O Que Considerar ao Contratar um Profissional de Marketing de Conteúdo Para Sua Empresa

content marketer

Escrever em blogs começou a decolar por volta de 16 anos atrás. Mas apenas recentemente os negócios realmente perceberam o imenso potencial disso e começaram a alavancar o marketing de conteúdo para gerar leads e negócios. O profissional B2B de marketing de conteúdo mais eficaz gasta, hoje em dia, 39% do seu orçamento de marketing em marketing de conteúdo.  

Hoje, o espaço de produção de conteúdo tem se tornado tão disputado, que as empresas pagam as plataformas de mídias sociais para aumentar o alcance do conteúdo delas e conseguir mais leitores. O Mark Schaefer até criou o termo choque de conteúdo para o enorme crescimento em publicações. 

Mas é tão difícil assim criar um conteúdo de alta qualidade? 

O relatório B2B de 2016 do Content Marketing Institute descobriu que produzir um conteúdo que crie engajamento é o desafio número 1 que as organizações estão enfrentando. Encontrar/treinar profissionais de marketing de conteúdo competentes foi considerado também como o sexto maior desafio, dito por 21% das pessoas consultadas.

Então é impossível encontrar profissionais de marketing produtivos que criem um conteúdo atraente de forma consistente?

Não.

Existem muitos jornalistas competentes, como a Mridu Khullar, que fizeram uma transição bem-sucedida em suas carreiras, de escrever em agências de mídia para o marketing de conteúdo. Hoje, ela ganha mais de 300 dólares por hora.  

O problema é que altas taxas não garantem que você irá ter acesso a um profissional de marketing competente. Além do segmento do conteúdo, os consultores cobram o quanto querem.

Se, por um lado, essa área do conteúdo ainda é nova, por outro existe um grupo específico de habilidades presentes na maioria dos profissionais de marketing de conteúdo bem-sucedidos. 

Faça o download deste material com 5 aptidões que você deve procurar quando for contratar um profissional de marketing de conteúdo.  

Neste artigo, quero facilitar a sua busca por um profissional de marketing de conteúdo capacitado. Estas cinco aptidões são suficientes, mas você deve personalizar as condições para a sua equipe e a sua campanha. 

1. A arte de escrever um texto de dar água na boca e gramaticalmente correto 

Não há nada de novo aqui – o responsável pelo conteúdo precisa saber os aspectos mais básicos da escrita. 

Porém, com tantas aptidões a mais misturadas (pesquisa de palavra-chave, montar gráficos em planilhas do Excel e rodar um monte de softwares), muitas empresas não percebem o óbvio.

Apenas para começar, 26% das pessoas formadas em universidades têm alguma debilidade para escrever. Tuitar, escrever mensagens de texto e outras coisas do gênero, têm afetado o modo como as pessoas escrevem e soletram.

image09

A campanha de um bilhão de dólares do Obama foi criticada por cometer um erro básico de linguagem no banner do seu anúncio. Em vez de “We’ve come a long way…” estava escrito no anúncio “We’ve come along way”. 

Se quiser que o seu anúncio seja levado a sério, você precisa acertar na linguagem básica. Gramática e ortografia incorretos mancham a imagem da sua marca – existem dados que comprovam isso. 

  • Em sua pesquisa com 1.029 adultos do Reino unido, a Global Lingo descobriu que 74% dos consumidores prestavam atenção na qualidade da gramática e ortografia em um site de uma marca. De fato, 59% disseram que não iriam negociar com uma empresa que cometesse um erro óbvio de gramática ou de ortografia em seu site.  
  • Em outra pesquisa da Standing Dog Interactive, apenas 3% do público-alvo entrevistado disseram que não se importavam de modo algum com erros no texto.

image16

  • Aqui estão os resultados da pesquisa, da Tech Republic, na qual empregadores eram perguntados sobre a importância de uma boa gramática para candidatos a vagas de emprego. Como você pode ver, a maioria dos patrões não irá admitir um candidato com uma gramática ruim. 

image01

Então, como que você pode conferir a gramática e a formação de frases de uma pessoa? 

Faça uma leitura rápida de trabalhos do candidato previamente publicados, a sua carta de apresentação/ intenção e currículo. Se houver erros básicos, então, você não deve levar a avaliação adiante.  

Você pode dar um desconto para certos erros gramaticais, como concordância e o término de frases com preposição. Eles podem ter sido utilizados de propósito pelo escritor para criar um certo ritmo no texto e manter o fluxo.

Uma gramática impecável seria o parâmetro final para uma análise de habilidades de escrita? 

Acho que não… se a sua escrita não tiver emoção, histórias ou personalidade, a leitura não terá nenhum engajamento com o leitor.

As escolhas de palavras e o tom do escritor, bem como o seu entendimento do público-alvo, desempenham um papel vital na elaboração de um texto persuasivo.

Até mesmo uma única palavra pode mudar os resultados com um aumento de 139% em conversões. 

image13

Porém, é uma habilidade de longo prazo que surge na medida em que você vai escrevendo mais. É por isso que eu falo regularmente sobre desenvolver habilidades de copywriting no Quick Sprout e no NeilPatel.com/Br. Mas aqui estão os 3 recursos essenciais que você pode utilizar para separar o joio do trigo.   

  • Um título motivador, subtítulos e um CTA – um redator experiente sabe que 8 em cada 10 leitores não leem mais do que o título. Então, ele faz um esforço extra em criar um que seja atrativo. Além disso, um CTA persuasivo é essencial para fazer com que o público-alvo faça aquilo que você gostaria que eles fizessem.
  • Fale com o leitor diretamente na linguagem dele – As palavras ‘você’ e ‘seu’ são provavelmente as mais poderosas na língua portuguesa. Para conseguir a atenção e a confiança dos seus leitores, você precisa escrever de uma forma mais natural e utilizar as palavras exatas que eles usam ao descrever os desafios deles.  
  • Escolher o tema certo para escrever sobre ele – Quando conseguir ter uma dúzia de ideias diferentes para escrever, é importante que encontre ângulos novos e interessantes. Do contrário, as pessoas não irão gastar o tempo delas lendo seu texto. Um redator produtivo entende a busca por palavras-chave e cria ideias de peso que são comprovadas por dados. 

image19

As características de escrita acima garantem um bom texto, mas existe uma habilidade extra de escrita que irá ajudá-lo imensamente…

Publicar conteúdo de alta qualidade e em pouco tempo

É uma dica útil para você, pois os escritores rápidos estarão prontos para aceitar um trabalho extra de vez em quando, e sempre vão cumprir os prazos. 

2. Habilidades de escrita com um nível jornalístico profissional 

Você se lembra de quando te contei que os jornalistas teriam muito a acrescentar para a sua equipe de marketing? 

O motivo principal é que eles possuem habilidades de pesquisa incríveis e verificam a autenticidade de cada afirmação em seus artigos (a partir de fontes confiáveis). 

O BuzzFeed é relacionado ao entretenimento casual. Porém, em 2011, ele contratou o Ben Smith, da Politico, para ser editor-chefe. Desde então, o BuzzFeed tem expandido a sua equipe de pesquisa investigativa. O motivo disso é que o BuzzFeed quer inserir credibilidade jornalística na marca deles. 

image05

Até o Business Insider tem investido uma quantidade considerável de recursos na criação de um conteúdo premium. Um exemplo disso é esta biografia da Marissa Mayer, de 22 páginas, que teve mais de 1,5 milhão de visualizações. 

image21

Não é obvio que a habilidade de pesquisa é altamente subestimada? 

Ela é o pilar para qualquer tipo de marketing. 

  • Você precisa pesquisar os interesses do seu cliente, pontos fracos e os seus dados demográficos para elaborar um texto relevante e que crie engajamento. 
  • Você precisa identificar os seus concorrentes, o posicionamento da marca deles e as brechas de conteúdo que eles deixaram para você preencher. 
  • Você precisa saber mais sobre os produtos da sua empresa, entender como eles são únicos e alinhar o desenvolvimento do seu conteúdo com isso. 

Um profissional de marketing de conteúdo competente irá ficar focado na pesquisa até ele encontrar as respostas necessárias. 

Lembre-se de que não há um jeito certo de fazer isso. Você precisa entrevistar os seus clientes, usar os operadores do Google corretamente ou vasculhar fóruns de nichos específicos. 

image17

Ou você pode até fazer o trabalho entediante de ler os commentários no site do seu concorrente. 

image03

E você pode usar algumas ferramentas, como Alexa e BuzzSumo, para entender o seu público-alvo e as preferências dele. 

image04

A pesquisa não se restringe à criação de conteúdo. É indispensável tornar eficiente a estratégia de marketing do seu conteúdo como um todo. 

3. Descobrir como se divertir com os números 

Muitos produtores de conteúdo são terríveis quando o assunto é matemática. Esse é o motivo principal deles escolherem a escrita como carreira. 

Mas, para os profissionais de marketing de conteúdo bem-sucedidos, o processamento de dados é tão importante quanto criar histórias com as suas palavras. 

Em primeiro lugar, escrever posts com base em dados inspira confiança e gera mais compartilhamentos sociais. Você pode fazer experimentos pessoais e colocá-los em um conteúdo interessante e inspirador. Eu sempre crio posts de blog falando dos meus resultados. 

image18

E eles têm um bom engajamento nas mídias sociais. 

image20

Eles também ganham backlinks sem que eu planeje uma campanha para aquisição de links.

image10

Para o futuro, você pode esperar ferramentas que permitirão que um escritor comum obtenha informações e faça análises. Mesmo hoje em dia, porém, profissionais de marketing de conteúdo excepcionais tentam relacionar o que dizem a fontes de dados respeitadas.

Em segundo lugar, se você quiser obter um ROI considerável a partir dos seus esforços de marketing, então será importante encontrar os tipos de posts que se identifiquem com a maioria do seu público-alvo. 

Uma pessoa que trabalha com conteúdo de forma analítica, processa dados e compara o desempenho do conteúdo publicado com relação aos indicadores-chave de performance (KPIs) pré-definidos. 

image24

Na maioria dos casos, esse tipo de análise revela que 20% dos seus posts irão direcionar 80% do seu tráfego. Ao gerar um relatório básico do Google Analytics > Comportamento > Conteúdo do site > Todas as páginas, irá aparecer estes números. 

image06

Ao identificar esses 20%, você pode deixar a criação um pouco de lado e investir mais tempo na promoção do seu conteúdo.

image00

Mais uma vez, as táticas de promoção de conteúdo não são iguais. Você vai precisar analisar as atividades de promoção do seu conteúdo em uma planilha do Excel para encontrar aquelas que tiveram melhor resultado. 

image23

Como você pode compreender, fazer uma análise inteligente irá exigir uma mentalidade focada no ROI e uma facilidade de inserir números em softwares analíticos. Então, certifique-se de que o seu profissional de marketing de conteúdo saiba achar o caminho no Google Analytics, Excel, ferramentas de teste A/B e coisas do tipo.

image12

4. Conciliar um cronograma consistente de publicação com as habilidades para condução do projeto  

Documentar a sua estratégia de marketing de conteúdo ajudará a aumentar as suas chances de sucesso. Mas você não pode esperar ver resultados, a menos que você ponha em prática o seu plano com muito cuidado. 

Os profissionais de marketing de conteúdo seguem à risca o cumprimento de prazos, porque eles compreendem que perder apenas um deles, pode comprometer imensamente os seus negócios. Eles planejam os posts do blog com um ano de antecedência e seguem um cronograma rígido de publicação.  

Eles podem utilizar ferramentas como o Trello para se organizarem e manterem todos os outros membros da equipe no mesmo ritmo. 

image15

Além disso, o gerenciamento de um processo bem-sucedido também significa você definir suas metas e alcançá-las. Então, profissionais de marketing de conteúdo devem escolher parâmetros do esquema SMART para definirem o seu processo de marketing, permanecerem motivados e definirem o tempo de entrega de cada atividade. 

image07

Você pode ler sobre como aplicar o SMART ao seu marketing de conteúdo aqui. Avalie um profissional de marketing de conteúdo ao pedir para que ele elabore um plano de conteúdo SMART para a sua empresa. 

Bônus: à vontade para explorar códigos e design 

Um conteúdo puramente textual por si só já pode fazer muita coisa. É importante também criar gráficos e imagens relevantes.

O Blog Pros, em sua análise dos 100 posts de blogs mais populares, descobriu que eles possuem um gráfico a cada 350 palavras, em média. Eu disparo uma imagem a cada 200 palavras. 

image14

Se você tem um designer profissional em sua equipe, será muito fácil para ele criar fotos personalizadas para o seu blog. De vez em quando, o seu profissional de marketing de conteúdo poderá precisar usar uma ferramenta como a Canva e criar o seu próprio conteúdo gráfico (como na imagem abaixo). 

image08

Do mesmo modo, escrever códigos é muito intimidador para a maioria dos profissionais de marketing (sem falar nos escritores). Mas um conhecimento básico de CSS, HTML5 e JavaScript é útil na alteração do formato do seu conteúdo. 

Por exemplo – Você pode ir no código fonte da página e editar a largura da imagem para consertar uma figura exibida de forma incorreta. 

image22

Além disso, se você espera publicar posts sobre assuntos complexos, como SEO técnico, então, o escritor precisa entender de linguagem técnica. 

E se o seu profissional de marketing de conteúdo tiver as quatro aptidões essenciais que eu listei acima, mas não sabe nada sobre código ou design? 

Não abandone esses candidatos. Você pode exigir que eles façam aulas gratuitas no Udemy, no Codecademy e vejam tutoriais no YouTube. Depois, pode elaborar um teste rápido dessas habilidades. Isso irá ajudá-lo a entender como os seus candidatos sintetizam o que sabem.

Eis 4 aulas para iniciantes sobre código e design. 

Conclusão 

O Marketing de conteúdo custa 62% menos que o marketing tradicional e gera por volta de 3 vezes mais leads. É por isso que ele tem assumido um papel central e derrubou algumas técnicas de marketing tradicionais menos eficazes. 

image02

Porém, profissionais de marketing competentes são artigos raros. Eles precisam se desdobrar em muitas funções para oferecer uma base sólida para as suas campanhas de inbound marketing. Embora profissionais de conteúdo não sejam baratos, você não irá atrair o perfil certo de candidatos apenas oferecendo rios de dinheiro por aí.

Eu sugiro que você misture as 4 habilidades que listei neste artigo, junto das exigências pessoais da sua empresa e você irá encontrar exatamente a combinação perfeita para a sua organização.

Agora é a sua vez. Você já contratou um profissional de marketing de conteúdo para a sua empresa e, se já o fez, como você fechou com o candidato final? Além disso, eu me esqueci de falar sobre alguma habilidade de marketing de conteúdo fundamental no artigo? Me conte nos comentários abaixo.

Share