O Guia Definitivo Para Marketing de Conteúdo B2C

Marketing de Conteúdo não é apenas uma palavra que está na moda; ele é uma estratégia de marketing extremamente efetiva. MarketingSherpa usou marketing de conteúdo para aumentar o tráfego do seu blog em 232% e as estatísticas do Buffer mostra que publicar conteúdo relevante regularmente tem um impacto maior nas finanças das empresas.

image31

Com esse sucesso todo, não é de se admirar que, de acordo com a Content Marketing Institute, “86% das pessoas que trabalham com Marketing B2C usam o marketing de conteúdo, e 55% dos que trabalham com B2C planejam aumentar seus gastos com conteúdo no próximo ano.”

Em outras palavras, se você está trabalhando com marketing diretamente com seus consumidores, seja através do seu blog, site da empresa ou loja online, você precisa saber como usar o marketing de conteúdo B2C de forma efetiva. Este guia definitivo irá te mostrar como usar o marketing de conteúdo B2C para aumentar o seu tráfego orgânico, construir uma comunidade e posicionar melhor a sua marca.

Este guia irá falar sobre:

  • O que é Marketing de Conteúdo B2C?
  • Entendendo o Consumidor B2C
  • Elementos Chave do Marketing de Conteúdo B2C
  • A Diferença Entre Marketing de Conteúdo B2B & B2C
  • Como se Tornar Bem-Sucedido Com Marketing de Conteúdo B2C
  • Estratégias de Marketing Para Marcas B2C

Faça o download desta planilha prática para começar hoje com a criação de um conteúdo B2C.

O que é Marketing de Conteúdo B2C?

Marketing de Conteúdo business to consumer (B2C) engloba os métodos e as melhores práticas utilizadas para promover produtos e serviços entre os consumidores através de um conteúdo útil e que gera engajamento.

Uma pesquisa no blog da Heidi Cohen mostra que 37% dos profissionais de marketing concordam que o marketing de conteúdo é efetivo na geração de leads, na construção do relacionamento e no aumento das vendas.

image39

Ao contrário das empresas, os consumidores finais tendem a buscar uma solução específica que resolva um problema conhecido por eles. Marketing de Conteúdo B2C pode ajudar a conhecer essas necessidades e aumentar o interesse em seus produtos.

O marketing de conteúdo é a mesma coisa que inbound marketing? Você pode estar confuso se existe uma diferença entre marketing de conteúdo (a Copyblogger é conhecida por isso) e inbound marketing (cuja Hubspot é conhecida por isso). Existem muitos debates a cerca desse assunto.

No gráfico abaixo, a HubSpot mostra o quão diferente os departamentos enxergam esses dois termos.

image19

Ainda está confuso? Eu não te culpo.

Em meu ponto de vista, depois de anos usando conteúdo para adquirir leads e fechar vendas, acredito que seja o que Mike Lieberman traduz da forma correta. Ele diz que inbound marketing descreve táticas que usam alta qualidade de conteúdo para atrair consumidores aos negócios, em vez de empurrar mensagens para eles. Marketing de conteúdo é uma parte vital de uma campanha efetiva de inbound marketing.

Inbound marketing e marketing de conteúdo trabalham juntos. Conteúdo é o elemento mais importante que você pode usar para capturar e nutrir leads, educar e construir fidelidade entre os prospects, criar interesse em seu negócio e melhorar seu tráfego de busca.

Entendendo o consumidor B2C

Para as empresas, existem muitas vantagens de marketing para consumidores, e talvez seja por isso que empresas planejam gastar mais nessa área nos próximos 12 meses.

image05

Uma grande vantagem do marketing de conteúdo B2C é que você fala diretamente aos consumidores sem nenhum intermediário, resultando em um ciclo de vendas menor (vou falar mais sobre isso depois). É o consumidor individual que toma a decisão final, usualmente com base em ambos os pensamentos, emocional e racional. Tenha isso em mente quando for criar algum material de marketing de conteúdo.

A consumidores são complexos em sua grande maioria, e eles podem não gastar tanto tempo pensando na sua marca como você imagina, como mostra esse cartoon da Marketoonist:

image34

É por isso que você tem que ser esperto no que diz respeito a seduzir os consumidores a considerarem a sua marca, colocando-os em primeiro lugar, falando a linguagem de valor deles e atingindo suas emoções.

O poder das emoções: Emoções não apenas colorem as nossas vidas; elas podem aumentar o tempo de vida útil do consumidor e as conversões de longo prazo.

Palavras certas que geram emoção podem capturar a atenção dos seus prospects e dar a eles razões para fazerem negócios com você. Existem muitos exemplos disso.

Stream Send, um provedor de email marketing e entrega de serviços sociais, usa palavras emotivas para se conectar rapidamente com os prospects e dar a eles uma primeira impressão dos benefícios que eles terão ao se cadastrarem no site.

image36

Quando o MailChimp redesenhou seu site e o tornou mais amigável e atrativo, eles aumentaram a base de clientes em 600% em um ano. E duas lojas online populares provocaram diferentes emoções entre os compradores.

image28

Ao criar conteúdo B2C, você precisa gerar emoções positivas e criar uma mensagem que vá ao encontro do que os consumidores desejam, quais são suas necessidades e sentimentos. Essa é a melhor maneira de evitar uma resistência por parte deles.

Tempo é tudo: De acordo com a List, você precisa descobrir o que desencadeia as oportunidades de venda para alcançar os prospects antes que os concorrentes descubram. E isso diz respeito a agir no tempo certo.

image46

Com frequência eu aconselho meus leitores a criarem histórias consistentes e usar o Google e o Twitter para ficar no topo das últimas tendências. Quando você faz isso, os consumidores te veem como uma fonte útil de conhecimento e começam a confiar em você e considerar a sua marca.

Não é importante apenas ter a informação, mas saber quando compartilhá-la. Recentemente eu publiquei um infográfico que mostra que na mídia social, engajamento B2C e CTRs são maiores nas quartas-feiras e nos fins de semana. E se você quiser ter mais retweets, você deveria tweetar em torno das 17h.

image30

Se você está usando email marketing, blog ou marketing de mídia social, eles sempre vão contar com um tempo certo pra ter sucesso. Um gráfico da Optimal Victory mostra que mais pessoas abrem email na quinta-feira do que qualquer dia da semana.

image06

O que sua audiência está procurando? Para ser um profissional de marketing B2C de sucesso, você precisa descobrir o que sua audiência quer. Descobrir isso é fácil, mas fazer com que eles se despertem e visitem determinados sites, esse é o X da questão.

Vou facilitar as coisas: todos os consumidores estão procurando por soluções para seus problemas. Descubra quais são esses problemas e você poderá direcionar seu marketing de conteúdo.

Por exemplo, se você está trabalhando com um site ecommerce, um estudo da Lab42 mostra que a maioria dos consumidores prefere frete grátis a desconto. E a American Express mostra a importância dos reviews para 81% dos compradores. Essa é uma excelente informação para uma loja online.

E os outros negócios? Isso é fácil! Se você quer descobrir o que os consumidores querem, tudo que você tem que fazer é aprofundar nas palavras-chave que eles pesquisam.

Veja como você faz isso, usando um exemplo da indústria automotiva.

Passo #1: Visite o Google Keyword Planner. Coloque a palavra-chave de interesse, e clique em ‘Obter ideias’.

image43

Passo #2: Clique na aba ‘ideias de palavras-chave’.

image03

Passo #3: Selecione uma palavra-chave.

image33

Passo #4: Coloque essa nova palavra-chave dentro da caixa de pesquisa, e então clique em ‘obter ideias’. Os resultados da palavra-chave de cauda longa mostram exatamente o que os consumidores querem.

image23

Os resultados nos dizem que:

  • Rear view camera installation – O consumidor quer saber como instalar uma câmera traseira.
  • Motorcycle rear view camera – O consumidor quer uma câmera traseira para uma motocicleta, e não para um carro.
  • Wireless rear view camera – O consumidor está interessado somente em uma câmera wireless.

Quando você entende o que o consumidor quer, você pode resolver seus problemas criando artigos úteis, tutoriais em vídeos, infográficos, etc. É disso que se trata o marketing de conteúdo B2C.

Elementos Chave do Marketing de Conteúdo B2C

O objetivo final do marketing de conteúdo B2C é capturar leads, nutri-los e convertê-los de prospects para clientes fiéis. Para fazer isso, você deve incluir os quatro Ps do marketing:

  • Produto
  • Praça
  • Preço
  • Promoção

Com relação a isso, Masterful Marketing descreve os elementos fundamentais de uma campanha de marketing de conteúdo B2C. Veja como eles trabalham juntos:

1. Produto direcionado: Você não pode trabalhar com conteúdo de marketing B2C sem um produto viável. Se seu produto é tangível (como um relógio), para download (como relatórios, white papers, ebooks), ou digital (software, plugins, ferramentas, etc) você precisa de um produto relevante para oferecer ao seu cliente potencial.

Por exemplo, a Escola de Fotografia Digital da Darren Rowse oferece vários produtos de alta qualidade relacionados com a sua missão principal de ajudar as pessoas a tirar melhores fotografias digitais.

image44

2. Design e experiência do usuário: Design é outro elemento principal de uma campanha efetiva de marketing de conteúdo B2C. No mercado competitivo de hoje, o design afeta a experiência do usuário. Na verdade, design é marketing.

Veja um exemplo. Conversion Rate Experts gerou $1 milhão de dólares para a Moz, com uma landing page e alguns emails. Como Kevin Woodberry e sua equipe alcançaram esses resultados? Veja o que ele disse:

image18

Da mesma forma, Cloudsponge disse que teve um aumento de 33% nas conversões depois que reformulou seu site atual:

image38

para este:

image24

3. Tamanho do mercado alvo: De acordo com Emarketer, as vendas em ecommerce B2C devem alcançar $1.7 trilhões de dólares em 2015, principalmente devido à expansão dos usuários online e mobile. Uma vez que existem mais consumidores do que empresas, isso já é uma grande oportunidade para alcançar várias pessoas.

Zappos faz isso muito bem, com uma promessa simples: se você escolher um produto de sua loja online, você opta por frete grátis e uma política de devolução gratuita de 365 dias. Isso não é apenas parte da cultura da Zappos, mas é um benefício principal para os consumidores, encorajando-os a voltarem no futuro.

image15

4. Compra emocional: Como mencionei antes, emoções são uma parte importante do marketing de conteúdo B2C. Masterful Marketing diz que as decisões de compra baseadas na emoção dos seus consumidores são baseadas em status, desejo e preço.

Timothy Sykes usa gatilhos emocionais para capturar leads e posteriormente fechar a venda. A ideia de ganhar muito dinheiro em um período curto apela para o desejo de status dos seus prospects.

image02

Nesse exemplo da 99Designs, a página apela para a emoção (‘um design que você vai amar’) enquanto faz a combinação com cores atrativas.

image10

Cor é importante para construir confiança, criar emoções, aumentar o reconhecimento da marca e conduzir às vendas. Em 85% dos casos, é o motivo por que as pessoas compram. Então escolher as cores certas é muito importante no marketing de conteúdo.

Um infográfico da KISSmetrics mostra que, se você está fazendo marketing para mulheres ou garotas jovens, o rosa pode ser atrativo para elas. Mas se você está vendendo produtos de luxo, use o preto, como faz o Yachtworld.

image16

A Diferença Entre Marketing de Conteúdo B2B & B2C

Existe uma diferença entre marketing de conteúdo B2B e B2C. Em ambos os casos, você está criando conteúdo para pessoas reais com necessidades reais, mas existe uma grande diferença no que elas estão procurando:

image25

Consumidores também tem um ciclo de vendas muito menor do que as empresas. Eles não se importam como você fabrica o produto. Eles só querem saber se ele vai atendê-los. A campanha de marketing de conteúdo B2C ajuda a fornecer informações que convertem prospects em clientes.

Por exemplo, quando um cliente decide comprar um Fire HD6 da Amazon, eles podem concretizar a venda depois de ler um review ou ver um anúncio de TV sem sequer olhar para as especificações técnicas.

image01

Por outro lado, um homem de negócios provavelmente iria olhar as funcionalidades e aspectos técnicos como parte do processo de pesquisa de mercado e tomada de decisão.

image29

Quando uma empresa quer um determinado produto ou serviço, eles podem fazer uma pesquisa adicional, ver entrevistas, fazer cursos online e participar de eventos ao vivo. Consumidores individuais podem não ter esse tempo. É por isso que o conteúdo para o consumidor final precisa ser mais curto e direto ao assunto.

Se você quer mais ideias sobre como criar esse tipo de conteúdo, leia 10 Maneiras de Melhorar Seu Marketing de Conteúdo.

Como Se Tornar Bem-Sucedido Com Marketing de Conteúdo B2C

Se você quer obter sucesso com marketing de conteúdo B2C , existem algumas coisas que você precisa fazer.

Identifique os objetivos dos consumidores: Para ser um profissional de marketing de sucesso no segmento B2C, você precisa identificar o objetivo dos consumidores, como mostra o gráfico abaixo da New Zealand Trade & Enterprise.

image14

Todo consumidor tem um objetivo. Por exemplo, 55% dos usuários mobile que usam a busca para pesquisar um produto, querem comprar dentro de uma hora.

image40

Quando consumidores compram produtos, eles esperam que eles resolvam seus problemas. A questão chave para responder com marketing de conteúdo é: o meu produto vai ao encontro das necessidades dos meus clientes?

Saiba quais são os títulos que atraem mais os consumidores: Se o último objetivo dos consumidores é se satisfazerem com a compra do seu produto, como você obtém a atenção deles?

É simples. Escreva títulos que destaquem os benefícios que eles terão.

Quanto tempo você gasta escrevendo o título perfeito que irá atrair clientes em potencial e aprimorar a sua marca? Se você está escrevendo o review de algum produto ou tutorial, se certifique de incluir o benefício daquele determinado curso, produto ou serviço no título.

De preferência, escreva títulos na voz ativa, não na voz passiva. E a menos que você esteja escrevendo um estudo de caso, escreva no tempo presente.

Aqui estão alguns exemplos de como fazer títulos mais atrativos:

Como a Segmentação de Palavras-chave Podem Melhorar o Ranking no Google – Voz passiva

Como Direcionar Palavras-chave e Melhorar o Ranking do Google – Voz ativa

6 Dicas Simples Que Você Deveria Estar Usando Para Fechar Uma Venda – Voz passiva

6 Dicas Simples Que Você Deveria Usar Para Fechar Uma Venda – Voz ativa

Agora veja alguns exemplos de títulos com benefícios bem direcionados aos consumidores que estão prontos para comprar:

Infusionsoft CRM Software – Tutorial Passo a Passo De Como Usá-lo

Como Usar o KISSmetrics Para Obter Insights de Clientes e Otimizar Para Eles

Como Criar Um Infográfico Poderoso Em 48 Horas

Essa técnica funciona em home pages também. Outbrain usa um título ativo, com um benefício impulsionado por uma tagline.

image35

E o oDesk tem um título atraente e bem direcionado (mesmo que seja na voz passiva).

image07

Crie um site amigável: Para ser bem-sucedido no marketing de conteúdo B2C, otimize seu site e torne-o amigável. Isso significa cuidar do design, conteúdo, navegação e funcionalidade.

a) Design: Design não é relacionado apenas com estética. É mais importante conhecer a necessidade dos seus visitantes com seu web design. Como um profissional de marketing B2C, seu foco principal deveria ser em capturar a atenção dos consumidores e dar a eles uma razão para ficar. Foque em um layout simples e fontes legíveis para alcançar isso.

image11

b) Conteúdo: Criação do conteúdo é importante para o design do seu site e o sucesso com o mercado B2C. Por isso é vital entender como dividir em camadas o conteúdo através do ciclo de compra. Quando você faz isso, você vai obter sucesso sempre que publicar um post, artigo, vídeo, podcast ou infográfico.

image00

c) Navegação: Quando criar um design do seu site ou loja para os consumidores, tenha certeza de que encontrarão o melhor conteúdo, de maneira que eles possam ler e tomar algum tipo de decisão.

Você nunca iria em uma caminhada sem um mapa. Ajude os consumidores a identificarem o que eles querem com um site fácil de navegar, como o site da Magazines.com:

image26

d) Funcionalidade: Essa é a última parte que faz com que um site seja amigável. O design da página funciona para os usuários e entrega o que ele promete?

Se você quer checar como seu site está indo, use a ferramenta do Quick Sprout. Ela irá analisar a URL do seu site e te dar insights sobre como melhorar seu ranking e tráfego orgânico.

image27

Design de engajamento de mídia social: Não se esqueça da mídia social no seu marketing de conteúdo B2C. Consumidores usam a mídia social intensamente, então fazer com que seu conteúdo seja compartilhável irá te ajudar a obter sucesso nas suas campanhas de marketing.

Se você quer ter mais compartilhamentos sociais, siga esses três passos simples ilustrados pela Community Organizer 2.0:

image41

  1. Determine qual conhecimento e conteúdo é compartilhável
  2. Determine onde ele será compartilhado
  3. Desenvolva oportunidades de participação

Veja como você coloca isso em prática.

1. Determine qual conhecimento e conteúdo é compartilhável: Se você quer descobrir que tipo de assunto os consumidores irão compartilhar nas redes sociais, a melhor maneira é espionar seus concorrentes e pincelar seus melhores conteúdos. Veja como fazer.

Passo um: Vá para o Buzzsumo. Coloque a URL do seu concorrente. Então clique no botão “Go”.

image04

Passo dois: Analise os compartilhamentos sociais para descobrir os tópicos que realmente fazem com que os consumidores compartilhem.

image32

No print acima, você pode ver que a Creative Energy e Responsive Web Design são assuntos populares. Uma pesquisa bem feita nesses tópicos provavelmente resultarão em um excelente engajamento social, especialmente se você usar método skyscraper do Brian Dean.

2. Determine onde será compartilhado: A melhor plataforma de mídia social para você focar irá depender do segmento e do tipo de conteúdo. Por exemplo, se você cria um infográfico, então o Pinterest e o Instagram provavelmente vão gerar os maiores compartilhamentos para você.

Um exemplo é o infográfico da Copyblogger’s Grammar Goofs, que teve mais de 179.000 pins no Pinterest.

image17

Se você na maior parte das vezes cria vídeos e posts de blog, foque no Facebook e Twitter como seus canais de comunicação. Eles funcionam bem para entretenimento, tecnologia e conteúdo sobre estilo de vida.

Upworthy gera mais de um milhão de likes no Facebook e Tweets em seus conteúdos de vídeo.

image47

Postar com mais frequência pode também aumentar o engajamento social. Um estudo mostra que postar duas vezes por dia resulta em 40% a mais de engajamento e postar 1 – 4 vezes por semana gera 71% mais engajamento.

image37

3. Desenvolva oportunidades de participação: De acordo com a Aweber, mídia social não significa apenas criar conteúdo broadcast. Pelo contrário, se trata de construir uma comunidade entre os consumidores e potenciais clientes. Afinal, é por isso que se chama mídia “social” e não apenas “mídia”. 🙂

Se você quer aumentar o engajamento social com seus clientes, você deve participar plenamente, dar boas-vindas, saber o que seus fãs querem e sempre agregar valor à conversa.

Seja um grande contador de histórias: Marketing de conteúdo B2C é baseado em storytelling. Transmedia mostra como o storytelling conduz a uma visibilidade e pode atrair uma audiência nova para o seu site.

image09

Mesmo que não seja uma obra-prima, conte a história da sua marca, pois os consumidores gostam de ouvir isso. Se isso puder conectar com seus consumidores e trazer um apelo emocional, sua estratégia de conteúdo irá prosperar.

Então como você conta uma história que se conecta com consumidores? Policy Genius recomenda que você conte uma história por vez; nunca crie um link das histórias. Se você mudar o foco da sua história principal, você perderá sua audiência e irá prejudicar sua marca.

Se você é um blogueiro, um palestrante ou escritor, escrever uma história que você seja apaixonado por ela irá te ajudar a se conectar de forma mais profunda com seus clientes.

image21

Como escrever conteúdo B2C: Eu mencionei antes que a atenção dos consumidores se dispersa mais rapidamente. É por isso que você precisa de uma mensagem clara ao escrever conteúdo B2C. Aqui está um guia rápido:

image42

Lembre-se,  o propósito do conteúdo B2C é dar informação de valor aos consumidores. Ao contrário do marketing tradicional, conteúdo B2C não deve interrompê-los. Attach Media destaca as diferenças principais aqui:

image48

Leia meu guia para ver como escrever conteúdo B2C que irá dominar seu nicho e gerar mais tráfego e links confiáveis: 37 pontos de um check-list: Como Criar Conteúdo Que Irá Aumentar Seu Tráfego Até Amanhã De Manhã.

Estratégias de Marketing Para Marcas B2C

Conteúdo é a melhor ferramenta que uma empresa B2C pode usar para adquirir e nutrir os leads e convertê-los em clientes. De maneira geral, esse conteúdo deve ser relevante e oportuno. Ele também precisa ser original: um estudo recente da Adage mostra que 69% dos consumidores preferem conteúdo original a conteúdo reaproveitado.

image13

Quais são as melhores maneiras de atrair consumidores com marketing de conteúdo B2C?

Blog: É uma das melhores estratégias que você pode usar. De acordo com a HubSpot, empresas que usam blog regularmente geram 55% mais visitantes ao site do que os que não usam.

Isso dá muito trabalho, mas uma vez que você o faça corretamente, o blog irá funcionar bem. O único problema é que, com mais de 74,6 milhões de sites apenas no WordPress, você precisa ser diferente e se destacar. É por isso que criar conteúdo relevante será um desafio maior este ano.

image49

Entenda sua audiência: Isso envolve conhecer a intenção por trás das pesquisas de palavras-chave. Por exemplo, quando você descobre uma palavra-chave tal como “hospedagem na web confiável em Denver”, você sabe exatamente o que as pessoas estão querendo encontrar – e o que ele ou ela não quer. Ignore a intenção do usuário e isso vai custar caro para você.

A pessoa que está fazendo a busca não está interessada em uma empresa de hospedagem barata ou popular, mas em uma que irá entregar o que promete em pelo menos 99% dos casos. Você também pode dizer que a pessoa que fez a busca não é crua quando o assunto é hospedagem. Ao criar conteúdo B2C, use essa informação para construir algo que vá ao encontro das necessidades do usuário no que diz respeito a uma empresa de hospedagem confiável, que se localiza em Denver.

Escreva títulos clicáveis: Eu já falei sobre títulos anteriormente, mas vale a pena ir mais a fundo com esse assunto. Ao criar conteúdo B2C, você quer que os leitores cliquem. O segredo está no título. A habilidade em escrever conteúdos atrativos ajudou a Upworthy a aumentar o número de visitantes únicos para 88 milhões em novembro de 2013.

image08

Upworthy se especializou em “títulos curiosos.” Esses títulos deixam os consumidores desesperados para verem do que se trata e mais empolgados para compartilhar:

image20

Nota: Quando você acrescenta curiosidade em seu título, tenha certeza que o conteúdo realmente satisfaça a curiosidade do consumidor. Senão você irá prejudicar a sua marca e vai perder os leitores em vez de conquistá-los.

Além disso, se você está oferecendo um produto ou serviço em seu blog, toda parte do conteúdo que você criar deve ser direcionada a construir confiança e dar aos consumidores potenciais uma razão para permanecerem fiéis a sua marca.

Um benefício direcionado no título destaca o valor do seu assunto/produto ou serviço. GetResponse faz isso muito bem.

image22

Você pode usar estes títulos como inspiração para novos conteúdos:

  • Como Negócios Locais Podem Aumentar As Vendas Através Do Email Marketing
  • 10 Táticas Efetivas De Email Marketing Para Donos De Negócios Locais
  • Você Quer Atrair Clientes Locais Apenas Enviando Emails?

Use automação de marketing/nutrição de leads:

Automação de marketing é um sistema que cuida da sua geração de leads, nutre os clientes potenciais e os converte em clientes. Uma solução de email marketing solution como da Aweber pode te ajudar com isso.

image45

De acordo com a Magnet 360, essa é a maneira mais rápida para aumentar o CRM (customer relationship management. Conecte o CRM com as vendas e você irá facilmente adquirir leads e nutri-los até que eles comprem seu produto.

Crie infográficos: Infográficos são uma ferramenta poderosa de marketing, porque eles são visuais em sua essência. De acordo com essa pesquisa, 50% do cérebro é dedicado a funções visuais e 65% da população são pessoas que aprendem mais facilmente por meio do visual. Isso significa que não é preciso falar da importância de trabalhar com infográficos.

Dos 15 tipos de conteúdo que levam a um maior tráfego, infográfico é um dos meus favoritos, pois este estudo mostra que infográficos são curtidos e compartilhados na mídia social em média três vezes mais do que qualquer outro conteúdo. E isso funcionou pra mim.

Se você está pronto para usar infográficos para conquistar prospects e convertê-los em clientes, leia este guia: 60.000 Visitantes e Contanto: Como Dobrar Seu Tráfego Com Infográficos.

Conclusão

Agora você já sabe como se conectar com seus clientes com conteúdo B2C. Para fazer ainda mais, use a combinação de artigos, posts de blog, vídeos, infográficos e podcasts, o que o Blue Glass chama de “estratégia de marketing de conteúdo multicanal.

Isso irá te ajudar a conseguir engajamento e nutrir relacionamentos, onde quer que seu público alvo esteja.

Qual estratégia de marketing de conteúdo B2C tem funcionado para você?

Share