Quanto Tempo Leva Para Aparecer nas Melhores Posições do Google? (Resposta Baseada em Dados)

question

Sim, é um assunto controverso entre SEOs.

Mas é possível que você já saiba disto: eu recomendo link building.

O termo “link building” já tem uma má reputação. Por quê? No passado, profissionais de marketing com vontade de agradar demais executavam irregularmente esse processo.

Hoje em dia, alguma pessoas tentam aliviar o peso do nome usando outros termos, como “construção de reputação”.

Eu uso o termo certo. É link building. E não é nada errado fazer isso da maneira correta!

Obviamente, sou 100% contra link building camuflado ou feito como spam, como em 2011.

Mas quando falamos de links sólidos, éticos, de reputação e com altos retornos para o seu conteúdo, sou um grande fã!

Minha filosofia de marketing e de negócios é escolher ganhos a longo prazo no lugar de vitórias a curto prazo. É comum que o curto prazo vença e você sinta os custos a longo prazo.

E essa é a questão com link building. Pode demorar! É uma jogada a longo prazo.

Essas questões são importantes. Por quê? Porque link building ainda é o coração do SEO.

Se ainda houver dúvidas sobre link building, é provável que haja desperdício de tempo e dinheiro por aí.

Queria falar sobre este assunto de peito aberto. Depois de anos de link building, decidi que valia a pena gastar tempo e recursos para responder à pergunta: por quanto tempo investir em link building até que você apareça no topo das SERPs?

Aprenda a estratégia exata que usei para aparecer no topo do ranking de marketing online e aumentar meu tráfego para 195.013 visitantes por mês.

A resposta: depende

É uma resposta frustrante, eu sei. Mas já adianto isso para tirar logo o elefante da sala.

Se você ler todo o artigo (eu recomendo!) verá muitos números, dados e análises.

Mas a verdade é esta: a real resposta para a pergunta do artigo depende de milhares de fatores.

Em outras palavras, não importa o quão sofisticada seja a nossa análise, não dá pra fornecer apenas uma resposta para todos esses fatores.

Entretanto, o que ajuda mais que uma simples resposta é uma compreensão maior de como o SEO funciona.

Não posso dizer para você “Apareça no ranking em 87 dias!”, mas posso fornecer algumas dicas sobre fatores de ranqueamento surpreendentes que você talvez tenha ignorado.

Além do mais, posso fornecer também dados úteis para aumentar como nunca o resultado de seus esforços em link building.

A questão mais genérica que precisamos responder é: como os links influenciam o rankeamento de novo conteúdo?

Veja o que descobrimos. Os resultados podem surpreender.

Os dados: como e o que foi analisado

Para fornecer a você os melhores dados possíveis, trabalhamos com três grandes parceiros nessa empreitada:

  • BuzzSumo.com – Uso BuzzSumo para pensar em ideias para artigos e encontrar influenciadores. Para este estudo, o BuzzSumo nos auxiliou na busca por conteúdo “fresquinho” e na busca pelas datas de publicação.
  • SEMRush.com – Extraímos dados sobre centenas de milhares de palavras-chave para este e outros estudos já feitos.
  • Ahrefs.com – Como você verá abaixo, a métrica pontuação de domínio é um componente importante deste estudo. Ahrefs entrou com mais de 150.000 linhas de dados cruciais para este estudo.

Primeiramente selecionamos 20.000 URLs de páginas publicadas ao longo de 2016. Observamos 12 tipos de dados para cada mês do ano relacionados a todas essas URLs.

Esses são alguns dos tipos importantes de dados analisados sobre cada URL:

  1. O dado de onde a página pegou seu primeiro link.
  2. O ranking de domínio para cada mês a partir do primeiro.
  3. A constância de crescimento do link com base na métrica do Ahref de cada autoridade de domínio do link. Importante para definir o quanto a pontuação total de todos os links de origem melhorou ao longo de um período de tempo.
  4. Quando a página garantiu seu primeiro ranqueamento para as palavras-chave do ranqueamento atual.
  5. A constância do crescimento no rank do Google. Em outras palavras, o quanto o rank de uma página melhora ao longo do tempo? Por exemplo, pode ser visto na 86ª posição num primeiro momento; mover para a 22ª no mês seguinte; atinge a primeira página do Google, na 7ª posição já no 3º mês.

Veja esta tabela feita a partir dos dados de apenas uma URL:

image02

Para cada URL e palavra-chave, fizemos uma análise minuciosa de cada um desses fatores.

Além disso, isolamos métricas importantes dos dados orgânicos do SEMRush e também medimos esses fatores.

image01

Também superimportante para o estudo: dados de Ranqueamento de Domínio (RD), fornecidos pelo Ahrefs.

De acordo com Ahrefs, ranqueamento de domínio “mostra a força de um perfil backlink de um determinado site, numa escala logarítmica de 1 a 100 (com 100 sendo mais forte)”.

image04

Como eles conseguem essa colocação?

“Se o Domínio A tem ao menos um link para uma página no Domínio B – lembramos que o Domínio B tem um link do Domínio A.”

Há uma pepita escondida dentro do RD que pode dar a você dicas incríveis sobre link building. Aqui está ela, como mostrada pelo Ahrefs:

“Um domínio de baixa pontuação com um número pequeno de domínio linkados pode influenciar seu RD mais do que domínios populares.”

Esse pedacinho de informação ajuda a simplificar o link building. Você não precisa ser linkado pelo New York Times ou Google.com para turbinar seu ranqueamento.

Em vez disso, pode incitar linkamento por um site de nicho que linka somente para uns poucos outros sites.

Ao fazer isso, você melhora seu RD e, provavelmente, seu ranking no Google, ainda mais que o linkamento por um site muito popular.

Tenha em mente que precisamos definir se uma URL chegava nas primeiras duas páginas do Google. Essa métrica não é tão simples quanto parece.

Por exemplo, que tipo de constância ou movimento incluir nesse relatório?

Vou mostrar um exemplo. Observamos muitas palavras-chave, mas veja a análise e tipos de dados observados de apenas uma (“caminhão vermelho”).

image07

Para uma página com uma palavra-chave ranqueada ser considerada válida, tinha que estar nas primeiras duas páginas da SERP do Google. Se não aparecesse, descartávamos.

Calculamos a porcentagem de mudança de posição mês a mês. Calculamos a média desses números, de acordo com o número de meses onde apresentaram mudanças.

O motivo? Porque queríamos saber a velocidade de cada URL para ranquear. Quando analisássemos a média, teríamos uma boa imagem da constância crescente do ranking.

Na realidade, há centenas de variáveis que influenciam os fatores de ranqueamento de uma página. Algumas são específicas de links, mas outras centenas, não.

Sinais de link, o nosso foco de medição, existia juntamente com uma variedade de outros sinais, especialmente em relação ao caminho traçado para chegar na página 2 do Google.

Nosso objetivo: normalizar os dados para limitar o ruído.

Nossos resultados

Vamos observar os resultados mais importantes extraídos desses milhões de dados analisados:

  • Média de Posição Mais Alta no Ranking:  1,81
  • Média de tempo (em meses) para atingir essa posição:  3,39 (cerca de 100 dias)
  • Média de Pontuação de Domínio na página de ranking: 49,6
  • Média total de domínios de referência:  25

Quero desdobrar todos esses pontos para que você perceba o quadro como um todo.

Ao pintar esse quadro, quero reforçar o fato de estarmos trabalhando com médias. Seus resultados podem variar.

Um dos perigos da análise de dados é que às vezes as pessoas tendem a ver os números como prescrição para seus sites, em vez de dados descritivos baseados num número gigante de fatores.

Por favor, tenha isso em mente.

Média de posição mais alta no ranking:  1,81

A média que encontramos foi de 1,81.

Tendo em mente o que discutimos, esse número sugere que você pode ranquear na página 1 do Google por uma determinada palavra-chave em menos de quatro meses.

Média de tempo (em meses) para atingir essa posição:  3,39 (cerca de 100 dias)

Se você chegou neste artigo com a esperança de descobrir exatamente quantos dias serão necessários para você chegar na página 1 do Google, já percebeu que não existe uma resposta fácil.

O que posso dizer é que a média de tempo para uma página chegar a uma posição de destaque é de 3,39 meses.

Para responder à pergunta: “Por quanto tempo continuar com link building”, diria “o quanto for necessário”.

E se você fosse perguntar :“Quanto tempo leva?”, diria “cerca de três meses”.

Média de Pontuação de Domínio na página de ranking: 49,6

Já passei algum tempo discutindo “pontuação de domínio” neste estudo até agora. Descobrimos que a média de ranqueamento de página tem um RD de 49,6.

O que fazer com esse dado?

Primeiro, talvez ajude saber a pontuação de domínio do seu site.

A fonte do dado RD é o Ahrefs. Para extraí-lo, cadastre-se no Ahrefs ou use a versão grátis limitada (que dura por 2 semanas).

Primeiro, vá na tela inicial.

image03

Depois, digite a URL do seu site na barra de busca localizada no canto superior esquerdo.

image05

Clique na lupa laranja. Você verá dados gerais de métricas do seu site.

image08

Sua pontuação de domínio é o gráfico “RD” perto do topo:

image06

Se o seu RD é próximo da média, dá uma noção bem crua de quanto tempo levará para ranquear, em relação com as médias.

Se o seu RD é baixo, não desanime. Mesmo que média de RD esteja próxima de 50, nossos resultados foram surpreendentemente similares para domínios de diferentes autoridades e pontuações.

Perceba o tempo variável de ranqueamento dessa páginas, de acordo com seu RD. Mesmo sites com baixo RD e poucos links conseguiram ranquear a mesma quantidade de tempo que um site com RD alto, aproximadamente.

chart 1

Com base nessas informações, o que ter em mente? Agir

1. Sites maiores ranqueiam mais rápido do que os pequenos.

Primeiro, tenha em mente a natureza competitivas das SERPs.

Não precisa nem dizer. Um site como o CNN.com vai ranquear mais rápido do que um pequeno site que ninguém nunca ouviu falar sobre ele.

image00

(Na nossa análise de dados, conseguimos domar os números de sites tão grandes, para fornecer dados que sejam mais aplicáveis a sites médios e pequenos).

Perceba a correlação de aquisição de link e RD do site. Sites com RD maior que 55 atraíram quase o dobro de links de sites com RD mais baixa (50-55).

2. Conteúdo fresquinho tem o potencial de ranquear mais rapidamente.

Se você anda por aí com SEOs, provavelmente já ouviu eles falarem sobre a quantidade de tempo que leva para uma página subir para o topo das SERPs com uma determinada palavra-chave.

O fato é que o Google melhorou muito em ranquear rapidamente conteúdo novo. O algoritmo é inteligente. O Google prioriza ranking de novo conteúdo ou conteúdo com tópicos fresquinhos.

3. Não desista de link building depois de apenas alguns meses.

Existe uma tendência entre profissionais de marketing de desistir de link building depois de apenas alguns meses.

Depois de quanto tempo? Uns três meses, em minha experiência.

Dá para entender! Link building é difícil. Se terceirizar, é caro. E talvez não veja os resultados rapidamente. Todos esses fatores apontam para uma possível desistência.

Vou tentar dissuadi-lo.

Todo o link building que você está fazendo nos meses lentos de nenhuma melhoria serve como a base para um eventual ranqueamento.

Claro, há muita volatilidade nas SERPs durante todo esse tempo, isso é esperado.

Seu objetivo é treinar o Google continuando com um padrão de links de alta qualidade para o seu site. O Google eventualmente vai perceber e seguir esse padrão.

Você garante constância durante todo o tempo de link building. Essa constância vai ajudar você a chegar na primeira página do Google.

4. Não apele para métodos indiretos em link building.

Métodos indiretos de link building são aqueles canais que apelam para influência, sinais de marcas, influenciadores ou redes sociais para levar o seu conteúdo às massas.

O que muitos profissionais de marketing fazem depois de publicar conteúdo é compartilhá-lo no Twitter, no Facebook, etc. Tudo bem, continue fazendo isso!

Mas compartilhar seus artigos em redes sociais não é um método confiável de link building.

E qual é? Pedir diretamente por um link para um site influente ou um indivíduo. Funciona.

A menos que você seja uma estrela ou tenha uma plataforma enorme e/ou uma assessoria de imprensa, métodos indiretos como compartilhamento em redes sociais não aceleram o link building.

5. Construa links o mais rápido possível 1,8 meses depois de publicar seu conteúdo. 

Descobrimos uma janela de 1,8 meses onde é possível ranquear numa SERPs com o seu conteúdo.

Esse é o período onde o seu conteúdo está mais fresquinho. O Google vê, gosta e quer ranqueá-lo. Só precisa de mais certeza de que vale a pena colocá-lo na página 1 ou 2.

Essa “certeza” vem na forma de link building.

Pode ficar mais difícil se esperar para fazer depois desse período. Seu tempo para ranquear pode se alongar e o seu ranking geral pode ser menor.

6. Decida quais palavras-chave você deve conquistar antes de construir conteúdo com base nelas.

Alguns profissionais de marketing se dispõem a conquistar ranking para uma determinada palavra-chave, sem pesquisá-la a fundo.

Isso pode ser um erro.

Por quê? De acordo com nossos dados, sites que buscaram ranking para uma determinada palavra-chave tiverem dificuldades em superar um site concorrente com um perfil de link similar.

Analisemos dois sites, o seu e o do Sr. Concorrência.

chart 2

Sr. Competidor já ranqueia na primeira posição para “os 10 melhores tipos de gramas para alimentar a sua zebra”.

Será que é bom ranquear também para essa palavra-chave?

Sim. Os seus sites são iguais e há chances de competição.

Mas será que é bom competir pelo termo “zebra”?

Provavelmente não.

Por que não? O site que ranqueia primeiro nas SERPs com esse termo tem um RD que excede o seu por uma margem considerável.

image09

Como saber quando correr atrás do ranqueamento de uma determinada palavra-chave?

Existe um método simples. É o “se eles podem ranquear, eu também posso”.

Observe seus concorrentes e faça as seguintes perguntas:

  1. Eles estão no mesmo nicho? Se sim, vá para a pergunta 2.
  2. Eles ranqueiam para a sua palavra-chave? Se sim, vá para a pergunta 3.
  3. A pontuação de domínio deles está a 5 pontos da minha? Se sim, então vocês concorrem de igual pra igual.

Conclusão

Link building funciona.

Este e outros estudos provam que um site com links de qualidade vai ranquear mais alto e mais rápido do que um site equivalente sem nenhum link.

Você deve continuar com link building? Certamente.

Vai ser eventualmente bem-sucedido na empreitada? Acredito que sim.

Um dos principais objetivos de um SEO ou de um profissional de marketing de conteúdo é melhorar o ranking do seu site.

Para tal, é preciso apostar em link building de qualidade com cautela, método e cuidado.

Agora você tem os dados para tomar decisões informadas sobre como fazer isso.

Qual a sua experiência em subir no ranqueamento com a ajuda de link building?

Share