SEO vs CRO: Como Conseguir Tráfego de Busca Que Converte Visitantes em Clientes

tugofwar

CRO é importante no SEO de hoje. No entanto, a eConsultancy estimou que, para cada $92 gastos na aquisição de cliente nos Estados Unidos, apenas 1$ é gasto em conversão.

Oops!

Essa é uma grande perda para a maioria dos profissionais do marketing cujo o único foco é o SEO e seus produtos derivados (cliques, tráfego, rankings, etc.). 

Nem sempre conseguir tráfego de busca é da mesma forma.

As vezes, você perceberá que mesmo suas páginas estando altamente ranqueadas no top 10 do Google e gerando visitas orgânicas, a sua lista de e-mail está em queda. Ainda pior, você está fazendo vendas precárias ou nem está vendendo.  

Acredite, não é uma sensação agradável. Em minha experiência, descobri que existem momentos em que o resultado #1 não será clicado, mas o quarto e o quinto resultados serão.

Você conhece a relação entre SEO e CRO? Este material te ajudará a saber como conseguir tráfego de busca que converte visitantes em clientes fiéis. 

Tudo isso se reduz a ter um plano de otimização para converter usuários de busca. A conversão deve estar no seu funil, e não do lado de fora. 

image02

Você tem que começar com o SEO on-pageexpondo suas páginas internas adequadamente.

Depois você precisa ir além do seu site e otimizar para conversões.

Isto nos leva à otimização da taxa de conversão (CRO) – uma abordagem fenomenal para maximizar os visitantes que vêm às suas páginas por meio de mecanismos de busca. 

Neste artigo detalhado, vamos avaliar o SEO vs. CRO, bem como fundir as duas práticas para alcançar melhores resultados. 

image14

Da imagem acima, você pode notar que o SEO foca em ranquear alto nos mecanismos de busca. 

O CRO, por outro lado, tem apenas um objetivo: ajudar o usuário a completar uma ação específica, respondendo (ex., clicar num botão, preencher um formulário, fazer um pedido, preencher um formulário para adquirir uma citação) para o call to action. 

Comece cedo: Selecione palavras-chave relevantes que converterão

Você pode começar a sua jornada de conversão selecionando a palavra-chave correta que realmente converterá. O quanto possível, procure palavras-chave com volume de busca decente que sejam relevantes para o seu negócio.

image09

Você já sabe que a maioria das palavras-chave não farão o trabalho, quando se trata de obter usuários que optarão pela sua lista ou comprar o seu produto. 

As vezes, você precisa cavar um pouco mais profundo em seu Google Analytics e Search Console para ideias de palavras-chave. Você pode estar conduzindo muitas visitas orgânicas por meio das suas palavras-chave, mas não obtendo os resultados desejados.  

Isso pode acontecer. Não acredita em mim?

Bom, leia este estudo de caso: 

Há alguns meses, William Reed foi estudou detalhadamente o Google Analytics do seu cliente e descobriu que o site tinha sido ranqueado na primeira página por uma palavra-chave específica com o volume de busca de aproximadamente 50.000.

Ainda, infelizmente, o crescimento do tráfego do site do cliente diminuiu, apenas crescendo aproximadamente 10 – 13% num período de 6 meses. 

Apesar do grande volume de buscas por aquela palavra-chave específica, não foi profundamente relevante para os serviços que a empresa oferece. 

E, os usuários não estavam buscando pela palavra-chave com a intenção de comprar. Eles estavam interessados em obter mais informações e então, eles voltavam novamente para algum outro site.  

Mas, William e seu cliente foram espertos. Eles decidiram diminuir o foco com relação aos rankings de palavras-chave com volume de 50.000 buscas e começaram a se concentrar de vez em converter o visitante que entrava no site, mas que até então nunca havia interagido com o site.

Por fim, o cliente de William acabou perdendo tráfego – mas viram um crescimento na receita. 

image12

Isso não significa, de forma alguma, que você deva focar 100% do seu tempo e esforço para conduzir conversões em seu site desde o início. 

Suas palavras-chave devem ser capazes de conseguir tráfego de busca, de maneira que consiga nutri-los e eventualmente convertê-los em clientes. Contanto que você entenda o que está fazendo e que não afaste seus usuários com ofertas de vendas desnecessárias, você ficará bem.  

De volta à pesquisa de palavra-chave. Lembre-se disto: quando escolher palavras-chave para suas campanhas de SEO, você tem que incorporar: 

  • Palavras-chave informativas
  • Palavras-chave comerciais

i). Palavras-chave informativas: Essas são palavras-chave que ajudam os usuários a obterem informações adequadas sobre um tópico específico, produto ou serviço. 

No ciclo de compra do cliente, pessoas que pesquisam por palavras-chave informativas ainda estão avaliando alternativas antes de tomarem uma decisão de compra. 

image04

Você pode facilmente identificar palavras-chave informativas, por causa das palavras que as modificam. Esses termos podem aparecer como um prefixo (antes), sufixo (depois) ou interfixo (no meio) para as palavras-chave principais. 

Por exemplo, aqui estão modificadores usados para descrever palavras-chave informativas: 

  • Como…
  • Formas de…
  • Dicas grátis…
  • Formas grátis de…
  • Download grátis…
  • Alternativas grátis…
  • …sem dinheiro

Aqui estão palavras-chave em tempo real: 

image13

Se você digitar quaisquer tipo de palavras-chave informativas acima no mecanismo de busca, você verá resultados típicos de sites de autoridade que fornecem informações variadas sobre saúde e assuntos fitness. 

image08

De relance, notará que o Google foi afundo para puxar um trecho de uma página da web que eles consideraram útil e relevante. Dessa forma, ao invés do usuário clicar através de uma página específica, eles podem facilmente obter as respostas corretas na primeira página. 

“Como…” é o modificador mais popular das palavras-chave informativas. Esses tipos de palavras-chave tendem a ter um grande volume de busca. 

Você pode aproveitar dessas palavras-chave informativas para conseguir tráfego de busca livre orientado para o seu site. Claro, elas podem trazer vendas, mas você não pode confiar nelas para construir o seu negócio. 

Então, está pronto para ganhar dinheiro? Vamos avançar para.. 

ii).  Palavras-chave comerciais: Essas são as palavras-chave que provocam as vendas. Para mais clareza, vamos chamá-las de “palavras-chave de intuito comercial” 

Essas palavras-chave são condutoras de vendas. Elas pode ser palavras-chave cauda longa ou de cabeçalho, mas a coisa mais importante a se lembrar é que elas convertem melhor do que palavras-chave informativas.  

A imagem abaixo mostra exemplos de palavras-chave informativas, comerciais e branded keywords:

image03

Se você focar principalmente nas palavras-chave informativas, você irá conseguir tráfego de busca para o seu site, mas a sua taxa de conversão cairá.  

De acordo com Brian Dean,

“Não gastar tempo suficiente com intenções comerciais” é o erro de busca de palavra-chave número #1 que a maioria das pessoas cometem. 

Palavras-chave de intenção (conhecidas como “palavras-chave compradoras”) são geralmente competitivas para os anunciantes PPC do Google AdWords. Isso é porque as pessoas que usam essas palavras-chaves estão prontas para comprar um produto ou pelo menos estão na fase se decisão de compra.

image16

Brian Dean construiu um dos seus primeiros sites e começou a gerar  acima de 60,000 visitantes exclusivos por mês de buscas orgânicas isoladas. Mas ele fez uma surra de $0.00 cada mês. Ouch!!

Por que o site não ganhou $1000, ou mesmo miseráveis $100?

Simples: Porque Brian se concentrou no enorme volume de busca, palavras-chave informativas e em palavras-chaves comerciais intencionais negligenciadas. 

Palavras-chave comerciais podem ser agrupadas em mais 2 categorias: 

i). Palavras-chave compre agora: Quando finalmente as pessoas estão prontas para fazer um pedido ou ligar para um negócio, elas utilizam palavras-chave compre agora. Esses pesquisadores geralmente têm seus cartões de créditos prontos. Você irá identificá-los pelos seus modificadores: 

  • Envio 
  • Acordo 
  • Cupom
  • Compra
  • Aquisição 
  • Obter acesso 
  • Desconto

Alguns exemplos de palavras-chave compre agora são “compre tênis de corrida da Nike,” “onde comprar canecas de cerâmica online,” “cupom do Hostgator,” “sapatos pretos masculinos com frete grátis.”

image07

ii).  Palavras-chaves de ofertas/produtos: Essas são palavras-chave populares de intenção comercial. Os pesquisadores por trás delas também estão prontos para comprar um produto específico. As vezes, eles só precisam de um empurrãozinho final.

Esses pesquisadores convertem bem, mas pesquisadores “compre agora” estão mais bem preparados para comprarem um produto ou serviço na hora.  

Palavras-chave de produto tendem a incluir: 

  • Top 10
  • Melhores
  • Barato
  • Preço específico (“Câmera Canon Powershot por menos de $300”)
  • Melhores marcas
  • Reviews
  • Review
  • Comparação
  • Produto específico (“Hostgator” ou “Bluehost”)
  • Acessível

Não importa o quão competitivo a sua indústria ou nicho é, você pode encontrar palavras-chave informativas que enviarão tráfego para o seu site. E você também pode alavancar palavras-chave de intenção comercial para aumentar as suas taxas de conversão.

Alguns exemplos de palavras-chaves compradoras no nicho de perda de peso são:

Pessoas que pesquisam por “pílulas para perda de peso” estão definitivamente prontas para comprar. Elas não estão procurando por informações gratuitas nesse momento. Elas sabem que suplementos e pílulas custam dinheiro para serem produzidos.  

Algumas ainda estão procurando por “pílulas para emagrecer que funcionam.”

Isso provavelmente significa que elas já usaram ou já ouviram falar de pílulas de emagrecimento que não funcionaram. Dessa vez, elas estão dispostas a comprar pílulas de emagrecimento aprovadas se lhes derem a oportunidade. 

Para usuários pesquisadores como esses, você precisa primeiro eliminar objeções em seu texto ou artigo. Não comece recomendando uma pílula, se não será considerado como qualquer outro charlatão depois de um dinheiro fácil. 

Comece sendo 100% honesto.Não exagere ou dê garantias irrealistas. Você pode começar o seu texto ou conteúdo assim:  

Você está aqui porque você deseja pílulas de emagrecimento que funcionem. 

Eu honestamente te agradeço por vir. Trabalhei duro para oferecer-lhe uma informação confiável que precisava para otimizar a sua dieta e viver um estilo de vida saudável.  Você pode ter tentado diversas pílulas no passado que não funcionaram, ou se funcionaram, não foi tão rápido como queria. 

Bom, você não encontrará aqui nenhuma pílula rápida que faça mágica. Nunca vi nenhuma pílula assim e não recomendaria aos meus leitores que eu amo e respeito. 

Contudo, se você verdadeiramente quer criar um estilo de vida saudável, leia e ficará animado pelo que eu tenho na loja para você…  

2. Analise as suas oportunidades de otimização de conversão. 

Muito foi falado a respeito de busca de palavra-chave e direcionamento, eu sei.

Espero que vocês me autorizem a falar um pouco mais sobre o tópico, porque palavras-chave, especialmente as variações mais longas, irão conseguir tráfego de busca para o seu site e aumentarão as suas vendas.

Além de selecionar as palavras-chave certas, você também tem que analisar as suas oportunidades de otimização de conversão. O que quero dizer com isso? Continue lendo…

Após selecionar as palavras-chaves certas e otimizar as páginas para eles, você quer saber que se eles converterão usuários de busca em clientes. Você tem que validar a sua campanha para determinar se irá engajar usuários, iniciar interação ou cair por terra. 

image11

Tudo se resume a examinar a jornada do seu cliente para garantir que o seu conteúdo passe os valores corretos para os clientes que estão fazendo uma decisão de compra. Nenhuma das suas páginas devem sobrepor uma com a outra. 

Em outras palavras, se você quer que usuários leiam o seu conteúdo e tomem decisões de compra imediatamente, então você tem que alinhar todo o seu conteúdo adequadamente e parar de focar unicamente em fazer usuários cientes do seu produto. 

Uma das formas rápidas de validar a sua landing page e páginas de conteúdo para ter certeza que elas convertem, é usar o Five Second TestÉ uma plataforma que permite apresentar um screenshot da sua página e colher reações honestas da comunidade Fivesecondtest.com.image05

Quando se inscreve, você pode perguntar à comunidade questões variadas.

O gerente de SEO do 7thingsmedia, Ewan Stevenson, compilou, testou e aprovou as questões abaixo, que segundo ele é o gatilho para as respostas mais criteriosas: 

  • Você reconhece a marca?
  • Você pode dizer o que a marca realmente faz? 
  • Você pode ver o call to action?
  • A página é muito desorganizada ou barulhenta? 
  • O modelo A é melhor do que o modelo B?

Como comentário adicional, você também pode usar o Crazy Egg, uma ferramenta que fornece um mapa de calor do layout do seu site e mostra onde os usuários do clicam mais.  

Tanto o Five Minute Test, quanto as gravações do mapa de calor são passos importantes que você deve tomar quando analisar oportunidades de otimização de conversão.

Após escolher as palavras-chaves corretas e estrategicamente otimizar o conteúdo delas, o Take Me Fishing reverteu a tendência inferior do tráfego orgânico de busca deles e atingiu resultados significantes. 

image15

O site viu +964% de tráfego orgânico, ano após ano, para páginas específicas que foram otimizadas. Além disso, a taxa de salto reduziu pela metade. 

Lembre-se que design importa. Você tem que preparar suas páginas internas para os usuários de busca, garantindo que informações vitais possam ser encontradas facilmente. E quando você estiver criando conteúdo, foque em conversão.

Você pode não ganhar dinheiro ou obter inscritos de e-mail do esforço do seu SEO imediatamente, mas continue dando informações valiosas e eventualmente irá reembolsar. 

Pense em blogs populares autoritários. Pense em Problogger, Social Triggers, Copyblogger, Marketing Profs, etc.

Esses sites possuem milhões de leitores todos os anos, mas quantas vezes você já os viu empurrando ofertas para os seus leitores? 

Claro, quando existe um produto valioso que adicionará valor para a comunidade deles, eles sabem que não há nada de errado em jogá-lo para os seus leitores. 

Mas, isso é apenas em casos raros. Para a maioria, tudo se resume em dar muitas informações gratuitas. 

Blogueiros de sucesso e profissionais de marketing digital dão informações gratuitas o tempo todo, porque é a forma mais fácil de construir confiança e fazer dinheiro a longo prazo. 

É por isso que o Ramit Sethi oferece 98% do seu conteúdo de graça, em seu site ‘I Will Teach You To Be Rich’.

image10

Oferecer conteúdo gratuito sem pedir por ganhos imediatos pode ajudar a aumentar rapidamente a sua autoridade. Isso é porque mais pessoas confiarão em você o suficiente para dizer a outros sobre o seu site. 

Essas referências (especialmente por meio de compartilhamentos em redes sociais e pelo boca a boca) são importantes para o Google.

O boca-a-boca, particularmente, fará com que pessoas busquem pelo nome do seu site antes de visitá-lo. Quando eles chegarem e virem que o que eles vieram buscar combina com o que eles esperavam,  passarão então a ter confiança em você.  

Isso é porque “autoridade produz confiança.”

Ao construir páginas, certifique-se de que você otimizou adequadamente o seu conteúdo e metadados para busca, mas não se esqueça dos usuários.  

Mesmo quando você não tem backlinks suficientes apontando para as suas páginas internas, você ainda pode conduzir tráfego orgânico suficiente e pontuar alto na primeira página, graças a autoridade do domínio e dos sinais sociais.

image06

Observe o resultado para a palavra-chave “smokings para homem” abaixo. A página da Nordstrom está bem no topo. E não é porque ela tem mais backlinks ou compartilhamentos em redes sociais, esta lá devido a autoridade do seu site.  

Nas palavras de Rand Fishkin

“Porque a Nordstrom é uma marca que dentro e fora da internet, construiu uma reputação impressionante em todos os sentidos positivos ao redor da marca e do seu site como um todo.”

image01

Conclusão 

Se já não tiver incorporado a taxa de otimização de conversão (CRO) na sua campanha de SEO, você deve começar hoje. 

 Sozinho, o mecanismo de otimização de busca pode não fornecer bons resultados ao seu negócio. Você não só precisa obter cliques, conseguir tráfego de busca orgânica e finalmente se posicionar em primeiro ou segundo nas listas orgânicas. Você também precisa converter visitantes em clientes

Para maximizar os seus resultados de busca, preste muita atenção nas palavras-chave cauda longa mostrando intenções comerciais. Elas são mais relevantes e definidas quando usadas em buscas. 

E mais, palavras-chave cauda longa podem ajudá-lo a conseguir tráfego de busca e converter em clientes em tempo real.  

Você está familiarizado com o CRO? Como você tem usado para conseguir tráfego de busca e converter visitantes em clientes? 

Share