar segmentando para uma determinada palavra-chave, mas isso não é o foco quando ele está escrevendo o artigo.

image09

Se você não quer que seu trabalho duro seja em vão, se concentre em usar as palavras-chave de uma forma natural.

Isso é fundamental, porque a maioria das palavras-chave de cauda longa não são naturais – elas não são lidas ou fluem bem. Se você for em frente e usá-las de uma forma não natural, sua página ou blog pode levar um tapa com uma penalização do Google.

Por exemplo, a maioria das palavras-chave na imagem abaixo não fluem bem e não devem ser usadas dessa forma nos seus títulos:

image49

As palavras-chave de cauda longa que não são naturais são destacadas acima. Aqui estão elas:

  • web design new york
  • web design ny
  • web design rochester ny
  • web designers nyc

Nota: Não use as palavras-chave acima nos seus títulos exatamente como elas aparecem. Seus títulos podem ser ricos em palavras-chave, mas os usuários não estarão felizes. Assim, títulos como os abaixo são mal aconselhados:

  • Top Web Design New York
  • Melhores Web Designers NYC

Você ainda pode integrar as palavras-chave – apenas fazer isso naturalmente. Seus usuários vão ficar animados para clicar e ler o seu conteúdo:

  • Top 10 Web Designers de New York que você pode confiar
  • Melhores Web Designers: Empresas de NYC especializadas em Web Design Responsivo

Nota: Aos olhos do Google, aqueles dois pontos (:) não modificam de qualquer forma a palavra-chave. Em outras palavras, “web design Nova Iorque” é a mesma coisa que “web design: Nova Iorque”. Mas os segundos títulos são muito mais fáceis de entender e seus usuários vão apreciá-lo, assim, as chances do seu post de ser compartilhado vai aumentar.

3). Faça introduções com palavras-chave naturais: De acordo com o Constant Contact, uma boa introdução prepara a mente do leitor para a informação no artigo.

Muitas pessoas escrevem artigos, e param por aí. Mas os profissionais de marketing de conteúdo inteligentes sabem que depois de criar o conteúdo e publicá-lo, há mais coisas para serem feitas: você tem que promovê-lo, monitorar o quão longe ele foi e analisar os resultados. Todas estas tarefas são mais fáceis se sua introdução cativa seus leitores.

image38

Se você quer que sua introdução atraia os usuários de busca, integre naturalmente as mesmas palavras-chave de cauda longa que eles estão procurando no seu conteúdo, bem como no seu título.

Embora não haja nenhuma regra definida para a duração da sua introdução, eu descobri que escrever pelo menos 100 – 200 palavras parece ótimo, especialmente quando você está segmentando para uma palavra-chave particular.

Grandes introduções são difíceis de encontrar. Para fazer a sua ressoar com seus leitores, você deve mantê-la clara e interessante, incluindo a palavra-chave primária de uma maneira natural. Aqui está um exemplo típico de uma introdução em que o escritor é inteligente sobre a inserção de palavras-chave:

image17

Observe como diferentes frases-chave de cauda longa foram integradas na introdução e o artigo de uma forma natural. Na imagem acima, as palavras-chave que você pode localizar rapidamente são:

  • mobile friendly ranking algorithm (algoritmo de classificação para sites responsivos)
  • mobile friendly test tool (ferramenta de teste para sites responsivos
  • Google’s mobile friendly update (atualização do Google para sites responsivos)
  • mobile friendly pages (páginas responsivas)

Então, vamos escrever rapidamente uma introdução com algumas palavras-chave de cauda longa de uma forma natural. Digamos que você é uma agência de SEO e quer criar um artigo de alta qualidade, visando algumas palavras-chave de cauda longa rentáveis, enquanto, ao mesmo tempo, evitar uma penalização do Google. Aqui estão os passos simples para alcançar seus objetivos:

a). Primeiro passo: Selecione suas palavras-chave, usando o Google AdWords Keywords Planner. Insira a palavra-chave que você deseja classificar para e clique no botão “Obter ideias”. Google vai sugerir outras variações de baixa concorrência para sua palavra-chave:

image55

As frases-chave alvo são:

  • empresas de otimização para ferramentas de busca
  • otimização para ferramentas de busca acessível
  • otimização para ferramentas de busca local

b). Segundo passo: Entenda a intenção do usuário. Antes de escrever a introdução, certifique-se de compreender porque os usuários vão digitar as palavras-chave acima no motor de busca. Qual é o maior desafio deles? Quais as soluções que eles estão procurando? E como você pode ajudá-los?

image11

Veja a divisão da intenção do usuário por trás de cada uma das consultas de pesquisa acima:

Empresas de otimização para ferramentas de busca: O pesquisador está interessado em identificar as diversas empresas que podem ajudá-los a gerenciar e melhorar o desempenho do seu site.

image25

Os pesquisadores não estão procurando a melhor empresa – eles querem saber as suas opções. Neste ponto, as chances desses pesquisadores contratarem qualquer uma das empresas que você recomendar é baixa, porque os usuários não estão prontos para tomar uma decisão. Eles ainda estão aprendendo – então, ensine-os.

Alguns dos títulos que iriam funcionar para estes usuários, apelando a intenção do usuário, são:

  • Títulos de top listas – exemplo: Top 10 Empresas de Otimização para Ferramentas de Busca
  • Títulos naturais – exemplo: O que procurar em empresas de otimização para ferramentas de busca
  • Títulos com pergunta – exemplo: Você conhece as melhores empresas de otimização para ferramentas de busca nos EUA?

Otimização para ferramentas de busca acessível: O pesquisador que digita essa palavra-chave no Google pode ter um orçamento limitado, mas eles ainda precisam de uma agência ou uma pessoa de SEO que possam ajudá-los a alcançar resultados. Tenha em mente que “acessível” é relativo.

image15

Para as pequenas empresas, a palavra “acessível” pode significar “US$ 500 – US$ 1000 por mês”; para corporações multinacionais digitais, US$ 20.000 / mês pode ser “acessível”. Mantenha essa distinção em mente quando você está escrevendo o seu conteúdo.

c). Terceiro passo: Faça a introdução. Acho que é muito fácil escrever uma introdução interessante que inclui palavras-chave naturalmente, porque eu trabalhei duro para adquirir uma compreensão profunda dos meus leitores. Você deve fazer o mesmo.

Título: Top 10 empresas de otimização para ferramentas de busca que você pode confiar

Como um empresário de negócios online, você pode gerar uma grande quantidade de clientes e visitantes pelas ferramentas de busca. O maior desafio que a maioria dos proprietários de sites encontram é a falta de habilidades e conhecimentos para fazer o trabalho de SEO. Mas a boa notícia é esta: há empresas de otimização de ferramentas de busca com preços acessíveis, algumas dos quais podem até ser locais, que você pode contratar.

Eu compilei uma lista das top 10 empresas abaixo, não porque elas são 100% perfeitas, mas porque elas apreciam cada novo cliente e possuem uma cultura de longa data de dedicação para melhorar o desempenho de busca para os seus clientes. Se você achar que essas empresas de otimização para ferramentas de busca acessíveis são úteis, você pode compartilhar a lista com os seus colegas no Facebook, Twitter, etc.

Se você estudar cuidadosamente a introdução acima, você vai perceber que eu integrei até 4 palavras-chave (sublinhadas); duas de cauda longa e duas palavras-chave primárias.

A introdução flui naturalmente e seus leitores vão adorar. A ferramenta de busca também vai achar a introdução relevantes para o título e recompensá-lo em conformidade.

image21

Nota: Eu não estou de forma alguma encorajando você a encher sua introdução de palavras-chave. Isso pode te penalizar. Em alguns casos, eu nem mesmo me importo com palavras-chave, mas elas ainda estão lá no meu blog:

image07

Se você se preocupa com palavras-chave específicas, certifique-se que seu conteúdo não parece artificial ou manipulador.

Se você é um iniciante, você pode estudar posts de blogs de autoridade locais para ver exemplos. Fique tranquilo, o Google ainda está preocupado com o uso de palavras-chave na página.

image48

4). Escreva subtítulos com a intenção das palavras-chave: Subtítulos esclarecem a promessa feita no seu título. Usuários geralmente fazem um escaneamento visual do seu conteúdo antes de lê-lo. Se os subtítulos são fracos ou fora do tópico, eles não vão ler o texto e não podem voltar ao seu blog. De acordo com Gary Korisko, a cura recomendada para isso, são subtítulos fortes.

image47

Subtítulos são geralmente em negrito e maiores do que o texto normal. A maioria das pessoas prefere as tags <h2> ou <h3>, dependendo do tema WordPress e como esses elementos de subtítulos são estilizados. O Google definitivamente leva em consideração o que você escreve nos seus subtítulos.

image30

Algumas notas para manter em mente ao escrever seus subtítulos:

a). Os mantenha relevantes: Os seus subtítulos devem ser relevantes para o assunto e seu título. Por exemplo, se o seu assunto é “design do site,” então seus subtítulos devem ser relacionados a isso.

b). Use a estratégia LSI: LSI significa Indexação Semântica Latente. Isto significa basicamente considerar sinônimos, bem como as palavras-chave de cauda longa específicas para evitar a manipulação de busca indireta.

Após a atualização do algoritmo Hummingbird, o LSI se tornou excepcionalmente importante para a otimização eficaz das ferramentas de busca. Vamos pegar a palavra Apple, por exemplo:

image57

Ou, digamos que sua palavra-chave é conseguir tráfego web, e seu título diz:

Como conseguir tráfego Web e expandir o seu negócio online

Antes de escrever seus subtítulos, encontre sinônimos para as palavras “conseguir”, “web” e “tráfego”.

=> Conseguir tráfego da Web

Obter visitantes online

Melhorar o tráfego do site

Gerar os visitantes para o site

Aumentar o tráfego do blog

Nota: Você pode usar qualquer um desses sinônimos nos seus subtítulos, mas certifique-se que eles vão fluir naturalmente no post e deixe o resto para o Google. O sofisticado algoritmo do Google irá tratar a palavra-chave “obter visitantes online” como o mesmo significando de “gerar os visitantes para o site.”

5). Escrever uma conclusão convincente em torno de uma palavra-chave de cauda longa: Reiterar ainda mais sobre o que é seu conteúdo, você deve, naturalmente, integrar as principais palavras-chave que você segmentou no título.

A imagem abaixo mostra como eu concluí meu artigo anterior, enquanto ainda continuo a rastrear para a palavra-chave alvo. Isso é bom tanto para a experiência do usuário e quanto para o desempenho da ferramenta de busca.

image08

Eu não estou sozinho nessa abordagem. A maioria dos influenciadores de marketing de conteúdo – incluindo Derek Halpern, Marcus Sheridan e Darren Rowse – concluem seus posts, reiterando a palavra-chave ou tópico de uma forma natural:

image33

Nota: Este post em particular é um guest post do Jerry Low, mas Darren Rowse aprova esta abordagem, porque é ótimo para usuários e SEO.

Passo 5: Crie Seu Texto Âncora

O texto âncora é a parte de um link de texto que é clicável. Quando você passar o mouse sobre e clicar nele, você é levado a outra página, seja no mesmo site ou direcionado para um outro site.

image41

Antes do Google Penguin, qualquer um podia construir links de baixa qualidade, com textos âncora de correspondência exata e ainda ter sucesso, mas isso não é mais verdade.

Para que seus textos âncora e páginas da web estejam seguros, Moz recomenda que 17% dos seus textos âncora sejam marcas como Neil Patel SEO, quicksprout blog de SEO e assim por diante.

image46

A regra simples e eficaz é diversificar expressões naturais como textos âncora. Aqui está um exemplo:

Digamos que você queira construir links de três guest posts para sua página que visa a palavra-chave “empresa de dropshipping“. Para o seu texto âncora parecer natural e permanecer compatível com o Google, você tem que diversificar-lo.

Em poucas palavras, seus textos âncora devem ser misturados entre:

  • URL do site + palavra-chave exata (por exemplo, http://seusite empresa de dropshipping)
  • Palavra-chave da marca (por exemplo, guia dos maiores peritos em dropshipping)
  • Textos genéricos + nome do domínio (por exemplo, clique para visitar seusite.com)

Se você está diretamente envolvido na criação do conteúdo para o seu site ou você gerencia autores, tenha em mente que os links editoriais geralmente têm o texto âncora que o Google quer.

image42

Isto porque “links editoriais” são ganhos por seus esforços para compreender os seus clientes/leitores e criam conteúdo de alto nível que não pode ser conseguido em nenhum outro lugar.

Eles vão compartilhar esse conteúdo de boa vontade. Quem sabe – os sites de mídia (tais como CNN, BBC, FoxBusiness, etc.) podem até achar o seu conteúdo interessante, especialmente quando contém elementos controversos ou de interesse jornalístico.

Posts com muitos links vindos de sites de mídia de confiança vão enviar links de qualidade e tráfego de referência para você, que seria impossível de ser obtido de outra forma para a maioria dos profissionais de marketing de conteúdo.

image22

Conclusão

Pela minha experiência pessoal, descobri que é mais fácil integrar as palavras-chave de cauda longa em estudos de caso do que em qualquer outro tipo de conteúdo.

Isto significa que em vez de criar posts de blogs genéricos que não podem ser úteis para os seus leitores, foque em estudos de caso e conteúdo orientado a dados.

Lembre-se que otimização de ferramentas de busca tem ido além de escolher algumas palavras-chave e as inserir ao longo do texto. Hoje em dia, você tem que estudar continuamente os seus clientes, entender as dificuldades que eles estão lidando e criar conteúdo de alta qualidade que vai ajudá-los.

Para ter sucesso nas ferramentas de busca em longo prazo, siga as diretrizes que eu citei para integrar naturalmente termos de pesquisa de cauda longa nos seus posts. Faça como se estivesse falando com seus clientes cara a cara e se concentre em lhes ensinar o que eles querem aprender.

Você pode melhorar o tráfego do seu blog em 206% e gerar mais de 20.000 visitantes mensais através de pesquisa de cauda longa.

Como você tem integrado as palavras-chave de cauda longa no seu conteúdo? Como isso funcionou para você?

Share