Interstitials em Mobile: O Que é e Como Usá-lo Sem Destruir o Ranking do Site

popup

No meu site, Quick Sprout, eu costumava ter um pop-up.

A razão pela qual eu usei esse pop-up era simples: conversões!

Eu o utilizei para direcionar assinaturas para a minha ferramenta de análise de SEO, impulsionar minha lista de e-mails e para construir a minha fan page do Facebook.

Era incrível como aqueles pop-ups convertiam!

Eu fiz muitas alterações no site (Quicksprout.com). E uma das mudanças foi tirar o pop-up.

Não mais pop-up!

image10

E também não coloquei nenhum na versão móvel!

image11

O que está acontecendo?

Eu odeio pop-ups? Não, eu amo pop-ups.

Na verdade, se você entrar na minha home page em um dispositivo não móvel – voila, um pop-up!

image01

Mas se você estiver em seu dispositivo móvel, nenhum pop-up.

image08

Há outra diferença.

No desketop, o vídeo tem reprodução automática. Você não aperta o play. Ele começa automaticamente.

Mas no celular, você tem que clicar para ver o vídeo.

O que esta acontecendo?

Simples: estou ficando superestratégico com os interstitials.

O meu site antigo do Quick Sprout estava utilizando um tipo de interstitial que o Google não gosta para dispositivos móveis. Então eu corrigi isso.

No meu site, NeilPatel.com, eu otimizei a página para os meus milhares de usuários móveis. Atualmente, mais da metade das minhas novas sessões vêm deles.

image03

Como resultado das alterações que fiz, os meus sites não perderam posições no ranking. Em vez disso, eles subiram.

Eu devo essa melhora à quantidade de conteúdo que publico e à forma como eu otimizei para dispositivos móveis.

E, para ser mais específico, devo esse aumento principalmente às mudanças que fiz com relação aos interstitials.

Saiba como eu coleto 743 e-mails por dia e gero 195.013 visitantes por mês por meio de interstitials em mobile.

Então, o que se passa com … o que você chamou… interstitials?

Se interstitials soam como Ανακοίνωση (grego) para você, deixe-me explicar.

Sabe aqueles pop-ups que exigem que você clique no X ou em um botão de cancelar antes que você possa ver o conteúdo de um site? Esses são chamados pop-ups interstitials.

Recentemente, o Google anunciou que seria mais rigoroso com interstitials. Eles podem arruinar uma experiência móvel, então o Google decidiu penalizá-los.

Trecho retirado do blog post oficial do Google:

“Para melhorar a experiência de pesquisa móvel, após 10 de janeiro de 2017, as páginas em que o conteúdo não é facilmente acessível a um usuário, a partir dos resultados de uma pesquisa móvel, podem não se classificar em posições altas no ranking”.

O Google quer garantir que todo o conteúdo seja facilmente acessível em dispositivos móveis. Interstitial geralmente torna o conteúdo mais difícil de ser acessado.

Alguma vez você já pronunciou algum palavrão quando acidentalmente clicou em um anúncio e foi direcionado para fazer o download de Candy Crush Saga?

image07

Isso é o que o Google está tentando combater!

Mas aqui está uma questão importante: Interstitials podem ser muito eficazes! Eles capturam a atenção do usuário.

Sim, eles irritam algumas pessoas. E não, eu também não sou fã do interstitial do Candy Crush Saga.

No entanto, se criado e aplicado no contexto certo, os interstitials podem aumentar rapidamente as suas taxas de conversão!

Para ser claro, eu não sou totalmente contra interstitials e nem o Google é. Há alguns “pontos” no seu anúncio que dão aos usuários de interstitials, como eu e você, algumas concessões.

Nesse artigo, eu compartilharei esses pontos com você e também mostrarei como configurar os interstitials que não lhe prejudicarão nas SERPs.

Interstitials Bons x ruins

Como eu disse, o Google não odeia interstitials.

O problema é que os interstitials, como uma categoria, ganharam má reputação por bloquear o conteúdo.

A maioria dos interstitials tende a se parecer com esses tipos de pop-ups, como o Google mostra em seu blog post:

image13

Você pode ver como eles bloqueiam a maior parte do conteúdo e tornam a navegação móvel mais difícil.

Esses tipos de interstitials são os que o Google quer penalizar. Portanto, se seus interstitials estiverem deixando o conteúdo difícil de acessar em dispositivos móveis é provável que você sofra consequências.

Aqui estão alguns tipos de interstitials que o Google não penalizará:

image02

Esses interstitials têm razões legítimas para serem utilizados. E é aqui onde fica interessante.

Avisar usuários do uso de cookie ou exigir verificação de idade não é tão bom para a sua taxa de conversão.

Interstitials como esses apenas notificam os seus visitantes de algo que você é legalmente obrigado a fazer.

No entanto, o terceiro exemplo é um pouco diferente: “um exemplo de um banner que usa uma quantidade razoável de espaço na tela”.

Aha!

Isso significa que interstitial ainda pode ser uma parte importante da sua estratégia de marketing.

Mas banners pequenos não são os únicos tipos de interstitials que se pode utilizar. Na verdade, existem vários outros que você colocar no seu site (vou explicar em breve).

Quão importante é a atualização?

Quando o Google lança uma atualização de um algoritmo novo, ele muda várias coisas. Lembra do Panda? Pinguin?

Esses causaram desastres.

Essa política interstitial, por outro lado, parece um pouco mais branda.

Desde o início de 2017, não parece que toda a política interstitial já tenha entrado completamente em vigor. Até agora, o efeito geral é mínimo.

Glenn Gabe, do G-Squared Interactive, postou no Twitter que alguns sites estavam experimentando uma queda de classificação de mais de 10 pontos.

“Dez pontos é muita coisa. Mas você se lembra do Penguin? Sites foram parar lá no chão.”

Alguns dias depois, Gabe postou outro Tweet que mostrou um site com interstitials intrusivos e que estava bem classificado.


Atualmente, é difícil dizer exatamente como essa atualização afetará os sites, pois ainda está na infância, bem no início da sua existência.

Sugiro que seja melhor prevenir do que remediar. O Google pode ficar mais rigoroso com interstitials intrusivos no futuro, especialmente porque está favorecendo a indexação móvel.

Manter interstitials mais intrusivos pode não lhe prejudicar agora, mas isso pode dar muito problema no futuro. A melhor ideia é começar a utilizar interstitials mais adaptados para dispositivos móveis, para garantir que o seu site fique de bem com o Google.

Tipos de bons interstitials

Vamos falar sobre os diferentes tipos de bons interstitials que o Google provavelmente não penalizará.

Search Engine Land aponta que o gated content pode justificar um interstitial. Isso pode incluir os conteúdos disponíveis somente para membros (em que os membros precisam fazer login) ou paywall.

O mais interessante é que John Mueller, do Google na Suíça, compartilhou conselhos úteis durante um hangout do Google Webmasters em outubro.

Aqui está Mueller falando durante o Hangout (por volta do minuto 18):

image12

Ou embed:  <iframe width=”560″ height=”315″ src=”https://www.youtube.com/embed/gS4_JH-QqSg” frameborder=”0″ allowfullscreen></iframe>

Aqui estão os destaques do conselho de Mueller.

Primeiro, ele deu algumas informações detalhadas sobre o que o Google irá ou não penalizar:

“No momento, [interstitials de intenção de saída] não contam. O que estamos procurando são interstitials que aparecem na interação entre o clique de pesquisa e a navegação pela página e acesso ao conteúdo… O que é feito depois, por exemplo, alguém que clica em coisas dentro do seu site ou fecha a guia ou algo parecido, fica entre você e o usuário.”

Segundo, Mueller disse que a política interstitial aplica-se apenas à versão móvel e não desktop. No entanto, uma vez que o Google começou a priorizar a indexação móvel, é aconselhável parar de executar interstitials intrusivos para dispositivos móveis de uma vez por todas.

Dito isso, a partir de agora você ainda pode executar interstitials de tela cheia apenas em desktop sem ser penalizado. O Google ainda pode punir isso no futuro, então pense com cuidado em sua escolha.

Vamos recapitular. Aqui estão os tipos de interstitials que são aprovados pelo Google:

  • Banners que ocupam uma quantidade razoável do espaço na tela
  • Interstitials que notificam usuários de avisos legais, como uso de cookies ou restrição de idade
  • Gated Content, tela de login ou paywall
  • Interstitials de intenção de saída
  • Interstitials que aparecem quando alguém clica em um botão ou link

Isso é ótimo para profissionais de marketing e SEOs de todos os lugares.

Você pode ter toda a eficácia de um interstitial de tela cheia sem irritar o Google (ou os seus usuários). São desses interstitials que eu falarei até o final desse artigo.

Mas lembre-se de que os seus interstitials devem ter um propósito e não devem ser colocados apenas para fins de marketing.

Em geral, você precisa pensar sobre a experiência do usuário. Ben Silverman, da Brafton, tem isto a dizer sobre interstitials:

“Seja honesto com você mesmo. Pense sobre a intenção do seu pop-up, como os usuários se engajam e como ele complementa – ou interrompe – o fluxo e a experiência do seu site. Um conteúdo inacessível significa uma má experiência móvel para o seu usuário e uma classificação ruim no Google.”

Por exemplo, este interstitial do Copyblogger não prejudica em nada a experiência do usuário:

image00

Um bom interstitial deve se encaixar no fluxo de experiência do usuário. Não deve desencorajar as pessoas de visitar, interagir ou apreciar o seu site.

Agora que você sabe quais tipos de interstitials nos quais o Google não tem problema, vamos falar sobre como decidir quais tipos de interstitials funcionarão melhor para o seu site.

Quais interstitials são adequados para você?

Eu tenho que ser completamente honesto. Se você está pensando em usar todos os tipos de bons interstitials, eu recomendo pensar duas vezes.

Só porque você pode utilizar todos esses interstitials não significa que você deve fazer isso.

Você só deve usar os interstitials que desempenham um papel fundamental na sua estratégia de marketing. Em outras palavras, se não precisa utilizá-los, você provavelmente deveria deixá-los de fora.

Meu ponto é que os seus interstitials devem ser apropriados e cumprir uma finalidade. Não use só por usar.

Com isso em mente, vamos olhar para os diferentes tipos de interstitials. Pense em quais ajudarão a sua estratégia de marketing e quais são desnecessárias.

Interstitials de banner pequenos. Esses são os pop-ups que ocupam “uma quantidade razoável de espaço na tela”.

Você provavelmente está se perguntando: “o que o Google acha que é razoável?”.

Aqui está o exemplo que Google forneceu:

image09

Eu diria que é uma regra muito boa para usar. Se o seu interstitial for um pouco maior do que esse exemplo, tenho certeza que o Google não se importará.

Aqui está um pop-up do Apartment Therapy que está um pouco maior:

image05

Provavelmente, você não quer fazer o seu tão grande. Embora não esteja tecnicamente tampando todo o conteúdo, é um interstitial de meia página que bloqueia cerca de 50% dele.

Portanto, não adquira o hábito de usar pop-ups de meia página. Deixe do menor tamanho possível.

Uma maneira de fazer isso é transmitir apenas as informações mais necessárias. Este exemplo de Convince & Convert mantém curto, mas direto:

image04

Ele não ocupa muito espaço na tela, mas mantém o seu impacto. E é isso o que você deve alcançar com seus pop-ups.

Os seus interstitials podem ser convincentes e envolventes sem serem longos. Aqui entram as habilidades de copywriting para lhe salvar.

Se o seu texto é forte, o tamanho real do pop-up não importará. Se você consegue atrair os seus visitantes, isso é o que importa.

Interstitials de avisos legais. Como esses pop-ups são puramente funcionais, geralmente não são bons para aumentar as conversões. Mas isso não significa que você não pode aproveitar o seu poder.

BBC Good Food usa um interstitial de consentimento de cookie para reforçar o seu compromisso com a experiência do usuário:

image06

Enquanto isso é sutil, é um toque agradável. É um aviso educado escrito em um inglês simples em vez de termos da lei e isso deixa os visitantes mais felizes.

Se você tem que fazer um pop-up de aviso legal, esse é o melhor caminho a seguir. Deixe os seus visitantes saberem que o aviso é para seu benefício e eles o respeitarão por isso.

Gated Content. Interstitials que notificam usuários de um gated content, necessidade de login ou paywall devem ser usados com moderação.

Enquanto esses são tecnicamente interstitials “bons” aos olhos do Google, se você utilizá-los em todas as páginas do seu site, os seus leitores vão ficar fartos rapidamente.

Eu recomendo usar esse último tipo de interstitial em poucas situações. Se houver uma seção somente para membros no seu site ou um conteúdo por trás de um paywall (e se esse paywall for para todo o site, como o Harvard Business Review), você pode usar um interstitial.

Quando você está usando somente gated contet, use um interstitial apenas para a sua principal isca digital. Você não deve utilizar esse recurso muitas vezes. E, em geral, colocar obstáculos para acessar a maioria dos conteúdos pode fazer com que os seus leitores se afastem.

Sugiro que interstitials de gated content liberem o conteúdo apenas quando um visitante clicar em algo. Dessa forma, você estará bem.

Interstitials de intenção de saída. Assim como o gated content, interstitials de intenção de saída têm seu tempo e lugar. Mas esse é um tópico interessante porque os pop-ups de intenção de saída não funcionam em dispositivos móveis.

Como o Google está usando principalmente as versões móveis de sites para classificá-los, pode até parecer que os pop-ups de intenção de saída estão liberados para uso.

Mas calma aí! O Google ainda leva em consideração o seu site para desktop. Portanto, mesmo que você tenha o melhor site para dispositivos móveis do mundo, o seu site para desktop também será levado em conta.

Dito isso, pop-ups de intenção de saída podem ser muito bons. Mas eles exigem muita experimentação. Você precisa determinar quais páginas funcionam melhor, qual texto se destaca e como o design afeta a sua taxa de conversão.

Eu tive muito sucesso com pop-up de intenção de saída no blog do Kissmetrics. O raciocínio é simples: leitores do seu blog gostam do seu conteúdo, por isso eles são mais propensos a fazer um opt-in das suas ofertas.

Se alguém acabou de ler um artigo que amou e vê uma oferta para uma isca digital gratuita, provavelmente, ele aproveitará. É simples, mas funciona.

Interstitials de clique. Esses são também boas escolhas para iscas digitais. Como esses interstitials são iniciados pelo usuário, o Google não terá problemas.

Conclusão

Não é o fim para interstitials. Em vez disso, é um novo começo.

Em um futuro previsível, o pop-up será uma parte importante da estratégia de cada profissional de marketing. Mas também estamos nos movendo em direção a um mundo dominado por dispositivos móveis.

Isso significa que você tem que ter mais cuidado do que nunca com os pop-ups em dispositivos móveis. É sábio utilizá-los, mas somente quando necessário. Não exagere.

O Google pode intensificar a penalidade de interstitials em mobile, por isso temos que esperar e ver o que o futuro reserva.

Eu recomendo tirar um tempo agora para otimizar o seu site para dispositivos móveis, e isso inclui usar interstitials sabiamente.

Se você tiver vários interstitials intrusivos, livre-se deles agora para que você possa manter a sua classificação.

Não cometa erros comuns de SEO em sites para dispositivos móveis. Com um pouco de trabalho, você pode fazer o seu site ficar incrível para celular, por exemplo, satisfazer os seus leitores e ficar bem classificado no Google.

Como você utilizará interstitials em sites para dispositivos móveis?

Share