Os Números Não Mentem: Métricas Que Ajudam a Monitorar um Blog

stats

Embora valha a pena, criar um blog de grande sucesso pode ser trabalhoso.

Afinal, se quiser um blog que seja motivo de inveja para a concorrência, você precisa criar um conteúdo impressionante e fazer tudo o que puder para promovê-lo de forma que as pessoas certas o vejam.

E provavelmente é isso o que você está fazendo agora – torcendo para que isso seja suficiente para obter os resultados esperados.

Mas como você sabe se está no caminho certo?

Talvez você acredite que seu blog está cativando sua audiência – mas, na realidade, não está nem perto disso.

Como você pode verificar se seu blog possui o engajamento que deveria ter, para que assim você não se engane sobre a situação?

Você verifica os números.

Os números não mentem, e se você deseja obter uma avaliação realista em termos de como seu blog está desempenhando, deve verificar as métricas por trás de seu blog.

Neste post iremos conhecer as métricas nas quais você precisa focar se quiser saber se seu blog está ou não com engajamento.

Também iremos falar de como você pode melhorar esses números, de modo que se perceber que suas métricas estão um pouco abaixo da média, poderá facilmente mudar as coisas para melhor.

Ao final desse post, você saberá exatamente algumas maneiras de verificar se seu blog está obtendo engajamento ou não, assim como saber o que fazer se não estiver.

Vamos começar.

Taxa de Rejeição

De todas as métricas que iremos abordar nessa postagem, a métrica de taxa de rejeição pode oferecer o melhor insight – e não apenas em termos de o quão cativante seu blog está, mas outros fatores também.

Em termos simples, a métrica de taxa de rejeição se refere às vezes em que alguém clica em seu site e logo após, clica no botão de ‘voltar’.

Se estiver interessado, esta é uma descrição mais detalhada

image01

Embora haja pesquisas que sugerem ser a taxa média de rejeição em torno de 45%, sua meta deve se aproximar desse número, o máximo possível, de 0.

Por que?

Se você mantiver a taxa de rejeição baixa, isso significará que as pessoas ficarão bisbilhotando seu blog um pouco mais e irão olhar as outras coisas que você oferece.

Claro que isso é benéfico, porque se as pessoas lerem mais de seu conteúdo, estarão mais propensas a desenvolver uma maior apreciação sobre o quão bom é seu blog.

Por causa disso, elas também estarão mais propensas a se inscreverem em sua lista, garantindo assim que você possa enviar ofertas e  monetizar seu blog.

Então, qual é a causa de sua taxa de rejeição estar alta?

As pessoas podem acabar entrando em seu blog e descobrindo que a informação não é relevante ou boa o suficiente. Então elas clicam no botão ‘voltar’.

Então, o que isso significa?

Bem, isso pode significar o seguinte:

  1. As pessoas estão chegando em sua página pensando que elas encontrariam outra coisa
  2. Elas chegaram na página e se sentiram desapontadas.

Em primeiro lugar, se as pessoas estão esperando encontrar algo que não está em seu blog, você precisa se questionar a respeito de como esses indivíduos estão chegando ao seu site.

Se você estiver conduzindo uma campanha de publicidade paga, precisa observar o direcionamento que está sendo feito. Pode ser que você esteja mostrando anúncios para os tipos de pessoas erradas e infelizmente, gerando diversos “cliques curiosos.”

Cliques curiosos são obviamente ruins, porque as pessoas estão clicando em seus anúncios somente para verem sobre o que se tratam, não necessariamente porque acreditam possuir algum valor.

Também, você poderia revisar o texto que você está utilizando em seus anúncios. Você pode acabar com altas taxas de rejeição se seus anúncios estiverem corretamente direcionados, mas se o texto estiver fraco.

Isso acontece porque se você promete algo no texto de seu anúncio e as pessoas obtêm outra coisa quando estiverem em seu blog, obviamente elas irão clicar no botão de voltar, por se sentirem decepcionadas.

Além disso, se perceber que seu blog possui métricas de alta taxa de rejeição, pode ser que seu conteúdo não seja bom o suficiente – isso se relaciona com o segundo motivo mencionado.

A melhor maneira de saber o quão bom está seu conteúdo é olhando outro conteúdo do mesmo nicho, que aborde o mesmo assunto.

Uma forma de fazer isso é verificando as palavras-chave que estão direcionando tráfego ao post em questão e então observar quais conteúdos irão surgir quando você digitar essa mesma palavra-chave no Google.

Você encontrará essa informação no Google Analytics.

Você pode usar o Buzzsumo  também, para identificar os conteúdos de alta performance que abordam o mesmo assunto. Se você fizer uma comparação lado a lado, perceberá o que está acontecendo de ruim com seu conteúdo.

Por exemplo, se eu estivesse fazendo um blog sobre ‘corrida’ e eu tivesse uma postagem que se relacionasse com ‘correndo mais rápido’, poderia digitar ‘Como correr mais rápido’ no Buzzsumo e analisar conteúdos semelhantes.

image00

Quão bom é esse outro conteúdo? Ele é melhor do que o que eu possuo? Se sim, por quê?

O outro conteúdo possui mais palavras ou imagens? Ele possui algum tipo de formatação personalizada?

O que posso aprender a partir desse conteúdo, para que assim eu faça meu conteúdo melhor?

Outra razão pela qual as pessoas talvez não fiquem dentro de seu blog é porque elas não estão cientes de que é possível ver outros conteúdos nele ou não estão sendo influenciadas para fazer isso.

Considere acrescentar mais links internos para outros conteúdos em seu site. Você talvez até queira uma barra lateral que direcione para seus conteúdos mais populares.

Eu fiz isso com o Quicksprout.

image04

Por fim, se você deseja melhorar sua taxa de rejeição, precisa se colocar no lugar do visitante de seu blog e se perguntar o que está os impedindo de ficar em seu site.

Só então você poderá avaliar o por quê alguém clicaria em seu site e sairia dele imediatamente.

Taxas de Conversão

Outra forma de identificar se seu blog está tendo engajamento é através da verificação da métrica de taxa de conversão.

É provável que você possua alguma maneira de as pessoas fazerem opt-in na sua lista, no seu blog. Se você não tiver, talvez seja hora de realizar algumas mudanças.

Partindo do pressuposto de que você tenha alguma maneira, pode ser uma boa ideia verificar as métricas de taxa de conversão para cada uma dessas ‘oportunidades’ do usuário realizar o opt-in.

Se você perceber que as métricas de taxa de conversão estão baixas, isso pode ser um sinal de que seu blog, mais especificamente seu conteúdo, não está obtendo engajamento.

Esse é o motivo.

Vamos considerar que você acabou de visitar um blog no qual você ainda não conhecia.

Você passa um bom tempo lendo o conteúdo e acaba sendo impactado pelo que está lendo – porque o conteúdo é muito bom.

Quando você chega ao final do conteúdo, percebe que há formulários opt-in que informam que você pode se inscrever, para começar a receber novidades sobre qualquer conteúdo novo.

Você acha que vai cadastrar o seu e-mail para receber outros conteúdos incríveis no futuro? Pode apostar.

Algumas pessoas oferecem uma ‘isca digital’ para que as pessoas se inscrevam em sua lista.

Você deve reconhecer que essa ‘isca digital’ é parte integrante do conteúdo do seu blog.

Portanto, se perceber que suas métricas de taxa de conversão estão baixas, isso também pode significar que  sua ‘isca digital’ não seja tão atraente.

Então o que você pode fazer para solucionar isso?

Eu falei sobre isso aqui, de como você pode melhorar a qualidade de sua isca digital.

O princípio no qual você deve seguir é o de que você sempre deve fazer algo bom, que seja competitivo com o que as pessoas pagariam normalmente.

Sim, isso irá exigir muito esforço. E sim, isso irá tomar muito tempo.

Mas é um investimento, e a energia que você colocar em criar uma isca digital incrível, com o tempo pagará dividendos.

Juntamente com fazer uma isca digital melhor – você talvez queira mudar sua abordagem, sendo a forma de você apresentar sua ‘isca digital’ algo completamente diferente.

Isso significa que você talvez queira ponderar o uso de ‘melhoria de conteúdo‘ em vez de apenas um formulário de opt-in.

As melhorias de conteúdo são ‘iscas digitais’ altamente relevantes para o conteúdo que o usuário está tendo engajamento naquele momento.

Brian Dean elevou sua taxa de conversão em 785% através de Melhorias de Conteúdo.

Por serem tão relevantes, os usuários estão mais propensos a engajar com elas e digitarem seus e-mails para conseguirem o que está sendo oferecido.

Veja um exemplo de melhoria de conteúdo da Quicksprout:

image03

Como qualquer isca digital, se sua melhoria de conteúdo for tão boa ao ponto das pessoas considerarem pagar por ela, então suas taxas de conversão serão maiores do que a média das outras melhorias de conteúdo.

Então, você criou um post pelos Anúncios do Facebook e talvez queira criar um Vídeo Promocional Passo a Passo no Facebook, que possua algumas horas.

As pessoas normalmente pagariam por esse tipo de conteúdo, mas se você estiver oferecendo-o de graça – especialmente depois de terem lido um post dos Anúncios do Facebook, as taxas de conversão estarão acima da média.

Nota: melhorias de conteúdo também são eficazes porque, à frente, no fim das contas, você poderá  segmentar as pessoas mais facilmente, tornando mais fácil a tarefa de enviar ofertas relevantes para as pessoas certas. Isso possui o potencial para aumentar as vendas.

Compartilhamento de Conteúdo

A extensão com a qual seu conteúdo é compartilhado também deixa você a par de o quanto as pessoas estão engajando com seu blog.

É importante notar que o compartilhamento de conteúdo é mais diretamente ligado com o conteúdo de seu blog, do que com a experiência do usuário de um modo geral.

O motivo pelo qual os compartilhamentos de conteúdo são tão importantes, é que o conteúdo é praticamente a grande razão pela qual as pessoas estão em seu blog e do por quê elas voltarão a ele.

Então, o compartilhamento de conteúdo mostra o quanto o seu conteúdo está conseguindo gerar engajamento.

As pessoas só vão compartilhar o conteúdo se sentirem que ele tem algum proveito.

68% das pessoas compartilham conteúdo para dar aos outros uma percepção de quem elas são e sobre o que elas se interessam.

Se muitas pessoas estão lendo o seu conteúdo, isso significa que ele é bom, e que elas confiam em seu blog.

Nota: Se você estiver trabalhando em um novo blog, precisará fazer alguma promoção para que as pessoas compartilhem seu conteúdo.

E a melhor forma de conseguir compartilhamentos para seu conteúdo é enviando e-mails às pessoas que anteriormente compartilharam conteúdo semelhante ou usando anúncios pagos.

Nota: Você pode encontrar essas pessoas verificando a seção “View Sharers” (Veja quem compartilhou) no Buzzsumo, após ter procurado por conteúdo que seja similar ao seu.

image05

Isso ajuda a prestar atenção à quantidade de compartilhamento que está acontecendo em relação ao quanto de promoções você está fazendo.

Se você estiver enviando links de seu conteúdo para pessoas que já compartilharam conteúdos semelhantes, mas ainda está esperando por alguma reciprocidade em termos de compartilhamento, então isso pode ser um sinal de que seu conteúdo não está bom o suficiente para ser engajado.

Mais que isso, se você estiver enviando tráfego pago ao seu site mas não está obtendo compartilhamentos, novamente, isso pode significar que seu conteúdo e consequentemente seu blog, não estão bons o suficiente para serem engajados.

Se seus compartilhamentos estão baixos enquanto conduz campanhas de tráfego pago, considere olhar seu direcionamento e questionar se você pode deixá-lo com maior precisão.

Além disso, você talvez queria ficar atento a quantos compartilhamentos seu conteúdo está gerando quando é postado em suas próprias páginas de mídia social – por exemplo, sua página do Facebook ou perfil no Twitter.

Se você quiser aprender mais sobre como promover um post, eu abordei o assunto aqui.

Comentários

Comentários em blogs são outro forte indicador de quanto engajamento seu blog está obtendo.

Se após ler seu conteúdo as pessoas se sentirem deslumbradas, há uma boa chance de que elas deixem algum comentário para que você saiba disso.

Não acredita em mim?

Observe alguns de seus blogs preferidos.

De um modo geral, você perceberá que os ‘melhores’ posts (e portanto os mais engajados) nesses blogs têm a tendência de serem os mais comentados.

Embora você possa tomar certas atitudes aqui e ali para encorajar mais pessoas a comentar, nada se compara a uma excelente postagem.

De qualquer modo, se você quer encorajar mais comentários, considere responder a cada comentário que é feito em seu blog. Deixe as pessoas saberem que você está ouvindo-as, e que aprecia qualquer forma de engajamento.

Você talvez queira experimentar pedir às pessoas para deixarem um comentário e sugerir algumas regras para os comentários também.

Veja um exemplo, do blog Fourhourworkweek:

image02

Ao fazer isso, você fará as pessoas se sentirem mais confortáveis com a ideia de deixar um comentário, quando de outra forma, talvez não deixassem.

Observar métricas relacionando-as umas com as outras

É importante falar rapidamente sobre esse ponto…

Embora cada uma das métricas citadas aqui sejam importantes, é uma má ideia olhar para elas isoladamente.

Por exemplo, se você estiver tentando elevar suas métricas de taxa de conversão, não faça isso em prejuízo da experiência do usuário de seu blog. Isso pode limitar compartilhamentos e potencialmente elevar a taxa de rejeição.

A boa notícia é que se você se focar em melhorar a qualidade de seu conteúdo, como resultado, todas as métricas tenderão a serem elevadas.

Uma maré cheia eleva todos os barcos – e seu conteúdo deve ser essa maré.

Conclusão

Ao prestar atenção às métricas corretas, você pode melhorar os níveis de engajamento de seu blog.

Sabendo em quais métricas você deve prestar atenção, você saberá quais mudanças são necessárias.

Por exemplo, uma alta taxa de rejeição em um blog está deixando você ciente de algo que uma baixa taxa de conversão não está.

Entretanto, como mencionado, você não vai querer observar essas métricas isoladamente.

Se você analisar de forma holística os números por trás do seu blog, você pode desenvolver um plano mais adequado, que fará com que seu blog gere mais engajamento.

Então analise seus números agora e veja quais são as mudanças que você deve fazer.

Você possui alguma dica sobre analisar as métricas de um blog, de modo que isso o faça ganhar mais engajamento? Por favor, deixe-me saber nos comentários abaixo.

Share