O Guia do Neil Patel Para Links Internos

seo

Sou como a maioria dos SEOs que eu conheço. Eu fico entusiasmado com táticas avançadas de SEO – como auditoria de estrutura de sites e pesquisa de dados por meio do valor do usuário final. Isso me faz sentir inteligente. Além disso, traz resultados!

Mas há uma técnica avançada que muitos SEOs negligenciam completamente.

Não parece muito avançada. Pode parecer meio chata. E não parece que consegue bons resultados.

Essa tática é chamada de links internos

A primeira vez que eu percebi o valor de links internos foi quando eu já fazia blog posts por cinco anos. Eu abria o meu computador todo dia, fielmente, escrevia um artigo e seguia em frente.

Escrevia. Publicava. Repetia.

Cinco anos!

Ao longo do tempo, eu já tinha escrito centenas de posts! Em um dado momento, pensei que se eu começasse a colocar links para os meus artigos antigos dentro dos novos, eu poderia dar a meus leitores mais valor – mais material para ler, mais informação a ganhar.

Então, eu fiz isso. Comecei de maneira simples. Sempre que eu escrevia um artigo novo, eu apenas adicionava um hyperlink para um outro artigo que já tinha escrito.

Quando eu comecei a fazer isso, o meu site explodiu! Eu vi a minha métrica de engajamento dar um salto (crescimento de pesquisa orgânica, baixa taxa de rejeição, maior duração de sessão, mais páginas por sessão).

Foi incrível! Então eu decidi investigar e descobrir exatamente como melhorar o SEO por meio de links internos.

Aqui está um guia passo a passo que você pode utilizar para impulsionar o seu SEO usando links internos.

Saiba como eu aumentei o meu tráfego para 195.013 visitantes por mês, combinando essa estratégia de links internos com outras 4 táticas de SEO.

O que são links internos?

Aqui está uma rápida visão geral sobre links internos.

Um link interno conecta uma página do seu site a outra página do seu site.

image02

Muito simples, certo?

Cada site que tem mais de uma página está conectado dessa maneira. É uma questão simples de design e arquitetura do site.

No geral, os sites têm um design e uma arquitetura que os mantém estruturados de maneira lógica, como este modelo comum.

image03

A maioria dos sites tem uma home page central e se ramifica em vários menus e subpáginas. Alguns sites são mais complicados.

image01

Uma técnica de SEO comum entre os sites mais antigos era organizar o conteúdo em silos, na tentativa de melhorar a presença de palavras-chave para uma determinada categoria de palavra-chave.

image08

O modelo organizacional silo era popular até recentemente. Mas muitos SEOs ainda seguem esse modelo, porque ele faz sentido.

image00

Naturalmente, a arquitetura do site e a sua estruturação podem se tornar ainda mais complexas.

image15

Mas isso não é necessário.

Na verdade, muitas discussões sobre a arquitetura do site e links internos são inúteis. Elas ficam muito complicadas e gasta-se muita energia em algo que não traz resultados reais.

Links internos podem ser muito mais simples! Vou mostrar como executar um método simples de links internos que eu criei.

Porém, primeiro é importante saber por que os links internos ajudam.

Por que os links internos são importantes?

Colocar links internos é uma das armas mais valiosas de SEO.

Por quê? Porque funciona.

O algoritmo de aprendizado de máquina do Google se desenvolveu bastante desde os primórdios do SEO. É quase impossível enganar o sistema.

Por mais avançado que o algoritmo seja, ainda há táticas simples que você pode utilizar para ter um impulso imediato nas suas métricas de SEO.

Colocar links internos é uma delas. Não é um truque e certamente não é difícil de fazer.

Aqui estão alguns dos benefícios.

Links internos melhoram a indexação do seu site

O crawler do Google segue os caminhos dos links em toda a Internet para encontrar e indexar sites.

image11

Se o seu site tiver links internos relevantes, o crawler do Google terá mais facilidade em encontrar os novos conteúdos publicados e os links que você colocar.

image04

O Google rastreia regularmente a internet procurando conteúdos novos. Se o seu conteúdo tiver vários links internos, o rastreamento ocorrerá muito mais rápido.

image07

Como resultado, a indexação também acontecerá de maneira mais rápida.

Links internos aumentam o potencial de conseguir backlinks para as páginas mais profundas

Se você analisar para onde está indo a maioria dos backlinks para o seu site, provavelmente, você verá que é para a sua homepage.

Quando você compara os backlinks de homepage com backlinks de páginas mais profundas, isto é o que você verá com frequência:

image06

Infelizmente, ter muitos backlinks para a homepage é ruim para o SEO.

Esse gráfico deveria estar ao reverso. A maioria dos seus links externos deveria encaminhar para as páginas internas mais profundas e não para a sua homepage.

Quando um site não está ativamente publicando e promovendo novos conteúdos, o perfil de link é semelhante a este:

image09

A maioria dos links direciona para perfis sociais ou páginas padrão como “Sobre” ou “Contato”.

Isso fornece muito pouco valor de SEO para o site!

No entanto, se você criar uma forte estrutura de links internos, que tornará mais fácil a indexação de todo o seu site, você será capaz de aumentar o potencial de conseguir links para as páginas internas.

image05

Por quê? Porque você aumentará a prioridade de rastreamento de todo o site.

Links internos distribuem a força do site para as páginas internas

Você provavelmente já ouviu falar de link juice, certo?

Mesmo que ultrapassado, segue o conceito abaixo.

Quando o seu site recebe um link para a homepage, parte do valor desse link é repassado para as páginas internas.

image12

Infelizmente, o conceito é muito simplório para ser verdade. Não funciona assim:

image13

O algoritmo usa um sistema muito mais complexo para determinar o valor do que apenas o “link juice” e como ele se distribui dentro de um site.

Então, quanto melhor e mais estruturada for a arquitetura de um site (por meio de links internos), melhor ele se sairá no SERPs.

Links internos com texto âncora adiciona valor de conteúdo a um sinal eletrônico

Um link interno é uma simples sequência de HTML que vincula um site a outro. Parece assim:

<A HREF = “http://www.example.com/internalpage“> um artigo sobre comida para gatos </A>

Quando você cria um link interno com um texto âncora em vez de uma imagem ou texto de navegação, o valor do link interno aumenta.

O texto âncora melhora o valor do link ao adicionar palavras-chave e conteúdo ao processo de links.

O Google não está apenas olhando para uma tag HREF. Ele também está vendo o texto âncora que faz parte desse link.

Os dias dos textos âncoras cheios de palavras-chave já se foram. Mas, há valor em ter um texto âncora, contanto que não seja superotimizado.

Liks internos fornecem valor ao usuário

Esse é o ponto mais importante de todos. Sim, colocar links internos é uma técnica de SEO. Porém, é mais do que isso.

O grande propósito dos links internos é fornecer valor ao usuário!

Eu não sei sobre você, mas quando estou pesquisando algo, eu gosto de explorar outros conteúdos que reforçam o tópico.

Se eu gostar de ler o conteúdo de um escritor ou de um site, então vou receber mais valor ao ler outros artigos que esse autor escreveu.

É por isso que criei um link interno na segunda linha desse artigo.

Links internos fazem parte do arsenal de marketing. Embora não leve a conversões diretamente, essa tática tem o seu lugar dentro do funil de marketing – conduzindo pessoas para um determinado destino.

image14

O SEO está baseado na otimização do usuário, não apenas em jeitinhos técnicos e truques.

Se você não quiser utilizar todo o valor técnico de links internos, tudo bem. Mas, pelo menos faça isso para os seus usuários.

Técnicas

Agora é hora de entrar nos detalhes. Como fazer links internos? Qual é o melhor método para conseguir o maior valor?

Primeiro, você deve se certificar de duas coisas:

  1. Se você já tem conteúdo escrito no site. Mesmo que você tenha apenas um único artigo, tudo bem. Esse é o seu ponto de partida.
  2. Se você está continuamente escrevendo novos conteúdos para o site. Ter um cronograma de publicação regular é importante para que essa técnica funcione de forma eficaz.

Ok, vamos começar.

Coloque links em páginas com muito conteúdo para outras páginas com muito conteúdo

Os melhores links internos são aqueles que conectam um artigo a outro. Isso cria uma forte estrutura de links internos dentro do site.

Se a navegação no seu site for decente, você deve ter uma estrutura suficiente de links para as páginas principais, como a homepage, a página Sobre, a página de contato etc.

Você não precisa colocar link para essas páginas!

Obviamente, se você estiver tentando direcionar conversões usando uma squeeze page ou uma página de vendas e se a oportunidade estiver de acordo, coloque um link para essas páginas.

Porém, o que eu mais recomendo é criar links dentro e entre os artigos de conteúdos longos.

Crie links de texto usando texto âncora

Que tipo de link funciona melhor?

É simples: Links com texto âncora descritivo.

O que quero dizer com texto âncora descritivo?

Você está familiarizado com o texto âncora, certo? Um texto âncora é composto por uma ou mais palavras que estabelecem um link com outra página.

Isso é um texto âncora.

Os seus links internos devem utilizar um texto âncora, mas não qualquer um. Eu recomendo colocar o link em frases que descrevem o assunto do destino do link.

Deixe-me dar alguns exemplos:

Se eu quisesse colocar um link para um artigo sobre técnicas de SEO black hat, eu faria desta forma:

Se eu quisesse colocar um link para um artigo sobre o Google Hummingbird, eu faria desta maneira:

O que estou fazendo em cada um desses exemplos é associar o assunto do destino do link com frases relevantes.

  • O primeiro texto âncora contém “técnicas de black hat SEO”, que é o assunto do artigo que estou colocando o link.
  • O segundo texto âncora tem a frase, “o algoritmo do Google foi atualizado” e o artigo de destino do link que eu coloquei contém informações sobre o Google, Hummingbird, algoritmos e atualizações.

Veja o que não fazer com um link interno:

  • Não tente criar uma correspondência exata entre o texto âncora e o destino do link. Essa técnica, conhecida como “correspondência exata do texto âncora” foi associada no passado com penalidades de SEO com a atualização Penguin.
  • Não utilize frases como “clique aqui”. Isso não adiciona nenhum valor.
  • Não coloque o link em mais de uma frase. Um parágrafo inteiro de hiperlink é grande demais e não é atrativo aos olhos. Faz a experiência de usuário ser pobre. Basta fazer o link com algumas palavras ou uma frase.

Cada vez que você escrever um artigo, coloque um link para quatro ou mais artigos antigos

Quando escrever um conteúdo novo, você deve incluir cinco ou mais links para artigos antigos.

Por quê?

Os sites têm um “valor de frescor” que o Google detecta e utiliza como parte do seu algoritmo de classificação.

De acordo com Cyrus Shepard,

links de sites novos [ou páginas] passam um valor fresco.

image10

Fazer um ping no site antigo com um novo link, ajuda a impulsionar a sua probabilidade de aumentar a classificação nos SERPs.

Atualize artigos antigos com novos links internos

Você conseguirá um link interno mais poderoso se combinar com uma outra técnica de SEO – atualizar conteúdos antigos.

Quando você atualiza um conteúdo antigo, o crawler do Google o vê novamente, indexa-o novamente e, provavelmente, aumentará a sua classificação.

Eu recomendo atualizar os seus artigos antigos regularmente. Aqui está um bom processo para seguir com os seus blog posts mais antigos:

  • Adicione um novo parágrafo no início explicando as atualizações.
  • Adicione vários novos parágrafos ao longo do artigo, colocando informações adicionais ou atualizadas.
  • Isto é importante: adicione vários novos links internos ao conteúdo que você criou recentemente.

Você realizará duas coisas ao fazer isso.

  1. Primeiro, você atualizará um conteúdo antigo, o que melhorará o seu valor de classificação.
  2. Segundo, você criará um link entre uma página antiga já estabelecida no site e uma nova página não tão estabelecida.

Adicione links em locais onde é lógico e que tenha valor agregado.

Onde você deve colocar esses links internos?

É tentador ficar preguiçoso e colocá-los no final de um artigo: “Para acessar mais conteúdos relevantes clique aqui”.

Não faça isso, por favor.

Procure locais no conteúdo onde o assunto se sobrepõe. Esses são pontos lógicos de conexão para criar um link interno.

Verifique se os links são links follow

Esse ponto é simples. Não adicione uma tag nofollow ao link. Não é necessário e, provavelmente, não passará tanto valor ao destino do link.

Algumas evidências mostram que os links nofollow são menos valiosos para um perfil de link. Eles não o prejudicarão, é claro, então você não deve se preocupar muito com eles.

No entanto, quando você tiver escolha, deixe de fora a tag nofollow.

Coloque links para páginas com altas conversões

Você tem páginas em seu site que convertem visitantes mais do que outras?

Caso sim, coloque links para essas páginas.

Eu escrevi artigos no meu blog que têm taxas de conversão superaltas. Por alguma razão, o conteúdo é atraente e os CTAs são tão poderosos que os usuários convertem em massa.

E é claro que eu coloco links internos para essas páginas!

É aí onde os links internos têm mais a oferecer do que apenas valor de SEO. Eles também podem ter valor de receita! Quanto mais visitantes você direcionar para uma página de alta conversão, mais conversões você terá!

Conclusão

É isso aí. Colocar links internos é simples.

O SEO pode ficar complicado, acredite em mim. Existem algumas técnicas profundas que exigem quantidades insanas de trabalho, pesquisa e empenho.

Mas, outras táticas de SEO, como links internos, são fáceis e eficazes.

Faça isso como um experimento. Siga as orientações acima durante pelo menos uma semana e veja se o seu ranking melhora.

Conte-me sobre a sua experiência e se você viu um aumento ou diminuição no SEO do seu site.

Share