Sua Landing Page Corre Perigo: Como Evitar a Queda na Credibilidade

killers

Acontece com todos nós.

Algumas vezes nós falhamos em alcançar nossas metas pré-estabelecidas, especialmente no que diz respeito a gerar e capturar leads. De acordo com o Econsultancy, “apenas cerca de 22% dos negócios estão satisfeitos com suas taxas de conversão.”

Voce tem trabalhado duro para construir sua landing page e ela está ótima. Mas, de alguma forma, você não está convertendo leads como esperava.

Se você estudar várias landing pages, você notará que algumas delas não o inspiram a tomar ação. Pior, você até duvida da credibilidade do profissional de marketing ou blogueiro. Seja lá o que lhe desanimou nessa página é algo que arruína sua credibilidade.

Este material de dicas ajudará você a consertar 4 arruinadores de credibilidade.

Quando você está construindo uma landing page com o propósito de converter leads em clientes, você deve tomar passos vigorosos para eliminar todos os potenciais arruinadores de credibilidade.

Landing pages, em geral, são ferramentas efetivas para seu negócio. De acordo com o MarketingSherpa, “landing pages são efetivas para 94% das empresas B2B e B2C.”

image05

Neste artigo aprofundado, eu quero mostrar a você 4 arruinadores de credibilidade de landing pages que você deveria eliminar agora. Vamos lá: 

1. Ausência de Prova Social

A credibilidade é contextual. Em outras palavras, o que eu vejo como sendo crível pode não significar nada para você. Para mim, pessoalmente, um texto com um título vermelho, grande e em negrito parece spam. Eu não vou clicar e nem serei incentivado a tomar alguma decisão de seguir adiante.

Outras pessoas podem amar isso.

Contudo, uma prova social é uma parte integral na construção do tipo de credibilidade que a maioria dos profissionais de marketing querem. Uma landing page que não tem prova social pode converter menos leads que uma que tenha.

Com prova social, você não precisa explicar que seu produto realmente entrega resultados. Ele apenas mostra. É claro, não há nada novo sobre prova social e seu uso em landing pages, mas quão frequentemente você a usa?

O conceito de prova social foi popularizado por Robert Cialdini em seu livro Influence. É baseado num princípio simples: nós todos somos mais propensos a fazer o que observamos outras pessoas fazerem. Esse princípio se baseia primariamente em números – quanto mais alto o número, mais forte a prova.

Você se lembra do clássico anúncio em outdoor do McDonald’s? Obviamente, se eles têm servido bilhões de pessoas, nós todos acreditaríamos que eles realmente sabem o que estão fazendo, certo?

image08

Você gostaria de comer num restaurante que está completamente vazio, pegar um voo comercial sem nenhum passageiro?

Da mesma forma, ninguém quer pegar a primeira chance e perder dinheiro. Se outros não estão fazendo, então por que você iria querer ser o primeiro?

Quando clientes em potencial não vêm nenhuma forma de prova social, eles apenas confirmam para si mesmos que sua oferta provavelmente não é tão valiosa quanto você diz.

É por isso que integrar provas sociais à sua landing page é crucial.

Vamos ser práticos agora. Se você tem tido destaque no Huffington Post, Forbes, ou New York Times, ou se você tem empresas famosas como clientes, faça com que o mundo saiba.

Lembre-se de fazer com que sua prova social seja visível. O YouBars é um dos sites que entendem o valor da prova social. O site colocou citações positivas do NY Times e outras publicações populares.

image03

Made.com, uma empresa que vende mobília personalizada direto dos fabricantes, também usa prova social, mostrada abaixo. Dê uma olhada:

image16

Existe também algo chamado prova social negativa. Uma prova negativa envia um sinal ou mensagem para seu público-alvo de que você é preguiçoso, desonesto, ineficiente ou todas as alternativas.

Por exemplo, se você tem um blog, mas não o atualizou nos últimos três meses (especialmente quando as datas são mostradas), então você está deixando uma prova social negativa – você está sinalizando que você não é confiável.

Outras formas de prova negativa social que você pode remover incluem:

  • Contadores de compartilhamento social que mostram que ninguém está compartilhando
  • Uma página de Facebook sem postagens novas e menos de 43 fãs
  • Depoimentos que soam bons demais para ser verdade ou falsos
  • Um produto que seja muito dispendioso – ou muito barato
  • Permitir que comentários de spam estejam em seus comentários ou feed

Lembre-se de que prova social vem de diferentes formas. Você pode não ter milhares de compartilhamentos sociais como o UpWorthy, mas você deve começar com o que você já tem. Mostre o número exato ou estimado de clientes com quem você atualmente trabalha.

O MailChimp faz isso bem.

image01

Ou você pode mostrar quantos países seus produtos ou serviços atingiram e quantos clientes você tem atualmente. Vê como o GetResponse mostra isso logo abaixo de sua headline, no above-the-fold?:

image14

Por último, mas não menos importante, você também pode usar estudos de caso para melhorar a credibilidade de suas ofertas. As pessoas se sentirão mais confiantes sobre seus produtos ou serviços sabendo que sua oferta os ajuda a ter resultados também.

Através de estudos de caso e resultados comprovados que você gerou para outras marcas, as pessoas podem confiar mais em você, porque você tem resultados para mostrar isso.

Um site de autoridade que faz isso bem é o Conversion-Rate-Experts.com. Além dos estudos de caso usuais, eles vão além e compilam estudos de caso em um ebook disponível para download.

image00

Note que existe também prova social externa que não é quantificável ou vista pelos clientes.

Por exemplo, marcas bem conhecidas como o Amazon não precisam de nenhuma prova social em seu site para mostrar que seus produtos são da mais alta qualidade. O Amazon já é um nome de casa, e as pessoas acreditam que podem confiar nele.

Mas, quanto mais você puder, use prova social honesta e confiável para construir credibilidade. Livre-se da prova social negativa e assista suas taxas de conversão decolarem.

2. Falta de Segurança/Símbolos Sociais

Você quer que seus clientes se sintam seguros?

Eu fiz essa pergunta mais cedo, mas vale a pena repetir. A verdade é que se seus clientes não se sentirem seguros, eles não responderão a suas ofertas, não importa o quão útil você diga que seu produto é.

Segurança e símbolos sociais que possam impulsionar credibilidade de landing page incluem:

  • Garantias de qualidade/dinheiro
  • Políticas de troca/reembolso claras
  • Marcas de confiança

A ausência desses símbolos sociais e aspectos de segurança numa landing page podem realmente diminuir conversões.

Se você tem uma marca menos conhecida e você não incluiu um desses aspectos de segurança em sua landing page, será difícil convencer potenciais clientes a comprarem de você.

Vamos assumir que você venda roupas e sapatos. Antes de os clientes fecharem um pedido, eles farão perguntas, como “vai servir?” e “a cor é a mesma da imagem?”

Para dar ao cliente um senso de segurança quando ele estiver gastando dinheiro em seus itens ou serviços, claramente defina suas políticas de reembolso e troca. A Zappos tem crescido como um site muito bem sucedido de sapatos e acessórios, em parte, graças a sua política de trocas rígida de “sem perguntas feitas”.

image15

Aqui está o que Craig Adkins, executivo da Zappos, tem a dizer:

“Nossos melhores clientes têm as taxas de troca mais altas, mas eles também são os que gastam mais dinheiro conosco e são nossos clientes mais lucrativos. O modus operandi da Zappos não é dar aos compradores os calçados mais baratos da redondeza, mas sim dar a eles o melhor serviço: consequentemente, uma política de troca de 365 dias e frete gratuito de via dupla.”

A Zappos permite trocas num espaço de tempo maior do que o cliente provavelmente está acostumado a ter. Se você estava pessoalmente comprando uma câmera digital e foi apresentado a dois revendedores com as seguintes opções de troca, qual você escolheria?

Revendedor A: “Nós aceitamos trocas gratuitas até 30-45 dias após a compra.”

Revendedor B: “Nós aceitamos trocas gratuitas até 6 meses. Garantido.”

Eu iria absolutamente escolher o Revendedor B, porque o espaço de tempo para a política de troca se estende por 6 meses, enquanto o Revendedor A oferece apenas de quatro a seis semanas sem nenhuma garantia. 

Seria ideal de você pudesse permitir que seus clientes comprem seus produtos a título experimental. Se você confia que seu produto será entregue e motivará as pessoas a ficarem com ele, oferecê-lo a título experimental pode ajudar a construir confiança em seus clientes.

Glasses Direct, uma marca que vende óculos de sol, constrói forte credibilidade com seus clientes, ao dar a eles a oportunidade de comprar a título experimental.

image12

Uma garantia de ter o dinheiro de volta sempre assegura clientes prospectivos a comprar o produto. Depois de tudo, eles não têm nada a perder. Se seu produto não cumprir com a promessa, eles podem ter seu dinheiro de volta.

A Derek Halpern oferece uma garantia de ter o dinheiro de volta para seu curso Zippy Course, e também garante que os clientes estarão 100% satisfeitos.

image18

Todas essas medidas de segurança ajudarão a aumentar a taxa de conversão em sua landing page e impulsionar sua credibilidade. Sem elas, sua credibilidade será questionável e clientes estarão muito menos propensos a assumir o risco.

Antes de fecharmos essa seção, vamos rapidamente dar uma olhada em selos de confiança.

Selos de confiança são símbolos que ajudam a assegurar visitantes e clientes do site (especialmente aqueles que não confiam na marca) que suas informações pessoais (p. ex., e-mail, endereço, detalhes do cartão de crédito, número de telefone) estão seguras com a empresa a quem as estão fornecendo – considerando que eles estão completando um formulário no site, respondendo a uma pesquisa ou completando um questionário.

Alguns selos de confiança comuns são mostrados abaixo:

image07

Quando as pessoas vêm a sua landing page, eles podem não entender promessas de segurança textuais. Estabelecer que a informação de seu cartão de crédito está segura apenas leva você adiante.

Você precisa adicionar pistas visuais, como cores, gráficos e cores de plano de fundo, assim como selos visuais para suas formas de pagamento. Isso irá instantaneamente aumentar a credibilidade do seu texto – porque elas provam segurança a seus prospects & clientes.

Selos de confiança são impulsionadores de credibilidade efetivos em sua landing page. Mas nem todos os selos de confiança são iguais. Alguns são mais confiáveis que outros.

O Baymard conduziu uma pesquisa em 2013 para determinar quais selos de confiança são mais confiáveis. A dimensão da amostra foi consideravelmente grande e o Baymard recebeu 2.510 respostas. Eles testaram versões atualizadas de 8 dos selos de site mais populares.

Dessas 2.510 respostas, 35,6% dos respondentes confiam no selo da Norton acima de todos, seguido pelo McAfee.

image17

Então o selo da Norton funciona melhor?

Bem, não necessariamente. Todo website e nicho é diferente. Um selo da Norton pode ter funcionado melhor para esses clientes, mas outros podem preferir um selo do BBB, já que o BBB, como uma organização, é focado em proteger o comprador.

A melhor forma de saber qual selo é ideal para sua landing page é conduzir um teste A/B. Então você poderá ter certeza de qual selo assegurará seus prospects e clientes específicos acima de todos.

Você tem uma política de privacidade em sua landing page? Às vezes as pessoas hesitam em optar por uma newsletter ou comprar um produto, a menos que você declare que seus dados pessoais estarão salvos e seguros.

Uma ou duas frases é tudo o que você precisa para declarar sua política de privacidade. Eu uso uma política de privacidade atualmente na magnet page do QuickSprout.

image09

3. Gramática Pobre e Ortografia Errada

O texto da sua landing page não precisa ganhar o Prêmio Pulitzer, mas deve ser estruturada corretamente. Boa gramática e ortografia correta são importantes para sua credibilidade como uma pessoa e negócio.

É claro, não deixe a perfeição lhe estagnar. Mas preste atenção a sua gramática – porque você será julgado pelo que e como escreve.

image02

Existem clientes que pensarão menos de sua marca quando repetidamente passarem por erros gramaticais em seu texto.

Você deve prestar atenção aos detalhes.

Em 6 de março de 2012, o Copyblogger compartilhou os “15 Erros de Gramática que Fazem com que Você Pareça Estúpido,” e se tornou viral. Profissionais de marketing de conteúdo aprenderam muito com isso.

image04

Faça seu melhor para escrever corretamente. Toda palavra, frase e oração é importante – não importa em qual indústria você está, boa gramática significa negócio.

Por exemplo, a Colour Works conduziu um estudo de 1.700 daters e descobriu que 43% dos usuários consideram gramática ruim como decididamente não atraente, enquanto 35% pensam que boa gramática é atraente.

Quando o erro é proeminente, gramática ruim e erros de ortografia podem reduzir vendas. Com o tempo, isso resultará em confiança reduzida para um site ou profissional do marketing.

image13

Escrita conversiva é a forma mais fácil de escrever conteúdo engajador e útil. Às vezes está tudo bem em escolher quebrar uma regra, se resultar em um texto que flua bem e faça sentido.

Mas existem alguns erros gramaticais que você deve evitar a qualquer custo.

Por que qualquer escritor razoável usaria “agente” ao invés de “a gente” e “concerteza” em vez de “com certeza”?

Essas são palavras comuns, usadas todo dia. Cair nesses erros pode ser imperdoável, especialmente se seu público alvo está sempre procurando por um erro de ortografia.

O infográfico abaixo pode ajudá-lo a evitar alguns desses erros gramaticais bobos que fariam com que você parecesse estúpido e destruiria sua credibilidade.

Como item final, faça com que um editor revise seu texto, como eu faço, para reduzir a probabilidade de ter erros de digitação em sua landing page e prejudicar sua credibilidade.

4. Usar Headlines Irrealistas

Não há dúvida de que a headline é importante. Aliás, ela é indiscutivelmente o elemento mais importante de sua landing page.

Quando você observa a landing page perfeita, a headline vem primeiro, porque é a primeira coisa que o cliente vê.

 

image10

Por que a headline é tão importante?

Ted Nicholas, um renowned direct response copywriter, disse que 73% das decisões de compra são feitas quando os clientes vêm a headline. E Brian Clark afirmou que 8 em 10 pessoas lerão sua headline.

Dadas essas razões, você pode entender porque muitas pessoas escrevem headlines irrealistas ou descontroladamente infladas, mas headlines assim acabarão com sua credibilidade.

Em vez disso, escreva headlines poderosas e irresistíveis que ofereçam um valor enorme e são baseadas na realidade.

image06

Escrever iscas para atrair cliques apenas para atrair pessoas para o seu texto pode ter um retorno negativo. Ainda que pessoas sejam atraídas pelo cabeçalho do texto, elas provavelmente não vão clicar em seu call to action.

Se o seu título é bom demais para ser verdade, então provavelmente ele não é verdade. Evite esse tipo de títulos e seu texto será mais incrível.

Evite também fazer declarações irrealistas. Aqui está um exemplo de uma headline típica que faz uma declaração irrealista:

image11

Conclusão

Se você é iniciante na geração de leads e aquisição de clientes, o progresso geralmente é lento no início. Mas, com consistência, você pode construir uma landing page de alta conversão que edifique seu negócio.

Mas, como eu disse, não existe uma abordagem correta – ou incorreta. Existem outras coisas que aniquilam a credibilidade, mas a única forma de estar certo sobre o que funciona e o que se deve ignorar é conduzir testes A/B.

Quais outros assassinos de credibilidade você já eliminou de suas landing pages?

Share